A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MORTES NA ESTRADA. Os campos de actuação/ regulação da Autarquia - Construção de estradas - Conservação das estradas -Reparação - Responsável pela sinalização.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MORTES NA ESTRADA. Os campos de actuação/ regulação da Autarquia - Construção de estradas - Conservação das estradas -Reparação - Responsável pela sinalização."— Transcrição da apresentação:

1 MORTES NA ESTRADA

2 Os campos de actuação/ regulação da Autarquia - Construção de estradas - Conservação das estradas -Reparação - Responsável pela sinalização - Policiamento - Arborização das estradas e caminhos municipais

3 Conduzir sob o efeito do álcool é das maiores irresponsabilidades O Código da Estrada proíbe que qualquer indivíduo conduza com uma taxa de alcoolemia igual ou superior a 0,5 g/l. Mas isto não significa que alcoolémicas inferiores a esta taxa sejam inofensivas. O risco de acidente começa a aumentar com a ingestão do primeiro copo! A capacidade de conduzir já fica reduzida com uma taxa de 0,3 g/l, manifestando-se várias alterações, como: desinibição, redução do campo visual e da audição, dificuldade na percepção das cores, dificuldade na percepção das distâncias e das velocidades, aumento do tempo de reacção, dificuldade de coordenação motora. Com efeito, regista-se já a partir desta taxa, um aumento de número de acidentes em relação a quem conduz com uma alcoolemia de zero. As bebidas alcoólicas, mesmo se tomadas ocasionalmente e em pequena quantidade, ao tornar as reacções mais lentas e os gestos imprecisos, são responsáveis por elevado número de acidentes de viação.

4 Efeitos Psico-Fisiológicos - diminuição dos reflexos - perturbação dos movimentos - aumento dos tempos de reacção, percepção errada da velocidade, reacções motoras alteradas e estado de euforia - reflexos cada vez mais alterados, embriaguez mais ou menos ligeira, condução perigosa devido a possibilidades de sonolência, fadiga e problemas de visão - perturbação da marcha, embriaguez nítida - estado de embriaguez profunda, condução impossível - Coma que pode levar à morte

5 Melhorias: Para melhorar a segurança rodoviária, empreenderam-se recentemente uma mudança nas estruturas da Administração Pública, destinadas a valorizar os diversos componentes do tráfego, da prevenção e da segurança rodoviárias. Nasceram o Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres e o Instituto das Infra- estruturas Rodoviárias. A Autoridade Nacional de Protecção Civil e o Instituto Nacional de Emergência Médica ganharam novas e 4 importantes valências. As Estradas de Portugal viram o seu estatuto revigorado.

6 Mecanismos de segurança nos carros: Quando se fala em mecanismos de segurança nos carros, o cinto de segurança ainda é a imagem mais lembrada. Mas fabricantes de veículos desenvolvem soluções de alta tecnologia, como computadores e sensores, para evitar acidentes.

7 Alguns modelos incluem características adicionais para maximizar a eficácia dos cintos de segurança: Pré-tensor do cinto de segurança: Dispositivo de segurança que, no momento do acidente, elimina a folga existente entre o cinto de segurança e o corpo do ocupante. Com este sistema conseguem-se eliminar possíveis lesões e podem-se desenhar cintos que não pressionem demasiado. O tensor pode ser desencadeado por um sistema mecânico – uma mola – ou pirotécnico – um explosivo. À semelhança dos air-bags só pode ser utilizado uma vez, após a qual têm que ser substituídos. Limitador de carga: quando a força exercida no cinto atinge um determinado nível, o limitador de carga permite que o cinto desenrole aliviando a tensão a este patamar que é determinado em função do anão integrada com o airbag.

8 FIM!


Carregar ppt "MORTES NA ESTRADA. Os campos de actuação/ regulação da Autarquia - Construção de estradas - Conservação das estradas -Reparação - Responsável pela sinalização."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google