A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DOMÓTICA Casas Inteligentes Capítulo 1

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DOMÓTICA Casas Inteligentes Capítulo 1"— Transcrição da apresentação:

1 DOMÓTICA Casas Inteligentes Capítulo 1

2 Breve Abordagem à Domótica A Domótica não é mais do que um sistema integrado de gestão inteligente de habitats. A Domótica não é mais do que um sistema integrado de gestão inteligente de habitats. O que podemos esperar de um sistema destes implementado na nossa casa? O que podemos esperar de um sistema destes implementado na nossa casa? Automação de portas ou janelas, climatização, iluminação, vigilância a nível de fugas e detecção de intrusão, simuladores de presença, entre outras… Automação de portas ou janelas, climatização, iluminação, vigilância a nível de fugas e detecção de intrusão, simuladores de presença, entre outras… Como é que o utilizador pode controlar o sistema? Como é que o utilizador pode controlar o sistema? Remotamente Remotamente Telefone Telefone Internet Internet Telemoveis… Telemoveis… Dentro de casa Dentro de casa Comandos de voz, Comandos de voz, Comando à distância Comando à distância Painéis… Painéis… 6%

3 Definição: o Termo Domótica O termo domótica surge do latim Domus (casa) com robótica. O termo domótica surge do latim Domus (casa) com robótica. Em alguns dicionários: Em alguns dicionários: casa que integra todos os automatismos em matéria de segurança, gestão de energia, conforto, comunicações, etc. casa que integra todos os automatismos em matéria de segurança, gestão de energia, conforto, comunicações, etc. 13%

4 Aparecimento da Domótica na Europa Foi em França, década de 80, que esta tecnologia se implantou na Europa em resultado da aplicação de sistemas dos EUA: Foi em França, década de 80, que esta tecnologia se implantou na Europa em resultado da aplicação de sistemas dos EUA: X-10 X-10 Isis Isis Atetrix Atetrix Domissimo Domissimo Alguns destes sistemas tiveram vida curta, embora apoiados por programas governamentais que procuravam: Alguns destes sistemas tiveram vida curta, embora apoiados por programas governamentais que procuravam: um uso racional da energia um uso racional da energia casas mais seguras casas mais seguras 20%

5 Espaços Inteligentes Proporciona aos utilizadores uma total satisfação em termos de conforto, segurança, comunicações e poupança de energia. Proporciona aos utilizadores uma total satisfação em termos de conforto, segurança, comunicações e poupança de energia. Traduzem a evolução que as telecomunicações trouxeram para as áreas: Traduzem a evolução que as telecomunicações trouxeram para as áreas: Electrotécnia Electrotécnia Mecânica Mecânica Segurança Segurança E o crescente esforço de integração numa envolvente de arquitectura: E o crescente esforço de integração numa envolvente de arquitectura: ambientalmente empenhada ambientalmente empenhada atenta à gestão racional da energia. atenta à gestão racional da energia. 26%

6 O que é uma casa inteligente ? É um espaço residencial: É um espaço residencial: ecológico ecológico evoluído em termos de construção evoluído em termos de construção Contempla soluções Informáticas, de modo a oferecer uma infra-estrutura tecnologicamente avançada, que nos permite usufruir de varios serviços e funcionalidades: Contempla soluções Informáticas, de modo a oferecer uma infra-estrutura tecnologicamente avançada, que nos permite usufruir de varios serviços e funcionalidades: Segurança Segurança Gestão de Energia Gestão de Energia Conforto Conforto Automação de Tarefas domésticas Automação de Tarefas domésticas Entretenimento Entretenimento Operação e Manutenção remota e localmente Operação e Manutenção remota e localmente 33%

7 Automação Doméstica Rede Domótica É um conjunto de dispositivos inteligentes que utilizam um protocolo de comunicações, para comunicarem entre si. É um conjunto de dispositivos inteligentes que utilizam um protocolo de comunicações, para comunicarem entre si. Estes dispositivos podem classificar-se segundo a sua funcionalidade em cinco grupos chave: Estes dispositivos podem classificar-se segundo a sua funcionalidade em cinco grupos chave: Sensores Sensores Actuadores Actuadores Controladores Controladores Interfaces Interfaces Dispositivos Específicos Dispositivos Específicos 41%

8 Algumas Funcionalidades Casas Inteligentes Iluminação interior Iluminação interior Climatização Climatização Vigilância e Segurança Anti-Intrusão Vigilância e Segurança Anti-Intrusão Simulação de presença Simulação de presença Vigilância de fogo Vigilância de fogo Vigilância de fumo Vigilância de fumo Vigilância de gás Vigilância de gás Alarme Médico Alarme Médico Luzes exteriores Luzes exteriores Funções de Porteiro Funções de Porteiro 48%

9 Panorama Actual Deixa de ser racional levantarmo-nos do sofá para mudar o canal de tv, desligar a luz ou baixar o estore, controlar a temperatura... Deixa de ser racional levantarmo-nos do sofá para mudar o canal de tv, desligar a luz ou baixar o estore, controlar a temperatura... Constata-se que os sistemas domóticos continuam a não equipar a maioria das habitações. As causas podem ser as mais diversas: Constata-se que os sistemas domóticos continuam a não equipar a maioria das habitações. As causas podem ser as mais diversas: Existem varias tecnologias, marcas e protocolos Existem varias tecnologias, marcas e protocolos Solução Integrada dispendiosa Solução Integrada dispendiosa Em breve certos equipamentos, visto hoje como futuristas, serão utilizados como factor de diferenciação no mercado imobiliário. Em breve certos equipamentos, visto hoje como futuristas, serão utilizados como factor de diferenciação no mercado imobiliário. Num futuro próximo já não será possível viver sem o telecomando da iluminação da sala! Num futuro próximo já não será possível viver sem o telecomando da iluminação da sala! 55%

10 Sistema de Segurança Caso Concreto Os sistemas mais completos são compostos por 4 níveis: Os sistemas mais completos são compostos por 4 níveis: Detecção de Intrusão Detecção de Intrusão Detecção de Incêndios Detecção de Incêndios Detecção de gás Detecção de gás Detecção de inundação Detecção de inundação Exemplos praticos Exemplos praticos As divisões que tiverem controlo de iluminação podem ser utilizadas para vigilância, através dos detectores de presença para controlo de iluminação que servem também para vigiar quando o sistema de segurança é activado. As divisões que tiverem controlo de iluminação podem ser utilizadas para vigilância, através dos detectores de presença para controlo de iluminação que servem também para vigiar quando o sistema de segurança é activado. Pode-se estabelecer, que quando se activa o sistema de segurança se desliguem todas as luzes interiores da casa e/ou se baixem todas as persianas. Com os detectores de contactos de portas e janelas e sistema poderá informar se alguma foi inadvertidamente esquecida aberta. Pode-se estabelecer, que quando se activa o sistema de segurança se desliguem todas as luzes interiores da casa e/ou se baixem todas as persianas. Com os detectores de contactos de portas e janelas e sistema poderá informar se alguma foi inadvertidamente esquecida aberta. Em caso de intrusão o sistema activa as sirenes e irá acendendo as luzes por onde circula o intruso, e ao mesmo tempo efectua chamadas telefónicas para tentar avisar a policia, o proprietário ou alguém designado para o efeito. Em caso de intrusão o sistema activa as sirenes e irá acendendo as luzes por onde circula o intruso, e ao mesmo tempo efectua chamadas telefónicas para tentar avisar a policia, o proprietário ou alguém designado para o efeito. 67%

11 DOMÓTICA Protocolos de Comunicação Capítulo 2

12 Protocolo X-10 Apareceu no final dos anos 70 Apareceu no final dos anos 70 Permite ao produtos compatíveis comunicarem entre si, utilizando a ligação eléctrica de V Permite ao produtos compatíveis comunicarem entre si, utilizando a ligação eléctrica de V O controlador do sistema pode ser colocado em qualquer parte da casa e pode ser comandado facilmente O controlador do sistema pode ser colocado em qualquer parte da casa e pode ser comandado facilmente Vantagens Vantagens Não é necessário alterar a rede existente Não é necessário alterar a rede existente Não é necessario adquirir uma nova rede Não é necessario adquirir uma nova rede Baixo preço dos componentes Baixo preço dos componentes Desvantagens Desvantagens É muito susceptível a interferências É muito susceptível a interferências 71%

13 Protocolo EHS Criado em Criado em É um dos standards europeus para comunicação entre dispositivos numa casa automatizada. É um dos standards europeus para comunicação entre dispositivos numa casa automatizada. Vantagens Vantagens É facilmente configurável e é extremamente expansível É facilmente configurável e é extremamente expansível Pode tanto utilizar a rede eléctrica como cabos cruzados de 48 kbps Pode tanto utilizar a rede eléctrica como cabos cruzados de 48 kbps Utiliza o método CSMA para prevenir erros Utiliza o método CSMA para prevenir erros Utiliza a modulação FSK (Frequency Shift Keying) que permite variações de frequência muito restritas Utiliza a modulação FSK (Frequency Shift Keying) que permite variações de frequência muito restritas Desvantagens Desvantagens Muito caro Muito caro 80%

14 Protocolo CEBus Apareceu em 1992 nos EUA Apareceu em 1992 nos EUA Como era uma especificação aberta, qualquer empresa podia fabricar dispositivos baseados neste standard. Como era uma especificação aberta, qualquer empresa podia fabricar dispositivos baseados neste standard. Este protocolo é semelhante ao EHS europeu. Este protocolo é semelhante ao EHS europeu. É controlado e gerido pelo CIC (CEBus Industry Council). É controlado e gerido pelo CIC (CEBus Industry Council). Vantagens Vantagens Pode utilizar tanto a rede eléctrica como cabos coaxiais, infravermelhos, radiofrequência e fibra óptica. Pode utilizar tanto a rede eléctrica como cabos coaxiais, infravermelhos, radiofrequência e fibra óptica. Desvantagens Desvantagens Está configurado para redes eléctricas de 110V Está configurado para redes eléctricas de 110V 89%

15 Associação Konnex Foi criado em 1999 por 3 empresas europeias: Foi criado em 1999 por 3 empresas europeias: EIBA (European Instalation Bus Association) EIBA (European Instalation Bus Association) EHSA (European Home Systems Association) EHSA (European Home Systems Association) BatiBUS BatiBUS Procura criar um único standard europeu para competir com os protocolos norte-americanos. Procura criar um único standard europeu para competir com os protocolos norte-americanos. Tem como objectivos: Tem como objectivos: Melhorar as prestações dos meios físicos de comunicação existentes Melhorar as prestações dos meios físicos de comunicação existentes Introduzir novos modos de funcionamento Introduzir novos modos de funcionamento Procurar uma optimização na implementação das redes nos edifícios Procurar uma optimização na implementação das redes nos edifícios Este standard pode utilizar a rede eléctrica, cabos coaxiais e / ou radiofrequência. Este standard pode utilizar a rede eléctrica, cabos coaxiais e / ou radiofrequência. 95%

16 Informação Detalhada Para informação mais detalhada ou efectuar o download consultar a página: Para informação mais detalhada ou efectuar o download consultar a página: Autores Antonio Afonso Ricardo Antunes Trabalho desenvolvido no âmbito da disciplina Processos Tecnológicos Ano lectivo 2004/2005 – EST IPCB 100%


Carregar ppt "DOMÓTICA Casas Inteligentes Capítulo 1"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google