A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Educação Continuada na Internet

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Educação Continuada na Internet"— Transcrição da apresentação:

1 Educação Continuada na Internet
Renato M.E. Sabbatini UNICAMP Copyright 2001 Renato Marcos Endrizzi Sabbatini, Campinas, Brazil Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução por quaisquer meios, no todo ou em parte, na forma de textos, imagens ou qualquer outro recurso eletrônico ou impresso. O aluno regularmente inscrito neste curso pode baixar uma única cópia para visualização em seu computador local, vetada qualquer forma de redistribuição ou comercialização, conforme as leis internacionais de direitos autorais.

2 Objetivos da Aula Conceituação de Educação Médica Continuada (EMC), e seus vários tipos e categorias Exemplificar EMC a distância através de vários modelos (atualização científica, cursos modulares, casos clínicos, etc.) Mostrar os diversos sites disponíveis atualmente para a EMC profissional do médico através da Web.

3 O Que É Educação Continuada
É o conjunto das atividades educacionais que servem para manter, desenvolver ou aumentar o conhecimento, as habilidades e o desempenho e relacionamento profissional que um médico usa para prover serviços para seus pacientes, para o público ou para a profissão. Accreditation Council for Continued Medical Education Esta é a definição de Educação Médica Continuada, como é feita pelo Conselho de Credenciamento de Educação Médica Continuada dos EUA.

4 Formas de Aperfeiçoamento
Reciclagem profissional Atualização científica Capacitação técnica Educação pós-graduada Cursos em congressos Cursos de extensão Cursos de especialização Mestrado e doutorado O aperfeiçoamento contínuo do médico e de outros profissionais de saúde envolve sua participação em um número de atividades de aprendizado ao longo de sua vida, que são amplamente variadas em escopo, em profundidade e objetivo. As quatro principais formas são: reciclagem: o médico aprende de novo coisas que já sabe, ou aprende novas coisas dentro de sua especialidade, principalmente com o objetivo de melhorar seu posicionamento na especialidade Atualização: o profissional atualiza-se sobre novos conhecimentos gerados pelo progresso da medicina em uma área muito específica de sua atuação. Envolve acompanhar a literatura científica, ler revisões de literatura, etc. Capacitação técnica: o profissional aprende novas metodologias, técnicas e aparelhos para introduzí-los em sua prática clínica e continuar competitivo ou oferecer novos serviços Educação pós-graduada: o profissional participa de cursos de diversas naturezas para complementar sua formação ao longo da vida, tais como cursos de extensão universitária, cursos em congressos, cursos de especialização, pós-graduação lato-sensu e stricto-sensu, etc.

5 A Importância do Auto-Estudo
Acompanhamento da literatura científica publicada, visitas regulares à biblioteca, assinatura de revistas Aquisição e leitura de livros Aquisição de programas de auto-estudo por impressos, CD-ROMs e Internet Visita regular a sites com informações profissionais médicas Participação em congressos e seminários Participação em sociedades científicas O profissional de saúde competente é capaz de uma grande autonomia na definição de seus objetivos educacionais na carreira, e na realização de atividades que permitam implementá-las. Por isso, o auto-didatismo é extremamente importante, pois independe de tempo ou espaço, podendo ser acomodado entre as atividades diárias do profissional. Para orientar-se o que precisa aprender, é interessante visitar regularmente congressos e seminários, e participar de pelo menos uma sociedade científica em sua sociedade. Existem atualmente diversos recursos de informação que permitem o auto-aprendizado, como bibliotecas médicas, sites on-line, programas de auto-estudo fornecidos por empresas e universidades, que usam materiais impressos, CD-ROMs, etc.

6 Sites com Recursos Profissionais
MedScape: Medem: WebMD: InteliHealth Pro: Scientific American: MDConsult: Clineguide: Existem muitos sites nacionais e internacionais dedicados ao provimento de informações profissionais de vários tipos para que o médico faça o seu auto-estudo e auto-aprendizado regularmente. Os melhores sites são sempre muito ricos em conteúdo de alta qualidade, e são apoiados por instituições de renome, como vemos aqui: Intelihealth Professional Network: Harvard University Medem: American Medical Association SAMED: Scientific American Medicine MDConsult: editoras médicas Lippincott-Raven, William & Wilkins e Mosby Aqui damos os endereços dos melhores e mais conhecidos sites de recursos profissionais dos Estados Unidos.

7 Sites com Recursos Profissionais
ConnectMed: BiblioMed: MedCenter: Hospital Virtual: No Brasil também surgiram, desde o início do ano 2000, vários sites profissionais novos, criados por empresas, como: Bibliomed ConnectMed MedCenter Desde 1996 existe o Hospital Virtual Brasileiro, recurso criado pelo Núcleo de Informática Biomédica da UNICAMP e o mais antigo site profissional da Web brasileira.

8 Tipos de Educação Continuada
Categoria AMA 1: Atualização Científica Discussão de Casos Clínicos Desafio Clínico Categoria AMA 2: Curso Modular pela Web Curso por Teleconferência Curso por Videoconferência Curso Presencial Existem várias atividades de ensino e aprendizagem que poderíamos considerar como sendo parte da educação médica continuada. A American Medical Association, que é a líder inconteste nessa área, especifica dois tipos de categorias: 1 e 2. A categoria 1 consiste de atividades mais voltadas ao auto-aprendizado, com nenhum ou moderado grau de interação. A atividade 2 consiste de cursos propriamente ditos, usando vários meios a distância e presenciais. O sistema funciona à base de créditos educacionais (um número de pontos ligado a cada curso, que podem ser acumulados pelo médico, e usados para vários propósitos, como recertificação, currículo, etc.).

9 Programa de Atualização Científica a Distância
Este tipo de educação médica continuada (EMC) do tipo 1 (American Medical Association) consiste de um sistema baseado na Web que imita o que os americanos chamam de “journal club” e nós, de reunião de referata, ou seja, acompanhamento permanente da literatura científica mais relevante sendo publicada em alguma área específica. De modo a se constituir em uma atividade educacional, além das leituras dos papers são disponibilizados um questionário de avaliação e ferramentas interativas, como chat ou fórum.

10 PECD 2 A página de uma especialidade (por exemplo, hipertensão) é personalizada para o médico inscrito naquela especialidade. Semanalmente ou quinzenalmente, a lista de artigos publicados é atualizada, e o inscrito pode ter acesso (veja ícones) ao resumo em inglês e português, artigo completo (quando existir), questionário de avaliação, para cada paper. Os artigos são selecionados por um tutor (ou coordenador daquela área) a partir de um conjunto das melhores revistas internacionais que cobrem aquela especialidade.

11 PECD 3 Resumo em português Resumo em inglês
Estas são as telas que aparecem referentes aos resumos em inglês (original do Medline) e português (traduzido e abreviado pelo serviço). Resumo em inglês

12 PECD 4 Este é o texto completo, que pode ser disponibilizado, geralmente se for gratuito. A sua leitura é opcional.

13 PECD 5 Depois de ter lido o resumo em português (no mínimo), o aluno deve responder a duas questões de múltipla escolha sobre o artigo. Através de um formulário, ele pode enviar o resultado para a entidade certificadora. Também pode saber a sua nota. Apenas questionários com nota 10 valem para créditos educacionais.

14 PECD 6 O participante também pode ter acesso ao seu registro acadêmico, onde cada atividade é monitorada e registrada, semana a semana. Os pontos são atribuidos de acordo com o tempo dedicado médio para cada atividade. Se o questionário não for respondido, leva zero pontos. Vejam que um médico pode se inscrever em mais de uma especialidade. A soma total de pontos é convertida ao final de 12 meses em créditos de EMC, desde que o estudante complete uma certa porcentagem mínima.

15 Desafio Clínico: Apresentação
Outro tipo de EMC Categoria 1 é dado pelo chamado “desafio clínico”, que consiste numa forma simplificada de resolução de problemas. É apresentado um caso real, que pode ser acompanhado por resultados de exames, e o aluno é instado a resolvê-lo, enviando sua opinião e justificativa através da Internet. Pode haver um caso por mês por especialidade, por exemplo. Caso clínico com imagem Formulário de resposta

16 Desafio Clínico: Resolução
Após ter enviado sua resposta, o aluno tem acesso à resolução do caso, com uma discussão mais extensa, e recursos adicionais, como fórum on-line para discussão com o “dono” do caso, artigos complementares para leitura e aprofundamento, etc.

17 Desafio Clínico: Aprofundamento
Também pode ter acesso ao artigo que gerou o caso discutido, se este existir na literatura, como é o exemplo dado aqui.

18 Curso Modular: Apresentação
Os cursos modulares representam uma forma educacional mais completa. Cada módulo tem uma duração relativamente pequena (tipicamente entre 1 a 4 horas de dedicação do aluno), e incorpora uma série variável de recursos de aprendizado, interação e avaliação, como vemos aqui. O foco de um modulo geralmente é bem estreito e se destina a atualizar o médico já formado em alguma área específica das ciências básicas ou clínicas, como diagnóstico, tratamento, manejo de determinadas doenças, etc. O módulo acima foi desenvolvido pela empresa Webpraxis para o laboratório farmacêutico AstraZeneca, onde está disponível (www.astrazeneca.com.br)

19 Curso Modular: Roteiro
A página principal do módulo contém os links para os diversos recursos: aula expositiva, textos de estudo, recursos na Internet, fórum de resolução de dúvidas e questionário de avaliação. Funciona como um roteiro para o aluno.

20 Curso Modular: Slides Este é o show de slides comentado. O próprio aluno comanda a passagem dos slides. Tem a vantagem de segmentar didaticamente o texto em unidades de aprendizado menores e acoplá-los a imagens.

21 Curso Modular: Leitura
Este é um dos textos de leitura recomendados para que o aluno realize seu aprofundamento. É sempre um texto on-line.

22 Curso Modular: Recurso Internet
Este é um recurso da Internet (site) recomendado pelo professor para aprofundamento dos conhecimentos do aluno.

23 Curso Modular: Discussão
Ao terminar de estudar o material, o aluno pode entrar em um grupo de discussão, neste caso representado por um webforum (quadro de avisos), onde as perguntas e respostas dos alunos e professor ficam permanentemente disponíveis de forma assíncrona. Também podem ser usados recursos síncronos, como um chat.

24 Curso Modular: Avaliação
A avaliação é realizada através de um questionário de múltipla escolha com auto-correção e atribuição automática de nota, que pode ser enviado pelo aluno de modo a obter os créditos educacionais.

25 Caso Clínico Apresentação
A simulação de casos clínicos é outro tipo de educação continuada em categoria AMA 1. Este exemplo é da próprio site da American Medical Association (AMA Web CME), e é uma simulação de diagnóstico e tratamento de diabetes tipo I. A simulação é totalmente interativa através de uma série de quadros e questões disponíveis através da Web. O primeiro quadro, mostrado aqui, define os objetivos do caso clinico.

26 Caso Clínico Descrição do Caso
Dados Clínicos No primeiro quadro apresenta-se sucintamente o caso. O aluno pode solicitar os resultados de exames disponíveis, que aparecem em uma janela separada. Clicando no botão “Continue”, a simulação continua.

27 Caso Clínico Pergunta Em determinados pontos o sistema faz uma pergunta, criando um ponto de decisão para o aluno. Por exemplo, aqui ele está perguntando qual é o diagnóstico mais provável para este paciente.

28 Caso Clínico Comentário Resposta
A resposta dada pelo aluno à resposta anterior é criticada e comentada. Dados adicionais são colocados, como links para textos e outros sites que aprofundam o conhecimento relativo a esta pergunta. O aluno também pode ver como que a sua resposta se situa em relação à estatística dos alunos que já a responderam.

29 Caso Clínico Referências
Estes são recursos de informação, abertos em janela separada, que o aluno pode acessar por recomendação do caso, para aprofundar seu conhecimento.

30 Caso Clínico Bibliografia
A qualquer momento, referências bibliográficas no texto podem ser clicadas, remetendo a uma lista de citações de artigos científicos que fundamentam o caso.

31 Caso Clínico Submissão
Ao final do caso clínico o aluno pode submeter seus dados e pontuação obtida para reconhecimento de créditos educacionais pela AMA.

32 Endereços das demonstrações
Atualização científica: webpraxis.com/clipping/hipertensao.htm Curso modular webpraxis.com/hpylori/home.htm Desafio clínico webpraxis.com/cardioweb/desafio Simulação de caso clínico Aqui você encontra os endereços na Web das demonstrações que fizemos nos slides anteriores.

33 Sites de Educação Médica Continuada
CMEinfo: CMEWeb: CMEcourses: AMA WebCME: MedSchool: HELIX: MedScape CME: Medical Matrix CME: Arc/Mesa Educators: Bibliomed: Conexão Médica:

34 Universidades Virtuais
UNIFESP Virtual: Universidade Virtual Unimed: Universidade Virtual Brasileira: UniRede: UniVir: Universidade Virtual: Universidade Virtual UNB: WebSchool: Já existem várias universidades virtuais brasileiras, algumas delas são consórcios de universidades reais, como a UVB e a UniRede, outras são versões virtuais de universidades reais, como a UNIFESP Virtual, a UniVir e a UNB Virtual. Outras ainda são “universidades” puramente virtuais, como é o caso da UV, ou corporativas, como é o caso da Universidade UNIMED. As universidades “oficiais” oferecem geralmente certificados reconhecidos pelas instituições, e, em alguns casos, pelo MEC.


Carregar ppt "Educação Continuada na Internet"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google