A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Www.portalnatural.com.br apresenta. Seja como você é, simples e naturalmente. Se você não se converter e não se tornar como crianças, de modo algum entrará

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Www.portalnatural.com.br apresenta. Seja como você é, simples e naturalmente. Se você não se converter e não se tornar como crianças, de modo algum entrará"— Transcrição da apresentação:

1 apresenta

2 Seja como você é, simples e naturalmente. Se você não se converter e não se tornar como crianças, de modo algum entrará no reino dos Céus." Mat. 18:3. Ele [Jesus] explicou-lhes o que queria dizer com isso. Não desejava que se tornassem crianças no entendimento, e, sim, na malícia. As criancinhas não manifestam sentimentos de superioridade e aristocracia. São simples e naturais em sua aparência. Cristo queria que Seus seguidores cultivassem maneiras sem afetação, para que todo o seu porte fosse humilde e semelhante ao de Cristo. Este Dia com Deus MM 1980 (ling.simples)

3 A simplicidade, o esquecimento de si mesma e o confiante amor de uma criancinha, são os atributos estimados pelo Céu. São essas as características da verdadeira grandeza. DTN 437

4 Saúde mental é um processo. Todos estamos em necessidade de ajustes dentro de nós e no jeito como nos relacionamos com: 1. A gente mesmo. 2. As pessoas. 3. A vida. 4. Deus.

5 A função da religião de Jesus é nos ajudar a chegar a ser o que Deus pretende que sejamos. A religião de Cristo, longe de ser causa de insanidade, é um de seus remédios mais eficazes; porque é um potente calmante dos nervos. CSS 324

6 A religião de Cristo significa mais do que perdão dos pecados; significa que o pecado é removido e que o vazio é preenchido com o Espírito. Significa que a mente é iluminada por Deus, que o coração é esvaziado do eu, e cheio da presença de Cristo. Review and Herald 10 Jun 1902 A verdadeira religião consiste em se colocar sob a orientação de Deus em pensamentos, palavras e ações. MM 106, 1986

7 450 milhões de pessoas no mundo são afetadas por problemas mentais em qualquer tempo. Cerca de pessoas morrem por suicídio cada dia. Média de 1 a cada 30 segundos. (OMS Set 2007). 10% à 15% da população – alcoolismo 1% esquizofrenia 15% depressão 2004 – USA – 19.1 milhões americanos 12 ou mais anos de idade usam drogas ilícitas depressão 2ª. doença no planeta.

8 Ser Humano = Alma Vivente Físico Espiritual Mental Num ambiente social

9 Mental Pensamentos Ações Sentimentos Ser Humano Físico Espiritual Mental

10 Sentimentos Pensamentos Fisiologia Ações

11 Fisicamente falando, Sansão foi o homem mais forte da Terra; mas no domínio de si mesmo, na integridade e firmeza, foi um dos mais fracos. Muitos tomam erradamente as paixões fortes como caráter forte; mas a verdade é que aquele que é dominado por suas paixões é homem fraco. A verdadeira grandeza do homem é medida pela força dos sentimentos que ele domina, e não pelos sentimentos que o dominam. PP 567, 568

12 O objetivo final [do tratamento psicológico] é o de ter emoções sem deixar que as emoções nos tenham. Changing Character – Short-term Anxiety-regulating Psychotherapy for Restructuring Defenses, Affects and Attachment, Leigh McCullough Vaillant, Harvard University.

13 Componentes da formação do self (eu) 1)Hereditariedade. 2)Ambiente. 3)Sensibilidade pessoal.

14 Na infância de na juventude o caráter é extremamente sensível. A capacidade de autocontrole deve então ser adquirida. Na vida doméstica são exercidas influências cujos resultados são tão duradouros como a eternidade. Mais do que um talento natural, os hábitos adquiridos nos primeiros anos decidirão se um homem será vitorioso ou derrotado na batalha da vida. MM - Refletindo a Cristo, 5 Out 1986

15

16 Doença Mental 1)Influência genética Influência Pré-Natal = Constituição 2)Constituição Influência Pós-Natal = Pré-disposição 3)Pré-disposição Normal Experiências da = Status Mental Neurótico Vida Psicótico

17 Há muitos que não receberam a devida educação; seu caráter está deturpado, são ásperos e insensíveis, parecendo maus em todo sentido. Conselhos Sobre a Escola Sabatina,

18 A Origem dos Conflitos Psicológicos ou Emocionais Os sintomas são produzidos pelo ciclo: Relacionamentos disfuncionais, série de situações conflitivas para uma pessoa (principalmente na infância). Medo de perder o amor ou ser rejeitado. Repressão do medo/angústia. Angústia (defensiva) neurótica. Sintoma como uma maneira (defesa) de lidar com a angústia, sintoma físico, psicológico ou ambos.

19 Instrumentos de recuperação: Pessoas Nervosas 1)Entenda e aceite que há um problema que é seu. 2)Pare de ficar culpando as pessoas e circunstâncias do passado e do presente como culpadas do seu nervosismo. A responsabilidade de mudar é SUA! 3)Entenda e aceite que precisa mudar. 4)Cultive o desejo de mudar.

20 5)Fique pronto para mudar, ou seja, decidido por causa de um desejo pessoal profundo de mudar. 6)Procure ajuda em aconselhamento psicológico individual ou de grupo. 7)Leia bons livros sobre o assunto. 8)Assista alguma palestra ou seminário sobre o tema.

21 9)Peça aos amigos e parentes um feedback, ou seja, que digam como vêem seu comportamento e tenha humildade ao ouvir e coragem para aceitar o que for verdadeiro, usando o comentário como fonte de saber o que mudar. 10)Decida parar de funcionar do jeito que age, utilizando o pensamento consciente. Diga:Não vou mais agir assim. Morde a língua, vá dar uma volta, tome uma ducha, cante, ore, respire fundo, escreva, mas não se deixe levar mais pelo nervosismo. Você tem a escolha.

22 11)Entenda e creia que ter as emoções não é o problema, mas o desafio é tê-las sem que elas tenham você. 12)Se acha que não ama mais a pessoa com quem se irrita, pelo menos não a machuque e fique quieto. 13)Se ainda não sabe como se controlar, é possível descarregar tensões do nervosismo com atividades físicas vigorosas, cuidando do jardim, fazendo ginástica, fazendo trabalho comunitário, etc.

23 Antes de explodir lembre-se de que as pessoas não são sacos de pancada emocional. Como você se sente quando alguém explode impacientemente com você?

24 Instrumentos de recuperação: Pessoas Angustiadas ou Deprimidas 1)Primeiro tente identificar qual é o pior para você. O que realmente incomoda neste problema? Não generalize tipo: Meu marido não me ama. - Ninguém me entende. Sou muito nervosa. - Estou muito inseguro. Reflita sobre a queixa e dê um nome ao problema pior.

25 Exemplos de descrição de conflito conjugal: Sempre que falo de afeto com meu marido, ele pensa que preciso de algo material. Isto me faz sentir não compreendida porque queria falar de comunicação afetiva entre nós dois. E sinto... Minha esposa não consegue ficar sozinha e me sufoca. Isto me dá irritação e acaba nos afastando ainda mais. E me sinto...

26 Exemplo de descrição de conflito pessoal: Não me sinto confortável num ambiente social. Tenho a impressão de que as pessoas me desprezam. Percebi que me sinto com vergonha de dar minha opinião. Tenho medo de dizer não. Acho que se disser não mesmo quando estou super atarefado, vou magoar as pessoas e elas ficarão com raiva de mim.

27 Se for um problema de insegurança, você pode descobrir e identificar que talvez isto tem relação com solidão ao longo da infância. Como se sentia naquela circunstância?

28 As lições dadas durante os primeiros anos da vida determinam o futuro da criança. Review & Herald Oct 9, 1900 Na disciplina dada durante os primeiros anos da infância, os pais estão produzindo impressões duradouras sobre as mentes de seus filhos. É nestes anos iniciais que eles estão colocando o fundamento do caráter. 7 MR 8

29 2)Em seguida lembre quando seu problema começou. Faz tempo? Tem uma data de início? Se sim, o que houve na ocasião ou em torno dela? Alguém que você amava, morreu, afastou-se, lhe traiu? Descreva como este problema interfere em sua vida. Prejudica sua concentração? Gera insônia? Produz ansiedade? Deprime? Irrita? O quê?

30 3)Já fez algo para solucioná-lo? Tentou de novo? Tentou o suficiente? O que não tentou ainda? Valoriza-se pelos esforços realizados? Falou com a pessoa? Pediu explicações? Fez reparações necessárias? Expressou sua zanga sem destratar? Colocou limites? Evita brigar inutilmente? Quer ser feliz ou ter razão. Teve coragem de expor a opinião que tem direito de ter?

31 Consegue ficar mais independente? Explica demais? Tem dificuldade de dizer não, sobrecarregando-se? Age com prepotência? Explode facilmente? Reparou em que situações seu sintoma ocorre mais frequentemente? Há um ambiente onde ele surge? Tem relação com alguma pessoa? Ou quando toca em algum assunto difícil?

32 4)Qual o sentimento ligado ao seu problema emocional? Culpa? Medo? Ansiedade? Tristeza? Vergonha? Ódio? Indiferença?

33 5)O que faz quando se sente assim? Foge? Agride? Revida? Chora? Grita?

34 Tem dor de barriga? Enxaqueca? Diarréia? Tosse? Manchas vermelhas na pele? Sudorese excessiva? Perde o apetite? Come demais? Tem tiques nervosos? Dor nas costas? Herpes? Ardência no estômago? Pressão arterial alta? Tontura, etc.?

35 Quando não conseguimos expressar alguma emoção importante pela palavra, ela pode sair pelo corpo.

36 Consegue expressar sentimentos genuínos ligados aos seus conflitos sem se sentir pior depois? Treine isto. Não é fácil expressar sentimentos fortes de forma equilibrada. Temos que aprender. Podemos aprender. Não depende de cultura, talvez nem de nenhum doutor, nem de farmácia, mas de boa vontade para aprender com a vida, da mente aberta para perceber e de sua decisão de mudar para melhor.

37 6)O que você quer alcançar? Não vale dizer: Quero me sentir feliz. - Quero que meu marido me ame. Quero que meu filho me obedeça. - Estas são respostas muito genéricas. Especifique, porque assim você permite a si mesmo encontrar soluções e resolver com a pessoa do seu conflito o problema de maneira mais clara, honesta, produtiva. Faça um relatório por escrito dessa auto-análise. Isto ajuda bastante, mais do que só pensar.

38 Para além da Psicologia: Romanos 7 Salmo 51:5 Jó 15:14 Jeremias 13:23 Mateus 15:11 Phys i Cal Angu ish Angústia na vida adulta Casam. Trabalho, etc. Angústia Psicológica Famílias Disfuncionais Conflitos Infantis Angústia Hereditária Psicológica e Espiritual Angústia Existencial Natureza Pecaminosa

39 É-nos impossível, por nós mesmos, escapar ao abismo do pecado em que estamos mergulhados. Nosso coração é ímpio, e não o podemos transformar. "Quem do imundo tirará o puro? Ninguém!" Jó 14:4. "A inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser." Rom. 8:7. A educação, a cultura, o exercício da vontade, o esforço humano, todos têm sua devida esfera de ação, mas neste caso são impotentes....

40 Poderão levar a um procedimento exteriormente correto, mas não podem mudar o coração; são incapazes de purificar as fontes da vida. É preciso um poder que opere interiormente, uma nova vida que proceda do alto, antes que os homens possam substituir o pecado pela santidade. Esse poder é Cristo. Sua graça, unicamente, é que pode avivar as amortecidas faculdades da alma, e atraí-la a Deus, à santidade. Caminho a Cristo 18

41 Isaías 53:4 e 5 Ezequiel 36:26


Carregar ppt "Www.portalnatural.com.br apresenta. Seja como você é, simples e naturalmente. Se você não se converter e não se tornar como crianças, de modo algum entrará"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google