A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Parâmetros Sócio-Econômicos Ano 2003Ano 2013VariaçãoFonte População (hab) 10.869.255 11.835.7089% CEPERJ Taxa Média de Crescimento Anual (década anterior)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Parâmetros Sócio-Econômicos Ano 2003Ano 2013VariaçãoFonte População (hab) 10.869.255 11.835.7089% CEPERJ Taxa Média de Crescimento Anual (década anterior)"— Transcrição da apresentação:

1

2 Parâmetros Sócio-Econômicos Ano 2003Ano 2013VariaçãoFonte População (hab) % CEPERJ Taxa Média de Crescimento Anual (década anterior) 1,17% a.a 0,86% a.a. - Frota de Automóveis (jan) Belford Roxo % DETRAN Duque de Caxias % Niterói % Nova Iguaçu % Rio de Janeiro % São Gonçalo % São João de Meriti %

3 Parâmetros Sócio-Econômicos Ano 2003Ano 2013VariaçãoFonte Viagens realizadas/dia ,41% a.a. PDTU (Revisão 2013) Modo individual/viagens motorizadas (%) 25,8%*28,5%3,3% Viagens motorizadas (hab/dia) 1,111,30- Vias Congestionadas (km) 55133**- PDTU (março / 2005) **Previsão ( Padrão São Paulo 2003 ) *São Paulo 2003 = 50%

4 Estado e Concessionárias no período ( ) nos Sistemas de Transporte Público de Passageiros (STPP): Aquisição de trens (ferroviários e metroviários); Aquisição de trens (ferroviários e metroviários); Modernização operacional e de controle (CCO) nos sistemas sobre trilhos; Modernização operacional e de controle (CCO) nos sistemas sobre trilhos; Bilhete Único; Bilhete Único; Extensão da Linha 1 do Metrô (Siqueira Campos – Gal. Osório); Extensão da Linha 1 do Metrô (Siqueira Campos – Gal. Osório); Corredor Metropolitano Leste (Alameda São Boa Ventura – Av. Feliciano Sodré); Corredor Metropolitano Leste (Alameda São Boa Ventura – Av. Feliciano Sodré); Linha 1B de Metrô (São Cristovão – Central); Linha 1B de Metrô (São Cristovão – Central); Aquisição de novas embarcações. Aquisição de novas embarcações.

5 Pelo Estado no STPP ou com reflexos positivos no sistema: Obras em andamento: Obras em andamento: Arco Metropolitano (Itaguaí (BR-101/Sul) – Duque de Caxias (BR-040)); Arco Metropolitano (Itaguaí (BR-101/Sul) – Duque de Caxias (BR-040)); Linha 1 / Linha 4 do Metrô (Gal. Osório – Jardim Oceânico); Linha 1 / Linha 4 do Metrô (Gal. Osório – Jardim Oceânico); Aquisição de novos trens e novas embarcações. Aquisição de novos trens e novas embarcações. Intervenções a serem licitadas: Intervenções a serem licitadas: Linha 3 – Monotrilho (Araribóia/Nit. – Guaxindiba/S. Gonçalo); Linha 3 – Monotrilho (Araribóia/Nit. – Guaxindiba/S. Gonçalo); Reestruturação dos espaços urbanos no entorno de estações ferroviárias. Reestruturação dos espaços urbanos no entorno de estações ferroviárias.

6 Fonte: IETS

7

8

9

10 Potencializar os lugares de referência e das relações que caracterizam seus elos de articulação; Potencializar os lugares de referência e das relações que caracterizam seus elos de articulação; Potencializar a centralidade da estação ferroviária, de forma a refletir sua hierarquia no contexto, tanto urbano como regional; Potencializar a centralidade da estação ferroviária, de forma a refletir sua hierarquia no contexto, tanto urbano como regional; Identificar e proporcionar equipamentos urbanos específicos com o objetivo de dar suporte à identidade local; Identificar e proporcionar equipamentos urbanos específicos com o objetivo de dar suporte à identidade local; Identificar as vias urbanas representativas dos eixos locais de intercomunicação entre a centralidade da estação e a malha urbana do município e/ou bairro; e Identificar as vias urbanas representativas dos eixos locais de intercomunicação entre a centralidade da estação e a malha urbana do município e/ou bairro; e Entender e diferenciar os níveis de urbanidade existentes, no conjunto de estações de cada ramal (regional, urbano e local) diferenciando as propostas. Entender e diferenciar os níveis de urbanidade existentes, no conjunto de estações de cada ramal (regional, urbano e local) diferenciando as propostas.

11

12

13 Necessidade de reorganizar a governança, extinta em Acompanhamento dos impactos das obras estruturantes – Arco Metropolitano / Complexo Petroquímico / Porto de Itaguaí / etc. Instrumentos de Ação através de parceria com o Banco Mundial. Plano Estratégico da Região Metropolitana (Características Básicas) Para onde ir? Modelagem da Metrópole (expansão e adensamento) Repensar as Centralidades (reverter a excessiva polaridade da capital) Ações Imediatas a curto e médio prazos (17 anos)

14 Propor um MODELO ESPACIAL para orientar o crescimento da metrópole que inclua: Produção de moradia digna e do emprego; Desenvolvimento econômico sustentável; Estratégias de Planejamento e Gestão.

15 Definição da Abrangência Territorial; Modelagem da Metrópole a partir das tendências atuais; Definição de centralidades – Metrópole Polinucleada; Avaliação da pertinência dos impactos de macro-investimentos; Ações estruturantes imediatas e de médio prazo; Governança Metropolitana.

16 CÂMARAS TEMÁTICAS APOIO TÉCNICO INSTRUMENTOS CONSELHO METROPOLITANO ORGÃO DE ESTADO PARA A GOVERNANÇA METROPOLITANA ORGÃO DE ESTADO PARA A GOVERNANÇA METROPOLITANA FÓRUM SOCIAL METROPOLITANO COMITÊ DE ESTRATÉGIAS METROPOLITANAS AÇÕES INTEGRADAS

17


Carregar ppt "Parâmetros Sócio-Econômicos Ano 2003Ano 2013VariaçãoFonte População (hab) 10.869.255 11.835.7089% CEPERJ Taxa Média de Crescimento Anual (década anterior)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google