A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Reinaldo Dias Ferraz de Souza Coordenador Geral de Serviços Tecnológicos Ações do MCT em apoio à Metrologia, Normalização e Avaliação da Conformidade Ministério.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Reinaldo Dias Ferraz de Souza Coordenador Geral de Serviços Tecnológicos Ações do MCT em apoio à Metrologia, Normalização e Avaliação da Conformidade Ministério."— Transcrição da apresentação:

1 Reinaldo Dias Ferraz de Souza Coordenador Geral de Serviços Tecnológicos Ações do MCT em apoio à Metrologia, Normalização e Avaliação da Conformidade Ministério da Ciência e Tecnologia

2 Obstáculos ao Comércio - da Tarifa para a Tecnologia um exercício conceitual SGQ ~952 Mil 175 países 1/3 Serviços ~10 mil Brasil Tarifa Média Aplicada (BENS) > 40% 1947 Criação do GATT Criação ISO 1949 Normas Militares BS 1987 ISO Criação da OMC < 5% SGA ~155 Mil 1/3 Serviços ~3 mil Brasil 1993 ISO Classes de Produtos? (EUA: 100% Produtos Elétricos Baixa Tensão) 2007 Dezembro

3 A Cadeia da TIB para ProdutosMCT EXCELÊNCIA QQ Avaliação da Conformidade Regulamentação ENSAIOS NORMAS TÉCNICAS ACORDOS INTERNACIONAIS ACORDOS INTERNACIONAIS Metrologia SERVIÇOS DE VERIFICAÇÃO METROLÓGICA SERVIÇOS DE CALIBRAÇÃO ORG.CERTIFICAÇÃO Produtos Processos Serviços Sistemas Pessoal ORG.CERTIFICAÇÃO Produtos Processos Serviços Sistemas Pessoal ACREDITAÇÃO ORGANISMO DE INSPEÇÃO LABORATÓRIO DE ENSAIO SISTEMA INTERNACIONAL DE NORMALIZAÇÃO ISO / IEC ITU SISTEMA INTERNACIONAL DE NORMALIZAÇÃO ISO / IEC ITU CREDIBILIDADE INTERNACIONAL CREDIBILIDADE INTERNACIONAL ACREDITAÇÃO RECONHECIMENTO INTERNACIONAL RECONHECIMENTO INTERNACIONAL Normalização CONFORMIDADE INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA PROCEDIMENTO DE AUTORIZAÇÃO/ APROVAÇÃO CERTIFICAÇÃO QUALIFICAÇÃO DECLARAÇÃO DO FORNECEDOR * ROTULAGEM * INSPEÇÃO REGULAMENTOS TÉCNICOS

4 3ª GERAÇÃO 1950 < 2ª GERAÇÃO < ª GERAÇÃO < ª GERAÇÃO 1950 < TIB PESQUISA BÁSICA PESQUISA APLICADA DESENVOLVIMENTO PRODUÇÃO PÓS USO INOVAÇÃO COMÉRCIO SERVIÇOS Ciclos da Inovação e Tecnologia Industrial Básica

5 Sistema Brasileiro de Tecnologia - SIBRATEC Ministério da Ciência e Tecnologia

6 Prioridades Estratégicas Plano de Ação em Ciência,Tecnologia e Inovação Promover a popularização e o aperfeiçoamento do ensino de ciências nas escolas, bem como a difusão de tecnologias para a inclusão e o desenvolvimento social Expandir, integrar, modernizar e consolidar o Sistema Nacional de C,T&I Fortalecer as atividades de pesquisa e inovação em áreas estratégicas para a soberania do País Intensificar as ações de fomento para a criação de um ambiente favorável à inovação nas empresas e o fortalecimento da PDP 5. Tecnologia para a Inovação nas Empresas 5.1 Sistema Brasileiro de Tecnologia - SIBRATEC

7 Decreto nº 6.259, de Designa os membros do Comitê Gestor do SIBRATEC Institui o Sistema Brasileiro de Tecnologia - SIBRATEC, com a finalidade de apoiar o desenvolvimento tecnológico do setor empresarial nacional, por meio da promoção de atividades de: I - pesquisa e desenvolvimento de processo e produtos voltados para à inovação; e II - prestação de serviços de metrologia, extensionismo, assistência e transferência de tecnologia Portaria MCT nº 36, de MCT / MDIC / MAPA / MEC / MS / MME / MC / SAE-PR FINEP / CNPQ / BNDES / CAPES / INMETRO / INPI ABDI / CNI / SEBRAE / ANPEI Sistema Brasileiro de Tecnologia – SIBRATEC Marco Legal Ministério da Ciência e Tecnologia

8 Sistema de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação Instrumentos de Financiamento Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Redes de Pesquisa Institutos Nacionais de C&T Incentivos Fiscais SIBRATEC Empresas Universidades e Centros de P&D ExtensionismoInovação Serviços Tecnológicos $ $ $ $ $ $ Crédito $ Subvenção Econômica $ $ Compras Governamentais $ Proinfra Editais para Projetos $

9 Sistema Brasileiro de Tecnologia – SIBRATEC Governança Ministério da Ciência e Tecnologia

10 TECNOLOGIAS DE GESTÃO SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO TECNOLÓGICA SERVIÇOS DE SUPORTE À PROPRIEDADE INTELECTUAL SERVIÇOS DE APOIO À PRODUÇÃO MAIS LIMPA METROLOGIA NORMALIZAÇÃO AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE Do Programa TIB ao SIBRATEC Serviços Tecnológicos Ministério da Ciência e Tecnologia

11 SIBRATEC – Redes Temáticas de Centros de Inovação DF 73 instituições em 14 estados SIBRATEC – Centros de Inovação (6 redes temáticas articuladas) Manufatura Mecânica e Bens de Capital Energia Solar Fotovoltaica Equipamentos Medico-odontológicos Equipamentos e Componentes Eletrônicos Plásticos e Borracha Microeletrônica

12 SIBRATEC – Redes Estaduais de Extensão Tecnológica 8 Redes Estaduais em implantação – R$ 20,8 milhões + R$ 10,6 contrapartida 9 Redes Estaduais articuladas TECPAR ; FIEP; SEBRAE/PR; SETI/PR; F.ARAUCÁRIA SOCIESC ; SEBRAE/SC; FAPESC IEL; SCT ; CIENTEC; IBTEC; CEFET/Pelotas; PUC/RS; UNISINOS; UERGS; SEDAI/RS; SEBRAE/RS FIPT; IPT ; CTI; CEETEPS; FDTE; SD/SP RMI; CETEC ; SEBRAE/MG; IEL/MG; FAPEMIG; SEDE/MG; SECTES/MG REDETEC; INT ; SEBRAE/RJ; FAPERJ IEL ; UESC; CEPED; INT/NE; SECTI/BA; FAPESB; SEBRAE/BA; SICM/BA FCPC; NUTEC ; UFC; CENTEC; INDI/CE; CEFET/CE; Agropolos; BNB; SECITECE; FUNCAP; SEBRAECE Ministério da Ciência e Tecnologia

13 SIBRATEC – Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos Gravimetria, Orientação Magnética, Intensidade de Campo Magnético e Compatibilidade Eletromagnética 13 Produtos para Saúde 46 Insumos farmacêuticos, medicamentos e cosméticos 17 Sangue e hemoderivados 9 Análises físico-químicas e microbiológicas p/ alimentação 70 Biotecnologia 10 Saneamento e abastecimento d'água 40 Radioproteção e Dosimetria 24 Equipamentos de proteção individual 15 Produtos e dispositivos eletrônicos 21 TIC aplicáveis às novas mídias: TV Digital, comunicação s/ fio, Internet 9 Geração, transmissão e distribuição de energia 27 Componentes e produtos da área de defesa e de segurança 12 Biocombustíveis 21 Produtos de manufatura mecânica 38 Produtos de setores tradicionais: têxtil, couro, calçados, madeira e móveis 27 Instalações prediais e iluminação pública 25 Monitoramento ambiental 16 Transformados plásticos participações laboratoriais 53 instituições envolvidas 19 Redes Temáticas SIBRATEC - Serviços Tecnológicos

14 Ministério da Ciência e Tecnologia Redes apoiadas pelo Programa TIB a serem integradas ao SIBRATEC

15

16 Ministério da Ciência e Tecnologia

17 Ministério da Ciência e Tecnologia

18 Ministério da Ciência e Tecnologia

19 Ministério da Ciência e Tecnologia

20 Ministério da Ciência e Tecnologia MuitoObrigado Muito Obrigado! Reinaldo Dias Ferraz de Souza


Carregar ppt "Reinaldo Dias Ferraz de Souza Coordenador Geral de Serviços Tecnológicos Ações do MCT em apoio à Metrologia, Normalização e Avaliação da Conformidade Ministério."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google