A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Publicidade e Propaganda: Categorias e Conceitos Vitor Figueiredo Bragalia RA:40013 1 º PP-M.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Publicidade e Propaganda: Categorias e Conceitos Vitor Figueiredo Bragalia RA:40013 1 º PP-M."— Transcrição da apresentação:

1 Publicidade e Propaganda: Categorias e Conceitos Vitor Figueiredo Bragalia RA: º PP-M

2 Um artigo recém publicado na forbes.com reuniu especialistas para eleger as 20 melhores campanhas em mídias sociais de todos os tempos, onde foram convidados a levar em conta o sucesso das campanhas, bem como a qualidade da execução e a criatividade de cada uma.forbes.com Os jurados compartilharam a mesma opinião sobre algumas campanhas, como os esforços de marketing por trás do The Blair Witch Project, a campanha feita para divulgar o filme A Bruxa de Blair foi considerada e melhor campanha de mídia social de todos os tempos.

3 Três estudantes de cinema embrenham-se nas matas do estado de Maryland para fazer um documentário sobre a lenda da bruxa de Blair e desaparecem misteriosamente. Um ano depois, uma sacola cheia de rolos de filmes e fitas de vídeo são encontradas na mata. As imagens registradas pelo trio dão algumas pistas sobre seu macabro destino.

4 Os profissionais por trás deste filme de terror foram capazes de gerar grande buzz para um filme com um orçamento minúsculo, usando sites e fóruns para atiçar o interesse súbito nos meses antes de seu lançamento no verão de Afinal, a história dos produtores desse documentário sobre jovens perdidos na floresta era verdadeira ou falsa? Recortes falsos de jornais sobre o desaparecimento dos personagens principais do filme e fotos policiais de seu carro abandonado se espalharam em uma velocidade assustadora por toda internet. O filme fez mais de $ 29 milhões durante sua primeira semana de lançamento. Até hoje a produção de pequeno orçamento (apenas 50 mil dólares) gerou aproximadamente US $ 250 milhões.

5 Como estratégia de marketing, os diretores criaram e emitiram um documentário falso sobre a lenda da bruxa de Blair em um canal de TV americano. O público acreditou na lenda. A mentira sobre a bruxa forma parte de uma ficção que os diretores inventaram, e que começa em 1785, em plena época de caça às bruxas. A partir daí, acontece uma sucessão de assassinatos e desaparecimentos durante o século XIX e anos Tudo falso. Os três protagonistas acreditaram na lenda da bruxa até a estreia do filme. Quando A Bruxa de Blair estreou em junho de 1999, foram feitas apenas 27 cópias do mesmo, número que aumentou de forma gradual. Por haver poucas cópias, os ingressos para o cinema se esgotaram em muitos lugares e os rumores tomaram conta das ruas.

6 Para promover A Bruxa de Blair, foi dito que se tratava de um documentário real e com imagens encontradas pela polícia. Para isso, foi feita uma parceria com vários sites conhecidos, que junto à ficha de cada ator, foi colocado que seu paradeiro era desconhecido. O site do filme recebia 3 milhões de visitas diárias durante a estreia. Toda a campanha de publicidade começou na internet, que foi sua melhor aliada de marketing. Duas mil salas de cinema projetaram simultaneamente A Bruxa de Blair nos Estados Unidos, foi um recorde maior que o clássico Star Wars: Ameaça Fantasma.

7

8 1)- Entreter, não vender! Fato: Os cineastas focaram na história, não no produto. As pessoas não conseguiram separar a ficção da realidade. Com isso, o enredo ganhou muita força e nas ruas não se falava de outra coisa. Lição: Entreter, não vender! Levando em consideração que sua marca sofre impacto de todas as suas ações, procure levar entretenimento com o seu produto. No caso do filme, os cineastas venderam uma experiência ao público, não um simples produto.

9 2)- Segmentação Correta Fato: Eles levaram sua mensagem para as pessoas que queriam ouvi-las. Não esperaram ninguém ir até eles, identificaram e espalharam a história do filme para seu público-alvo. Os cineastas utilizaram fóruns e espaços do seu segmento para chegarem até seu público. Lição: Encontre e conheça seu público! Ao invés de sair gritando como um doidão, que seu produto existe, identifique seu público-alvo e inicie uma conversa, através dos meios de comunicação que eles usam.

10 3)- Invista dinheiro onde seu público está! Fato: Os produtores do filme não utilizaram os canais tradicionais de publicidade. Eles utilizaram meios alternativos para divulgação do filme e fizeram mais sucesso sem gastar praticamente nada. Lição: Só porque a maioria das empresas usa as mídias de comunicação tradicionais, como TV, rádio e revistas, não significa que são mais eficientes. Encontre o local onde seu público compartilha informações e invista nele.

11 4)- Conecte-se nas novas mídias Fato: Os cineastas Daniel Myrick e Eduardo Sánchez vincularam sua campanha com um site, que estava à frente da sua época, em Os poucos sites que existiam sobre filmes, eram chatos e cheios de textos. Com o blairwitch.com, o site era uma extensão do filme sem vendê-lo. Toda a informação referente à Bruxa de Blair era postada do site para despertar interesse. Esse procedimento funcionou como uma propaganda para seu site, levando algumas pessoas a crerem que a história era real. Foi entregue a sustos e mistérios que ficamos com gosto de quero mais. O branding foi fortalecido de forma genial. Lição: Os sites são mais do que cartões de visitas na internet. É o único lugar on-line que você pode controlar totalmente a mensagem do seu produto.

12 Mesmo no final da história a lenda tendo sido revelada falsa, a cidade de Burkittsville recebe turistas até hoje por causa do filme e lucra com a venda de Souvenir. Esse foi um case feito nos anos 90 e que faz sucesso até hoje.


Carregar ppt "Publicidade e Propaganda: Categorias e Conceitos Vitor Figueiredo Bragalia RA:40013 1 º PP-M."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google