A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Taylor e os princípios da administração científica PARTE I.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Taylor e os princípios da administração científica PARTE I."— Transcrição da apresentação:

1 Taylor e os princípios da administração científica PARTE I

2 Nasceu na Pensilvânia, EUA. Família Quaker, educação básica rígida e disciplinada com conhecimentos de francês e alemão. Com 18 anos aprovado em Direito (Harvard), mas começou a trabalhar como operário em uma metalúrgica da Filadélfia. Carreira (1878 a 1884): Operário a engenheiro chefe.

3 O livro foi publicado em A obra mostra as técnicas de racionalização do trabalho do operário. Princípios: O Objetivo da Administração é pagar salários melhores e reduzir custos unitários dede produção; Para realizar isto, a administração deve aplicar métodos científicos de pesquisas e experimentos para formular princípios e estabelecer processos padronizados;

4 Os empregados devem ser cientificamente colocados em seus postos com materiais e condições de trabalho adequados; Os empregados devem ser cientificamente treinados para aperfeiçoar suas aptidões e executar uma tarefa para que a produção normal seja cumprida; Administração precisa criar uma atmosfera de íntima e cordial cooperação com os trabalhadores, para garantir a permanência desse ambiente psicológico.

5 A racionalização do trabalho operário deveria ser acompanhada de uma estruturação geral da empresa e que tornasse coerente a aplicação dos seus princípios.

6 Para Taylor,as industrias de sua época padeciam de três males: Vadiagem sistemática dos operários; Desconhecimento, pela gerência, das rotinas de trabalho e do tempo necessários para sua realização; Falta de uniformidade das técnicas e métodos de trabalho.

7 O engano disseminado entre os trabalhadores,de que o maior rendimento do homem e da máquina provoca desemprego; O sistema defeituoso da administração que força os operários à ociosidade no trabalho a fim de proteger seus interesses; Os métodos empíricos ineficientes utilizados nas empresas, com os quais o operário desperdiça grande parte de seu esforço e tempo.

8 Taylor: a Administração Científica é uma evolução e não uma teoria. Ela é composta por 75% de análise e 25% de bom senso. Taylor considera o operário como irresponsável, vadio e negligente, por isso ele se preocupou em criar um sistema educativo baseado na intensificação do ritmo de trabalho em busca da eficiência empresarial.

9 Para Taylor, a organização e a Administração devem ser estudadas e tratadas cientificamente. A improvisação deve ceder lugar ao planejamento e o empirismo à Ciência.

10 Estudo de tempos e padrões de produção; supervisão funcional; padronização de maquinas, ferramentas, instrumentos e materiais; planejamento do desenho de tarefas e cargos; prêmios de produção pela execução eficiente das tarefas; definição da rotina de trabalho;

11 Princípio da exceção: Alta Administração=>concentração nas tarefas estratégicas. Pessoal operacional => concentração nas tarefas padronizadas e de rotina.

12 Ciência em lugar do empirismo; Harmonia em vez de discórdia; Cooperação, não-individualismo; Máxima produção e não-restrição de produção; Desenvolvimento de cada indivíduo para sua máxima eficiência e prosperidade.

13 ORT: substituição dos métodos empíricos e rudimentares pelos métodos científicos. A organização Formal do Trabalho se fundamenta em: a) Analise do trabalho e estudo dos tempos e movimentos; b) Estudo da fadiga humana; c) Divisão do Trabalho e especialização do operário; d) Desenho de cargos e de tarefas; e) Incentivos salariais e prêmios de produção;

14 f) Conceito de homo-economicus; g) Condições ambientais de trabalho, como iluminação,conforto, etc; h) Padronização de métodos e maquinas; i) Supervisão funcional;

15 Elimina movimentos inúteis e os substitui por outros; Racionaliza a seleção e treinamento do pessoal; Melhora a eficiência do operário e o rendimento da produção; Distribui uniformemente o trabalho,para que não haja períodos de falta ou excesso de trabalho; Oferece base uniforme para salários eqüitativos e prêmios de produção.

16 Eliminação de todo o desperdício de esforço humano; Adaptação dos operários à própria tarefa; Treinamento dos operários para melhor adequação a seus trabalhos; Maior especialização de atividades; Estabelecimento de normas detalhadas de execução do trabalho.

17 O estudo dos movimentos tem uma tripla finalidade: a) Evitar movimentos inúteis na execução de uma tarefa; b) Executar o mais economicamente possível,do ponto de vista fisiológico os movimentos úteis; c) Dar aos movimentos uma série apropriada. O estudo dos tempos e movimentos baseia-se na anatomia e fisiologia humanas.

18 A divisão do trabalho e a especialização do operário aumentam a produtividade. As tarefas não são apenas divididas entre muitos funcionários, mas são, principalmente, executadas em série.

19 Tarefa: toda atividade executada por uma pessoa no seu trabalho dentro da organização. Cargo : o conjunto de tarefas. Desenhar um cargo: especificar seu conteúdo (tarefas),os métodos de executar as tarefas e as relações com os demais cargos existentes.

20 A simplificação no desenho dos cargos permite as seguintes vantagens: a) admissão de empregados com qualificações mínimas e salários menores, reduzindo os custos de produção; b) minimização dos custos de treinamento; c) redução de erros na execução, diminuindo os refugos e rejeições; d) facilidade de supervisão; e) aumento da eficiência do trabalhador;

21 Toda pessoa é concebida como influenciada exclusivamente por recompensas salariais, econômicas e materiais.

22 Com relação às condições de trabalho, administração científica se preocupa com: adequação de instrumentos e ferramentas de trabalho e de equipamento de produção; arranjo físico de máquinas e equipamentos para racionalizar a produção; melhoria do ambiente físico de trabalho; projeto de instrumentos e equipamentos especiais.

23 Padronização dos métodos e processos de trabalho, com a padronização das maquinas e equipamentos, ferramentas e instrumentos de trabalho, matérias-primas e componentes com o objetivo de reduzir a variabilidade e a diversidade no processo produtivo e daí, eliminar o desperdício e aumentar a eficiência. Padrão é uma unidade de medida adotada e aceita comumente como critério.

24 A administração funcional: dividir o trabalho de maneira que cada homem, desde o assistente até o superintendente, tenha que executar a menor variedade possível de funções.

25 Para Taylor,a gerencia deve seguir quatro princípios: 1.Princípio de planejamento: Substituir no trabalho o critério individual do operário por métodos baseados em procedimentos científicos. Substituir a improvisação pela ciência,através do planejamento do método de trabalho. 2.Princípio de preparo: Selecionar cientificamente os trabalhadores de acordo com suas aptidões e prepará-los e treiná-los para produzirem mais e melhor, de acordo com o método planejado. Preparar máquinas e equipamentos através de arranjo físico.

26 3.Princípio de controle: Controlar o trabalho para se certificar de que este está sendo executado de acordo com os métodos estabelecidos e segundo o plano previsto. 4.Princípio da execução: distribuir distintamente atribuições e responsabilidades.

27 Harrigton Emerson ( ) foi um engenheiro que simplificou os métodos de trabalho e desenvolveu os primeiros trabalhos sobre seleção e treinamento de empregados: 1.Traçar um plano bem definido,de acordo com os objetivos; 2.Estabelecer o predomínio do bom senso; 3.Oferecer orientação e supervisão competentes; 4.Manter disciplina;

28 5.Impor honestidade nos acordos,ou seja,justiça social no trabalho; 6.Manter registros precisos, imediatos e adequados; 7.Oferecer remuneração proporcional ao trabalho; 8.Fixar normas padronizadas para as condições de trabalho; 9.Fixar normas padronizadas para o trabalho em si; 10.Fixar normas padronizadas para as operações;

29 HENRY FORD,( ): Fundou sua primeira fábrica de automóveis em 1899 que logo foi fechada. Não desanimou e em 1903, fundou a Ford Motor Co. A condição-chave da produção em massa é a simplicidade.

30 Três aspectos são fundamentais: 1. A progressão do produto através do processo produtivo e planejada,ordenada e contínua; 2. O trabalho é entregue ao trabalhador em vez de deixá-lo com a iniciativa de ir buscá-lo; 3. As operações são analisadas em seus elementos constituintes.

31 FORD adotou três princípios básicos: 1.Princípio da intensificação: diminuir o tempo de duração com o emprego imediato dos equipamentos, matéria- prima e rapidez na comercialização.

32 Princípio da Economicidade: Consiste em reduzir ao mínimo o volume do estoque da matéria-prima em transformação, fazendo com que o automóvel fosse pago à empresa antes de vencido o prazo de pagamento da matéria-prima adquirida e dos salários. A velocidade de produção deveria ser rápida.

33 3. Princípio da produtividade: Aumentar a capacidade de produção do homem no mesmo período por meio da especialização e da linha de montagem.

34 Ford adotou uma abordagem revolucionária na fabricação de automóveis, utilizando princípios da administração científica. Após muito estudo, máquinas e trabalhadores foram colocados em seqüência na fábrica de Ford de modo que um automóvel pudesse ser montado sem interrupções ao longo de uma linha de produção móvel.

35 Utilizava-se energia mecânica e uma esteira para extrair o trabalho dos trabalhadores. Os custos caíram significativamente e o Modelo-T tornou-se o primeiro carro accessível a maioria dos americanos (custava U$$500,00) e Ford dominou o setor por muitos anos. Em 1914 Ford estabeleceu o salário-mínimo de 5 dólares por dia de 8 horas de trabalho, quando na maioria dos países a jornada era de 10 ou 12 horas.

36 1. Fazer as coisas da melhor maneira possível; 2. Distribuir com clareza as responsabilidades; 3. Escolher os servidores mais capazes, não importa a que preço; 4. Deduzir os juros na apreciação dos lucros; 5. Progredir sempre para não retroagir (em relação ao competidores que progridem).

37 Grandes conglomerados Ford e Taylor: Cultura da disciplina e da repetição. Produção em massa de bens Grandes estoques Controle de qualidade pós-produção Voltado para o recurso Foco no uso dos músculos Pouca ou nenhuma experiência de aprendizagem

38 Diminuição do tamanho das empresas através de: Automação Interligação (informática) Comunicação (novas formas) Produção flexível Sem estoques Controle de qualidade integrado ao processo produtivo Voltado para o cliente

39 Foco no uso do cérebro Aprendizagem no trabalho (Aprender é uma tarefa para toda a vida!)


Carregar ppt "Taylor e os princípios da administração científica PARTE I."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google