A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Programa de Apoio à Aprendizagem do Estudante - PAAE

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Programa de Apoio à Aprendizagem do Estudante - PAAE"— Transcrição da apresentação:

1 Programa de Apoio à Aprendizagem do Estudante - PAAE
SETOR DE ATENÇÃO AO ESTUDANTE Programa de Apoio à Aprendizagem do Estudante - PAAE Teresinha Scorsato – Coordenadora SAEs Tadeu F. de Souza - Coordenador PAAE

2 Cenário atual Vivemos ideal cultura atual não (su)portamos
Era do conhecimento Avanços científicos Tecnologia disponível Felicidade – direitos Perfeição Normalidade Sucesso Juventude – imortalidade Narcisista – eu ideal Discurso totalizante Saber absoluto Falhas – limites Faltas – deveres “Anormalidade” “Fracasso” velho – mortal Não aliviou o sofrimento humano Não há garantias – Novos Paradigmas TEMPO /ESPAÇO Não há previsão do final: “Felizes para sempre” Falta é constituinte / construção e intenção continuada novos sentidos da vida

3 JUSTIFICATIVA: Grande índice de evasão, baixo desempenho, reprovação, dificuldade de aprender na metodologia proposta, produzindo situações de fracasso nas aprendizagens acadêmicas Reformulação e reestruturação das aulas de reforço para aulas de apoio.

4 A proposta sustenta-se numa teoria de aprendizagem interacionista onde o sujeito é agente do processo - Vigotsky (teoria sócio histórico), Jean Piaget (teoria construtivista) e Lacan (sujeito)

5 OBJETIVO - GERAL Oportunizar o estudo, na modalidade de grupos, com aulas ministradas por professores e/ou alunos apoiadores de áreas básicas e específicas, com o objetivo de facilitar o contínuo avanço do acadêmico na trajetória do seu curso.

6 Grupo: os alunos podem INTERAGIR, observar diferentes formas de pensar, registrar, discutir, dialogar, (re)pensar (abstração reflexiva) e (re)significar o seu lugar de aprendente, criando também laços afetivos importantes no processo.

7 AULAS DE APOIO - Objetivo
☻ Resgatar o desejo de aprender expressos nas condutas de desatenção, desinteresse, indisciplina; ☻ Atender as dificuldades individuais para aqueles que não conseguem aprender na modalidade oferecida; ☻ Articular a cooperação no processo de ensino-aprendizagem entre os pares; ☻ Incentivar a autonomia no processo de aprendizagem; ☻ Colaborar com os professores das disciplinas oferecidas.

8 METODOLOGIA ☻ Edição semestral do PAAE;
☻ Contato inicial com diretores, coordenadores/ professores de curso seguindo a divulgação em diferentes meios: intranet, mídia impressa e outros; ☻ Entrada dos alunos no programa, ocorre através de demanda espontânea e/ou encaminhamento, com entrevista de acolhimento; ☻ Formalização da demanda com o aceite do coordenador de curso; ☻ Contato e convite professores (alguns cadastrados) e alunos apoiadores para participarem do Programa PAAE ☻ Reserva de salas; Agendamento conjunto do cronograma; informação confirmando aos alunos; início das aulas; ☻ Primeiro encontro tem a presença de um representante do SAEs, que fará articulação do programa, estabelecendo o comprometimento com a proposta. Dialogo permanente, escuta das queixas e reivindicações do grupo, elencado as dificuldades mais significativas, redimensionando e organizando o programa das aulas.

9 ☻ Conteúdo é ministrado de acordo com as dificuldades apresentadas pelos alunos em comum acordo com o professor, ou aluno apoiador; ☻ Programa é flexível e dinâmico - porque segue o ritmo de cada aluno, o conteúdo poderá ser modificado/reorganizado a qualquer tempo;

10 Avaliação/ relatório/ novos estudos
Avaliação continua e participativa - alunos, professores e alunos apoiadores; Relatório com levantamento estatístico dos dados para fins de novos estudos e fundamentos teóricos para revitalização do processo. Pagamentos por efetividade para professores e atestado de horas complementares dos respectivos curso para os alunos apoiadores

11 ALUNO APOIADOR ☻ Indicado pelos colegas, professores, coordenadores ou por livre iniciativa. ☻ Emerge da turma de alunos, expressando no seu desempenho e conduta, o desejo de aprender e o compromisso com seus colegas; ☻ Este aluno apoiador difere do aluno monitor, pois não é um auxiliar do docente e sim, um participante ativo do processo ora aluno ora professor; ☻ Entrevista inicial de acolhimento ao aluno, elucidando a proposta e organização do programa. ☻ Assina Termo de Compromisso. * Recebe Atestado com o número de horas/aula que pode ser aproveitado para as atividades complementares no seu curso.

12 POR QUE UM ALUNO APOIADOR?
☻ Promove o debate e a discussão sobre o tema em estudo, Possibilita o intercâmbio e fortalecimento dos laços afetivos, das relações de trocas e na construção do conhecimento interagindo em grupo; ☻ Oportuniza o exercício da autonomia na interpretação da realidade, para adequar sua prática e (re)significar continuamente o processo de transformação ☻ Permiti aos alunos uma atividade acadêmica complementar; ☻ Favorece a vivência de atividades que envolve o ensinar e aprender, num grupo de colegas onde a pergunta e a resposta sempre são passíveis de discussão, investigação e aprofundamento teórico.

13 Resultado Geral – PAAE: 2010/2

14 Semestre – 2010/2 Curso Disciplinas Administração
Matemática Básica, Estatística CST GRH Matemática Financeira Direito Fundamentos do Direito Privado Enfermagem Bioquímica Eng. Ambiental Cálculo, Física, Álgebra Eng. Civil Cálculo, Física, Química Eng. Elétrica Cálculo, Eletromag Eng. Mecânica Cálculo Medicina Veterinária Estatística, Leitura e Produção de Texto

15

16

17 Semestre – 2011/1 Curso Disciplinas Agronomia
Estatística, Matemática Aplicada Aministração Matemática Básica, Contabilidade I Ciência da Computação Matemática, Álgebra Ciências Biológicas Química Ciências Contábeis Matemática Básica, Estatística, Contabilidade I CST Fabricação Mecânica Cálculo CST GRH Contabilidade I Enfermagem Bioquímica, Fisiologia Eng. Ambiental Eng. Civil Eng. Elétrica Cálculo, Física

18 Continuação… Eng. Mecânica Cálculo, Física, Estática Física Cálculo
Letras Espanhol, Inglês Matemática Leitura e Produção de Texto Medicina Bioquímica Medicina Veterinária Estatística Nutrição Bioestatística Odontologia Genética Pedagogia Leitura e Produção de Texto, Informática Básica Química Secretariado Executive Bilingue Espanhol

19

20

21 Semestre – 2011/2 Curso Disciplinas Administração
Contabilidade I, Estatística, Matemática Básica Agronomia Matemática Aplicada Análise e Desenvolvimento de Sistemas Algoritmos Ciências Biológicas Bioquímica Ciências Contábeis Contabilidade I, II CST GRH Matemática Financeira, Rotinas Trabalhistas CST Logística Matemática Financeira Enfermagem Bioquímica, Fisiologia Eng. Alimentos Cálculo Eng. Ambiental Eng. Civil Geometria Analítica, Física

22 Continuação… Eng. Elétrica Cinemática e Dinâmica Eng. Mecânica
Cálculo, Mecânica dos Fluídos, Sistemas Estruturais Mecânicos Farmácia Bioquímica Letras Inglês II, Leitura e Produção de Texto Nutrição Odontologia Anatomia Dental Serviço Social Leitura e Produção de Texto

23

24

25 Semestre - 2012/1 Curso Disciplinas Administração
Contabilidade I, II, Estatística, Matemática Básica, Leitura e Produção de Texto Agronomia Matemática Básica, Química Geral Arquitetura e Urbanismo Informática Básica Ciências Biológicas Física I, Química Orgânica Ciências Contábeis Contabilidade I, II, Estrutura e Análise das Demonstrações Contábeis, Matemática Básica, Matemática Financeira CST Fabricação Mecânica Cálculo, Física I CST GRH Contabilidade I Design Gráfico Leitura e Produção de Texto Educação Física Anatomia Humana Enfermagem Bioquímica Geral Eng. Alimentos Álgebra, Geometria 25

26 Continuação… Eng. Ambiental Cálculo Eng. Civil Cálculo, Física I
Eng. Elétrica Eng. Mecânica Física Fisioterapia Citogenética Matemática Teoria dos Números Pedagogia Leitura e Produção de Texto Química Leitura e Produção de Texto, Matemática Básica Secretariado Executivo Matemática Financeira

27

28

29

30

31 CONCLUSÕES - UNIVERSIDADE
Séc.XI e XIII – Sócrates "o lugar onde o homem está à procura de si”. Karl Jaspers "a procura da verdade na comunidade de pesquisadores e estudantes pautada pela "liberdade acadêmica, definida positivamente pela responsabilidade a respeito do saber”. SABER e BUSCA DA VERDADE é o que faz laço entre professor e aluno. Não é algo acabado e fechado – Processual: se constrói a medida que as necessidades humanas que vão requerendo conhecimentos mais avançados de acordo com a sua realidade social/econômica/política. Ensinamos quando desejamos aprender. Transmissão via da fala é alhures- crise e mal entendido próprio do processo, daí o continuo dialogo e construção.

32 SETOR DE ATENÇÃO AO ESTUDANTE
Obrigada!


Carregar ppt "Programa de Apoio à Aprendizagem do Estudante - PAAE"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google