A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O pediatra e os meios eletrônicos.. Os meios de comunicação na vida da criança e do adolescente: Vilões ou edificantes na formação? Isso depende da orientação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O pediatra e os meios eletrônicos.. Os meios de comunicação na vida da criança e do adolescente: Vilões ou edificantes na formação? Isso depende da orientação."— Transcrição da apresentação:

1 O pediatra e os meios eletrônicos.

2 Os meios de comunicação na vida da criança e do adolescente: Vilões ou edificantes na formação? Isso depende da orientação adequada passada dos pais para os filhos na forma de utilizá-los. No entanto, se houver uma falha nessa orientação, é obrigação do pediatra perceber o mau uso e orientar pais e filhos sobre a melhor forma de proceder.

3 O papel dos pais na criação. O papel dos pais na criação.

4 Primeiro é preciso ser pai As dificuldades que os pais enfrentarão para educar um filho dependerão, fundamentalmente, da capacidade de amar e de educar que esses pais desenvolveram ao longo de suas próprias vidas, além das condições do meio ambiente que serão oferecidas a essa criança.

5 O que observar? Para identificar se há abuso na utilização dos meios eletrônicos, os pais devem observar se esse uso está dificultando outras atividades do filho, como o desempenho escolar e o contato social, ou causando algum outro tipo de malefício.

6 Cuidado! "Crianças e adolescentes cujos pais passam muito tempo na internet, tendem a não ter noção do tempo gasto no computador É importante que os pais estejam atentos em relação aos seus filhos para que possam perceber eventuais diferenças em seus comportamentos. Os filhos se espelham nas atitudes dos pais para criar uma rotina de comportamento.

7 Como agir? É preciso ter um diálogo, estabelecer critérios e negociar com os filhos. Tem que ter confiança. Muitas coisas que passam nos veículos de comunicação não são novidades para as crianças e adolescente, o que vai fazer a diferença é a orientação passada pelos pais. A conversa entre pais e filhos deve ser aberta e sincera, permitindo que os pais acompanhem as atividades e relações de seus filhos, sem invadirem seus espaços.

8 Regras para serem cumpridas Deve-se evitar computador, TV, vídeo-game no quarto. Um bom modo de controlar o conteúdo que os jovens têm acesso sem invadir sua privacidade é deixando, por exemplo, o computador em lugar em que todos os membros da família passam. É preciso estabelecer um limite diário de uso do meio eletrônico. Isso facilita o controle sem que o jovem se sinta invadido.

9 Papel do pediatra: Pesquisa revela que crianças americanas de 8 a 18 anos ficam, em média, mais de 7h/dia usando meios de comunicação Instruir os pais quanto à limitações no uso dos meios de comunicação

10 . Apesar dos diversos problemas de desenvolvimento que podem ser causados pelos meios eletrônicos, eles são rica fonte de atividades criativas, sociais e educacionais. Pesquisas indicam que crianças que aprenderam a utilizar os meios de comunicação são críticas quanto às informações que recebem pelos meios de comunicação e sabem limitar seu uso Não é possível excluir os meios eletrônicos da vida, o melhor é prevenir quanto ao uso adequado Instruir os pais para educar para o uso correto da mídia Fazer anamnese completa, verificando existência de problemas no desenvolvimento e sua associação com o uso incorreto de eletrônicos

11 Obesidade e Problemas Cardíacos 5 horas parados em frente a televisão: aumentam 60% o risco os casos de colesterol alto e hipertensão e em 5x o risco de aterosclerose em adolescentes. Aumento do consumo de produtos de fácil acesso, ricos em sódio, glicose e lipídios, os quais mantém a crianças por mais tempo em frente a Televisão. Diminuição expressiva na atividade física.

12 Pediatra deve: Utilizar as curvas de desenvolvimento para averiguar problemas associados à obesidade e, caso haja desvios, como IMC alto ou retardo no crescimento ligados à alimentação, encaminhar à nutricionista Instruir pais sobre alimentação correta, prevenindo desvios futuros

13 Estimulação da Violência O contato com programas de televisão e jogos que estimulam a violência, já são apontadas como principal causa de agressão entre crianças e jovens. Devido a disseminação da internet, a ocorrência de cyberbulling, é algo corriqueiro entre nossas crianças. O comportamento machista e de intolerâncias as minorias (homossexuais, estrangeiros,...), também foi evidenciado em meninos que tem passam longo tempo em contato com a internet de forma não controlada.

14 Cabe ao pediatra... Averiguar comportamento agressivo da criança. Questionar os pais sobre o controle que está sendo feito sobre o conteúdo de mídia que encontra o filho Falar aos pais sobre como a violência exposta na mídia é prejudicial ao desenvolvimento psicológico infantil

15 Problemas escolares Adolescentes que passam a madrugada acordado tem dificuldade de manter-se atentos na escola durante a manhã. A linguagem fragmentada usada pela mídias, dificultam o entendimento de linguagem didática. Comparados aos jovens com boas notas, os alunos com notas na média ou abaixo tinham uma televisão no quarto e assistiam com maior frequência. O tempo gasto com televisão foi apontado com principal causa de baixo rendimento escolar, entre jovens normais.

16 Ao pediatra... Perguntar aos pais sobre sonolência diurna, irritabilidade ou dificuldade ao dormir e, se adolescente, sobre desempenho escolar. Questionar sobre horários e quantidade de uso de aparelhos audiovisuais

17 Influencia no Ritmo de Sono Segundo pesquisa americana, os adolescentes passam maior parte do tempo no computador ou em frente a televisão, mais até que dormindo. O estimulo luminoso reduz a liberação de melatonina, assim o cérebro necessita de 1h a 2 h, para desligar e começar o processo de sono. Estudo inglês, demonstrou que aumentaram em 40% o numero de casos de crianças com insônia, sendo a televisão como a principal causa do aumento.

18 Médico pediatra... Dizer aos pais e à criança sobre o uso em horários próximos ao sono e sobre a necessidade das oito horas diárias de sono necessárias ao bom crescimento

19 Maturação Sexual Precoce A erotização precoce é apontada como consequência da exposição maciça a programas de televisão, internet e letras de musicas. A internet apresenta-se como uma ferramenta fácil e rápida pra os adolescentes terem contado com conteúdos eróticos. Pesquisa apontam inicio antecipado da vida sexual dos adolescentes. Essa antecipação esta na maioria dos casos acompanhada de um preparo a respeito de DST e métodos anticonceptivos.

20 Deve o pediatra... Notar desvios comportamentais que podem estar ligados à sexualidade precoce. Avisar os pais sobre a necessidade de saber e controlar o conteúdo a que seus filhos tem acesso. Alertar pais e filhos sobre o perigo da pedofilia e, caso seja adolescente, da obrigatoriedade do uso de camisinha.

21 Doenças Neuroemocionais Estudos comprovaram que as crianças que passam muitas horas com os meio eletrônicos apresentam maior dificuldade com relações reais e optam por permanecer escondidos atrás da tela. Os casos de depressão são muito mais comuns hoje do que a duas décadas. Muito é atribuído a falta de endorfina liberada após exercícios físicos.

22 Informação ao pediatra: Recomendações da Academia Americana de Pediatria: Perguntar sobre 2 questões, no mínimo, relacionadas ao uso dos meios de comunicação Averiguar se agressividade, dificuldade escolar ou excesso de peso não está relacionado com mídia Alertar pais da necessidade de selecionar a programação que chega à criança, discutir temas abertamente com os filhos, limitar tempo de uso de eletrônicos, enfatizar atividades sem meios eletrônicos. Evitar uso de televisão por menores de 2 anos

23 Em suma... O pediatra deve fazer uma anamnese completa, averiguando desvios no desenvolvimento Questionar aos pais sobre o uso e controle da mídia Instruir pais e filhos sobre como, quando e quanto ela deve ser utilizada Muito mais importante que tratar é prevenir! Conversar amplamente com pais e filhos é o melhor caminho

24 Obrigado! Obrigado!

25 Referências: pel_da_miacutedia pelos-filhos AAP, American Academy of Pediatrics, Committee on Public Education (2001). Children, Adolescents, and Television. Pediatrics, Vol. 107, Nº 2, Feb. 2001, pp Brown, J.D. et al. (2006). Sexy media matter: Exposure to sexual content in music, movies, television, and magazines predicts black and white adolescents' sexual behavior. Pediatrics, Vol. 118, April 2006, pp adolescente/comportamento/cyberbullying-violencia-virtual-bullying-agressao- humilhacao shtml


Carregar ppt "O pediatra e os meios eletrônicos.. Os meios de comunicação na vida da criança e do adolescente: Vilões ou edificantes na formação? Isso depende da orientação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google