A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Escola Municipal de Ensino Fundamental Lauro Rodrigues NARRATIVAS DIGITAIS APOIANDO O PROCESSO DE LETRAMENTO DE ALUNOS DO SEGUNDO ANO. Professora: Daniela.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Escola Municipal de Ensino Fundamental Lauro Rodrigues NARRATIVAS DIGITAIS APOIANDO O PROCESSO DE LETRAMENTO DE ALUNOS DO SEGUNDO ANO. Professora: Daniela."— Transcrição da apresentação:

1 Escola Municipal de Ensino Fundamental Lauro Rodrigues NARRATIVAS DIGITAIS APOIANDO O PROCESSO DE LETRAMENTO DE ALUNOS DO SEGUNDO ANO. Professora: Daniela Capra de Azeredo Turma A21 2°ano / 1°ciclo/2012

2 Alunos: Ana Carolina Querotti de Freitas 8 anos André Cardoso Lucca 8 anos Andriele da Rosa Garcia 10 anos Francine Pinto Brandão 8 anos João Davi Nunes Fontoura 8 anos Júlia pereira dos Santos 8 anos Juliene Camile da Silva Padilha 8 anos Kailaine de Almeida Ferreira 8 anos Leonardo Moraes Pinto 8 anos Thalita de Paula Brito 9 anos

3

4 Proposta pedagógica: Construção de narrativas digitais utilizando o site Storybird como intervenção pedagógica na alfabetização e letramento no segundo ano do ensino fundamental.

5 O que é Storybird?

6 O Storybird é um site, em inglês, para a criação de histórias em forma de livro digital, usando ilustrações já existentes no site. As histórias criadas podem ser comentadas e compartilhadas por . O professor pode criar uma conta gratuita e adicionar seus alunos. Cada aluno cria um login e uma senha para entrar no site e construir suas histórias, podendo ainda editar e comentar as feitas pelos colegas.

7 Desenvolvimento da atividade: Após a criação da conta no site, a turma passou a trabalhar com a construção das histórias. Os próprios alunos passaram a localizar o site na internet e também utilizá-lo de forma autônoma, mesmo estando em outra língua. (inglês) A partir de então os alunos passaram a questionar a professora e outros colegas a respeito de particularidades da escrita, com dúvidas sobre a ortografia e estruturação de frases, pontuação e convenções da linguagem. A atividade ainda está em desenvolvimento e os demais alunos da turma também terão oportunidade de construir suas narrativas.

8 Resultados: Inicialmente as crianças escreviam histórias curtas com pouco desenvolvimento e encadeamento. Ao decorrer da atividade passaram a escrever histórias com bom enredo, apresentando narrador, personagens, tempo, espaço e uma maior preocupação com a linguagem e ortografia. Passaram também a escrever e ler mais e melhor. Além de expressarem prazer e envolvimento na atividade uma série de outras aprendizagens implícitas se apresentaram ao longo da mesma, entre elas colaboração, participação, elevação da auto- estima e respeito pela opinião do outro.

9

10 Conclusão: Acredito que as situações de construção de narrativas no ambiente digital, auxiliam no desenvolvimento das habilidades do uso da escrita, onde o educando apropria-se do escrever como busca de interlocução e de expressão pessoal, gerando aprendizagens que devem ser proporcionadas na escola. (SOARES, M. B. Aprender a escrever, ensinar a escrever.) As histórias são fonte para diversas aprendizagens que contribuem para a construção do sujeito, sendo também excelentes recursos para conhecer a linguagem com a qual se escreve.

11 Referências: Imagens: ,00.htmlhttp://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI ,00.html ashttp://cantinhoencantado.blogs.sapo.pt/tag/gifs+dia+das+crian%C3%A7 as sustentabilidade /http://style.greenvana.com/2012/cartilha-online-informa-sobre-a- sustentabilidade / Citação: SOARES, M. B. Aprender a escrever, ensinar a escrever. Disponível em: 075_c.pdf acessado em: 27/10/2012http://www.crmariocovas.sp.gov.br/pdf/ideias_28_p _c.pdf Site:


Carregar ppt "Escola Municipal de Ensino Fundamental Lauro Rodrigues NARRATIVAS DIGITAIS APOIANDO O PROCESSO DE LETRAMENTO DE ALUNOS DO SEGUNDO ANO. Professora: Daniela."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google