A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A COMUNICAÇÃO VISUAL NO ESPAÇO URBANO CONTEMPORÂNEO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A COMUNICAÇÃO VISUAL NO ESPAÇO URBANO CONTEMPORÂNEO."— Transcrição da apresentação:

1 A COMUNICAÇÃO VISUAL NO ESPAÇO URBANO CONTEMPORÂNEO

2 Creditar à publicidade o status de sistema filosófico é dizer que esta é, segundo o antropólogo Jules Henry expressão de uma economia irracional desenvolvida para sobreviver num padrão de vida fantasticamente alto, incorporado na mente americana como um imperativo moral (...). Como uma instituição quase-moral, a publicidade, como qualquer outra instituição cultural de base, precisa possuir uma filosofia e um método de pensamento

3 Por outro lado, dizer apenas que essa ferramenta de comunicação e expressão de um desejo se trata de uma atividade apoiada em uma necessidade irracional de venda (o que no limite é qualquer idéia bem formulada a partir de uma verdade que a caracteriza), pode nos levar a não pensar a publicidade como um mecanismo altamente racional. O que de fato ela é!

4 Com a sociedade pós-industrial, de fato, o caráter racional da publicidade revelou-se não só do ponto de vista econômico das mercadorias à venda, mas também daquelas tendências culturais e comportamentais mais sutis que ela consegue representar, sintetizar e, também, antecipar. Por isso, os estilos de vida atuais, hierarquias de valores e modelos de comportamento possuem na publicidade um dos mais lúcidos espaços de divulgação didática, com um alto índice de aprendizagem espontânea, graças à difusão de um duplo elo com o qual envolve o espectador através de um sistema de mensagens cruzadas, feitas de ameaças e de promessas e fundadas em paradoxos anteriormente analisados.

5 Com essa pergunta, o ator Fabiano Augusto mostra a identidade da Casas Bahia Quer pagar quanto?

6 Você se identifica com a Casas Bahia? Sim. A Casas Bahia é uma empresa muito familiar e acabo sempre ficando meio família nos trabalhos. É uma empresa popular, que todos podem acessar. Às vezes eu não sei eu fui incorporado à Casas Bahia ou a incorporei. É claro que no começo eu não agia como hoje, fui entendendo o que é a Casas Bahia com o tempo, conheci os donos, os vendedores, os clientes. Sou palpiteiro, para desespero dos diretores. Acho que o grande sucesso das campanhas está no fato de todo mundo se apropriar de todo mundo. Existe uma cooperação muito grande. No ano passado, a gente fez filmes em que invadíamos a casa de clientes das lojas. Era uma câmera, um microfone e eu. Usávamos a luz do lugar mesmo. Fiquei impressionado com a forma carinhosa com que as pessoas falam da Casas Bahia. Tinha gente que chamava a loja de Mãe Bahia. Você não vê ninguém falando mal. O que a gente tenta fazer é manter essa imagem.

7 Atendimento respeitoso, crédito fácil e diversidade de planos são fatores que atraem os consumidores A política de concessão de crédito, que facilita a aquisição de bens pela população de baixa renda, é um dos diferenciais que levam 7,2 milhões de consumidores a comprarem regularmente na Casas Bahia. A rede mantém 10 milhões de pessoas em seu cadastro, conseqüência do fato de ter sido uma das primeiras empresas de varejo do país a oferecer o crediário como forma de pagamento. A taxa de inadimplência oscila entre 6% e 8%, uma das menores do mercado.

8 A facilidade para abertura de crédito e a diversidade de planos de pagamento são outras vantagens oferecidas pela empresa, que, além disso, leva à sério o slogan "Dedicação total a você". Na prática, esse princípio se traduz no real atendimento das necessidades dos consumidores e no tratamento respeitoso por parte dos funcionários. Essa deferência se aplica também em situações consideradas constrangedoras para os clientes, casos em que buscam solução para as parcelas em atrasos ou a renegociação das dívidas, por exemplo. A própria rede tranqüiliza os inadimplentes, abrindo a eles a possibilidade de dialogar e encontrar saídas.

9

10

11 O modelo comunicativo da publicidade é o resultado complexo de muitas linguagens parciais fundidas numa síntese suja, por assim dizer. Com efeito, o emissor seleciona algumas linguagens entre outras, enquanto o destinatário traduz o todo com uma sensibilidade que varia com base naquelas características, próprias de cada camada de público, que se diferencia de possuir ou não os novos alfabetos visuais.

12 Som, imagem, voz-off

13 Tecnologia e agressividade. No sentido sociológico

14 A imagem que vale mais que as palavras

15 Tecnologia e margarina

16 O excesso – a eterna dona-de-casa

17 A ausência e a busca da sedução

18 Sem comentários: as imagens e o som falam por si?


Carregar ppt "A COMUNICAÇÃO VISUAL NO ESPAÇO URBANO CONTEMPORÂNEO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google