A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EM TORNO DA MESMA MESA A vocaço dos leigos maristas de Champagnat A vocação dos leigos maristas de Champagnat.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EM TORNO DA MESMA MESA A vocaço dos leigos maristas de Champagnat A vocação dos leigos maristas de Champagnat."— Transcrição da apresentação:

1 EM TORNO DA MESMA MESA A vocaço dos leigos maristas de Champagnat A vocação dos leigos maristas de Champagnat

2 Capítulo 1

3 O CHAMADO DE DEUS MEDIAÇÕES VOCAÇÃO DOS LEIGOS MARISTAS DE CHAMPAGNAT CRISTÃOS Seguimento de Jesus LEIGOS Laicidade MARISTAS À maneira de Champagnat IGREJA Povo de Deus COMUNHÃO E COMPLEMENTARIEDADE CARISMA PARTILHADO Comunidade para a Missão Germe e fermento no Reino de Deus Sinais de Deus no meio das realidades temporais Que todas as crianças e jovens experimentem a ternura de Deus M.Ch. VITALIDADE DO CARISMA Transmitir o chamado Multiplicar a Missão

4

5 Capítulo 2 A PAIXÃO MISSIONÁRIA DE MARCELINO

6 Compromisso batismal Compromisso marista Consagramos o mundo a Deus vinculando a Ele todas as realidades terrenas. Testemunhas de que outro mundo é possível. Anunciamos uma paz baseada na justiça. Denunciamos as causas de exploração e exclusão. Construímos um mundo mais fraterno e reconciliado. Ajudamos os jovens a descobrir o sentido de sua existência e a tomar a vida em suas mãos. Anunciamos aos jovens o Deus da Vida, que os convida a lutar por um mundo melhor. Somos servidores dos jovens onde nos encontramos, na diversidade de tarefas, realizadas com fé. Sacerdotes Profetas Reis

7 Irmãos e Leigos Maristas... A Missão Marista... Em toda obra Marista... Companheiros e corresponsáveis na missão marista. É mais ampla do que as obras do Instituto dos Irmãos. O espírito de família deve presidir um modelo de gestão corresponsável, a serviço da fecundidade da missão.

8 Alcançar mais crianças e jovens necessitados Novos estilos de presença Novas fronteiras de evangelização universal Comunidades maristas locais: coração da Missão e garantia da identidade marista evangelizadora Missão Ad Gentes: também para os leigos maristas. Educação evangelizadora: comprometida com a solidariedade e a transformação social, atenta às culturas, sem discriminação… (Mendes)

9 Capítulo 3 QUE TODOS QUE TODOS SEJAM UM (Jo 20,17)

10 DEUS é COMUNHÃO na PLURALIDADE A IGREJA é chamada a criar UNIDADE na DIVERSIDADE OS LEIGOS MARISTAS convidados a multiplicar O ESPÍRITO DE FAMÍLIA

11 O ESPÍRITO DE FAMÍLIA COMO MARIA Um modo de relacionar-se Explicita-se nas PEQUENAS VIRTUDES COMO MARCELINO Nosso grande sinal profético Impregna toda nossa VIDA e MISSÃO

12 MATRIMÔNIO Transparência de Deus Amor sempre fiel no meio do mundo Famílias abertas que multiplicam a vida nos filhos, na missão e na abertura aos necessitados O celibato, a serviço da comunhão, é opção de vida plena Novas formas de convivência: que sejam lares cristãos

13 Somos uma família carismática A comunhão de irmãos e leigos complementa e enriquece Necessitamos de momentos e espaços de comunicação em profundidade Construtores de comunhão na Igreja e no mundo

14 Diversas formas de expressão dessa vida em comum: O Movimento Champagnat da Família Marista Comunidades de Vida de irmãos e leigos Outros grupos de leigos maristas Novas estruturas que tornam mais visível a comunhão de irmãos e leigos na missão

15 Capítulo 4: Como a seiva da árvore; não está à vista, mas nutre, faz crescer e dá fruto.

16 Em Deus e a partir de Deus Na raiz, não apenas na superfície Leva a uma mudança real de vida Prática Contagiosa Nos conecta com as esperanças das crianças e jovens Fácil de dar e de receber Impregna o quotidiano

17 O PRESÉPIO A Encarnação A CRUZ Amor até o fim A EUCARISTIA O banquete do Reino

18 PRIMEIRA DISCÍPULA MULHER LEIGA MARIA DO MAGNIFICAT NOSSA BOA MÃE ELA FEZ TUDO ENTRE NÓS Nosso modelo de seguimento de Jesus. Tornamos Jesus presente nas feições de Maria. Vida simples e laboriosa. Evangelizamos e educamos com a presença. Sinais do rosto materno da Igreja. Comprometidos nos processos de libertação dos excluídos. Entranhas de misericórdia, ternura e acolhimento. Maria nos centra em Jesus e nos sustenta no caminho do Evangelho. Total confiança nela.

19 O EXERCÍCIO DA PRESENÇA DE DEUS A SIMPLICIDADE Ao longo do dia, brota do coração, de forma espontânea, a AÇÃO DE GRAÇAS, a SÚPLICA e o ABANDONO em suas mãos. Amados infinitamente por Deus, queremos ser transparentes e que nossos relacionamentos humanos sejam fraternos e acolhedores. MEIOS Cf. Água da Rocha Senso de humor Amor ao trabalho: a profissão, o compromiso com o Reino. Disponibilidade.

20 Capítulo 5:

21 IRMÃOS MARISTAS LEIGOS MARISTAS VIDA RELIGIOSA FEMININA Irmãzinhas Maristas de Champagnat Filhas Maristas de Jesus o Bom Pastor PADRES MARISTAS OUTRAS FORMAS DE ASSOCIAÇÃO RELIGIOSA Primeiros destinatários OUTROS CATÓLICOS OUTRAS CONFISSÕES CRISTÃS OUTRAS RELIGIÕES NÃO CRENTES Novos herdeiros Sociedade de Maria Partilham alguns elementos do carisma

22 CARISMA MARISTA DE CHAMPAGNAT IRMÃOS MARISTAS IRMÃS MARISTAS LEIGOS MARISTAS SACERDOTES MARISTAS OUTRAS ASSOCIAÇÕES MARISTAS FAMÍLIA CARISMÁTICA MARISTAS DE CHAMPAGNAT

23 Pertencemos a uma mesma família e nos une um mesmo coração Abrir-nos mutuamente as portas para conhecer-nos melhor e fortalecer nossas próprias vocações. Impulsionar juntos a Missão e o Carisma de Champagnat. Criar juntos novas estruturas carismáticas a serviço da Igreja e do mundo. Construir juntos uma tenda nova

24 Capítulo 6: É necessário convidar os leigos a iniciarem um caminho vocacional aberto aos diferentes carismas e ministérios da Igreja.

25 É a resposta afirmativa ao chamado amoroso de Deus. Inclui toda a vida. Amamos nossa vocação leiga e a vocação do irmão. Comprometemo-nos a promovê-las. Maria é nosso modelo no processo vocacional.

26 Descobrimos o chamado: - É necessário convidar e oferecer um caminho vocacional. Discernimos sobre a opção de vida marista: - Necessidade de acompanhamento. E vivemos juntos em permanente crescimento: - São imprescindíveis a formação específica (vida leiga) e a formação conjunta (irmãos e leigos).

27 O processo de formação vivido em comunidade. A experiência como caminho de crescimento. Processos integrais e integrados. Conscientização e compromisso social. Com a Igreja local e universal.

28 Ajudar a aurora a nascer (Ir. Basilio) Comunidade leiga = comunidade formativa. Em nível local, provincial e internacional. Criação de redes de pessoas e de comunidades maristas leigas. Diálogo intercultural e inter-religioso.

29 Estimados irmãos e irmãs:

30 Queremos contar-lhes uma Boa-notícia, dizer-lhes que Deus abençoou, hoje, esta família, suscitando uma nova forma de vida: A vocação leiga marista

31 Sim, Deus nos presenteou com uma vocação para uma missão: as necessidades das crianças e dos jovens nos inflamam. Queremos viver no Espírito, do jeito de Maria, caminhando junto aos Irmãos para revitalizar o carisma marista.

32 Agradecemos a Deus este dom e pedimos que nos converta os corações para estarmos à altura desse chamado. E pedimos a Deus, por intercessão de Nossa Boa Mãe, que nos ajude a ser fiéis por toda vida. Leigos Maristas de Champagnat


Carregar ppt "EM TORNO DA MESMA MESA A vocaço dos leigos maristas de Champagnat A vocação dos leigos maristas de Champagnat."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google