A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Manutenção e a Segurança e Saúde no Trabalho Local, data Campanha Locais de Trabalho Seguros e Saudáveis 2010 - 2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Manutenção e a Segurança e Saúde no Trabalho Local, data Campanha Locais de Trabalho Seguros e Saudáveis 2010 - 2011."— Transcrição da apresentação:

1 A Manutenção e a Segurança e Saúde no Trabalho Local, data Campanha Locais de Trabalho Seguros e Saudáveis

2 Porque é a manutenção tão importante para a segurança e a saúde no trabalho? Uma actividade regular de reparação e manutenção é imprescindível para conservar os equipamentos, as máquinas e o ambiente de trabalho seguros e fiáveis, ou seja, ajuda a eliminar os perigos nos locais de trabalho; A falta de manutenção ou uma manutenção deficiente podem dar origem a situações perigosas, a acidentes e a problemas de saúde; A manutenção é uma actividade de alto risco.

3 Eliminação de perigos pela reparação e manutenção (1) A reparação e manutenção das superfícies de trabalho, dos pisos e das vias de circulação é fundamental para evitar acidentes Escorregamentos, tropeções, quedas, acidentes com empilhadoras O facto de os aparelhos de elevação não serem regularmente sujeitos a inspecção e manutenção é uma causa de acidentes muito comum As correntes de elevação podem ficar sujas/corroídas e falhar, provocando a queda de cargas pesadas

4 Eliminação de perigos pela reparação e manutenção (2) Os acidentes de trabalho relacionados com a electricidade provocam um número significativo de mortes As instalações eléctricas deficientes (cabos, tomadas, aparelhos) podem causar choques e queimaduras, incêndios e mesmo explosões

5 Reparação e manutenção: uma actividade de alto risco Alguns riscos específicos da actividade de reparação e manutenção: Carácter não rotineiro das tarefas e condições de trabalho anormais (intervenções em espaços confinados); Tarefas e ambientes de trabalho sempre diferentes; Trabalho em estreito contacto com máquinas e em operações ininterruptas; Pressão dos prazos. As actividades de reparação e manutenção ocorrem em todos os sectores e em todos os locais de trabalho – e estão associadas a uma grande variedade de perigos.

6 Perigos, riscos e consequências para a saúde (1) Perigos físicos: Ruído, vibração; Calor e frio excessivos; Radiação (radiação ultravioleta, raios X, campos electromagnéticos); Sobrecarga de esforço físico, movimentos difíceis, trabalho em espaços confinados. Consequências: problemas de audição provocados pelo ruído, lesões musculoesqueléticas.

7 Perigos, riscos e consequências para a saúde (2) Perigos químicos: Amianto, fibra de vidro; Vapores, fumos, poeiras (gases do asfalto, efluentes gasosos de motores diesel, sílica cristalina e outros); Solventes. Consequências: problemas respiratórios, asma profissional, alergias, asbestose, cancro. Source: B. Floret/INRS

8 Perigos, riscos e consequências para a saúde (3) Riscos biológicos: Bactérias (legionela, salmonela e outras); Bolor e fungos. Consequências: problemas respiratórios, asma, alergias, legionelose.

9 Perigos, riscos e consequências para a saúde (4) Factores de risco psicossociais: Pressão dos prazos; Trabalho por turnos, ao fim-de-semana, nocturno ou pontual, e horários de trabalho irregulares; Trabalho conjunto com pessoal de um ou mais subcontratantes (problemas de comunicação). Consequências: stress profissional, fadiga, risco acrescido de acidentes.

10 Perigos, riscos e consequências para a saúde (5) Risco elevado de todo o tipo de acidentes: Muitos relacionados com as ferramentas de trabalho e a reparação e manutenção de máquinas (esmagamento provocado pela movimentação de máquinas, arranque inesperado e outros); Quedas em altura, acidentes com objectos em queda; Electrocussão, choques eléctricos, queimaduras; Espaços confinados, asfixia; Explosão, incêndio.

11 Subcontratação: Factor de agravamento em termos de segurança e saúde (numerosos acidentes e incidentes estão relacionados com a subcontratação de operações de reparação e manutenção); Actividades desenvolvidas fora do local normal de trabalho (trabalhadores colocados nas instalações do cliente) e consequente necessidade de adaptação; Mudança frequente de ambiente de trabalho; Várias empresas subcontratadas a trabalhar simultaneamente no mesmo local (problemas de comunicação).

12 Relatório e ficha informativa da EU-OSHA sobre Manutenção e SST Maintenance and OSH - a statistical picture (Manutenção e SST – Um retrato estatístico) Panorama da actividade de reparação e manutenção na Europa: Especificidade da população; Exposição ao perigo e principais riscos; Problemas de saúde e acidentes; Algumas indicações para uma prevenção adequada.

13 Factos e números (1) Taxas de sinistralidade elevadas: Os dados do EUROSTAT mostram que cerca de 15% a 20% (consoante o país) de todos os acidentes e 10% a 15% dos acidentes mortais estão relacionados com operações de reparação e manutenção; Cerca de 38% dos acidentes químicos são causados por substâncias perigosas libertadas no decurso de operações de manutenção (Koehorst, 1989); A maior parte dos acidentes ocorre em operações de manutenção correctiva.

14 Factos e números (2) Exposições por motivos profissionais: Os dados indicam que os trabalhadores afectos a actividades de reparação e manutenção se sujeitam a níveis de exposição superiores à média; Elevada exposição a sobrecargas físicas; Exposição superior dos mesmos trabalhadores ao ruído, a vibrações e a radiações; Estes trabalhadores estão também mais expostos ao calor no Verão e a ambientes muito húmidos ou muito secos.

15 Factos e números (3) Vários estudos indicam que os trabalhadores afectos à manutenção industrial podem estar sujeitos a um risco especialmente elevado de contracção de doenças profissionais: De acordo com um estudo francês, os trabalhadores afectos à manutenção industrial apresentam uma taxa de doenças profissionais 8 a 10 vezes superior à da população em geral; Uma elevada percentagem dos casos notificados de lesões musculoesqueléticas envolve trabalhadores afectos a actividades de reparação e manutenção, designadamente mecânicos e electricistas; As taxas de morbilidade e/ou mortalidade mais elevadas relacionadas com a exposição ao amianto ocorrem entre os trabalhadores da manutenção de edifícios e os engenheiros da manutenção naval.

16 Exemplos de boas práticas (1) Em Outubro de 2010, será publicada uma compilação de exemplos de boas práticas, entre os quais os seguintes: As iniciativas da irlandesa HSA (Autoridade para a Saúde e a Segurança) tendentes à redução dos acidentes relacionados com a reparação e manutenção de equipamento agrícola Código de Boas Práticas para a Prevenção de Acidentes e Doenças Profissionais na Agricultura Programa de formação em segurança para agricultores;

17 Exemplos de boas práticas (2) Manutenção de qualidade na indústria química – As instalações da BASF em Ludwigshafen (Alemanha) Tendo em vista a prevenção dos acidentes de trabalho, a BASF adoptou um conjunto de medidas de segurança, a saber: Fluxo de trabalho bem definido Avaliação dos riscos Autorizações e orientações de trabalho Formação dos trabalhadores efectivos e dos contratados a termo.

18 Legislação da UE Desde 1989, foram adoptadas várias directivas europeias através das quais foi estabelecido um quadro geral de requisitos mínimos de protecção dos trabalhadores. Essas directivas também se aplicam às actividades de reparação e manutenção, nomeadamente a directiva-quadro, que institui a obrigação de os empregadores levarem a cabo uma avaliação dos riscos profissionais.

19 Directiva 89/391/CEE do Conselho – Directiva-Quadro: Estabelece os princípios gerais relativos à prevenção e à protecção dos trabalhadores contra os acidentes de trabalho e as doenças profissionais; Define as obrigações dos empregadores quanto à avaliação dos riscos e à eliminação dos factores de risco e de acidente; Contém normas relativas à informação e formação dos trabalhadores e à consulta e participação equilibrada dos trabalhadores e seus representantes.

20 Directrizes para a avaliação dos riscos: A Comissão Europeia promoveu a publicação das Directrizes para a avaliação de riscos no trabalho, tendo em vista ajudar os empregadores e os trabalhadores a cumprirem as normas da avaliação dos riscos estabelecidas na directiva-quadro; Os trabalhadores afectos a actividades de reparação e manutenção são descritos como trabalhadores que podem estar sujeitos a riscos acrescidos; É necessário realizar uma avaliação dos riscos específica em relação às actividades de reparação e manutenção (http://osha.europa.eu/en/topics/riskassessment/guidance.pdf).

21 Campanha Europeia sobre trabalhos de reparação e manutenção seguros Os objectivos da Campanha consistem em aumentar a sensibilização para a importância dos trabalhos de reparação e manutenção para a segurança e a saúde dos trabalhadores, os riscos associados aos trabalhos de reparação e manutenção, a obrigação moral e legal que incumbe aos empregadores de terem em conta os requisitos da SST nas operações de reparação e manutenção, e as vantagens próprias de o fazerem; promover uma abordagem estruturada da gestão da SST nas actividades de reparação e manutenção, baseada numa adequada avaliação dos riscos.

22 Temas centrais da Campanha: Trabalhos de reparação e manutenção seguros: enfoque na segurança e saúde dos trabalhadores que realizam esses trabalhos; Reparação e manutenção em prol da segurança e da saúde: enfoque na importância das actividades de reparação e manutenção para a eliminação dos riscos nos locais de trabalho e para a criação de condições de trabalho mais seguras e saudáveis para todos os trabalhadores.

23 Princípios comuns da segurança dos trabalhos de reparação e manutenção: Integração da gestão da SST na gestão dos trabalhos de reparação e manutenção; Abordagem estruturada baseada na avaliação dos riscos; Definição clara de funções e responsabilidades; Métodos de trabalho seguros e orientações claras; Formação e equipamento adequados; Envolvimento dos trabalhadores no processo de avaliação dos riscos e de gestão dos trabalhos de reparação e manutenção.

24 Os cinco requisitos básicos da segurança dos trabalhos de reparação e manutenção: Planeamento do trabalho; Preparação de uma área de trabalho segura; Utilização de equipamento adequado; Execução do trabalho de acordo com o plano; Verificação final do trabalho realizado.

25 Mais informações sobre a Campanha: Visite o sítio Web da Campanha, em:

26 UMA CAMPANHA EUROPEIA SOBRE TRABALHOS DE REPARAÇÃO E MANUTENÇÃO SEGUROS LOCAIS DE TRABALHO SEGUROS E SAUDÁVEIS BOM PARA SI. BOM PARA AS EMPRESAS


Carregar ppt "A Manutenção e a Segurança e Saúde no Trabalho Local, data Campanha Locais de Trabalho Seguros e Saudáveis 2010 - 2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google