A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PORTFÓLIO. DINÂMICA Telefone sem fio pedagógico FRASE DA DINÂMICA Portfólio é um instrumento que contém todos os trabalhos realizados pelos estudantes,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PORTFÓLIO. DINÂMICA Telefone sem fio pedagógico FRASE DA DINÂMICA Portfólio é um instrumento que contém todos os trabalhos realizados pelos estudantes,"— Transcrição da apresentação:

1 PORTFÓLIO

2 DINÂMICA Telefone sem fio pedagógico

3 FRASE DA DINÂMICA Portfólio é um instrumento que contém todos os trabalhos realizados pelos estudantes, durante um curso ou disciplina. Inclui também ensaios auto-reflexivos, que permitem aos alunos a discussão de como a experiência do curso ou disciplina mudou sua vida.

4 Objetivo da Dinâmica

5 Introdução O que é portfólio? Conceitos e definições de portfólio por vários autores. Portfólios: Por quê? Para quê? Porque, onde e para quê é usado. Princípios norteadores do trabalho com portfólio Papel do professor, diferença entre prova e portfólio, autonomia, reflexão, produção e criatividade.

6 Ferreira (1999); Hauaiss e Villar (2001); O Portfólio na Educação: Construção pelo aluno; Coleção de suas produções; Acompanhar o seu progresso; O QUE É PORTFÓLIO?

7 Arter e Spandel (1992); Avaliação como processo de desenvolvimento; Alunos como participantes ativos; Reflexão pelo aluno; O QUE É PORTFÓLIO?

8 Easley e Mitchell (2003); Coleção dos melhores trabalhos; Selecionando as peças do seu trabalho; Formar novos objetivos de aprendizagem; Processo de avaliação; O QUE É PORTFÓLIO?

9 Portfólio, então... Mais do que uma coleção de trabalho; Auto – avaliação crítica e cuidadosa; O QUE É PORTFÓLIO?

10 POR QUÊ E PARA QUÊ ? Demonstra a evolução do aluno; Motivação e incentivo; Reflete a identidade do aluno; Favorece a reflexão e a aprendizagem independente;

11 PRINCÍPIOS NORTEADORES DO TRABALHO COM O PORTFÓLIO Para que serve o portfólio? A prova é organizada apenas pelo professor; O que se pretende com o portfólio? Construção do portfólio; Desafios;

12 Segundo Castanho, A criatividade pode ser ensinada ou construída; É um procedimento de avaliação que propicia o desenvolvimento; PRINCÍPIOS NORTEADORES DO TRABALHO COM O PORTFÓLIO

13 Princípios da construção; Auto-avaliação; Seleção de atividades; Avaliação, responsabilidade mútua; PRINCÍPIOS NORTEADORES DO TRABALHO COM O PORTFÓLIO

14 Os princípios da construção, da reflexão, da criatividade, da parceria, da auto-avaliação e da autonomia... PRINCÍPIOS NORTEADORES DO TRABALHO COM O PORTFÓLIO

15 SOCIEDADE DOS POETAS MORTOS

16 Entrevistas Alunos: Francinildo Alves de Souza Simone das Graças R. de Novais Professores: Ana Correia Granado Tatiana Pricoli

17 AVALIAÇÃO

18 Modificar a forma de avaliar implica na reformulação do processo didático- pedagógico, deslocando também a idéia da avaliação do ensino para a avaliação da aprendizagem.

19 A avaliação que o professor faz do aluno tem um poder essencial, repercutindo no desempenho escolar. E a expectativa do professor é, normalmente, explicitada, chegando até separar classes mais fortes das classes mais fracas.

20 Os professores utilizam as provas como instrumentos de ameaça e tortura prévia dos alunos, justificando ser um elemento motivador da aprendizagem. Avaliar é sempre classificar, dar nota, registrar, cumprir a lei, verificar, constatar, medir, mostrar autoridade, selecionar os melhores, discriminar.

21 Provas e exames têm por finalidade, verificar o nível de desempenho do educando em determinado conteúdo e classificá- los em termo de aprovação ou reprovação.

22 Ao passo que a postura do professor tem o poder de gerar a incompetência do aluno, ela pode também contribuir para criar nas pessoas o consenso sobre as diferenças individuais. Geralmente, quando se fala em avaliação, pensa-se em uma prova de papel e lápis. Porém, existem outras formas de coletar dados de desempenhos de alunos.

23 Quando o objetivo é a construção do conhecimento do aluno, deve-se avaliar, para descobrir as dificuldades e interferir, modificando o ensino de forma que sejam garantidas aprendizagens fundamentais.

24 O desenvolvimento do educando significa a formação afetiva, social, política, ou seja, significa o desenvolvimento de suas capacidades e seu modo de viver, possibilitando assim autonomia e independência. A aprendizagem ocorre nas situações de vivência do cotidiano, é aí que se dá o processo de construção do conhecimento.

25 Avaliação é sinônimo de evolução. É basicamente, acompanhamento da evolução do aluno no processo de construção do conhecimento. O portfólio permite a melhoria da capacidade cognitiva do aluno. Formando o aluno em como pensar, como pesquisar, questionar e resolver determinados aspectos relevantes, ou seja, permitindo a cada aluno aprender por si mesmo.

26 O portfólio tem o papel de auxiliar o educando no seu desenvolvimento pessoal, a partir do processo de ensino-aprendizagem, e responder a sociedade pela qualidade do trabalho educativo realizado. Educador e educando, aliados, constroem a aprendizagem. A construção, para efetivamente ser construção, necessita incluir, seja do ponto de vista individual, integrando a aprendizagem e o desenvolvimento do educando, seja do ponto de vista coletivo, integrando o educando num grupo de iguais, o todo da sociedade.

27 O portfólio é o método mais eficiente para a avaliação dos alunos, pois não exclui, não gera traumas, ansiedade ou competição. Ao contrário, proporciona ao professor maior conhecimento do aluno e de suas capacidades, promove maior integração entre os educandos, permite ao aluno aprender com mais liberdade, incentiva a auto-avaliação e reflexão sobre seus trabalhos realizados em sala de aula.

28 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BENIGNA, Maria de Freitas Villas Boas. (2004), Portfólio, Avaliação e trabalho pedagógico, Campinas, São Paulo. Papirus. BONATTO, Ana Paula.(2006), Avaliação da aprendizagem nos anos iniciais do ensino fundamental, São Paulo, Monografia, USJT. HYPOLITTO, Dinéia. (2006), O uso do portfólio, a reflexão e a avaliação, Revista Integração,1999. Ano V, nº19. Sociedade dos poetas mortos, Drama, lançado em 1989, Touchstone Pictures.

29 INTEGRANTES Ana Paula BonattoR.A: Luana BarbieriR.A: Luciane R. CoronadoR.A: Maria VitorinoR.A: Profª. Dinéia Hypolitto USJT/2007


Carregar ppt "PORTFÓLIO. DINÂMICA Telefone sem fio pedagógico FRASE DA DINÂMICA Portfólio é um instrumento que contém todos os trabalhos realizados pelos estudantes,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google