A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE OVAR PROVAS FINAIS e EXAMES de EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA - 6º e 9º Anos Reunião 14 de junho de 2012 Número de alunos – 306:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE OVAR PROVAS FINAIS e EXAMES de EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA - 6º e 9º Anos Reunião 14 de junho de 2012 Número de alunos – 306:"— Transcrição da apresentação:

1 1 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE OVAR PROVAS FINAIS e EXAMES de EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA - 6º e 9º Anos Reunião 14 de junho de 2012 Número de alunos – 306: 6º ano 25: 9º ano Docentes envolvidos – 93 Salas ocupadas – (A4 - Secretariado) Enquadramento legal Informações- prova de PLNM, Língua Portuguesa e Matemática Regulamento de exames: Despacho normativo nº6/2012 Norma 02/JNE/2012

2 2 Calendário: Provas Finais - 1ª chamada: PLNM do 2º ciclo e Língua Portuguesa do 3º ciclo: 18/06 às 9 horas; Língua Portuguesa do 2º ciclo: 19/06 às 9 horas; Matemática do 3º ciclo: 21/06 às 9 horas; Matemática do 2º ciclo: 22/06 às 9 horas. Provas Finais - 2ª chamada: Língua Portuguesa: 25/06; Matemática: 27/06; PLNM:13/07. Exames de Equivalência à Frequência: 6º ano: de 25 a 28 de junho; 9º ano: de 25 de junho a 3 de julho; Não há alunos autopropostos. Provas orais de Inglês e Língua Portuguesa 2º ciclo: 2 e 9 de julho. (Conforme calendário afixado.)

3 3 O serviço de exames é de aceitação obrigatória. As funções dos professores vigilantes e coadjuvantes constam de documento próprio, a entregar atempadamente.

4 4 Material específico autorizado A lista do material a utilizar está afixada no polivalente e foi dada a conhecer aos alunos pelos professores das disciplinas e pelos diretores de turma. O papel de rascunho fornecido pela escola é datado e rubricado pelo Vigilante 2. Os alunos de PLNM podem usar dicionário, de acordo com o nível de proficiência. As calculadoras serão verificadas pelos professores coadjuvantes de Matemática.

5 Salas e vigilância Os alunos devem ser distribuídos conforme a planta da sala colada na secretária. Os alunos devem ser distribuídos conforme a planta da sala colada na secretária. O professor vigilante só pode sair da sala em caso de força maior, sendo substituído por um professor suplente que permanece na sala de exame até ao fim da prova. O professor vigilante só pode sair da sala em caso de força maior, sendo substituído por um professor suplente que permanece na sala de exame até ao fim da prova. Aos professores vigilantes são rigorosamente interditos quaisquer procedimentos que possam ajudar os alunos a resolver a prova. Aos professores vigilantes são rigorosamente interditos quaisquer procedimentos que possam ajudar os alunos a resolver a prova. 5

6 6 Os alunos não podem utilizar qualquer tipo de suporte escrito nem sistema de comunicação móvel. Todos os objetos não estritamente necessários (carteira, estojo, mochila, telemóveis desligados…) devem ser colocados junto à secretária. ATENÇÃO! Qualquer telemóvel ou outro meio de comunicação móvel que seja detetado na posse de um examinando, quer esteja ligado ou desligado, determina a anulação da prova pelo diretor do estabelecimento de ensino. É igualmente proibida a utilização de quaisquer sistemas de comunicação móvel nas salas de exames por parte dos professores vigilantes. Durante a realização da prova, não é permitida a entrada de outras pessoas para além dos professores designados para a vigilância das mesmas, elementos do órgão de direção, membros do secretariado de exames ou o professor coadjuvante. A Inspeção Geral da Educação e Ciência tem acesso livre e direto às salas de exame, devendo ser pedida a identificação dos elementos desta entidade.

7 7 Convocatória dos alunos Os alunos devem apresentar-se no estabelecimento de ensino 30 minutos antes da hora marcada para o início da prova, às 8h30. A chamada (Vigilante 1) faz-se pela ordem constante nas pautas às 8h45 minutos. Na eventualidade de algum aluno se apresentar a exame sem constar da pauta (…) deve ser sempre admitido à prestação da prova a título condicional(…). Identificação dos alunos Elementos identificativos: BI (Só há 7 espaços para preencher. Quando o BI tiver mais de 7 digitos, o 1º algarismo fica à esquerda, antes do 1º espaço) ou Cartão de cidadão; Documento de substituição: Título de residência ou passaporte e número interno de identificação fornecido pelo secretariado. Neste caso estão os alunos Eduardo Cabrera do 6ºB, Vadym do 6ºG, Osieva do 6º E, Patrick do 6º M e Matheus do 9º B.

8 8 Atraso na comparência de alunos O atraso na comparência dos alunos às provas não pode ultrapassar os 15 minutos após a hora do início das mesmas (PLNM/LP e Mat. do 6º ano e Mat. do 9º ano: 9h20; LP do 9º ano: 9h15). Estes alunos terminam a prova ao mesmo tempo dos restantes. O atraso na comparência dos alunos às provas não pode ultrapassar os 15 minutos após a hora do início das mesmas (PLNM/LP e Mat. do 6º ano e Mat. do 9º ano: 9h20; LP do 9º ano: 9h15). Estes alunos terminam a prova ao mesmo tempo dos restantes. Após os 15 minutos estabelecidos no número anterior, um dos professores responsáveis pela vigilância (vigilante 1) deve assinalar na pauta os alunos que não compareceram à prova. Após os 15 minutos estabelecidos no número anterior, um dos professores responsáveis pela vigilância (vigilante 1) deve assinalar na pauta os alunos que não compareceram à prova. Distribuição das folhas de resposta Os professores vigilantes (vigilante 2) devem distribuir o papel de prova nas disciplinas em que houver lugar (LP 9º ano). Os professores vigilantes (vigilante 2) devem distribuir o papel de prova nas disciplinas em que houver lugar (LP 9º ano). Aos examinandos não é permitido escrever nas folhas de resposta antes da distribuição dos enunciados das provas, à exceção do preenchimento do respetivo cabeçalho. Aos examinandos não é permitido escrever nas folhas de resposta antes da distribuição dos enunciados das provas, à exceção do preenchimento do respetivo cabeçalho.

9 9 Advertências aos alunos Os professores responsáveis pela vigilância (Vigilante 1) devem avisar os alunos de que: Os professores responsáveis pela vigilância (Vigilante 1) devem avisar os alunos de que: a) Não podem escrever o seu nome em qualquer outro local das folhas de resposta, para além do cabeçalho; b) Não podem escrever comentários despropositados (…); d) Não podem utilizar fita ou tinta corretora para correção de qualquer resposta. Em caso de engano devem riscar; e) A utilização do lápis só é permitida nas provas para as quais está expressamente previsto, devendo, mesmo nestas provas, ser utilizada caneta/esferográfica nos textos escritos. (…) h) Não podem abandonar a sala antes de terminado o tempo regulamentar da prova. As salas de exame devem permanecer com a porta de acesso ao corredor aberta durante a realização das provas.

10 Distribuição pelas salas dos sacos com os enunciados das provas de exame Os professores vigilantes dirigem-se até às 8h 30min. à sala do secretariado (A4) onde assinam a folha de presença e levantam as pautas de chamada e outro material. Os professores vigilantes dirigem-se até às 8h 30min. à sala do secretariado (A4) onde assinam a folha de presença e levantam as pautas de chamada e outro material. Entre as 8:30h e as 8:40h o secretariado de exames faz a distribuição pelas salas dos sacos com os enunciados das provas de exame. Entre as 8:30h e as 8:40h o secretariado de exames faz a distribuição pelas salas dos sacos com os enunciados das provas de exame. Abertura dos sacos de provas e erratas Os sacos são abertos pelos professores vigilantes e os enunciados distribuídos aos alunos à mesma hora, nunca antes do início da prova. Os sacos são abertos pelos professores vigilantes e os enunciados distribuídos aos alunos à mesma hora, nunca antes do início da prova. 10

11 11 Duração/tolerância da prova Prova de PLNM, Língua Portuguesa 6º e 9º anos e Matemática 9º ano A hora de início e de conclusão da prova tem de ser obrigatoriamente escrita no quadro, fazendo também referência ao período de tolerância (Vigilante 2). A hora de início e de conclusão da prova tem de ser obrigatoriamente escrita no quadro, fazendo também referência ao período de tolerância (Vigilante 2). Estas provas têm a duração de 90 minutos. Estas provas têm a duração de 90 minutos. Os alunos que pretendam usufruir da tolerância (30 min.) só podem abandonar a sala no final do tempo suplementar. Os alunos que pretendam usufruir da tolerância (30 min.) só podem abandonar a sala no final do tempo suplementar.

12 Prova de Matemática do 6º ano A prova final de Matemática do 2.º ciclo (código 62) é composta por dois cadernos. A prova final de Matemática do 2.º ciclo (código 62) é composta por dois cadernos. Na 1.ª parte da prova os alunos realizam o caderno 1, no qual podem utilizar máquina calculadora simples. Na 1.ª parte da prova os alunos realizam o caderno 1, no qual podem utilizar máquina calculadora simples. A 1.ª parte da prova tem a duração de 30 min + 10 min, não podendo ser este período de 10 min considerado uma verdadeira tolerância já que os alunos não podem sair da sala de aula. Na prática, todos os alunos deverão usufruir deste tempo extra para a realização do caderno 1. A 1.ª parte da prova tem a duração de 30 min + 10 min, não podendo ser este período de 10 min considerado uma verdadeira tolerância já que os alunos não podem sair da sala de aula. Na prática, todos os alunos deverão usufruir deste tempo extra para a realização do caderno 1. 12

13 No final da 1.ª parte está previsto um intervalo técnico de 5 min no qual os dois professores vigilantes recolhem os enunciados do caderno 1 em conjunto com as máquinas calculadoras (devidamente identificadas com o nome dos alunos) e distribuem o enunciado correspondente ao caderno 2. No final da 1.ª parte está previsto um intervalo técnico de 5 min no qual os dois professores vigilantes recolhem os enunciados do caderno 1 em conjunto com as máquinas calculadoras (devidamente identificadas com o nome dos alunos) e distribuem o enunciado correspondente ao caderno 2. Durante o intervalo técnico de 5 min os alunos não abandonam a sala e preenchem o cabeçalho do caderno 2. ATENÇÃO AO TEMPO! Durante o intervalo técnico de 5 min os alunos não abandonam a sala e preenchem o cabeçalho do caderno 2. ATENÇÃO AO TEMPO! Na 2.ª parte da prova os alunos realizam o caderno 2, no qual não é autorizada a utilização de máquina calculadora. Na 2.ª parte da prova os alunos realizam o caderno 2, no qual não é autorizada a utilização de máquina calculadora. A 2.ª parte da prova tem a duração de 60 min + 20 min de tolerância efetiva. A 2.ª parte da prova tem a duração de 60 min + 20 min de tolerância efetiva. 13

14 Verificações a realizar pelos professores vigilantes Durante a realização da prova os professores vigilantes devem percorrer os lugares a fim de: Durante a realização da prova os professores vigilantes devem percorrer os lugares a fim de: a) Conferir a identidade do examinando face ao seu documento de identificação e verificar se o nome coincide com o da pauta de chamada; (Vigilante 1) b) Verificar o correto preenchimento dos elementos de identificação nos cabeçalhos das provas; (Vigilante 1) d) Rubricar as folhas de resposta no local reservado para o efeito, depois de preenchido o cabeçalho pelo aluno; (Vigilante 1) e) Em Língua Portuguesa do 3º ciclo, a folha própria onde os alunos fazem a prova é assinada pelos dois vigilantes. 14

15 Substituição das folhas de resposta Os examinandos que pretendam substituir alguma das folhas de resposta devem solicitá-lo aos professores vigilantes (Só em Língua Portuguesa do 3º ciclo). Os examinandos que pretendam substituir alguma das folhas de resposta devem solicitá-lo aos professores vigilantes (Só em Língua Portuguesa do 3º ciclo). As folhas inutilizadas são imediatamente rasgadas pelos professores vigilantes na presença do aluno e devem ser entregues no secretariado. As folhas inutilizadas são imediatamente rasgadas pelos professores vigilantes na presença do aluno e devem ser entregues no secretariado. As provas de exame cujas respostas são dadas nos enunciados não são substituídas. Em caso de engano, os alunos devem riscar o que não interessa. As provas de exame cujas respostas são dadas nos enunciados não são substituídas. Em caso de engano, os alunos devem riscar o que não interessa. 15

16 Desistência de realização da prova Em caso de desistência de realização da prova, não deve ser escrita pelo aluno qualquer declaração formal de desistência, nem no papel da prova nem noutro suporte qualquer, devendo a prova ser entregue no secretariado. Em caso de desistência de realização da prova, não deve ser escrita pelo aluno qualquer declaração formal de desistência, nem no papel da prova nem noutro suporte qualquer, devendo a prova ser entregue no secretariado. O aluno não pode abandonar a sala antes do fim do tempo regulamentar da prova. O aluno não pode abandonar a sala antes do fim do tempo regulamentar da prova. Caso algum aluno abandone a sala antes do fim da prova, os vigilantes devem comunicar imediatamente o facto ao diretor que tomará as devidas providências e a prova é anulada. Caso algum aluno abandone a sala antes do fim da prova, os vigilantes devem comunicar imediatamente o facto ao diretor que tomará as devidas providências e a prova é anulada. 16

17 Irregularidades e Fraudes A ocorrência de quaisquer situações anómalas (elementos que identifiquem o aluno para além do cabeçalho, expressões despropositadas, desrespeitosas,…) e de fraudes deve ser comunicada de imediato ao diretor que tomará as medidas adequadas. A ocorrência de quaisquer situações anómalas (elementos que identifiquem o aluno para além do cabeçalho, expressões despropositadas, desrespeitosas,…) e de fraudes deve ser comunicada de imediato ao diretor que tomará as medidas adequadas. Nestes casos, esses examinandos não podem abandonar a sala até ao fim do tempo da duração da prova. Nestes casos, esses examinandos não podem abandonar a sala até ao fim do tempo da duração da prova. 17

18 Recolha das folhas de resposta Terminado o tempo de duração da prova, os professores vigilantes adotam os seguintes procedimentos: Terminado o tempo de duração da prova, os professores vigilantes adotam os seguintes procedimentos: a) Recolhem, nos lugares, as folhas de resposta; b) Procedem à sua conferência, ordenando-as de acordo com a pauta; c) Confirmam o número de páginas e de folhas utilizadas e que foram indicadas pelo aluno (Língua Portuguesa do 3º ciclo); e) Autorizam finalmente a saída dos estudantes. As folhas de rascunho não são recolhidas.Os alunos podem levar da sala as folhas de rascunho e o enunciado da prova, nos casos em que a prova não é realizada no respetivo enunciado (Língua Portuguesa do 3º ciclo). As folhas de rascunho não são recolhidas.Os alunos podem levar da sala as folhas de rascunho e o enunciado da prova, nos casos em que a prova não é realizada no respetivo enunciado (Língua Portuguesa do 3º ciclo). Na prova de Matemática do 2º ciclo, os professores vigilantes devem agrafar os dois cadernos de cada aluno (Caderno 1 e caderno 2) Na prova de Matemática do 2º ciclo, os professores vigilantes devem agrafar os dois cadernos de cada aluno (Caderno 1 e caderno 2) 18

19 Entrega das provas no secretariado Os professores responsáveis pela vigilância entregam ao secretariado de exames as folhas de resposta, a pauta de chamada e os enunciados não utilizados. Os professores responsáveis pela vigilância entregam ao secretariado de exames as folhas de resposta, a pauta de chamada e os enunciados não utilizados. Tolerância para além do tempo regulamentar da prova de Matemática do 2º ciclo para alunos com NEEP 2 alunos (um do 6ºC e outro do 6ºD) realizam a prova final de Matemática em sala à parte. Exemplo: Tempo de duração da prova final de Matemática do 6.º ano: 90min Tolerância de tempo concedida para além do n.º 32 do Desp. n.º 1942/2012: 30min Tempo de duração do caderno 1: 30min + 10 min (16.6 da norma 2) Tempo de duração do caderno 1 com tolerância: 30min + 10min + 10 min Tempo de duração do caderno 2: 60min + 20 min (16.6 da norma 2) Tempo de duração do caderno 2 com tolerância: 60min + 20min + 20 min 19


Carregar ppt "1 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE OVAR PROVAS FINAIS e EXAMES de EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA - 6º e 9º Anos Reunião 14 de junho de 2012 Número de alunos – 306:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google