A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Ms. Ramon Martins de Oliveira Disciplina de Lutas 2013 A tematização das lutas na Educação Física Escolar segundo os PCNS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Ms. Ramon Martins de Oliveira Disciplina de Lutas 2013 A tematização das lutas na Educação Física Escolar segundo os PCNS."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Ms. Ramon Martins de Oliveira Disciplina de Lutas 2013 A tematização das lutas na Educação Física Escolar segundo os PCNS

2 Para boa parte das pessoas que frequentaram a escola, a lembrança das aulas de Educação Física é marcante: para alguns, uma experiência prazerosa, de sucesso, de muitas vitórias; para outros, uma memória amarga, de sensação de incompetência, de falta de jeito, de medo de errar...

3 A tematização das lutas na Educação Física Escolar segundo os PCNS Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs): As lutas são disputas em que os oponentes devem ser subjugados, com técnicas e estratégias de desequilíbrio, imobilização ou exclusão de um determinado espaço na combinação de ações de ataque e defesa, caracterizando-se por uma regulamentação específica a fim de punir atitudes de violência e deslealdade. Podem ser citados como exemplo de luta as brincadeiras de cabo de guerra e braço de ferro até as práticas mais complexas da Capoeira, do Judô, e do Karatê. (BRASIL, 1998, p. 49).

4 A tematização das lutas na Educação Física Escolar segundo os PCNS Conteúdos estão organizados em 03 blocos: Esportes Jogos, Lutas e Ginástica Atividades Rítmicas e Corporais e Conhecimentos sobre o Corpo Atividades Rítmicas e Corporais e Conhecimentos sobre o Corpo

5 A tematização das lutas na Educação Física Escolar segundo os PCNS Benefícios Desenvolvimento Motor Cognitivo Social O controle do tônus muscular. A melhora do equilíbrio e a coordenação global. O controle do tônus muscular. A melhora do equilíbrio e a coordenação global. A Percepção O raciocínio A formulação de estratégias e a atenção A Percepção O raciocínio A formulação de estratégias e a atenção A socialização A perseverança O respeito e a determinação. A socialização A perseverança O respeito e a determinação.

6 A tematização das lutas na Educação Física Escolar segundo os PCNS Objetivos A análise dos dados, das relações positivas e negativas com relação a prática das lutas e a violência na adolescência (luta como defesa pessoal e não para arrumar briga). Segundo os PCNs (Brasil, 1998), os objetivos da prática das lutas na escola, são: A compreensão por parte do educando do ato de lutar (por que lutar, com quem lutar, contra quem ou contra o que lutar) A compreensão e vivência de lutas no contexto escolar (lutas X violência; vivência de momentos para a apreciação e reflexão sobre as lutas e a mídia)

7 A tematização das lutas na Educação Física Escolar segundo os PCNS Objetivos Vivência de atividades que envolvam as lutas, dentro do contexto escolar, de forma recreativa e competitiva. Já a construção do gesto nas lutas, ainda sobre o prisma dos PCNs (Brasil, 1998) requer: Vivência de situações em que seja necessário compreender e utilizar as técnicas para as resoluções de problemas em situações de luta (técnica e tática individual aplicadas aos fundamentos de ataque e defesa). A vivência de situações que envolvam perceber, relacionar e desenvolver as capacidades físicas e habilidades motoras presentes nas lutas praticadas na atualidade.

8 Prioridade nas Aulas de Educação Física: Plano Procedimental (emprego de técnicas e fundamentos) Plano Conceitual (entendimento do porquê realizar este ou aquele movimento) Plano Atitudinal (valores para as práticas) (DARIDO, 2001). x x A tematização das lutas na Educação Física Escolar segundo os PCNS

9 Nascimento,(2007) Argumentos: A tematização das lutas na Educação Física Escolar: Restrições e Possibilidades 1) A falta de vivência pessoal em lutas por parte dos professores, tanto no cotidiano de vida, como no âmbito acadêmico ; 2) A preocupação com o fator violência, que julgam ser intrínseco às práticas de luta, o que incompatibiliza a possibilidade de abordagem deste conteúdo na escola.

10 Relato Nº 01 : A necessidade do Professor ser especialista ou ter vivências substanciais em Lutas Relato Nº 01 : A necessidade do Professor ser especialista ou ter vivências substanciais em Lutas ?

11 Plano Conceitual (Entendimento do porquê realizar este ou aquele movimento) Como histórico,Crenças e principais regras, através de trabalho de pesquisa. Outro recurso utilizado para que os alunos compreendessem este tema foi a visualização e análise de vídeos das três modalidades estudadas. A abordagem do esporte institucionalizado permite aos alunos aprofundarem seus conhecimentos sobre os esportes de combate/lutas,

12 Enfase recai sobre os jogos de lutas (NASCIMENTO, 2006), com a consequente transformação pedagógica desses esportes (KUNZ, 2001). Destacamos o cabo de guerra, briga de galo, exclusão de espaço com ombro, mãos, conquista da quadra do oponente e conquista de objetos com oposição Plano Procedimental (Emprego de técnicas e fundamentos)

13 Plano Atitudinal (valores para as práticas) Os alunos adotem critérios para saber analisar, avaliar e criticar situações de inclusão e exclusão nas aulas de Educação Física Contribuindo, desta forma, para a construção do respeito às diversidades e individualidades dos sujeitos que fazem parte de cada contexto Os alunos adotem critérios para saber analisar, avaliar e criticar situações de inclusão e exclusão nas aulas de Educação Física Contribuindo, desta forma, para a construção do respeito às diversidades e individualidades dos sujeitos que fazem parte de cada contexto

14 Relato Nº 02 : Violência : Argumento Restritivo para o Tema de Lutas na Educação Física Escolar Relato Nº 02 : Violência : Argumento Restritivo para o Tema de Lutas na Educação Física Escolar

15 Olivier (2000, p. 11), ao referir-se à violência, entende-a como: [...] inerente às relações sociais, e a concebe como [...] modos de expressão e de comunicação, que surgem em situações de conflito, de ameaças, de incerteza.

16 Insultos, Ofensas e Palavrões Socos, Chutes...

17 Estruturação motora psico- afetiva e social, que ajudam a criança a gerir e a controlar a complexidade das relações violentas no interior do grupo social. Metodologicamente Pensada e Conduzida

18 Herói X Vilão

19 Outra característica que fica evidente na situação explicitada é de que podemos constatar, nas atitudes dos alunos durante o jogo de futebol... Reprodução Informações

20 Parlebas apud Belbenoit (1974, p ) de que: [...] o desporto [ou outro tema] não possui nenhuma virtude mágica. Ele não é em si nem socializante nem anti-socializante. É conforme: ele é aquilo que se fizer dele. A prática do judô ou do râguebi pode formar tanto patifes como homens perfeitos preocupados com o fair-play. A luta no âmbito escolar contribuiria para fazer aflorar comportamentos agressivos ? Trazer, inclusive, transtornos para o próprio professor, inviabilizando assim o trabalho a ser realizado? A luta no âmbito escolar contribuiria para fazer aflorar comportamentos agressivos ? Trazer, inclusive, transtornos para o próprio professor, inviabilizando assim o trabalho a ser realizado?

21 Por quê ensinar? (justificativa);O que ensinar? (seleção de conteúdos);Quando ensinar? (etapas ensino-aprendizagem);Como ensinar?(metodologia); O que, para que, como e quando avaliar? (construção de um processo de avaliação).


Carregar ppt "Prof. Ms. Ramon Martins de Oliveira Disciplina de Lutas 2013 A tematização das lutas na Educação Física Escolar segundo os PCNS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google