A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

COLETA DE DADOS DA PRODUÇÃO TÉCNICO-CIENTÍFICA DO INPE

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "COLETA DE DADOS DA PRODUÇÃO TÉCNICO-CIENTÍFICA DO INPE"— Transcrição da apresentação:

1 COLETA DE DADOS DA PRODUÇÃO TÉCNICO-CIENTÍFICA DO INPE
Serviço de Informação e Documentação – SID e Coordenação de Planejamento Estratégico e Avaliação – CPA Setembro/2013

2 AGENDA (1/2) 1 Apresentação 2 Indicadores da Produção TC do INPE 3
Objetivos da Coleta de Dados 4 Importância da Coleta de Dados 5 Resultados da Coleta 1ºSem/13

3 AGENDA (2/2) 6 Metodologia da Coleta 2ºSem/13 7
Melhorias Implementadas 8 Cronograma Coleta 2ºSem/13 9 Orientações Coleta 2ºSem/13 10 Temas para Discussão

4 APRESENTAÇÃO O Serviço de Informação de Informação e Documentação – SID iniciará, em 25/11/2013, a coleta de dados da produção técnico-científica do INPE referente ao segundo semestre de 2013. Etapas Preliminares: Reuniões de orientação sobre o processo de coleta de dados, nos dias 24/09 e 01/10, destinada aos: Coordenadores de Áreas; Chefes dos Centros Regionais; Demais envolvidos indicados pelos respectivos Coordenadores e Chefes; Atualização das tabelas da Plataforma URLib (autor/grupo, autor/afiliação e 1°autor/área) Atualização dos Currículos Lattes pelos Autores INPE (até 10/12/2013).

5 INDICADORES DE PRODUÇÃO TC
Contrato de Gestão MCTI x INPE Relatórios de Gestão e Indicadores de desempenho INPE Indicadores relacionados à produção TC do INPE (IPUB e IGPUB) Importância e Impactos para a Instituição e para o Pesquisador Outras informações relevantes

6 OBJETIVOS DA COLETA DE DADOS
Contabilizar a produção Técnico-Científica do INPE no semestre Obter, com completude, os metadados que permitam referenciar cada produção, bem como disponibilizar o respectivo texto completo por meio da Biblioteca Digital do INPE Obtenção dos Indicadores de Publicação (IPUB e IGPUB) para composição do Relatório de Gestão Institucional, encaminhado semestralmente ao MCTI

7 IMPORTÂNCIA DA COLETA DE DADOS
Permite que sejam dados visibilidade da produção intelctual e retorno à sociedade das atividades de pesquisa e desenvolvimento tecnológico realizadas no âmbito do Instituto Impacta na avaliação institucional e, consequentemente, nas gratificações de desempenho (GDACT) dos servidores das carreiras de C&T do INPE; Possibilita o planejamento de ações para a manutenção e elevação da produção Técnico-Científica do INPE

8 OBSERVAÇÕES REFERENTES À COLETA DE DADOS - 1ºSEM/13
Tabela 1 - Áreas que encaminharam a planilha de autoarquivamento dentro do prazo estipulado (02/07/13). ÁREA DATA DE ENTREGA CRC 27/06 LIT 28/06 CEA 01/07 CCR CST

9 OBSERVAÇÕES REFERENTES À COLETA DE DADOS - 1ºSEM/13
Tabela 2 - Áreas que encaminharam a planilha de autoarquivamento fora do prazo estipulado (02/07/13). ÁREA DATA DE ENTREGA CTE Atualizou entre 17 e 26/07, entregou em 29/07. OBT 26/07 CPT 15/07 ETE 08/07

10 OBSERVAÇÕES REFERENTES À COLETA DE DADOS - 1ºSEM/13
PLANILHAS DE AUTOARQUIVAMENTO: Algumas áreas entregaram a planilha de autoarquivamento fora do padrão estabelecido ou de forma incompleta. CONSOLIDAÇÃO DOS RESULTADOS: Tabela da Coleta de Dados por Coordenação 1ºSem/13

11 METODOLOGIA DA COLETA DE DADOS - 2ºSEM/13
REPOSITÓRIO URLib BASES DE DADOS INTERNACIONAIS PLATAFORMA LATTES EVENTOS INPE PUBLICAÇÕES INPE SID AUTO-ARQUIVAMENTO

12 METODOLOGIA DA COLETA DE DADOS - 2ºSEM/13
É importante ressaltar que 70% do trabalho de coleta de dados será realizado pelo SID por meio da importação das bases de dados internacionais e dos dados da Plataforma Lattes, ou seja, somente 30% do trabalho será realizado pelas Coordenações e Centros Regionais por meio da planilha de autoarquivamento.

13 CRONOGRAMA COLETA DE DADOS 2ºSEM/13 (1/2)
PERÍODO ATIVIDADE 24/09/2013 e 01/10/2013 Reunião com as Coordenações e Centros Regionais (apresentação da metodologia do processo de coleta) 11/11/2013 a 24/11/2013 Atualização das tabelas autor/grupo e autor/afiliação (servidores, alunos, bolsistas, estagiários) 25/11/2013 Primeira importação das Bases de Dados Internacionais 26/11/2013 a 11/12/2013 Validação da importação das Bases de Dados Internacionais 10/12/2013 Data limite para atualização dos CVs Lattes pelos autores INPE 12/12/2013 Importação de dados da Plataforma Lattes 13/12/2013 a 19/12/2013 Validação da importação de dados da Plataforma Lattes 13/12/2013 Geração e envio às Coordenações e CRs das planilhas de autoarquivamento 13/12/2013 a 07/01/2014 Prazo para preenchimento das planilhas de autoarquivamento e upload dos textos completos

14 CRONOGRAMA COLETA DE DADOS 2ºSEM/13 (2/2)
PERÍODO ATIVIDADE 07/01/2014 Data limite para devolução ao SID das planilhas de autoarquivamento 08/01/2014 a 16/01/2014 Validação do autoarquivamento 16/01/2014 Segunda importação das Bases de Dados Internacionais 17/01/2014 Validação da segunda importação das Bases de Dados Internacionais Geração da tabela fornecendo os dados para o cálculo dos indicadores Físicos e Operacionais IPUB e IGPUB 21/01/2014 Obtenção e envio dos indicadores IPUB e IGPUB à CPA 27/02/2014 a 23/05/2014 Verificação da completude dos metadados de acordo com padrões internacionais e tipologias documentais 24/02/2014 Geração e envio às Coordenações e CRs das planilhas de autoarquivamento complementar 25/02/2014 a 11/03/2014 Prazo para preenchimento das planilhas, upload dos textos completos e devolução ao SID 12/03/2014 a 23/05/2014 Busca dos textos completos faltantes na Biblioteca Digital pelo SID

15 ORIENTAÇÕES COLETA DE DADOS 2ºSEM/13
Os trabalhos aceitos no SBSR, no WETE e no WORCAP são depositados diretamente na URLib pelos organizadores desses eventos. O autoarquivamento consiste no preenchimento dos metadados com completude, e também do depósito da versão Rascunho final ou PDF final (se permitido) do artigo. O autoarquivamento deve, obrigatoriamente, ser efetuado pela Área/Coordenação de lotação do 1º Autor INPE.

16 TEMAS PARA DISCUSSÃO 1 Políticas de autoarquivamento dos periódicos com artigos submetidos pelo INPE 2 Política de Depósito da Produção TC na Biblioteca Digital do INPE 3 Estímulo à Publicação em Periódicos de Acesso Aberto 4 Grupo Permanente de Editoração de Eventos Organizados pelo INPE

17 Distribuição por Editora dos Artigos em Periódicos Depositados na BD do INPE

18 Final Draft com EMBARGO
Política de Autoarquivamento das 8 maiores editoras (51% dos artigos em periódicos depositados na BD do INPE) EDITOR POLÍTICA QTD. ARTIGOS Elsevier Fechado 1632 Springer Final Draft com EMBARGO 586 AGU Final Draft 498 Wiley 274 AMETSOC 209 Taylor & Francis APS Acesso Aberto 189 EGU/Copernicus 180 TOTAL 369 707 Fechado ou Embargo 2701

19 POLÍTICAS DE AUTOARQUIVAMENTO DOS ARTIGOS EM PERIÓDICOS DEPOSITADOS NA URLib (Geral)

20 POLÍTICAS DE AUTOARQUIVAMENTO DOS ARTIGOS EM PERIÓDICOS DEPOSITADOS NA URLib (Geral)

21 Política de Autoarquivamento do Periódico
Distribuição das Versões dos Artigos em Periódicos por Políticas de Autoarquivamento (INPE, ) Política de Autoarquivamento do Periódico Versão do Artigo Depositada no Repositório Qtd. Total de Artigos Depositados Rascunho Final PDF Editor Por tipo de Política Permitido 9 1% 428 36% 437 37% Proibido 26 2% 292 25% 318 27% 0% 13 22 386 33% 408 35% Total 57 5% 1119 95% 1176 100%

22 TEMAS PARA DISCUSSÃO 1 Políticas de autoarquivamento dos periódicos com artigos submetidos pelo INPE 2 Política de Depósito da Produção TC na Biblioteca Digital do INPE 3 Estímulo à Publicação em Periódicos de Acesso Aberto 4 Grupo Permanente de Editoração de Eventos Organizados pelo INPE

23 Política de Depósito da Produção TC na Biblioteca Digital do INPE
Alteração da RE/DIR 204 de forma a obrigar o depósito da versão rascunho final do trabalho técnico-científico assim que aceito no periódico, congresso, etc...

24 TEMAS PARA DISCUSSÃO 1 Políticas de autoarquivamento dos periódicos com artigos submetidos pelo INPE 2 Política de Depósito da Produção TC na Biblioteca Digital do INPE 3 Estímulo à Publicação em Periódicos de Acesso Aberto 4 Grupo Permanente de Editoração de Eventos Organizados pelo INPE

25 TEMAS PARA DISCUSSÃO 1 Políticas de autoarquivamento dos periódicos com artigos submetidos pelo INPE 2 Política de Depósito da Produção TC na Biblioteca Digital do INPE 3 Estímulo à Publicação em Periódicos de Acesso Aberto 4 Grupo Permanente de Editoração de Eventos Organizados pelo INPE

26 Grupo Permanente de Editoração de Eventos Organizados pelo INPE
Será responsável por padronizar os anais e formatos dos eventos permanentes organizados pelo INPE (WORCAP, WETE, SBSR, PIBICT, etc...); Existem atualmente dois padrões para os Eventos Organizados pelo INPE: - Padrão completo (exemplo SBSR); - Padrão simplificado (exemplo WETE). Deverá promover o imediato depósito e disponibilização das produções desses eventos na biblioteca digital do INPE.

27 CONTATOS Equipe da Memória Técnico-Científica/SID (ramal 6917)
Anal. Marciana Leite Ribeiro Anal. Marcelo de Castro Pazos Anal. Clayton Martins Pereira Pesq. Dr. Gerald Jean Francis Banon Serviço de Planej. e Acomp. de Resultados/SPR (ramal 7353) Anal. Maria Ligia Moreira Anal. Aldo Bastos de Almeida


Carregar ppt "COLETA DE DADOS DA PRODUÇÃO TÉCNICO-CIENTÍFICA DO INPE"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google