A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LINGUAGEM MATEMÁTICA E EQUAÇÕES PROFESSOR RONALDO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LINGUAGEM MATEMÁTICA E EQUAÇÕES PROFESSOR RONALDO."— Transcrição da apresentação:

1 LINGUAGEM MATEMÁTICA E EQUAÇÕES PROFESSOR RONALDO

2 Permitir a solução de problemas matemáticos que envolvam números desconhecidos. Desde o tempo dos faraós até nossos dias, o objetivo básico da álgebra continua o mesmo:

3 Um papiro egípcio de anos, chamado Papiro de Rhind (em homenagem a um antiquário escocês Henry Rhind, que o adquiriu em uma loja de Luxor, no Egito, em 1858) mostra, através do famoso problema Ah, seu inteiro, seu sétimo fazem 19, que o homem já se aventurava, desde aquela época, nos domínios da álgebra.

4 Para desenvolver o problema e mantê-lo inalterável, enquanto as manipulações procuram simplificá-lo, deve-se traduzir a relação entre números conhecidos e desconhecidos por meio de uma equação.

5 Hoje, as equações são usadas em muitos campos diferentes. Resolvemos equações para determinar o lucro de uma firma, para calcular a taxa de uma aplicação financeira, para projetar aviões e naves espaciais, para encontrar as correntes de uma rede elétrica, para fazer a previsão do tempo etc..

6 Os processos da álgebra levados para a vida moderna são decisivos muitas vezes, para resumir experiências realizadas ou desenvolver roteiros que nos levam até a entender mistérios da natureza. Tente responder as questões abaixo: 1) Queremos cortar um pedaço de barbante de 30 cm de comprimento em duas partes não necessariamente iguais. Quanto deverá medir cada parte? 2) Agora se quer cortar um pedaço de barbante, também com 30 cm de comprimento, em duas partes de forma que uma dessas partes meça o dobro da outra. Quanto deverá medir cada parte? 3) O que se deseja é dividir um pedaço de barbante de 35 cm de comprimento em quatro partes de modo que uma dessas parte seja igual ao triplo de uma das outras três, quanto deverá medir cada parte? 4) Ache um número que: a) adicionado ao seu triplo resulte 20. b) somado com o seu quadrado resulte 30. 4) Ache um número que: a) adicionado ao seu triplo resulte 20. b) somado com o seu quadrado resulte 30.

7 A maneira como a matemática se desenvolveu fez com que os matemáticos passassem a usar as letras dos alfabetos mais conhecidos para representar uma expressão matemática. Assim, por exemplo, a soma de dois números racionais quaisquer pode ser representada por:

8 Começam a surgir, então, as sentenças matemáticas, ou seja, duas expressões matemáticas ligadas por um verbo. Por exemplo: a área do retângulo é igual ao produto da medida da base pela altura

9 Com isso, surgiram as sentenças matemáticas com o sinal =, que indica uma igualdade. Quando a igualdade apresenta um ou mais elementos desconhecidos, chama-se equação. Para encontrar a solução de um problema utilizamos os conhecimentos e as habilidades de cálculo que possuímos. Mas, conhecimentos e técnicas de cálculo apenas não são suficientes: raciocínio, lógica e imaginação são também necessários quando procuramos o caminho que nos levará mais fácil e rapidamente a resposta correta.

10 A história das equações se relaciona a vida de Diofanto, um matemático grego que viveu no séc III d.C. Ele ficou conhecido como pai da álgebra, pois foi o primeiro a usar símbolos com significados próprios ao trabalhar problemas. A obra de Diofanto comportava símbolos e abreviações semelhantes que hoje usamos. Sua principal obra foi encontrar soluções para equações indeterminadas cujas raízes são números inteiros, ou seja, estudava soluções para problemas do tipo: Neusa tem o dobro mais uma laranja que Emílio. Quantas laranjas tem cada um?

11 Esse problema se equaciona na forma: Este problema é indeterminado, pois: Neusa pode ter 3 laranjas e Emílio 1. Neusa pode ter 5 laranjas e Emílio 2; e assim por diante. Esse fato caracteriza que o problema admite mais que uma solução, portanto chama-se indeterminado. Equações destes tipos recebem o nome de equações Diofantinas. Este problema é indeterminado, pois: Neusa pode ter 3 laranjas e Emílio 1. Neusa pode ter 5 laranjas e Emílio 2; e assim por diante. Esse fato caracteriza que o problema admite mais que uma solução, portanto chama-se indeterminado. Equações destes tipos recebem o nome de equações Diofantinas. NeusaNeusa EmílioEmílio

12 Utilizamos sempre o mesmo método de resolução. Primeiramente, chamamos de x o número que queríamos calcular, a incógnita. Em seguida, traduzimos o problema para a linguagem matemática, isto é, equacionamos o problema. Depois, usando propriedades matemáticas, descobrimos o valor de x. E finalmente, chegamos à resposta do problema. Resumindo, temos então as duas seguintes etapas: Escrevemos a equação do problema, com base nas informações dadas no próprio problema; Resolvemos a equação, para encontrar o valor de x.

13 Vamos treinar a tradução para a linguagem matemática, utilizando apenas símbolos matemáticos, escreva as seguintes expressões: c) O quádruplo de um número resulta 90. d) A diferença entre um número e dois faz 36. a) O triplo de um número é igual a 10. 3x = 10 b) A soma de um número com três é igual a 15. x + 3 = 15 4x = 90 x - 2 = 36 e) A terça parte de um número é igual a 66. f) Os três quartos de um número é igual a 20. xx _ 3 = 66 3x3x __ 4 = 20

14 i) A quinta parte de um número é 46. j) j) A décima parte de um número faz 78. g) A soma de um número com sua metade resulta 45. h) A soma de cinco com o triplo de um número é igual a x = 67 k) O dobro de um número somada ao triplo de outro número é igual a 96. xx _ 5 = 46 _ 2 = 45 x +x x x __ 10 = 78 2x + 3y = 96 f) A soma de três números resulta 123. x + y + z = 123

15 o) A diferença entre o quíntuplo e a quinta parte de um número x resulta 56. p) Um número par mais 5 é igual a 89. m) O produto de três números é igual a 34. n) Um número p, aumentado de vinte e cinco faz 90. xyz = 34 q) Um número ímpar menos 5 é igual a 78. x é ímpar x - 5 = 78 p + 25 = 90 _ 5 = 56 x -5x _ x é par x + 5 = 89

16 t) Três números ímpares consecutivos é igual a 990. s) s) Três números pares consecutivos perfazem 128. r) Três números consecutivos totalizam 100. x + (x + 1) + (x + 2) = 100 x é par x é par x + (x + 2) + (x + 4) = 128 x é par x é par x + (x + 2) + (x + 4) = 128 x é ímpar x é ímpar x + (x + 2) + (x + 4) = 990 x é ímpar x é ímpar x + (x + 2) + (x + 4) = 990

17 O MÉTODO DA BALANÇA EM EQUILÍBRIO Imagine uma balança de dois pratos em equilíbrio. Sabemos que ao acrescentarmos ou retiramos a mesma quantidade nos dois lados faz com que a balança permaneça em equilíbrio. Veja alguns exemplos: 1) Qual é o peso do cachorro? x + 16 = 25 9kg 2) Desenvolva a Equação.

18 3) Os dois sacos tem pesos iguais. Quanto pesa cada saco? 2x = 12 6kg 4) Desenvolva a Equação. OUTROS EXEMPLOS:

19 5) As 3 caixas possuem o mesmo peso. Qual o peso de cada caixa? 3x = 18 6kg 6) Desenvolva a Equação.

20 7) Qual o peso do coelho? x = kg 8) Desenvolva a Equação. x + 3 = 5

21 9) As bolsas são iguais. Qual o peso de cada uma? 2x = x kg 10) Desenvolva a Equação. 2x = x + 5

22 Se trocarmos os pratos O equilíbrio se mantém. Se acrescentarmos elementos de mesmo peso em cada um dos pratos O equilíbrio se mantém. Recordando... Se retirarmos elementos de mesmo peso de cada um dos pratos O equilíbrio se mantém.

23 Ângulos opostos pelo vértice são congruentes, ou seja, possuem medidas iguais. Utilizando essa propriedade, conseguimos trabalhar com equações. Veja: Ângulos Opostos Pelo Vértice e Equações 2x – 10 = x x – x = X = 30

24 x = 180 x = 180 X = 180 – 125 X = 55 Ângulos Internos de um Triângulo e Equações

25


Carregar ppt "LINGUAGEM MATEMÁTICA E EQUAÇÕES PROFESSOR RONALDO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google