A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Miguel Roberto Soares Silva "O Seguro Incêndio no Brasil" Parte V Como ficou o Seguro Incêndio no Brasil.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Miguel Roberto Soares Silva "O Seguro Incêndio no Brasil" Parte V Como ficou o Seguro Incêndio no Brasil."— Transcrição da apresentação:

1

2 Miguel Roberto Soares Silva "O Seguro Incêndio no Brasil" Parte V Como ficou o Seguro Incêndio no Brasil

3 " O Seguro Incêndio no Brasil " CONFORME VIMOS O SEGURO INCÊNDIO GARANTIA APENAS : E umas poucas coberturas acessórias Miguel Roberto Soares Silva Explosão de gás de uso doméstico Queda de Raio Incêndio

4 " O Seguro Incêndio no Brasil " ERA TIDO COMO UM SEGURO, PESADO E RETRÓGRADO Sua modalidade a Risco Total ou Proporcional, obrigava segurar 100% do patrimônio fosse ele perecível ou não, caso contrário entrava em rateio. Miguel Roberto Soares Silva

5 " O Seguro Incêndio no Brasil " O mercado todo pleiteava ao IRB: Miguel Roberto Soares Silva Seguro mais moderno, que incluísse todas as coberturas em uma única apólice. Seguro a 1° Risco Absoluto e a 1° Risco Relativo. Uma única verba garantindo todo o parque industrial.

6 " O Seguro Incêndio no Brasil " Em 1990 o IRB lança no mercado a 1ª Tarifa de Seguro Incêndio Simplificada Miguel Roberto Soares Silva Era tão simplificada que somente se aplicava a Residências, Comércios e Consultórios

7 Miguel Roberto Soares Silva " O Seguro Incêndio no Brasil "

8 Embora continuasse complexa, já era um avanço. As vésperas da mesma entrar em vigor, o Governo Collor liberou o Mercado Segurador. Miguel Roberto Soares Silva " O Seguro Incêndio no Brasil " Dali para a frente virou um salseiro danado, concorrência predatória entre seguradoras, os prêmios caíram assustadoramente, sinistros apareceram, veio o plano real.

9 " O Seguro Incêndio no Brasil " A confusão já partiu do nome dos novos seguros: Multirisco, Multirrisco, Multi-Risco ou Multi Risco. Riscos Nominados e Riscos Nomeados Riscos Operacionais. Miguel Roberto Soares Silva

10 " O Seguro Incêndio no Brasil " Como o IRB fazia tudo, ninguém tinha experiência e começaram os improvisos. Adotaram a tarifa do IRB para todas as atividades e começaram os enxertos. No afã de obter resultados começaram as pegadinhas nos seguros. Uma virgula aqui, uma observação lá e muita restrição. Miguel Roberto Soares Silva Hoje com poucas exceções temos que fazer o seguro que a Companhia quer, e não o que o Segurado deseja ou necessita.

11 " O Seguro Incêndio no Brasil " Vou me utilizar da mesma figura que se utilizam os fabricantes de cerveja para lhes mostrar como está o mercado para o corretor: Miguel Roberto Soares Silva Vamos ver uma situação:

12 Miguel Roberto Soares Silva Se a Carolina Ferraz entrar em uma loja para comprar roupas que manequim ela vai pedir? Talvez 38 ou 40 !! Não sei. " O Seguro Incêndio no Brasil "

13 Miguel Roberto Soares Silva Calça 38 ou 40 ? Sutiã 44 ou 46 ? Não sei. E se a Luize Altenhofem entrar na mesma loja para comprar este tipo de roupa que manequim ela vai pedir? " O Seguro Incêndio no Brasil "

14 Vocês devem estar se indagando onde eu quero chegar. Miguel Roberto Soares Silva Vamos Ver?

15 Miguel Roberto Soares Silva O mercado segurador procurando sobreviver com os prêmios baixos e a concorrência acirrada, engessou os seus produtos. Você compra o que está na prateleira ou não faz seguro. " O Seguro Incêndio no Brasil " Era esta a situação que o mercado pleiteava ao IRB em 1990?

16 Miguel Roberto Soares Silva Tenho certeza que não, o segurado quer comprar um seguro adequado a sua atividade e as suas necessidades. Se uma loja pode lhe oferecer opção de numerações diferentes porque o seguro não? " O Seguro Incêndio no Brasil " Até mesmo sapatos podemos comprar um pé 37 e outro 38.

17 " O Seguro Incêndio no Brasil " Isto é seguro moderno? Vocês devem estar se perguntando: O Miguel veio aqui para criticar o seguro? Não, eu vivo em função dele, quero lhes mostrar toda a realidade para que entendam esse emaranhado de situações. V a m o s v e r mais ? Miguel Roberto Soares Silva

18 " O Seguro Incêndio no Brasil " Qualquer atividade que tenha trabalhos de madeira ou de plástico. Não se aceita. Fabricação de artigos de papel e papelão. Difícil aceitação. Miguel Roberto Soares Silva Casas pré moldadas de madeira. Nem pensar! Construções que não sejam superior ou sólida. Não se consegue fazer seguro?

19 " O Seguro Incêndio no Brasil " Quero lhes fazer um alerta: Tomem cuidado com: Miguel Roberto Soares Silva CONCEITO de coberturas: Cláusula com o mesmo nome cobrem coisas diferentes de seguradora para seguradora. FRANQUIAS: Abusivas, há franquia com valor superior a verba segurada.

20 " O Seguro Incêndio no Brasil " Hoje as seguradoras querem resultados e não a satisfação do segurado. Vamos ver algumas situações reais: Miguel Roberto Soares Silva

21 "O Seguro Incêndio no Brasil" Além do Risco Assumido pela Seguradora todos estes fatores encareciam o processo Os prêmios eram tão altos que os equipamentos instalados tinham seus custos amortizados em poucos anos. Miguel Roberto Soares Silva Aqui estava o grande aliado do Departamento de Segurança. Quanto mais equipamento instalasse maiores eram os descontos e menores os prêmios de seguro.

22 SEGURADORAS A B C D Escritórios com Gabinetes Médicos, Dentários e Colônia de Férias Valor em Risco = ,00 – LMI = ,00 PRÊMIOS R$ ,60 R$ ,04 R$ ,47 R$ ,01 Miguel Roberto Soares Silva O Seguro Incêndio no Brasil E Declinou o risco Vejamos alguns números tirados de casos reais

23 SEGURADORAS A B C D Metalúrgica com processos de soldagem, pintura e montagem de componentes eletrônicos. Valor em Risco = ,00 – LMI = ,00 PRÊMIOS R$ ,63 R$ ,78 R$ ,79 R$ ,89 Miguel Roberto Soares Silva O Seguro Incêndio no Brasil E Declinou o risco

24 SEGURADORAS A B C D Fábrica de Artigos de Borracha sem emprego de inflamáveis Valor em Risco = ,00 – LMI = ,00 PRÊMIOS R$ ,49 R$ ,36 R$ ,48 R$ ,53 Miguel Roberto Soares Silva O Seguro Incêndio no Brasil E, F, G, H, e I Declinaram o risco

25 " O Seguro Incêndio no Brasil " CONTINUA NA PARTE VI Clique aqui para abrir a próxima parte Clique aqui para abrir a próxima parte Miguel Roberto Soares Silva


Carregar ppt "Miguel Roberto Soares Silva "O Seguro Incêndio no Brasil" Parte V Como ficou o Seguro Incêndio no Brasil."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google