A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Alex Galoro Médico patologista clínico – UNICAMP

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Alex Galoro Médico patologista clínico – UNICAMP"— Transcrição da apresentação:

1 Insuficiência de equipamentos e tecnologias para diagnostico preciso e rápido
Alex Galoro Médico patologista clínico – UNICAMP Post Doctoral Fellow – McGill University (Montreal, Canadá) MBA em Gestão da Saúde – FGV Doutor em Medicina – FMUSP Diretor Técnico do Laboratório Franceschi Vice-presidente SBPC/ML - biênio

2 Sociedade Brasileira de Patologia Clínica / Medicina Laboratorial (SBPC/ML)
Sociedade Científica afiliada a AMB, fundada em 1944 Principais produtos Congresso Brasileiro de Patologia Clínica (CBPC/ML) Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos (PALC) Certificação profissional (SBPC/ML e ASCP) Lab Tests on line (http://www.labtestsonline.org.br/) Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial Mestrado Profissionalizante (SBPC/ML e UERJ)

3 Mercado da Saúde no Brasil
Mercado da Saúde no Brasil ~ US$ 370 bilhões 75% setor público (SUS) 25% setor privado Cobertura Financiamento Pagadores Prestadores de Serviço 56% setor privado (7% em Medicina Diagnóstica) 44% setor público (3% em Medicina Diagnóstica) Governo / Saúde Suplementar / Particulares Médicos / Hospitais / Centros Diagnósticos / Companhias Farmacêuticas

4 Custo x Benefício da Medicina Laboratorial

5 Medicina Diagnóstica no Brasil
Evolução da taxa de crescimento da população brasileira, da população de médicos e da razão médico/habitante, 1980 a 2010 – Brasil, 2011 Especialidade Médica # de médicos Idade Média (anos) Patologia Clínica 1.148 57,09 Anátomo Patologia 1.725 46,15 Radiologia 7.212 44,91 Todas Especialidades 37,55 Todos os médicos População médica / População Brasileira / Médico/ habitantes médicos nas 3 especialidades diagnósticas 113 mil trabalhadores nos prestadores de serviço e indústria Crescimento médio de 11% no número de profissionais Fonte: Formato Clínico / CFM / IBGE

6 Medicina Diagnóstica no Brasil
Estimativa testes (2011) 7,43 testes / Indivíduo / ano Distribuição 50% privado 50% público Especialidade 81,6% Patologia Clínica 2,1% Anátomo Patologia 16,3% Radiologia Estimativa R$ (2011) R$ 97,47 / Indivíduo / ano Mercado 75% privado 25% público Preço médio R$ 13,12 geral R$ 19,44 privado R$ 6,71 público Fonte: Formato Clínico / ANS / Sabesprev / Datasus

7 Medicina Diagnóstica no Brasil
Fatores para o aumento de demanda Envelhecimento da população e aumento na expectativa de vida Crescimento econômico e diminuição na taxa de desemprego Aumento no poder de compra Migração para o setor privado Foco na medicina preventiva Maior conhecimento e confiança nos testes diagnósticos Pirâmide populacional brasileira 2012 Pirâmide populacional brasileira 2025 Pirâmide populacional brasileira 2050 Fonte: ANS / IBGE

8 Fatores para a dificuldade ao acesso diagnóstico
Falta de atualização periódica da tabela SUS Exames e procedimentos necessários, mas não cobertos pela tabela SUS Incipiência do sistema de regulação ao acesso Insuficiência de médicos patologistas Inexistência de indicadores confiáveis Demora na realização de exames e outros procedimentos para diagnóstico 88,1% dos médicos oncologistas, 90,9% das associações de apoio a pacientes Biópsia de mama: 58,3% Biópsia de próstata: 60,3% Outras biópsias: 73,5% Endoscopia, colonoscopia e exames anátomo-patológicos: 72,9%

9

10 Insuficiência de equipamentos e tecnologias para diagnostico preciso e rápido
Conclusões Os Laboratórios Clínicos e demais especialidades diagnósticas desempenham um papel fundamental na Medicina atual A realidade do mercado vêm limitando a disponibilidade destes serviços, especialmente no SUS Esta limitação afeta o tempo necessário para o diagnóstico de doenças onco-hematológicas Esta limitação deve se agravar consideravelmente nos próximos anos, com a previsão de aumento da demanda e dificuldade para investimentos por parte dos prestadores

11 Muito Obrigado!! Alex Galoro Médico patologista clínico – UNICAMP
Post Doctoral Fellow – McGill University (Montreal, Canadá) MBA em Gestão da Saúde – FGV Doutor em Medicina – FMUSP Diretor Técnico do Laboratório Franceschi Vice-presidente SBPC/ML - biênio


Carregar ppt "Alex Galoro Médico patologista clínico – UNICAMP"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google