A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

II ENCONTRO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "II ENCONTRO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO"— Transcrição da apresentação:

1 II ENCONTRO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO
DO SETOR PORTUÁRIO Realidade Cidade/Porto. As dificuldades e possibilidades do Setor Portuário de Angra dos Reis

2 APRESENTAÇÃO O presente estudo oferece as atuais condições do Porto e de suas potencialidades com o objetivo de atender não só as perspectivas de aumento da movimentação de carga como também ao atendimento de planos e programas futuros, cuja as características se enquadram com a intensificação do uso do Porto de Angra dos Reis como Pólo de desenvolvimento comercial da região.

3 Tópicos a serem abordados
Período Pré-Arrendamento e Pós Arrendamento; As dificuldades encontradas e os fatores Positivos do Setor Portuário de Angra dos Reis; Potencialidades do Setor Portuário de Angra dos Reis; Ações estratégicas a serem realizadas no setor Portuário de Angra dos Reis;

4 Perfil do Porto Pré-Arrendamento
Porto de Angra dos Reis

5 Histórico do Porto Pré-Arrendamento
Movimentação Anual acima de toneladas; Geração de Emprego da mão-de-obra avulsa de 100%(cem por cento); Geração de Emprego de Terceirizados muito forte devido aos diversos serviços executados extra trabalho portuário; Reversão de toda a geração de renda do trabalho portuário totalmente voltado na economia local, pois são todos trabalhadores angrenses; Facilidade de clientes devido a enorme eficiência de nosso trabalho portuário; Primeiro Porto do Brasil a operar em modo Shinc(Sábado/Domingo e Feriado Incluído – 24 horas);

6 Perfil do Porto Pós-Arrendamento
Porto de Angra dos Reis

7 Histórico do Porto Pós-Arrendamento
Com exceção do ano de 1999 a movimentação do Porto Anual obteve em média a casa das toneladas; Ausência total de investimentos por parte do governo, e principalmente do arrendatário do Porto de Angra; Ociosidade enorme na geração de Emprego da mão-de-obra avulsa; Porto hoje sendo operado em modo Shex(Sábado, Domingo e Feriado Excluído), e não mais trabalhando 24 horas, operando atualmente em 03 turnos de 06 horas, geralmente os dois primeiros com dois ternos e o terceiro com apenas um.(O principal motivo para esta mudança é a deficiência no parque de máquinas)

8 Resultados Porto de Angra dos Reis

9 ANTERIOR AO ARRENDAMENTO = 1990 à 1998
Gráfico das Movimentações no Porto de Angra PERÍODO: PRÉ-ARRENDAMENTO E PÓS-ARRENDAMENTO Em toneladas 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 ANTERIOR AO ARRENDAMENTO = 1990 à 1998 APÓS O ARRENDAMENTO = 1999 à 2007

10 Perfil das Cargas Movimentadas PERÍODO: 1999 à 2007
Em toneladas CARGA GERAL 0,46% GRANEL SÓLIDO 21,48% PRODUTOS SIDERÚRGICOS 78,07% Produtos Siderúrgicos: t Granel Sólido : t Carga Geral : t

11 Evolução da Movimentação de Cargas UNIFICAÇÃO: 5 EM 5 ANOS
Em toneladas Era Pós-Arrendamento 702,758 1980 à 1984 1985 à 1989 1990 à 1994 1995 à 1999 2000 à 2004 2005 à 2007

12 Movimentação de Cargas COMPARAÇÃO DE PERÍODOS
Em toneladas 2007 PLANETA OPERADORA 2% 2002 à 2006 18% 1999 à 2001 FCA ANGRAPORTO 17% Resultado Pós-arrendamento 37% Pré Arrendamento 1991 à 1998 DOCAS 63%

13 O Processo de Modernização dos Portos
Em fevereiro/1993, foi promulgada a Lei 8.630/93. Lei esta dita como a Lei de Modernização dos Portos, que tem como objetivo alguns pontos: Descentralizar o setor, através da estadualização e municipalização de portos(Lei 9.277/96); Direitos à permitir que a operação portuária fosse realizada e explorada pelo setor privado, através de contrato de arrendamento celebrado com a união através de Licitação;

14 Os Objetivos da Lei de Modernização dos Portos
Cabe destacar alguns pontos objetivos da Lei de modernização dos portos, tais como; Criar alternativas de captação de cargas; Incentivar a concorrência no segmento, assegurando a sua competitividade com outros Portos, de forma a levar à redução de custos para os usuários de transporte de carga; Equipar e modernizar o Porto para aumentar a produtividade operacional das suas instalações; Fomentar a geração de investimentos nas estruturas, visando a modernização da operação;

15 As Dificuldades Encontradas atualmente no Porto de Angra
Porto de Angra dos Reis

16 Dificuldades do Porto hoje
Falta de dragagem; Falta de Investimentos no Setor; A falta de um trabalho comercial da arrendatária para atração de Cargas de Longo Curso; A abertura para a movimentação de Produtos Siderúrgicos no Porto de Sepetiba;

17 Fatores positivos no Setor Portuário de Angra
Porto de Angra dos Reis

18 Fatores Positivos Um dos principais fatores positivos do Porto são os trabalhadores avulsos; Outro fator é a qualidade e a produtividade atingida no Porto de Angra; A localização das retro-áreas dentro do Porto é de fundamental importância; A linha férrea administrada pela Ferrovia Centro Atlântica tem ligação direta com o Porto de Angra, os vagões vão direto para dentro do Porto, inclusive para o costado do navio.

19 Exemplo de nosso Trabalho Portuário
GERDAU

20 Exemplo de nosso Trabalho Portuário
SAINT GOBAIN

21 Exemplo de nosso Trabalho Portuário COMAFAL / CENTERTRADING

22 Ranking dos Portos no Brasil
Fonte: Coppead/UFRJ/Jornal O Estado de São Paulo: 30/07/07

23 Potencialidades Longo Curso; Offshore; Turismo;

24 Potencialidades Longo Curso;
No momento atual de crescimento e desenvolvimento na exportação e importação no qual vive o País, os Portos de hoje que não são eficientes não decolam, e a maioria das mercadorias que circulam pelo mundo, são transportadas em navios e movimentadas através de Portos. O Porto de Angra é um Porto de múltiplas aptidões, que permite o atendimento diferenciado à vários mercados.

25 Potencialidades Longo Curso;
Resgatando os clientes que já movimentaram as suas cargas através do setor portuário, bem como o estímulo aos atuais clientes no sentido da viabilização do aumento de suas mercadorias a serem exportadas ou importadas; Integração dos municípios do (Vale do Paraíba fluminense e paulista, e o Sul de Minas). O Porto de Angra esta situado no eixo entre Rio x São Paulo; A exploração comercial do trecho da F.C.A. que são interligadas com as principais ferrovias brasileiras, que passa por 277 municípios cortados em 07 estados.

26 Clientes/Cargas exploradas no Porto de Angra
C.S.N. 39% COMAFAL / CENTERTRADING 1% SAINT GOBAIN 0, 06% MINÉRIO 1% GERDAU 37% TRIGO EM GRÃO A GRANEL 14% CEVADA / MALTE EM GRÃO 3% MANNESMANN 0,33% CONCENTRADO ZINCO/ BARRILHA 5% CARGA GERAL 0,34% BELGO MINEIRA 0,01%

27 Potencialidades Offshore;
A industria de petróleo, que envolve as atividades de pesquisa, exploração, produção, logística e desenvolvimento tecnológico, é fundamental para o País. A crescente demanda do consumo de derivados de petróleo e a necessidade de elevar as reservas estratégicas, torna inevitável e irrecusável a ampliação da indústria do petróleo, e a atividade de offshore é a base desse crescimento, daí a importância estratégica do Porto de Angra dos Reis, a viabilidade técnica da vocação do Porto de Angra tornar-se uma base de apoio as operações offshore constituirá em uma alternativa no apoio as plataformas.

28 Potencialidades Offshore;
As situadas ao Sul de Bacia de Campos, em áreas afastadas das coordenada do Porto de Forno; Aquelas que se encontram em regiões de sua exclusiva influência na Bacia de Santos; A vantagem relativa do Porto de Angra configura-se também, pela excelente infra-estrutura existente no município, propiciada pelo estaleiro já existente e a presença das centrais nucleares aliados ao acesso rodoviário e ferroviário do Porto de Angra dos Reis;

29 Abrangência da Bacia de Santos
Fonte: Agência Nacional do Petróleo

30 Abrangência da Bacia de Campos
Fonte: Agência Nacional do Petróleo

31 Potencialidades Turismo;
O turismo se transformou em uma das atividades mais importantes do mercado mundial. Angra dos Reis tem a reputação de ser uma cidade turística, pelas suas belezas naturais. Mas, na verdade, esta atividade gera poucos recursos para o Município, atualmente por não possuir a estrutura necessária para seu pleno desenvolvimento. Atualmente o centro de Angra está dividida entre parte baixa e cerros – os morros – em volta da baía.

32 Potencialidades Turismo;
Criação de um terminal turístico moderno para operação de desembarque de turistas; Revitalização dos prédios históricos preservando a arquitetura característica, e a reurbanização da cidade alta(morros), incluindo restaurantes, bares e cafés; Revitalizar e estruturar as diversas praias, e ilhas preparando para o recebimento dos turistas; Incentivo ao consumo dos produtos e culinárias da região(artesanato, maricultura e o pescado);

33 Ações que o Porto de Angra necessita para o fim do Gargalo
Porto de Angra dos Reis

34 Investimentos em Infra-estrutura
A dragagem; A melhoria dos acessos ferroviário e rodoviário; A implantação do terceiro berço;

35 Dragagem do Porto A dragagem no Porto e um fator primordial para o setor. Após mais de 30 anos sem dragagem de manutenção, o Porto viu a sua profundidade de projeto de 10 metros aos poucos reduzir para 8 metros, inviabilizando assim o ingresso de embarcações de maior porte e de menor custo de frete.

36 2 Canais de Acesso Sul => Extensão 8 km Largura de 160m
Profundidade de 14 m Norte => Extensão 11 km Largura de 150m

37 Canal de Acesso (Foto Aérea)

38 Bacia de Evolução 320m de Diâmetro com 8,84m de Profundidade na Preamar (Devido a um caroço existente na bacia) Caroço existente, impedindo a atracação dos navios na maré baixa

39 Acesso Ferroviário Criação do terceiro trilho para o aumento da bitola(estreita) existente para a bitola larga; Ações com investimento para a adequação dos gabaritos de pontes e túneis; Investimentos para melhoria do pátio de manobras;

40 Acesso Rodoviário Ações com investimento na melhoria do trevo de acesso a entrada do município de Angra dos Reis; Pontos de refugos para as diversas carretas para a segurança e desafogamento do tráfego; Ações urgentes com investimento na melhoria dos túneis, no que diz respeito à pavimentação e iluminação;

41 Implantação do terceiro berço
A implantação do terceiro berço é de fundamental importância para o setor, pois irá incorporar uma retro- área de aproximadamente m2, no qual facilitará a implantação das vertentes abordadas como o Offshore e o Turismo;

42 E os trabalhadores portuários tem a certeza, que só alcançaremos estes
objetivos com a união e a vontade política dos governos, dos empresários do setor e de toda classe trabalhadora


Carregar ppt "II ENCONTRO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google