A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Karina Bonizi R3 Med esportiva. Desordem caracterizada por mecanismos degradativos conduzidos por células e por processos reparativos cartilaginosos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Karina Bonizi R3 Med esportiva. Desordem caracterizada por mecanismos degradativos conduzidos por células e por processos reparativos cartilaginosos."— Transcrição da apresentação:

1 Karina Bonizi R3 Med esportiva

2 Desordem caracterizada por mecanismos degradativos conduzidos por células e por processos reparativos cartilaginosos

3

4

5

6

7 Desequilíbrio degradação x síntese Condrócitos, ME e osso subcondral Cartilagem: hipertrofia, degradação e mineralização. Fase reparação: hipertrofia + perda líquida da cartilagem----degradação.

8 Reparação: Condrócitos produzem em gd qtd: Proteoglicanos e colágeno tipo II Superprodução de componentes da ME Perda líquida: reparo ineficaz Progressão: >metaloproteinases recep IL-1, TNF macrófagos, linf T, Ig, complemento, cotocinas inflamatórias Inflamação sonovial, fibrose

9

10

11

12

13 Condromoduladores. Retardar ou diminuir a degradação degenerativa Efeitos: 1) Sustentar o aumento do metabolismo dos condrócitos e cél. Sinoviais; 2) Inibir as enzimas degenerativas do líq sinvovial e da ME 3) Inibir a formação de microtrombos nos vasos da circulação que nutrem a art.

14

15

16 Amino-monossacarídeo solúvel em água Componente natural da cartilagem humana Hipótese: disponibilidade: fator limitante na síntese de GAG da cartilagem. Ação: Supressão citocinas relacionadas à degradação articular

17 Participa da síntese das glicosaminoglicanas (GAGs), proteoglicanas e hialuronato Condrócito: estimula a síntese de proteoglicanas e inibe a de metaloproteases Tem ação sobre o osteoclasto e sobre a sinóvia Melhora sintomática Diminução do estreitamento articular.

18 Três tipos: Glucosamina hidroclorídrica (HCl -casca de carangueijo) 500 mg 3x/d; Glucosamina sulfatada (casca de camarões); Glucosamina sintética(sulfatada):Evidência IA:retarda a evolução da OA (uso contínuo por 3 anos)efeito se mantém após a suspensão do uso da droga por 5 anos. 1500mg/d.

19

20 Dissacarídeo componente da GAG. Estimulação direta na cartilagem, inibição da IL-1 e metaloproteases. Eficácia superior ao placebo, com efeito predominante no alívio dos sintomas; dose recomendada: 1200mg/d.

21 Kahan et al.: Postergação no estreitamento articular ao Rx: 2 anos Hochberg et al. Metanálise: confirmou, efeito significante (P = ).

22

23 Associação :vias diferentes, efeitos complementares 1500mg de glucosamina e 1200mg de condroitina Estudo GAIT (Glucosamine HCl/chondroitin Arthritis Intervention Trial): Multicêntrico, D-cego,randomizado, controlado com grupo placebo e grupo celecoxibe : Grupo com dor mod-severa: G+C: melhora significativa nos escores de dor. Sem outros benefícios …

24

25 Inibição IL-1 Propriedades anabólicas Estimulando a produção de TGF-B e proteglicanos, colágeno e ácido hialurônico Alívio sintomático da artrose Ação modificadora da doença Menor diminuição do espaço articular em relação ao placebo (IA)

26 Dose: 100mg/d (/2x) EC: Altera peristaltismo intestinal.

27

28

29 Viscossuplementação: Substituir o meio sinovial de baixa viscoelasticidade por uma solução de ácido hialurônico de alta viscoelasticidade. Ação em uma das causas da dor: diminuição do efeito protetor deste meio viscoelástico nos receptores dolorosos do tecido sinovial.

30 Alto peso molecular: 6x106 Daltons(Da) Hylan G-F 20: Propriedades viscoelásticas similares às do líquido sinovial de adultos jovens saudáveis. 3 injeções semanais: Seguras e superior em eficácia em relação ao placebo Analgesia de até 6 meses

31 Baixo peso molecular: kDa Propriedades viscoelásticas menores do que a do líquido sinovial normal Viscoindutores: induzem a produção de ácido hialurônico de maior peso molecular pela sinóvia; Resultados variáveis.

32 Pode ter efeito modificador de estrutura: Estudo randomizado: Menos deterioração da cartilagem e mais organelas de síntese Estudo não mostrou diferença radiológica entre o grupo placebo e o da medicação No grupo de pacientes com maior espaço articular mostrou resultado melhor.

33 Injeções intra-articulares de hialuronato têm ações tardias, mas com maiores durações quando comparadas a injeções de corticóide. Posologia: uma infiltração/sem por 3-5 semanas consecutivas Os efeitos podem durar até 6 meses

34

35

36 In vitro: Estimula síntese de colágeno e proteoglicanos e fatores de crescimento (TGF-b); Inibidores de IL-1, IL-6, IL-8 e metaloproteases e estimuladores do condrócito. Artigo de revisão de 4 estudos: Melhora dos sintomas em 3 deles O único destes estudos que era de longa duração mostrou resultados negativos para artrose de quadril mas positivos para OA de joelho

37 Metaanálise (2008) de estudos controlados: Reduz a dor, ingesta de analgésicos e melhora a função de pacientes com OA de joelhos. Ainda não está esclarecida a capacidade de prevenir a perda do espaço articular Estudo avaliando o espaço articular do quadril após uso da medicação : Resultado significativo apenas no subgrupo com artrose avançada. piascledine 300mg/d por 6m

38

39 Antimaláricos utilizados para o tratamento de doenças reumáticas Cloroquina e a hidroxicloroquina (HCQ). Parece ser útil principalmente nas formas inflamatórias e erosivas da artrose. 125 mg de difosfato de cloroquina ou de 200 mg de sulfato de hidroxicloroquina

40 Inibição da interação antígeno-anticorpo Inibição da síntese de interleucina-1 (IL-1) e da degradação da cartilagem induzida por esta citocina (supressão da produção de NO induzida por IL-1). inibir as funções lisossomais dos fagócitos e dos macrófagos(10). Inibição de receptor toll-like, prevenindo a produção de IL-6 induzida por bactérias em células mononucleares

41 Preço da Cloroquina: 150 mg e 30 cp +-24 reais ; 250 mg e 60 cp : 46 reais. Efeitos colaterais da Cloroquina Falta de apetite; náusea; vômito; problemas nos olhos. Contraindicações da Cloroquina Gravidez risco C; mulheres em fase de lactação; alterações na retina ou no campo visual; hipersensibilidade a qualquer componente da fórmula. Gravidez risco C

42 pctes c/ OA sintomática de joelhos Estudo randomizado, controlado por placebo e duplo-cego. 16 pacientes HCQ 400 mg/d por 4m x 13 pacientes placebo Avaliados utilizando o WOMAC, o índice de Lequesne e a escala visual analógica.

43 Não houve diferença entre os grupos nas subescalas do WOMAC em relação à dor (Wdor), p = 0,551, rigidez (Wrig), p = 0,512, e função (Wfunção), p = 0,293. Nas escalas EVA e Lequesne também não houve diferença estatisticamente significante Ñ se descarta a possibilidade desta droga atuar em subgrupos de OA de joelhos com grande processo inflamatório ou na forma erosiva.

44


Carregar ppt "Karina Bonizi R3 Med esportiva. Desordem caracterizada por mecanismos degradativos conduzidos por células e por processos reparativos cartilaginosos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google