A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Os recursos mundiais de água doce Relação entre disponibilidade de água e população Crise da água Crise de gestão, devido ao emprego de métodos inadequados;

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Os recursos mundiais de água doce Relação entre disponibilidade de água e população Crise da água Crise de gestão, devido ao emprego de métodos inadequados;"— Transcrição da apresentação:

1 Os recursos mundiais de água doce Relação entre disponibilidade de água e população Crise da água Crise de gestão, devido ao emprego de métodos inadequados; Enfermidades relacionadas com a água; Necessidades básicas de alimentação; Entorno degradado e perigoso; Pobreza: sintoma e causa da crise de água. Etapas Importantes Terceiro Fórum Mundial de Água, Kyoto, março de 2003 Ano Internacional de Água Doce, 2003 Encontro Mundial de Desenvolvimento Sustentável, Hohannesburgo, 2002 – WEHAB Conferência Internacional sobre a Água Doce, Bonn, 2001 Segundo Fórum Mundial de Água, Haya, 2000 Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (CNUMAD), Rio de Janeiro, 1992 – Agenda 21 Conferência Internacional sobre a Água e o Meio Ambiente, Dublin, 1992 (Princípios de Dublin) Decênio Internacional de Água Potável e de Saneamento (1981 – 1990) Conferência de Mar del Plata 1977 A Água e a Saúde Enfermidades Diarréicas A diarréia ocasiona aproximadamente mortes por dia, principalmente entre os meninos menores de cinco anos. Em 2001, 1,96 milhões de pessoas morreram por causa de diarréias infecciosas, das quais 1,3 milhões eram meninos menores de cinco anos. De a mortes vinculadas às enfermidades diarréicas podem ser atribuídas a três fatores: água, saneamento e higiene, dos quais 90 por cento dos atingidos são crianças menores de cinco anos. A maior parte das mortes poderiam ser evitadas adotando sérias medidas de higiene simples como lavar as mãos depois de usar o banheiro ou antes de preparar os alimentos. Malária Mais de um milhão de pessoas morrem de malária todos os anos. Cerca de 90% das taxas globais anuais de mortes por malária ocorrem na África Sub-Sahariana. A malária ocasiona ao menos 300 milhões de casos de enfermidades graves a cada ano. A enfermidade custa para a África mais de 12 milhões de dólares ao ano e atraso o crescimento econômico dos países africanos em 1,3% ao ano. A utilização de redes com mosquiteiros para dormir seria uma forma simples mas efetiva de prevenir muitos casos de malária, especialmente com meninos menores de cinco anos. Esquistossomose Mais de 200 milhões de pessoas em todo o mundo estão infectadas por esquistossomose. 88 milhões de crianças menores de 15 anos se infectam a cada ano. 80% da transmissão da enfermidade ocorre na África Sub- Sahariana. Água e saneamento 1 bilhão de pessoas não tem acesso a um adequado abastecimento de água. 2.4 bilhões de pessoas não tem acesso a um adequado sistema de saneamento. Metas a serem alcançadas Até 2015 é desejável que 1.5 bilhões de pessoas adicionais tenham acesso a alguma forma de abastecimento de água adequado, o que significa 100 milhões de pessoas adicionais por ano ( /dia) até Almeja-se que 1,9 bilhões de pessoas tenham acesso a um adequado sistema de saneamento, o que implica 125 milhões de pessoas adicionais por ano ( /dia) até 2015; Nas zonas urbanas, mais de um bilhão de pessoas terão necessidade, nos próximos 15 anos, de acesso a sistemas de abastecimento de água e saneamento. A Água e os Alimentos Desnutrição e Segurança Alimentar 777 milhões de pessoas nos países em desenvolvimento não tem acesso a alimentos suficientes e adequados. 27 milhões de pessoas nos países em transição sofrem de desnutrição e 11 milhões em países industrializados. A segurança alimentar está melhorando em escala global: –Em 1965 nos países em desenvolvimento o consumo de alimento por pessoa foi de kcal/pessoa/dia, em 1998 havia aumentado para kcal/pessoas/dia. –O maior incremento foi no Leste Asiático, que cresceu de kcal/pessoa/dia em 1965, para kcal/pessoa/dia em Produtos alimentícios e necessidade de água Nas últimas décadas, o consumo de carne nos países em desenvolvimento aumentou a uma taxa de 5 a 6 por cento ao ano; o consumo de leite e produtos lácteos entre 3 e 4 por cento. O setor avícola é o setor que cresce mais rapidamente em todo o mundo: representou 13 por cento da produção de carne na década de 60, em comparação com os 28 por cento na atualidade. Quantidade de água requerida para produção de alimentos: –1 kg de cereais: 1,5 m³ de água; –1 kg de ave fresca: 6 m³ de água; –1 kg de carne bovina fresca: 15 m³ de água; –1 cabeça de gado bovino: m³ de água. Usos da Água na Agricultura Aproximadamente 70% de toda a água disponível é utilizada para irrigação. A terra utilizada para fins agrícolas aumentou em 12% desde os anos 60, totalizando cerca de 1,5 bilhões de hectares. Estima-se que a retirada de água para irrigação a nível mundial seja da ordem de a km³ por ano. Os pastos e cultivos ocupam 37% da superfície da terra. As más práticas agrícolas de irrigação e drenagem têm conduzido à inundação e salinização de aproximadamente 10% das terras irrigadas do planeta. Disponibilidade de água por pessoa por ano Exemplos de países situados na parte superior da lista Exemplos de países situados na parte média da lista Exemplos de países situados na parte inferior da lista RankingContinentePaís Recursos Hídricos RankingContinentePaís RankingContinentePaís (m³/pessoa.ano)(m³/pessoa.ano)(m³/pessoa.ano) 1América do NorteGroenlândia EuropaPortugal ÁsiaÍndia América do NorteAlasca, Estados Unidos América do NorteMéxico EuropaAlemanha América do SulGuiana Francesa ÁsiaCoréia ÁfricaÁfrica do Sul EuropaIslândia EuropaFrança ÁsiaIsrael276 5América do SulGuiana ÁsiaJapão ÁsiaArábia Saudita118 6América do SulSuriname EuropaItália ÁsiaEmirados Árabes Unidos58 25América do SulBrasil ÁfricaNigéria ÁsiaKuwait10 A Água e a Indústria Usos industriais da água Acesso à energia e necessidades básicas O volume anual de água utilizada pela indústria crescerá de 753m³/ano em 1995 para um valor estimado em 1170m³/ano em Presume-se que em 2025 o componente industrial representará 24% da extração total de água doce. Contaminação da água pela indústria A indústria acumula a cada ano uns 300 a 500 milhões de toneladas de metais pesados, solventes, sedimentos tóxicos e outros resíduos. As indústrias que se utilizam de matéria prima orgânica são as principais responsáveis pela contribuição de carga de contaminantes orgânicos, sendo o setor de alimentação o que mais contamina. Mais de 80% dos resíduos perigosos do mundo é produzido pelos Estados Unidos Nos países em desenvolvimento, 70% dos esgotos industriais são despejados na água sem tratamento prévio, o que contamina a provisão de água disponível. A Água e a Energia Cerca de 2 bilhões de pessoas não tem nenhum tipo de acesso à eletricidade. 1 bilhão de pessoas utilizam eletricidade de fontes anti-econômicas. Aproximadamente 2,5 bilhões de pessoas nos países em desenvolvimento, principalmente nas áreas rurais, têm acesso limitado aos serviços de energia comercial. Mais de 2 milhões de crianças morreram de enfermidades respiratórias agudas em 2.000; 60% dessas mortes estão associadas com a contaminação do ar em interiores e outros fatores ambientais. Combustíveis de biomassa e carbono: – A biomassa representa 80% de todo o consumo domiciliar nos países em desenvolvimento; – 800 milhões de pessoas dependem da biomassa como fonte de combustível devido à severa escassez de lenha. – 3 bilhões de pessoas em todo o mundo dependem dos combustíveis de biomassa e de carbono para preparação de alimentos e calefação; Distribuição da energia em áreas rurais: – 85% da energia é utilizada nas residências (para preparação de alimentos e calefação); – 2 a 8% da energia é utilizada na agricultura (para funcionamento de equipamentos mecânicos e bombas de irrigação; – 2 a 10% da energia comercial (eletricidade e querosene) é utilizada para iluminação. Distribuição mundial de energia hidráulica: – A energia hidráulica é a principal fonte de energia renovável e a mais amplamente utilizada. – Representa 19% do total da produção de eletricidade. – O Canadá é o maior produtos de energia hidráulica, seguido pelos Estados Unidos e Brasil. – Aproximadamente dois terços do potencial economicamente aproveitável ainda está por se desenvolver. Os recursos hidroenergéticos ainda não explorados são abundantes na América Latina, África Central, Índia e China. |A energia hidráulica desempenha um papel preponderante na redução das emissões de gases de efeito estufa: se a metade do potencial mundial de energia hidráulica economicamente viável for desenvolvida, se poderia reduzir as emissões de gases de efeito estufa em cerca de 13%. Os principais impactos negativos da construção de represas incluem o deslocamento da população local e a degradação dos ecossistemas (perda de biodiversidade e de umidade, proliferação de espécies invasoras). A Água e as Cidades População Urbana A população média das 100 maiores cidades do mundo cresceu de cerca de 0,2 milhões em 1800, para 0,7 milhões em 1900, e para 6,2 milhões em Dezesseis cidades se converteram em mega-cidades (com mais de 10 milhões de habitantes) em 2000, concentrando 4% da população. Proporção da população que vive em meio urbano Mortalidade infantil em zonas urbanas Nas zonas urbanas de países de menores recursos, 1 criança em cada 6 morre antes de completar 5 anos. Nas zonas com escassez de água e saneamento, a taxa de mortalidade se multiplica por 10 ou 20, em comparação às zonas que contam com serviços adequados de abastecimento de água e saneamento. Abastecimento de água e saneamento A Água Compartilhada Bacias Transfronteiriças Principais ameaças da atividade humana aos ecossistemas Em 2002 existiam 263 bacias transfronteiriças cadastradas, em comparação a 218 em Conflito e cooperação A convenção sobre a Lei de Usos Não Navegáveis dos Rios Internacionais foi adotada pelas Nações Unidas em Atualmente, foi firmada por 16 países e ratificada por 9. Ocorreram interações (tanto conflitivas quanto cooperativas) nos últimos 50 anos. –7 disputas incluíram violência e houve 507 eventos de conflito. –Foram firmados aproximadamente 200 tratados, com um total de eventos cooperativos. Desenvolveu-se o conceito de água virtual que permite às nações e aos estados compartilharem os produtos e benefícios da água. A Água e os Ecossistemas Crescimento da população e do consumo. Desenvolvimento de infra-estrutura ( represas, crescimento urbano, rodovias). Uso e ocupação da terra (desmatamentos, agricultura, crescimento urbano). Exploração da terra, pesca excessiva, desperdício nas práticas de irrigação. Despejo de contaminantes (excrementos, produtos químicos agrícolas e industriais). Introdução de espécies exóticas (substituindo e movendo as espécies nativas). 145 nações possuem território inserido dentro de uma bacia transfronteiriça, e 21 estão situadas inteiramente dentro de uma. 12 países têm mais de 95% de seu território dentro de uma ou mais bacias transfronteiriças. Aproximadamente 1/3 das 263 bacias transfronteiriças são compartilhadas por mais de dois países. 19 bacias incluem cinco ou mais países: –A bacia do Danúbio é compartilhada por 18 nações ribeirinhas; –Cinco bacias são compartilhadas por 9 a 11 países; –Treze bacias possuem entre 5 a oito países ribeirinhos. Convenções Contaminação dos Rios A cada dia são despejados 2 milhões de toneladas de excremento nos cursos dágua. 40% das massas de água avaliadas em 1998 pelos Estados Unidos não foram consideradas aptas para distribuição de energia hidráulica nem para usos recreativos, devido a sua contaminação por nutrientes, metais e despejos agrícolas. 5 dos 55 rios da Europa são considerados não contaminados, e somente as porções superiores dos 14 maiores rios mantêm um bom estado ecológico. Na Ásia, todos os rios que atravessam cidades estão fortemente contaminados. Impacto do Desvio e Fragmentação dos Cursos de Água 60% dos 227 maiores rios do mundo se encontram seriamente fragmentados por represas, desvios e canais, o que conduz à degradação dos ecossistemas. Em 1998, o Mar de Aral havia perdido 75% de seu volume total. Sua desaparição foi causada principalmente pelo desvio do volume afluente dos rios Amu Darya e Syr Darya. Desde 1900 foram perdidos 50% das áreas úmidas do planeta. Mais de 80% das áreas úmidas do rio Danúbio foram destruídos desde o começo do século 20. Os pântanos de sal da Mesopotâmia e as bacias dos rios Tigres e Eufrates foram devastadas por represas e pela canalização fluvial. Perda de Áreas Úmidas Perda da Biodiversidade Entre 34 e 80 espécies de peixes entraram em extinção desde o final do século 19 e 6 desde Em escala mundial, cerca de 24% dos mamíferos e 12% das aves estão classificadas na categoria de ameaçadas. Nos Estados Unidos, 120 de 822 espécies de peixes de água doce são considerados ameaçados, representando cerca de 15% do total de espécies de peixes. Valoração da Água A Água e a Informação Na atualidade, 79% das crianças de todo o mundo entre 6 a 11 anos freqüentam a escola primária institutos em todo o mundo oferecem cursos de nível superior em matérias relacionadas com a água: Preços comparativos O custo da água em alguns países desenvolvidos: –Canadá: US$ 0,40 por metro cúbico –Reino Unido: US$ 1.18 por metro cúbico –França: US$ 1.23 por metro cúbico –Alemanha: US$ 1.91 por metro cúbico Os pobres pagam mais: Preço (em US$) da conexão domiciliar versos o preço do vendedor informal de alguns países: –Colombo (Sri Lanka): 0.02 versus 0.10 (4.35 vezes mais caro) –Chiangmai (Tailândia): 0.15 versus 1.01 (6.64 vezes mais caro) –Ho Chi Minh City (Vietnã): 0.12 versus 1.08 (9.23 vezes mais caro). –Manila (Filipinas): 0.11 versus 4.74 (42.32 vezes mais caro) –Faisalabad (Paquiistão): 0.11 versus 7.38 (68.33 vezes mais caro). –Vientiane (Laos): 0.11 versus ( vezes mais caro). –Delhi (Índia): 0.01 versus 4.89 (489 vezes mais caro). A Água e e seus Riscos Estatísticas Gerais Entre e ocorreram desastres relacionados com a água. Em 1999 houveram mortes ocasionadas por desastres naturais, em 1998 foram Os desastres naturais custaram um total de US$ 70 bilhões em 1999, em comparação com US$ 30 bilhões em As secas provocaram mortes entre 1991 e A proporção de emergências alimentares provocadas pelo homem está aumentando Tendências das emergências alimentares Países em Desenvolvimento De 1992 a 2001, os países em desenvolvimento foram alvo de 20% do número total de desastres relacionados com a água, e mais de 50% de suas vítimas mortais. Morrem aproximadamente 13 vezes mais gente nos desastres que ocorrem nos países em desenvolvimento do que nos países desenvolvidos. Inundações As inundações representam 15% de todas as mortes relacionadas com os desastres naturais, a fome 42%. Aproximadamente 66 milhões de pessoas sofreram danos por causa das inundações entre 1973 e Entre 1987 e 1997, 44% de todos os desastres por inundação afetou a Ásia, causando a perda de vidas (cerca de 93% de todas as mortes devidas às inundações no mundo). As perdas na região totalizaram US$ 136 milhões. Fonte: The United Nations World Water Development Report – UNESCO 2003 Fotos e Figuras: Acervo Clip-art Ministério do Meio Ambiente S E M I – Á R I D O ANA - Agência Nacional de Águas SPO - Setor Policial, Área 5, Quadra 3, Blocos B, L e M CEP: Brasília - DF Fone: (61) V.2


Carregar ppt "Os recursos mundiais de água doce Relação entre disponibilidade de água e população Crise da água Crise de gestão, devido ao emprego de métodos inadequados;"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google