A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

COMO EMPREENDER ESTRATÉGIAS COMPETITIVAS EM CENÁRIOS DE CRISE Adm. Davson Mansur Irff Silva

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "COMO EMPREENDER ESTRATÉGIAS COMPETITIVAS EM CENÁRIOS DE CRISE Adm. Davson Mansur Irff Silva"— Transcrição da apresentação:

1 COMO EMPREENDER ESTRATÉGIAS COMPETITIVAS EM CENÁRIOS DE CRISE Adm. Davson Mansur Irff Silva

2 EmpreendedorEmpreendedorEmpreendedorEmpreendedor O ser empreendedor é marcado pelo espírito de inovação. Está na busca constante de algo essencialmente novo, não se satisfazendo em manter o seu negócio, quer inovar sempre. (Araújo, 2004) NOTA: Entenda manter seu negócio como empresariar.

3 Empreendedores São pessoas dispostas a realizar grandes sonhos. Possuem idéias ambiciosas! Criam negócios inovadores baseados em oportunidades.

4 Têm em suas mãos a oportunidade de criar negócios prósperos, com geração de riqueza e empregos. Podem atuar em empresas onde trabalham ou no seu próprio negócio. Profissionais com este perfil empreendedor e inovador é fundamental para o desenvolvimento do país. Empreendedores

5 E M P R E E N D E D O R E S Empreendedor Espírito Inovador Empresário Manutenção das Atividades de Rotina

6 É estar sempre conectado à organização;... extensão de sua carga horária; e... sinônimo de poucos feriados e férias.EMPRESARIAR Não é... Não é estar em plena liberdade e, também, tranqüilidade;... estar em plena liberdade e, também, tranqüilidade;... redução de sua carga horária; e... redução de sua carga horária; e... sinônimo de muitos feriados e férias.... sinônimo de muitos feriados e férias.

7 É errado pensar que não se pode ser empreendedor dentro de uma organização que já existe. "o empreendedor é o ser humano que realiza coisas novas e não, necessariamente, aquele que inventa" (SCHUMPETER, 1983).EM P R E E N D E R

8 Empreendedor Definição O indivíduo que cria uma empresa, qualquer que seja ela; pessoa que compra uma empresa e introduz inovações, assumindo riscos, seja na forma de administrar, vender, fabricar, distribuir, seja na forma de fazer propaganda dos seus produtos e/ou serviços, agregando novos valores; empregado que introduz inovação em uma organização, provocando o surgimento de valores adicionais. (Dolabela, 1999).

9 Perfil do Empreendedor Iniciativa - arregaça as mangas e parte para a solução. Auto-confiança - acredita em si mesmo. Arriscar mais, ousar, oferecer-se para realizar tarefas desafiadoras. Aceitação do risco - não existe sucesso sem alguma dose de risco.

10 Perfil do Empreendedor Sem temor do fracasso e da rejeição - medo de fracassar e a rejeição por idéias novas. Ele acredita. Decisão e responsabilidade - toma decisões e aceita as responsabilidades que acarretam. Energia - dispõe de reservas de energia, vinda provavelmente de seu entusiasmo e motivação.

11 Perfil do Empreendedor Auto-motivação e entusiasmo - possui um grande entusiasmo pelas suas idéias e projetos. Controle - capaz de controlar a si mesmo e de influenciar o meio de tal modo que possa atingir seus objetivos. Voltado para equipe - cria equipe, delega, acredita nos outros, obtém resultados por meio de outros.

12 Perfil do Empreendedor Otimismo - não quer dizer sonhador ou iludido: –Acredita nas possibilidades que o mundo oferece; –Acredita na possibilidade de solução dos problemas; e, –Acredita no potencial de desenvolvimento. Persistência - capaz de persistir até que as coisas comecem a funcionar adequadamente.

13 Para Drucker (1987:25) a inovação é o instrumento específico do espírito empreendedor. É o ato que contempla os recursos com a nova capacidade de criar riqueza.

14 Armadilhas do Empreendedorismo

15 Perigo os índices de mortalidade das PME - Pequenas e Médias Empresas no Brasil é elevadíssimo: segundo o SEBRAE, 56% dessas empresas fecham as portas até o terceiro ano de vida. (site: eCommerceOrg, 2003). CONCLUSÃO: Deve-se saber assumir este risco. Armadilhas do Empreendedorismo

16 A falta de habilidade interpessoal de muitos empresários se traduz no erro de constituir equipes ineficazes e sem comprometimento com o projeto. Muitas das vezes esse erro acaba afetando também na escolha dos sócios. Armadilhas do Empreendedorismo

17 Perigo – Erros Pessoais D elegar equivocadamente para pessoas ineficientes; E scolher sócios errados ~ pode ser um casamento desastroso ; T er uma má equipe ~ abdicar de profissionais capacitados é um confissão de fracasso. Armadilhas do Empreendedorismo

18 Muitos dos erros que acontecem com a maioria dos empreendedores é a má descrição da forma jurídica da empresa ou o desconhecimento de normas oficiais para determinados assuntos. Isso, no futuro, pode custar muito dinheiro. Armadilhas do Empreendedorismo

19 Perigo – Erros Pessoais M á distribuição da forma jurídica da empresa ~ A pessoa física não é a pessoa jurídica; F alta de informação ~ Papéis, tramites, concessões, certificações de capacitação profissional...

20 Mitos dos Empreendedores Mitos dos empreendedoresMitos dos empreendedores Empreendedores nascem feitos; Qualquer um pode começar um negócio; Dinheiro é o fator mais importante para montar uma empresa; Pessoas empreendedoras não têm chefes e são completamente independentes;

21 Mitos dos Empreendedores Mitos dos empreendedoresMitos dos empreendedores Pessoas empreendedoras devem ser jovens e cheias de energia; Pessoas empreendedoras trabalham mais do que pessoal executivo de grandes companhias; Pessoas empreendedoras são jogadoras;

22 Mitos dos Empreendedores Mitos dos empreendedoresMitos dos empreendedores Qualquer pessoa empreendedora com uma boa idéia pode atrair investimento de risco; Pessoas empreendedoras querem o show todo só para elas; e Pessoas empreendedoras sofrem um stress tremendo.

23 Empreendedorismo Brasileiro Não fazem planejamento; Não estabelecem metas; São poucos comprometidos com o próprio negócioO brasileiro não é incentivado a criar, inovar.

24 Empreendedorismo Brasileiro O Brasil é considerado 16º país empreendedor do mundo; O Brasil ainda não possui um espaço razoável para o empreendedorismo; Fruto da insegurança ou da cultura. O brasileiro não é incentivado a criar, inovar.

25 P r o j e t o V o c ê 1.Descubra: quem é você? (valores, pontos fortes e fracos, as ameaças e oportunidades do ambiente) 2.Coloque uma missão no papel. 3.Faça parcerias; 4.Projete-se no futuro; 5.Gerencie seu tempo; 6.Conte com os riscos; 7.Tenha atitudes empreendedoras; 8.Tome decisões; 9.Acredite em você. 10.Planeje muito!

26 Mais do que nunca, ter uma visão voltada para o futuro é a diferença entre o sucesso e o fracasso. Peter Drucker Obrigado!!!


Carregar ppt "COMO EMPREENDER ESTRATÉGIAS COMPETITIVAS EM CENÁRIOS DE CRISE Adm. Davson Mansur Irff Silva"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google