A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fundamentos de Sistemas de Informação

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fundamentos de Sistemas de Informação"— Transcrição da apresentação:

1 Fundamentos de Sistemas de Informação
David Nadler Prata

2 Apresentação e Introdução da Disciplina
Universidade Federal do Tocantins Curso: Ciência da Computação Disciplina: Fundamentos de Sistemas de Informação Professor: David Nadler Prata

3 Docente David Nadler Prata ddnprata@uft.edu.br Professor Adjunto - UFT
Graduado em Tecnologia da Informação Mestrado em Ciência da Computação – UFCG Doutorado em Ciência da Computação – UFCG Areas de atuação: Banco de Dados, Recuperação de Informação, Processamento de Linguagem Natural, Inteligência Artificial

4 Ficha da Disciplina Fundamentos de Sistemas de Informação
EMENTA: Fundamentos e classificação de sistemas de informação. Conceitos de sistema. Componentes e relacionamentos de sistema. Custo/valor e qualidade da informação. Vantagem competitiva e informação. Especificação, projeto e reengenharia de sistemas de informação. Características do profissional de sistemas de informação e carreiras de sistemas de informação. Sistemas de informações gerenciais e de apoio a decisão.

5 Objetivos da Disciplina
Geral: Capacitar o aluno a compreender, de forma integrada, a natureza sistêmica dos sistemas de informação, sua importância para as organizações e o papel dos profissionais que atuam nessa área. Específico(s): Apresentar os conceitos da Teoria Geral de Sistemas; Apresentar a área de Sistemas de Informação; Discutir a relação destes nos processos de tomada de decisão; Discutir e analisar estudos de casos reais em Sistemas de Informação.

6 Programa Sistemas, Processos e Informações
Introdução a Teoria Geral dos Sistemas Modelos e a solução de problemas Bases Conceituais de Sistemas de Informação Organizações Informação Sistemas de informação Implementação de sistemas de informação Tecnologia da informação Aspectos éticos em sistemas de informação

7 Programa Fundamentos Organizacionais de Sistemas de Informação
Conceito de Sistema de Informação Perspectiva técnica e comportamental dos Sistemas de Informação, com especial atenção às dimensões administrativas, organizacionais e tecnológicas nos Sistemas de Informação Mudança do Processo de Gerenciamento, o papel crítico que os Sistemas de Informação têm nas organizações, sua interdependência, e a necessidade de planejar a arquitetura da informação Desafios dos Sistemas de Informação para os administradores - Questões-chave Principais Tipos de Sistemas de Informação na Organização

8 Programa Hardware: Dispositivos de Entrada, Processamento e Saída de Dados Compreender o papel da tecnologia em um sistema de informação Descrever o poder, a velocidade e a capacidade dos dispositivos de processamento central e memória Descrever o método de acesso, a capacidade e a portabilidade de dispositivos de armazenamento secundário Discutir a velocidade, a funcionalidade e a importância dos dispositivos de entrada e saída

9 Programa O papel dos softwares na Tecnologia da Informação
Discutir a importância e tipos de software Enumerar e discutir as funções de algumas linguagens de programação populares Importância das linguagens avançadas, naturais e inteligentes Descrever as funções dos softwares de sistemas e de sistemas operacionais Descrever o suporte fornecidos pelos softwares aplicativos

10 Programa Gestão da Tecnologia de Informação
Características do profissional de sistemas de informação e carreiras de sistemas de informação. Gestão Estratégica e Sistemas de Informação Sistemas de informações gerenciais e de apoio a decisão.

11 Diversos Não deixe os exercícios-programa para a ultima hora! Estes devem ser feitos individualmente ou em grupo, de acordo com as instruções de cada exercício. Exercícios atrasados receberão descontos pelo atraso. Não é permitido o uso de internet durante as aulas, a não ser que seja solicitado pelo professor. Na medida do possível, serão distribuídos ao longo do curso, os slides usados para apoio nas aulas.

12 Bibliografia Bio, S. R. Sistemas de Informação, 1ª Edição, 12ª tiragem, Atlas, Cruz, T., Sistemas de Informações Gerenciais (tecnologia da informação), Atlas. Manas, A. V., Administração de Sistemas de Informação, Érica; Stair, M. R., Princípios de sistemas de Informação, Guanabara; Stair, M. R., Princípios de Sistemas de Informação - Abordagem Gerencial - 2a. edição Ed. LTC Management Information System – Organization and Technology - Kenneth C. Laudon, Jane P. Laudon, 6ª edição, Prentice-Hall, (livro texto) Sistemas de Informação: O Uso Consciente da Tecnologia para o Gerenciamento – Emerson de O. Batista, Editora Saraiva, 2004.

13 Avaliação Prova I Prova II Trabalhos Valor 35, 0 pontos
Cola Permitida (com restrições) Prova II Valor 35,0 pontos Trabalhos Valor 30,0 pontos Resumos, Seminários, listas de exercícios e mini projetos.

14 Introdução Funcionamento de uma organização  existência de um padrão
Configuração dos diversos recursos (equipamentos, procedimentos, informações entre outros) juntamente com as pessoas Isso se repete em organizações de diversos portes e com características operatórias diferentes. Conclusão: o controle da informação é essencial para o monitoramento eficiente dos procedimentos. Seria possível estabelecermos um modelo genérico para estudo e compreensão de uma organização e suas respectivas áreas? Como compreender, classificar e modelar os fluxos de informações intra e extra-organizacionais?

15 Sistemas As ciências sociais aplicadas adaptaram este
Teoria de Sistemas derivada das ciências naturais, procura entender o mundo como um grande organismo vivo que interage com o meio ambiente, retirando dele elementos e devolvendo outros. As ciências sociais aplicadas adaptaram este modelo amplo para explicar os fenômenos organizacionais de interação com o ambiente de negócios.

16 Sistemas Sistema = Um conjunto estruturado ou ordenado de partes ou elementos que se mantêm em interação, ou seja, em ação recípocra, na busca da consecução de um ou de vários objetivos. Este conceito pode ser utilizado para compreender sistemas de quaisquer naturezas, sejam eles organizacionais ou naturais. Exemplos:

17 Sistemas: Exercicio O que há em comum entre os seguintes sistemas: (c)
(b)

18 Sistemas: Exercicio De acordo com o conceito, todos os sistemas têm partes que interagem entre si, possuem ordem ou normas e visam um objetivo comum.

19 Sistemas: Exercício De acordo com o conceito, todos os sistemas têm partes que interagem entre si, possuem ordem ou normas e visam um objetivo comum.

20 Sistemas: Exercício De acordo com o conceito, todos os sistemas têm partes que interagem entre si, possuem ordem ou normas e visam um objetivo comum.

21 Sistemas: Exercício De acordo com o conceito, todos os sistemas têm partes que interagem entre si, possuem ordem ou normas e visam um objetivo comum.

22 Cibernética Conjunto formado pelos processos e sistemas que transformam a informação e a concretizam em processos físicos, fisiológicos, psicológicos, etc. Comunicação: torna o sistema integrado e coerente Controle: regula seu comportamento A definição dos elementos, as relações entre eles e os objetivos constituem os aspectos fundamentais da modelagem de um sistema Recebe entradas (inputs) processando essas em saídas (outputs)

23 Sistema de Informação todo e qualquer sistema que possui dados ou informações de entrada que tenham por fim gerar informações de saída para suprir determinadas necessidades Dado x Informação Dados: conjunto de elementos que expressa um fato isolado Informação: dados organizados e classificados para suprir um objetivo específico

24 Sistema de Informação Conjunto de componentes inter-relacionados trabalhando juntos para coletar, recuperar, processar, armazenar e distribuir informação com a finalidade de facilitar o planejamento, o controle, a coordenação, a análise e o processo decisório em empresas e outras organizações. James A. O’Brien

25 Sistema de Informação Pessoas Tecnologia Informações Técnicas
Resultados Fonte: adaptado de ALTER, 1992

26 Sistemas de Informação Gerencial
Conjunto de tecnologias que disponibilizam os meios necessários à operação do processo decisório por meio do processamento de dados disponíveis

27 Pra que estudar SI ? Os atuais Sistemas de Informação
são de natureza tanto técnica quanto social. Os administradores devem entender o relacionamento entre os componentes técnicos de um sistema de informação e a estrutura, as funções e as políticas da organização. Esta disciplina objetiva colocar os sistemas de informação no contexto das organizações.

28 “O profissional de Sistemas de Informação tem a responsabilidade geral de desenvolver, implementar e gerenciar uma infra-estrutura de tecnologia da informação (computadores e comunicação), dados (internos e externos) e sistemas que abrangem toda a organização”

29 “Tem a responsabilidade de fazer prospecção de novas tecnologias da informação e auxiliar na sua incorporação às estratégias, planejamento e práticas da organização. A função também apóia sistemas de tecnologia da informação departamentais e individuais”

30 Evolução dos Sistemas de Informação
Nessa época os computadores eram constituídos de válvulas eletrônicas (são componentes grandes e caros), era uma técnica lenta e pouco durável. Nessa época os computadores só tinham utilidade cientifica, para poder fazer cálculos mais rápidos (algumas vezes a mais que nossa capacidade de calcular). A Mão de obra utilizada era muito grande para manter o computador funcionando, para fazer a manutenção de válvulas e fios (quilômetros), que eram trocados e ligados todos manualmente. Essas máquinas ocupavam áreas grandes, como salas ou galpões. A programação era feita diretamente, na linguagem de máquina. A forma de colocar novos dados era por papel perfurado. [editar] E destacado pela origem dos transistores, e uma grande diminuição de cabos e fios, e diminuição de tamanho das maquinas e com isso fazendo que ela execute mais cálculos que a geração anterior. O começo da comercialização dos computadores foi marcado, eram vendidos para as grandes empresas. E foi utilizado a técnica de integração que era uma pequena cápsula continha vários transistores chegavam ate milhares e num espaço menor que a unha. E o começo do microprocessador, e a linguagem de programação que eram feitos por mnemônicos (comandos abreviados). A linguagem dominante era ASSEMBLY e nessa época os cálculos estavam na casa dos milionésimos de segundo. Surgiram formas de armazenamento cada vez maiores: as fitas e tambores magnéticos (para uso de memória).

31 Evolução dos Sistemas de Informação
Uma nova técnica de Circuito Integrados foi criado, o SLT (Solid Logic Technology) e uma técnica de microcircuitos. Com isso podendo fazer processos simultâneos, dando um grande salto de processamentos. Ainda tendo novas evoluções para técnica de integração SSI (integração em pequena escala), MSI (integração em média escala) As técnicas de integração evoluíram de SSI (integração em pequena escala), LSI (integração em grande escala) e VLSI (integração em muito grande escala). A linguagem utilizada na época era linguagens orientadas (linguagem universal e assemelham-se cada vez mais com linguagem humana). Esses processos chegaram a ponto de se bilionésimos de segundos. [editar] Nessa geração surgiram os microprocessadores, e com isso a redução dos computadores (microcomputadores). E o surgimento de linguagens novas de alto-nível e nasceu a transmissão de dados entre computadores através de rede.

32 Evolução dos Sistemas de Informação
atual Com essa nova geração e que estamos vivendo, surgiu com VLSI. Inteligência artificial, com altíssima velocidade (com um ou mais núcleos por processadores, grande freqüência e transferência de dados entre os componentes do computador), programas com alto grau de interatividade com o usuário, grande rede mundial (Internet) e que impulsionou mais ainda a informática (grande marco), etc.

33 Evolução dos Sistemas de Informação
nova era As tecnologias da informação não incluem somente componentes de máquina. Existem tecnologias intelectuais usadas para lidar com o ciclo da informação como: técnicas de classificação, por exemplo, que não requerem uso de máquinas apenas um esquema. Este esquema pode, também, ser incluído em um software que será usado mas isso não elimina o fato que a técnica já existia independentemente do software. As tecnologias de classificação e organização de informações existem desde que as bibliotecas começaram a ser formadas. Qualquer livro sobre organização de bibliotecas traz essas tecnologias. Com pesquisas técnico-cientificas, surgem avanços de informação, fazendo com que o futuro seja plena para todos, com rapidez e eficácia nos processamentos. Com o surgimento de novas tecnologias em celulares, principalmente 3G, proporcionam um fluxo de informação em tempo real.

34 Resumo Proxima Aula Evolução da Tecnologia da Informação nos Últimos 45 Anos Denis Alcides Rezende Link: siness/n4_dezembro_2002/tecnologia2_evolucao_ da_informacao_nos_ultimos.pdf


Carregar ppt "Fundamentos de Sistemas de Informação"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google