A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Agência Nacional de Vigilância Sanitária Pesquisa sobre Medicamentos Genéricos: Consumidores Consumidores.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Agência Nacional de Vigilância Sanitária Pesquisa sobre Medicamentos Genéricos: Consumidores Consumidores."— Transcrição da apresentação:

1 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Pesquisa sobre Medicamentos Genéricos: Consumidores Consumidores

2 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores Período de campo: a Tamanho da amostra: entrevistas Universo: pesquisa nacional de Opinião Pública com consumidores de medicamentos Público: compradores de medicamentos com idade entre 16 a 74 anos Metodologia: interceptação de consumidores de medicamentos em drogarias Total de municípios na amostra: 236

3 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores - Perfil sócio-econômico - Renda Familiar: 45% - com renda de até 3 SM 39% - com renda de 3 a 10 SM 15% - com renda acima de 10 SM Atividade: 66% - Economicamente ativos 34% - Inativos 2% - Desempregados 16% - Donas de casa 12% - Aposentados 3% - Estudantes

4 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores 95% dos consumidores entrevistados conhecem os medicamentos genéricos 91% dos consumidores definiram corretamente os medicamentos genéricos 54% dos consumidores estão muito bem ou razoavelmente informados sobre os genéricos 58% gostariam de obter mais informações, embora haja boa identificação do binômio: preço e qualidade 80% confiam que fazem o mesmo efeito e 71% concordam que o genérico tem preço mais baixo

5 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores 82% dos consumidores já viram propaganda / campanha de esclarecimento à população sobre os medicamentos genéricos 71% dos consumidores reconhecem os genéricos - 55% pelo G da embalagem e 16% de outras formas Somente 7,2% dos consumidores consultam a lista de genéricos nas farmácias ou drogarias 48% dos consumidores ouviram falar de medicamento de referência 12% dos consumidores ouviram falar de medicamentos similares

6 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores 59% acreditam que os esforços do Ministério da Saúde para que os genéricos cheguem às farmácias é insuficiente 51% deram nota entre 7 a 10 para o controle da qualidade dos medicamentos no Brasil Mas 61% têm alguma ou pouca confiança de que a ANVISA é capaz de garantir a qualidade dos genéricos 45% deram nota entre 7 a 10 para os esforços do governo para reduzir os preços dos medicamentos

7 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores - Situação de compra de medicamentos - 28% 13% 54% 5% Mais de um, todos com receita Um único medicamento com receita Mais que um medicamento, nem todos com receita Um ou mais, nenhum com receita 67%...Norte 56%...Nordeste 79%...Centro-Oeste 43%...Sul 52%...Sudeste 54%Total

8 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores 74% compraram o medicamento de referência 10% compraram o medicamento genérico 22% tentaram comprar um medicamento genérico (procura ativa) Somente 21% questionaram o balconista pela falta do genérico e 18% perguntaram quando o genérico estaria disponível Dos 54% que compram sem receita

9 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores - Situação da Prescrição - Referência + genérico ou princípio ativo Somente genérico Somente similar 1% 3% 6% 9% 80% 1% Somente referência Referência + similar Referência + genérico + similar Dos 46% que compram com receita

10 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores Dos 46% que compram com receita 80% das receitas verificadas são medicamentos de marca Em 71% desses casos foi comprado o medicamento prescrito Dos consumidores com receita, nestas 19% tinham restrição de troca de medicamentos 9% das receitas tinham somente o genérico e desses 84% compraram o medicamento prescrito

11 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores - Avaliação com relação à atitude do balconista / farmacêutico - 51% 23% 44% Genérico estava em falta - 15% 4% Muito caro, mesmo sendo genérico - 8% 2% Não ofereceram 10% 38% 17% Pesquisando preços 10% 8% 10% Foi convencido a levar um similar - 8% 2% Não trouxe dinheiro/ dinheiro insuficiente 6% 7% 8% 11% Total % Gené- rico 8% 9% 10% Genérico e Refe- rência Não confia na qualidade Comprou o receitado/o que está acostumado Pesquisando preços Nem perguntou/nem pensou/comprou o que trouxeram Razões para não ter comprado genérico (compra com receita de genérico ou de genérico+referência)

12 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores - Avaliação com relação à atitude do balconista / farmacêutico - 5%4%5% Não existe genérico nesta dosagem/forma terapêutica 7%3%5% Prefere o medicamento que já utiliza/ já acostumou 21% Esqueceu de procurar/nem perguntou/nem pensou 2% 4% 5% 7% 38% Total 3% 6% 10% 4% 6% 36% Sem genérico 1% 2% 3% - 6% 7% 39% Sem receita Não trouxe dinheiro/ dinheiro insuficiente Medo de falsificações Comprou o que estava na receita/ o que compra sempre Médico não receitou/ comprou o que o médico receitou Pesquisando preços Genérico estava em falta Falta de confiança na qualidade dos genéricos Não existe genérico para substituir o medicamento Razões para não ter comprado genérico (compra sem receita de genérico ou compra sem receita)

13 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores 21% 51% 9% 4% 6% 9% Maior parte das vezes Quase sempre Sempre Nunca Raramente Menor parte das vezes Freqüência que se informa com o médico(a) se existe alternativa de genérico

14 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Atitude do médico: receitar ou tratar espontaneamente dos genéricos 2% 10% 60% 10% 4% 5% 9% Nunca Raramente Menor parte das vezes Maior parte das vezes Quase sempre Sempre NS/NR Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores - Avaliação com relação à atitude do médico -

15 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Qualidade dos esclarecimentos dos médicos sobre os genéricos, quando solicitado Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores - Avaliação com relação à atitude do médico - 1% 73% 20% 6% Esclareceu bem Esclarecimento insuficiente Informou mais ou menos Não sabe/não respondeu

16 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Atitude do médico sobre a qualidade dos genéricos Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores - Avaliação durante a última consulta médica - 3% 15% 78% 3% Positiva Neutra Negativa NS/NR

17 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores - Avaliação com relação à atitude do balconista / farmacêutico - 5% 95% Não Sim Consumidor pediu esclarecimentos sobre genéricos naquela visita à drogaria Atitude do balconista na explicação sobre a qualidade dos genéricos 90% Positiva 8% Neutra 2% Negativa

18 Agência Nacional de Vigilância Sanitária 2% 89% 9% Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores - Avaliação com relação à atitude do balconista / farmacêutico - Qualidade dos esclarecimentos dos balconis- tas sobre os genéricos, quando solicitado Esclareceu bem Esclareceu mal Esclareceu mais ou menos

19 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores - Avaliação dos usuários de medicamentos de uso contínuo - Total 33%...Sudeste 36%...Sul 33%...Centro-Oeste 29%...Nordeste 29%...Norte 19% 2% 3% 4% 7% 9% 10% 13% 38% 2% Pressão arterial Anti-depressivos, ansiolíticos Menopausa Oftalmologia Colesteroal Alergia Bronquite Osteoporose Diabetes Cardiologia Circulação Estômago, digestivo Tiróide Hormônios Coluna, hérnias Base: 33%, ou 736, dos consumidores entrevistados

20 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Tentativa de obter estes medicamentos gratuitamente Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores - Avaliação dos usuários de medicamentos de uso contínuo - 37% 63% Sim Não Compram todos os medicamentos Ganham todos os medicamentos Compram parte dos medicamentos e ganham a outra parte Situação atual de gastos com medicamentos de uso contínuo 17% 5% 77%

21 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Medicamentos Genéricos no Brasil Pesquisa com Consumidores - Avaliação dos usuários de medicamentos de uso contínuo - R$77,90 R$95,60 Antes Depois Estimativa de gastos mensais com medicamentos antes e depois dos genéricos Hábito de compra: fidelidade Procura comprar genéricos de um mesmo laboratório 58% 24% 18% Não Sim NS/NR

22 Agência Nacional de Vigilância Sanitária Gerência Geral de Medicamentos Genéricos - Telefone Fax


Carregar ppt "Agência Nacional de Vigilância Sanitária Pesquisa sobre Medicamentos Genéricos: Consumidores Consumidores."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google