A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Trabalho de TIC A Música. Claves de Sol História da música História da música é o estudo das origens e evolução da música ao longo do tempo. Como disciplina.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Trabalho de TIC A Música. Claves de Sol História da música História da música é o estudo das origens e evolução da música ao longo do tempo. Como disciplina."— Transcrição da apresentação:

1 Trabalho de TIC A Música

2 Claves de Sol

3 História da música História da música é o estudo das origens e evolução da música ao longo do tempo. Como disciplina histórica insere-se na história da arte e no estudo da evolução cultural dos povos. Como disciplina musical, normalmente é uma divisão do canto e da teoria musical. O seu estudo, como qualquer área da história é trabalho dos historiadores, porém também é frequentemente realizado pelos músicos.

4 Este termo está popularmente associado à história da música erudita ocidental e frequentemente afirma-se que a história da música se origina na música da Grécia antiga e se desenvolve através de movimentos artísticos associados às grandes eras artísticas de tradição europeia (como a era medieval, renascimento, barroco, classicismo, etc.). Este conceito, no entanto é equivocado, pois essa é apenas a história da música no ocidente. A disciplina, no entanto, estuda o desenvolvimento da música em todas as épocas e civilizações, pois a música é um fenómeno que perpassa toda a humanidade, em todo o globo, desde a pré-história. Em 1957 Marins Schneider escreveu: Até poucas décadas atrás o termo história da música significava meramente a história da música erudita europeia.

5 Foi apenas gradualmente que o desígnio da música foi estendido para incluir a fundação indispensável da música não europeia e finalmente da música pré- histórica. Há, portanto, tantas histórias da música quanto há culturas no mundo e todas as suas vertentes têm desdobramentos e subdivisões. Podemos assim falar da história da música do ocidente, mas também podemos desdobrá-la na história da música erudita do ocidente, história da música popular do ocidente, história da música do Brasil, história do samba, história do fado e assim sucessivamente.

6 Hip Hop

7 O termo Hip-Hop foi estabelecido, por volta de 1968, por Afrika Banbaataa, inspirado em duas movimentações cíclicas. A primeira delas, estava, na forma cíclica pela qual se transmitia a cultura dos guettos norte-americanos. A segunda estava justamente na forma de dançar mais popular da época, ou seja, saltar (hop) movimentando os quadris (hip). Era um convite à festa! Nesta época, na década de 60, criou-se uma grande discussão sobre direitos humanos e, nesta ordem dos factos, os marginalizados da sociedade de Nova Iorque juntaram-se para fazer defender as suas propostas na eliminação das suas inquietações. História do Hip Hop

8 Assim surgiram grandes líderes negros, como Martin Luther King e Malcom X, e grupos que lutavam pelos direitos humanos como os Panteras Negras. Esse ambiente influenciou, bastante, os primeiros praticantes do Hip-Hop,principalmente artistas como Isaac Hayes que faziam os habitantes do guetto dançarem as músicas que eles mesmo intitulavam de "Raps", a exemplo dos "Ike's Raps" contidos nos LP's de Hayes, que eram compostos por uma base musical dançante acompanhado de rimas faladas que seguiam o ritmo. Além disso, a mensagem contida nas letras continha um alto teor político-social. E, assim juntando a música que era o Rap, a dança que era o Break e a arte plástica que era o Grafite temos todos os elementos que deram origem ao Hip-Hop. Assim surgiram grandes líderes negros, como Martin Luther King e Malcom X, e grupos que lutavam pelos direitos humanos como os Panteras Negras. Esse ambiente influenciou, bastante, os primeiros praticantes do Hip-Hop,principalmente artistas como Isaac Hayes que faziam os habitantes do guetto dançarem as músicas que eles mesmo intitulavam de "Raps", a exemplo dos "Ike's Raps" contidos nos LP's de Hayes, que eram compostos por uma base musical dançante acompanhado de rimas faladas que seguiam o ritmo. Além disso, a mensagem contida nas letras continha um alto teor político-social. E, assim juntando a música que era o Rap, a dança que era o Break e a arte plástica que era o Grafite temos todos os elementos que deram origem ao Hip-Hop.

9 Heavy Metal

10 História do Heavy Metal O heavy metal, ou simplesmente metal, é um estilo musical derivado do rock'n'roll, que é ao mesmo tempo um estilo que dá para dançar e que tem influências de outros estilos musicais: o country e o blues. O heavy metal é caracterizado primeiramente por guitarras eléctricas bastante amplificadas em relação a outros estilos de rock; outras características marcantes do metal são a velocidade, distorção e o peso do som, que também é marcado por virtuosos solos de bateria, baixo, e principalmente guitarra. O heavy metal surgiu, assim como o movimento hippie, como uma revolta da contracultura, que em resposta à sociedade conservadora, utilizava um visual alternativo (cabelos longos, roupa rasgada, etc.) e tinha princípios totalmente anárquicos.

11 As suas origens residem nas bandas de rock que entre 1964 e 1970 aderiram a diversos estilos musicais, principalmente o blues, misturaram com o rock tradicional, e criaram um irregular com som pesado, veloz e virtuoso, centrado na guitarra. Alguns grandes nomes dos anos 70, do heavy metal, do heavy rock e do hard rock em geral, foram: Black Sabbath, Led Zeppelin e Deep Purple, entre outros. O primeiro álbum do Black Sabbath, homónimo, de 1970, é considerado por muitos o primeiro álbum de heavy metal da história. As bandas de heavy metal, e também as bandas de heavy rock e hard rock dos anos 70, têm todas elas um pouco do metal clássico e um pouco do que viria formar o heavy metal tradicional de bandas como Iron Maiden, Saxon, Manowar, Helloween, etc.

12 O heavy metal tradicional alcançou o grande público nos anos 80, com a popularidade de bandas do movimento conhecido como "New Wave Of British Heavy Metal". Entre elas está a famosa banda Iron Maiden; também podemos citar as bandas Saxon, Def Leppard, Angel Witch, entre outras. A partir dos anos 80, o heavy metal sofreu novas divisões de estilo, gerando numerosos grupos. Variantes como o eruditismo, vocais guturais, velocidade, temática lírica, e a fusão com outros estilos de rock, criaram diversas linhas novas, como thrash metal, death metal, power metal, black metal, metal progressivo, gothic metal, etc.

13 Actualmente, o metal tem sofrido grande preconceito, com a péssima argumentação de que tudo o que é feito nada mais é do que simples "barulho". Tal afirmação é errada, pois em bandas, por exemplo, da linha do metal progressivo, ou prog metal, como os Dream Theater, existe um nível elevadíssimo de técnica, melodia e harmonia. Hoje em dia existem pouquíssimas bandas de metal que têm a aprovação da mídia e da crítica, mas ainda existem excelentes bandas, como, por exemplo, os Blind Guardian, os Sonata Arctica, os Gamma Ray, os Arch Enemy, os Therion, os Rhapsody, os Nightwish, os Stratovarius, os After Forever, etc.

14 Rock

15 História do Rock Resumidamente é uma combinação de elementos blues, boogie-woogie, jazz e rhythmnblues. Até os anos 50 era feito predominantemente por negros norte-americanos. Foi necessário criar um novo termo – rocknroll - e acrescentar o estilo countrynwestern para despistar a sociedade branca e racista. O rock surge em meados de 1954 no sul dos Estados Unidos, quando um cantor branco com possante voz de negro entra num estúdio em Memphis chamado Sun Records para gravar acompanhado de um baixo, bateria e guitarra, que até hoje é a formação básica de uma banda de rock.

16 O cantor era Elvis Presley e Thats Alright, Mama" foi uma das músicas gravadas. Reza a lenda que alguém do estúdio perguntou com quem Elvis se parecia e ele respondeu que não se parecia com ninguém. Outros elegem Chuck Berry ou até Bill Haley & His Comets como os inventores do rock. Mas isso não é provado, nunca saberemos quem foi a primeira banda de rock. A única certeza é que Elvis popularizou o rock e o tornou mais sexy, Bill Haley & His Comets foram uma das primeiras bandas de rock e Chuck Berry foi a base para todos os grandes guitarristas. Outros nomes importantes: B.B. King, Jerry Lee Lewis e Little Richard.

17 Pop

18 História do Pop Pop em inglês a abreviação da palavra popular. Segundo este conceito, a música pop é o principal estilo musical que passa pelas rádios e televisões e com maior aceitação por parte do público, já que este se caracteriza por um abrangente conjunto de géneros, com destino a todas as pessoas, de todas as idades e, muitas vezes, com um intuito principalmente comercial, por fazer dinheiro. O pop de hoje pode não ser o de á trinta, quarenta ou cinquenta anos atrás, e o que virá daqui a umas décadas, será diferente com certeza.

19 No entanto, falemos do significado e as características da música pop de hoje. Esta é, digamos, no geral, calma, comparativamente a grandes potências do rock pesado e derivados, mas não deixa de ter um irreverente e contagiante dinamismo na sua interpretação vocal e instrumental, o que faz com que seja um estilo divertido, mexido e propício para danças e outro tipo de interpretações coreografadas por parte de qualquer pessoa. As suas letras são fáceis de decorar e os músicos que se destacam neste estilo costumam sempre ter vidas de grande luxo, já que este é o género que mais promove a venda de álbuns, por agradar toda a gente, sendo que muitos decidem participar em campanhas de solidariedade, de modo a empregar eticamente uma boa parte da sua fortuna.

20 O pop ou o pop-rock nasceram com intérpretes como Elvis Presley. Mas este conceito foi atingido mais tarde, pelos Beatles, banda de rock inglesa que atingiu uma fama mundial, e grandes anos de sucesso atrás de sucesso. Surgem posteriormente os Abba, entre muitos outros. Com a evolução do mundo na música, hoje, o pop contém extractos de hip hop, rap, soul, jazz, reggae e electrónica, medida que faz com que o estilo abranja um ainda maior número de adeptos. No entanto, com o exagero de bandas e vocalistas deste género musical, sendo que em muitos se vêem plágios à performance de outros, a crítica reclama e o público divide-se.

21 Hoje em dia, surgem movimentos anti-pop, pelo motivo de as massas terem começado a interessar- se por músicos mais alternativos e com menos aspirações monetárias, pelo facto de estes ainda lutarem pela passagem de ideias e mentalidades, dois valores que cada vez mais o pop actual vai perdendo, apenas pelo instinto comercial.

22 Biografias dos Artistas

23 Black Eyed Peas

24 BEP Formada a 1995 em Los Angeles, por Will.I.Am e Apl.de.Ap, que faziam parte de uma "crew" de breakdance, os Black Eyed Peas foram uma lufada de ar fresco no panorama hip hop no final da década de 90. No entanto, só à segunda tentativa o projecto avançou. A primeira fase da banda morreu em 1995, tendo os principais elementos, dois anos depois, recrutado Taboo para MC. Começaram a tocar inicialmente em Los Angeles, onde conheceram Kim Hill, que chamaram para vocalista, sendo este o ponto de partida para o relançamento da carreira.

25 Os vários concertos em pequenos palcos serviram para chamar a atenção de algumas pessoas, entre as quais os responsáveis da editora Interscope Records, em 1997, com quem gravaram o primeiro álbum de originais, um ano depois. O disco teve como título "Behind The Front" e apresentou ao mundo temas como 'Fallin'Up' e 'Clap Your Hands'. Seguiu-se "Bridging The Gap", em 2000, de cujo alinhamento faziam parte as conhecidas músicas 'BEP Empire', 'Weekends' e 'Get Original'. Se os dois trabalhos produzidos registaram relativo sucesso, só com o terceiro disco, editado em 2003, os Black Eyed Peas conseguiram convencer a crítica, ao mesmo tempo que explodiram nas tabelas de vendas. Os vários concertos em pequenos palcos serviram para chamar a atenção de algumas pessoas, entre as quais os responsáveis da editora Interscope Records, em 1997, com quem gravaram o primeiro álbum de originais, um ano depois. O disco teve como título "Behind The Front" e apresentou ao mundo temas como 'Fallin'Up' e 'Clap Your Hands'. Seguiu-se "Bridging The Gap", em 2000, de cujo alinhamento faziam parte as conhecidas músicas 'BEP Empire', 'Weekends' e 'Get Original'. Se os dois trabalhos produzidos registaram relativo sucesso, só com o terceiro disco, editado em 2003, os Black Eyed Peas conseguiram convencer a crítica, ao mesmo tempo que explodiram nas tabelas de vendas.

26 Baseado num estilo hip hop, com muita energia e ritmo, "Elephunk" surgiu dois anos depois da preparação. Como single de apresentação, a banda apresentou "Where Is The Love?", que contou com a participação vocal de Justin Timberlake. O single tornou-se um autêntico hit, vendendo cerca de milhão e meio de cópias em todo o mundo. "Shut Up" foi o segundo tema de sucesso, atingindo o primeiro lugar das tabelas de vendas na Alemanha, Suíça, segundo lugar no Reino Unido e terceiro na Bélgica e Irlanda. Ainda em relação a "Elephunk", outro tema tem de ser referenciado: "Anxiety", cuja sonoridade teve influência dos Papa Roach, banda que se tornou amiga dos Black Eyed Peas, depois de uma digressão. O álbum deu origem a uma digressão de ano e meio que passou por Portugal, onde os Black Eyed Peas foram recebidos euforicamente pelo público do Rock In Rio-Lisboa, em Junho de Baseado num estilo hip hop, com muita energia e ritmo, "Elephunk" surgiu dois anos depois da preparação. Como single de apresentação, a banda apresentou "Where Is The Love?", que contou com a participação vocal de Justin Timberlake. O single tornou-se um autêntico hit, vendendo cerca de milhão e meio de cópias em todo o mundo. "Shut Up" foi o segundo tema de sucesso, atingindo o primeiro lugar das tabelas de vendas na Alemanha, Suíça, segundo lugar no Reino Unido e terceiro na Bélgica e Irlanda. Ainda em relação a "Elephunk", outro tema tem de ser referenciado: "Anxiety", cuja sonoridade teve influência dos Papa Roach, banda que se tornou amiga dos Black Eyed Peas, depois de uma digressão. O álbum deu origem a uma digressão de ano e meio que passou por Portugal, onde os Black Eyed Peas foram recebidos euforicamente pelo público do Rock In Rio-Lisboa, em Junho de 2004.

27 Ainda em 2004, os norte-americanos lançaram uma reedição de "Elephunk". 'Hey Mama' e 'Let's Get It Started' foram dois dos temas mais rodados nas rádios e televisões de todo o mundo, naquele Verão, o que levou "Elephunk" até à marca dos sete milhões e meio de discos vendidos. Quatro nomeações para os Grammys e uma actuação na cerimónia de entrega daqueles prémios, em 2005, completam a história de sucesso dos Black Eyed Peas com o seu terceiro álbum. Em 2005, William, Fergie, Apl.de.Ap e Taboo regressam com um novo álbum, intitulado "Monkey Business". Apostados, uma vez mais, em fazer dos seus temas um pretexto para a festa, os Black Eyed Peas rodeiam-se de convidados ilustres: Justin Timberlake repete a colaboração, na faixa 'My Style', produzida por Timbaland; Jack Johnson é samplado em 'Gone Going', e o padrinho da soul, James Brown, dá o seu contributo em 'They Don't Want Music'.

28 O grupo conhecera a lenda da música na cerimónia de entrega dos Mojo Awards. 'Don't Phunk With My Heart', que a banda descreve como a sequela do êxito 'Shut Up', e 'Don't Lie' são outros dos temas de "Monkey Business" que prometem fazer furor. Apesar de a atitude festiva se manter, "Monkey Business" é, de acordo com a banda, um disco feito de forma diferente, e que reflecte a experiência da banda na estrada. Após o seu lançamento e respectiva promoção, os Black Eyed Peas pretendem fazer uma pausa e explorar os seus talentos a solo. Em Maio de 2005, os Black Eyed Peas actuaram no Festival Super Bock Super Rock, em Lisboa. No final do mesmo ano, regressaram ao Pavilhão Atlântico por duas vezes: a primeira para a cerimónia de entrega dos MTV Europe Music Awards, a 3 de Novembro; e a segunda para um concerto, a 8 de Dezembro. O grupo conhecera a lenda da música na cerimónia de entrega dos Mojo Awards. 'Don't Phunk With My Heart', que a banda descreve como a sequela do êxito 'Shut Up', e 'Don't Lie' são outros dos temas de "Monkey Business" que prometem fazer furor. Apesar de a atitude festiva se manter, "Monkey Business" é, de acordo com a banda, um disco feito de forma diferente, e que reflecte a experiência da banda na estrada. Após o seu lançamento e respectiva promoção, os Black Eyed Peas pretendem fazer uma pausa e explorar os seus talentos a solo. Em Maio de 2005, os Black Eyed Peas actuaram no Festival Super Bock Super Rock, em Lisboa. No final do mesmo ano, regressaram ao Pavilhão Atlântico por duas vezes: a primeira para a cerimónia de entrega dos MTV Europe Music Awards, a 3 de Novembro; e a segunda para um concerto, a 8 de Dezembro.

29 Nightwish

30 Nightwish A trajectória dos Nightwish começava em Julho de No início, era praticamente um projecto acústico. Apenas com violões, a banda entrou em estúdio para gravar três canções entre Outubro e Dezembro de Mais tarde, a bateria de Jukka foi adicionada. Emppu, que já tinha gravado as cordas, também inseriu as guitarras. A sonoridade ganhava peso e se aproximava do Metal. Após alguns ensaios, a banda voltou ao estúdio para gravar outras 7 músicas em Abril de Um mês depois, os Nightwish assinaram contrato com a discográfica Spinefarm, gravando mais quatro faixas. The Carpenter foi lançado e alcançou uma óptima posição entre os singles oficiais executados na Finlândia.

31 Em Novembro de 1997, foi lançado o CD de estreia Angels Fall First. A banda passou a fazer as suas apresentações ao vivo. A discográfica estendeu o contrato para mais um disco, além dos outros dois do acordo inicial. O álbum Oceanborn foi lançado em Dezembro de 1997 e foi um sucesso absoluto, sendo aclamado por toda a imprensa e crítica finlandesa. Em Abril de 1998, o baixista Sami Vänska se agregou ao grupo e iniciaram as gravações do próximo álbum que ocupou o período entre Agosto e Outubro. Os Nightwish passaram a tocar por todo o país explorando a popularidade dos trabalhos. As apresentações nos festivais eram triunfantes e o álbum Oceanborn foi divulgado no exterior na primavera de 1999, expondo o talento dos finlandeses para outros países.

32 O single Sleeping Sun foi lançado paralelamente ao momento de maior destaque da banda, e alcançou a marca de cópias vendidas na Alemanha. A essa altura, os Nightwish consagravam-se como uma das melhores bandas de Metal Melódico do cenário europeu e iniciava sua tour internacional. No início do ano 2000 foi lançado o álbum Wishmaster e o sucesso alastrou-se para além da Europa. From Wishes To Eternity foi um show ao vivo na Finlândia que virou CD, VHS e DVD; lançado em edição limitada no ano de O álbum Over the Hills and Far Away, chegou no mesmo ano com músicas inéditas para delírio dos fãs em todo o mundo. Em Agosto deste ano, os Nightwish tocaram em países como Rússia e Coreia para levar o carisma e o talento em lugares com menos tradição no Rock. Em Outubro de 2001 foi anunciado que o baixista Sami não fazia mais parte da banda.

33 O músico Marco Hietala foi convidado para substituí-lo. Century Child foi o quarto álbum lançado, e trazia a banda mais madura musicalmente. O sucesso foi incontestável e cópias foram vendidas em apenas duas semanas. A imprensa especializada não se cansava de elogiar a competência da banda. Century Child teve a sua tour programada para três meses. A banda ainda desmentia os boatos da possível saída de Tarja. Em 9 de Setembro os Nightwish apresentaram-se pela última vez antes de fazer uma pausa para que Tarja concluísse os estudos. Assim, os outros integrantes puderam dedicar-se a projectos paralelos. Os Nightwish retornaram aos trabalhos de estúdio em 2003.

34 No início do ano seguinte, lançam o single Nemo, que traz quatro músicas e inclui a faixa título em duas versões: álbum e orquestral. Esta segunda versão recebe um arranjo repleto de cordas e sopros, que presta uma atmosfera épica e soma-se ao vocal deslumbrante de Tarja Turunen. Em meados do mesmo ano é apresentado Once. As 11 faixas deste álbum dão continuidade ao single anterior e mantém o padrão de qualidade Nightwish. Tanto nos arranjos como na performance de Tarja, Once apenas confirma a capacidade e ratifica o espaço que os Nightwish conquistaram no cenário mundial. Porém, no final de Outubro de 2005, uma notícia abala os fãs em todo o mundo.

35 Após a última apresentação da tour End of a Era, a banda entrega em mãos uma carta dirigida a Tarja na qual anuncia a expulsão da vocalista, alegando, entre outros motivos, que Tarja prejudicava os lucros e menosprezava os outros integrantes. Esta carta foi publicada no site oficial do Nightwish. Tarja, por sua vez, responde em outra carta publicada em seu site oficial, dizendo-se "chocada" e "confusa" com os acontecimentos. A banda ainda não anunciou quem irá ocupar a função de vocalista. Tarja, provavelmente, seguirá carreira solo. O facto, infelizmente, é que os Nightwish nunca mais serão o mesmo; e o seu fiel público não mais terá a oportunidade de vê-los juntos novamente, como "nos bons velhos tempos".

36 Green Day

37 Green Day Foi em Rodeo, Califórnia, que os amigos de infância Billie Joe Armstrong e Mike Dirnt resolveram montar sua primeira banda. Com apenas 14 anos de idade, formaram o Sweet Children, Billie assumindo vocais e guitarra e Mike o baixo e também vocais. Em 1989 o grupo arrumou um baterista, John Alan Kiffmeyer, e lançaram um EP com o mesmo nome da banda. Já no segundo EP, também independente, chamado 1000 hours, o nome definitivo: Green Day.

38 Com o sucesso que o grupo fazia entre o público jovem que gostava de bom rock, logo veio um contrato com uma gravadora independente local, onde lançaram mais dois EPs, que mais fariam parte do primeiro álbum, Smoothed Out Slappy Hours, de Foi logo após o lançamento deste CD que o baterista Kiffmeyer deixou a banda, alegando que desejava continuar os estudos e que a agenda cada vez mais intensa da banda o estava a atrapalhar. Foi quando Tré Cool, que inclusive havia sido professor do baterista anterior, entrou para a banda.

39 Britney Spears

40 Brit Embora a sua primeira performance pública tenha ocorrido apenas aos quatro anos a sua carreira profissional só começou aos oito anos, quando fez um teste para o programa de televisão infantil Mickey Mouse Club, da Disney. Considerada muito jovem para fazer parte do elenco, Britney mudou- se para Nova Iorque e passou três anos estudando dança e teatro. Os estudos compensaram: em 1991, a futura cantora conseguiu um papel numa peça teatral e, no ano seguinte, Britney finalmente entrou para o grupo de crianças que faziam parte do Mickey Mouse Club. Na mesma época, participavam do programa Joshua "JC" Chavez e Justin Timberlake, ambos de doze anos, que acabariam por fazer parte do grupo N Sync.

41 Além desses, outros futuros astros foram membros do Mickey Mouse Club, entre eles a actriz Keri Russel e a cantora Christina Aguilera. Após deixar o programa da Disney, em 1994, Britney voltou para casa, onde retomou os estudos num colégio local. Mas, ao fim de um ano, a cantora retornou a Nova Iorque, dessa vez para tentar uma carreira de cantora, influenciada por ídolos como Madonna, Mariah Carey e Michael Jackson. A oportunidade veio através da discográfica Jive, que, após receber uma demo da menina de quinze anos, assinou contrato com Britney. Produzido por Eric Foster White, o primeiro álbum da cantora ficou pronto no início de …Baby One More Time, primeiro single do álbum homónimo, foi lançado em Outubro do mesmo ano, sendo muito bem recebido pelo público.

42 O sucesso rendeu à cantora alguns concertos de abertura para os já famosos N Sync, em Janeiro de No mesmo mês, o seu disco de estreia chegava às lojas americanas, atingindo rapidamente o primeiro lugar nas paradas da Billboard. Britney tinha apenas 17 anos e virou febre entre os jovens dos EUA. Em 2000, já adorada por adolescentes do mundo inteiro, a cantora lançou o seu segundo disco, Ooops!… I Did It Again, que vendeu mais de um milhão de cópias apenas na primeira semana do seu lançamento. Nesse mesmo ano lançou o seu 3º álbum de inéditos "Britney", que não superou os dois anteriores em vendas, mas rendeu polémicas com o clip de "I'm A Slave 4U" e a sua segunda tour mundial "Dream Within A Dream Tour".

43 Em 2003, Britney lança seu 4º álbum de inéditos "In The Zone"; dessa vez explorando abusivamente da sensualidade, com músicas como "Touch Of My Hand" e "Breathe On Me". Desse álbum veio o seu maior sucesso, "Toxic", e também a sua 3º tour mundial "The Onyx Hotel Tour".Actualmente é casada com o dançarino Kevin Federline, tem um filho que nasceu em Setembro de 2005, Sean Preston, e está grávida do seu segundo filho. Em 2006 pretende retomar a carreira musical, lançando o seu 5º álbum de inéditas em Novembro.

44 Trabalho realizado por: Ana Catarina Cátia Isabel Mariana 10ºJ

45 The End


Carregar ppt "Trabalho de TIC A Música. Claves de Sol História da música História da música é o estudo das origens e evolução da música ao longo do tempo. Como disciplina."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google