A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Www.fugro.com Novas Tecnologias - Métodos Eletromagnéticos Aéreo e Terrestre Aplicados à Mineração Andre Luis Leiro Rabelo Fugro Lasa Geomag 24 de Abril,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Www.fugro.com Novas Tecnologias - Métodos Eletromagnéticos Aéreo e Terrestre Aplicados à Mineração Andre Luis Leiro Rabelo Fugro Lasa Geomag 24 de Abril,"— Transcrição da apresentação:

1 Novas Tecnologias - Métodos Eletromagnéticos Aéreo e Terrestre Aplicados à Mineração Andre Luis Leiro Rabelo Fugro Lasa Geomag 24 de Abril, 2009

2 Introdução ao Método Eletromagnético Aéreo -Os sistemas eletromagnéticos (EM) obtiveram importantes avanços nos últimos anos, durante o crescimento do mercado de Mineração. - Os mêtodos EM possibilitaram a identificação de uma larga gama de minerais condutores, sob diversas formas, combinações, profundidades, etc. - Dentre estes, os avanços observados no sistema EM no dominio do tempo por helicoptero foram os mais significativos. -Melhor posicionamento das anomalias -Maior densidade de dados -Maior precisão e sensibilidade dos equipamentos -Medida do campo B-Field -Maior potência -Maior profundidade de penetração (300 a 500 m)

3 Introdução ao Método Eletromagnético Aéreo - Transmissor gera um Campo Primário. - Corpo condutor responde ao campo primário, gerando um campo secundário em oposição. - Receptor mede a intensidade do campo secundário após a interrupção do campo primário. Corpo Condutor Campo Secundário Tx Rx Campo Primário

4 Regras de Ouro - Eletromagnético Aéreo - Primeiros canais são fundamentais para identificação de condutores fracos. - Para condutores fortes, pulso largo e longo off-time são necessários - Resposta B-Field é melhor para fortes condutores, especialmente abaixo da camada de alteração (overburden). - Para condutores fracos, potência e precisão do pulso (Tx) durante o turn-off são importantes.

5 Regras de Ouro - Eletromagnético Aéreo (cont.) Senoidal trapezoidal Aumento no Momento de Dipolo Turn-off preciso para identificar condutores fracos Longo off-time para condutores fortes.

6 Regras de Ouro - Eletromagnético Aéreo (cont.) -Em áreas resistivas, a potência do pulso (Tx) é fundamental para a profundidade de penetração. -Em áreas condutivas, alta potência (Tx) e especialmente baixa frequência são necessárias para permitir a penetração da corrente e filtrar a resposta da camada de alteração (overburden). -Aquisição de dados On-time amplia a largura de amostragem (bandwidth) permitindo a identificação de condutores fracos e fortes. -Para pequenos e rasos condutores, baixa altitude e espaçamento denso são importantes (entretanto, aumenta-se o custo do projeto). -Medir 3 componentes (Z,X,Y) é fundamental para identificar (via modelamento) e discriminar com mais segurança os condutores.

7 Sistema Eletromagnético Aéreo – HeliGEOTEM Principais Avanços HeliGEOTEM: - Medidas das 03 componentes X, Y e Z do campo secundário. - Forma de onda senoidal - Medidas das respostas em ambos On Time e Off Time. - Medida da resposta do campo B-Field. - Alta Potência / Alto Momento de Dipolo Figure 2. HeliGEOTEM configuration

8 Novo Sistema HeliGEOTEM - Potência de 1.2M NIA 500 m Profundidade - Nighthawk Lake, Canada -Previsão para incremento do Momento de Dipolo de 1.2M NIA para 1.5M NIA ainda este ano. -Maior Profundidade de Penetração

9 HeliGEOTEM Eagle One Deposit

10 OBRIGADO Vantagens do Sistema Aéreo Multi-componente (X,Y,Z) Isto é especialmente verdade se a camada de alteração ou um condutor adjacente interfere na anomalia principal. ? ? ? ?

11 Vantagens do Sistema Aéreo Multi-componente (X,Y,Z) NEGATIVEPOSITIVE HeliGEOTEM X component clearly identifies the difference between the two situations XX ZZ

12 HeliGEOTEM – Produtos

13 Levantamento BHEM – Aquisição de Dados - Necessário haver furos de sonda. -Furos devem estar desobistruídos e limpos. - Aplicado para furos verticais e inclinados. - Capacidade de perfilagem até 1000 m de furo. Método Eletromagnético de Poço - BHEM

14 - Importação dos dados no Programa Maxwell Componente Z Componente X Componente Y Método BHEM – Perfis Eltromagnéticos (dB/dt)

15 Anomalias observadas na componente X e não em Z. Componente Z Componente X Componente Y Método BHEM – Por quê medir 03 componentes?

16 - Modelamento de corpos usando as 3 componentes : X, Y, Z. Método BHEM – Modelamento dos Dados Vista em perfil: - Furo Inclinado - Dado observado - Dado modelado - 02 corpos modelados

17 - Modelamento BHEM 3D integrando diversos furos de sonda. - Integração com outros métodos: IP, Mag, topografia, TEM de superfície e outros. BHEM – Modelamento dos Dados e Visualização 3D

18 Levantamento BHEM – Modelamento dos Dados - Modelamento de corpos discretos com geometria espacial, inclinação e mergulho bem definidos. - Exportação em 3D- DXF - Formato final em Oasis Montaj. BHEM – Modelamento dos Dados e Visualização 3D

19 Vantagens -Definição da direção e continuidade de corpos condutores interceptados pelos furos de sondagem. -Reconhecimento de possíveis condutores próximos aos furos de sondagem que não foram interceptados. -O raio de alcançe de investigação em torno dos furos de sondagem em torno de 60 a 100 metros, dependendo da condutividade do corpo, características, geometria, contraste com a rocha encaixante, profundidade e outros. -Otimização do programa de sondagem. -Maior precisão para corpos condutores pequenos que não seriam detectados pelo método TDEM de superfície ou aéreo. -Menor sensibilidade em relação à camada de alteração espessa (overburden). -Produto de alto valor agregado. LEVANTAMENTO BHEM

20 OBRIGADO! LEVANTAMENTO BHEM


Carregar ppt "Www.fugro.com Novas Tecnologias - Métodos Eletromagnéticos Aéreo e Terrestre Aplicados à Mineração Andre Luis Leiro Rabelo Fugro Lasa Geomag 24 de Abril,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google