A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Os elementos químicos sempre foram agrupados de modo a termos elementos semelhantes juntos, tendo desta maneira o desenvolvimento de várias tabelas até

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Os elementos químicos sempre foram agrupados de modo a termos elementos semelhantes juntos, tendo desta maneira o desenvolvimento de várias tabelas até"— Transcrição da apresentação:

1 Os elementos químicos sempre foram agrupados de modo a termos elementos semelhantes juntos, tendo desta maneira o desenvolvimento de várias tabelas até os nossos dias atuais Os elementos químicos sempre foram agrupados de modo a termos elementos semelhantes juntos, tendo desta maneira o desenvolvimento de várias tabelas até os nossos dias atuais

2 Vários estudiosos tentaram reunir os elementos químicos de forma organizada Vários estudiosos tentaram reunir os elementos químicos de forma organizada Johann W. Döbereiner Em 1829, agrupou os elementos químicos em TRÍADES onde a massa atômica de um deles era a média aritmética dos outros dois. Em 1829, agrupou os elementos químicos em TRÍADES onde a massa atômica de um deles era a média aritmética dos outros dois. Li 7 u.m.a. Na 23 u.m.a. K 39 u.m.a. Li 7 u.m.a. Na 23 u.m.a. K 39 u.m.a. Alexandre Chancourtois Alexandre Chancourtois Dispôs os elementos químicos em uma Espiral traçada em um cilindro e em ordem crescente de massa. Dispôs os elementos químicos em uma Espiral traçada em um cilindro e em ordem crescente de massa. John Alexander Newlandes Organizou os elementos químicos em ordem de suas massas atômicas em linhas horizontais contendo 7 elementos cada. O oitavo apresenta propriedades semelhantes ao primeiro e assim sucessivamente Organizou os elementos químicos em ordem de suas massas atômicas em linhas horizontais contendo 7 elementos cada. O oitavo apresenta propriedades semelhantes ao primeiro e assim sucessivamente SEMELHANÇASEMELHANÇA SEMELHANÇASEMELHANÇA Dimitri Ivannovitch Mendeleev Organizou os elementos químicos em ordem de suas massas atômicas e verificou que muitas de suas propriedades físicas e químicas se repetiam periodicamente Organizou os elementos químicos em ordem de suas massas atômicas e verificou que muitas de suas propriedades físicas e químicas se repetiam periodicamente Descobriu o número atômico dos elementos químicos a partir daí ficou determinado que os elementos deveriam obedecer uma ordem crescente de número atômico Descobriu o número atômico dos elementos químicos a partir daí ficou determinado que os elementos deveriam obedecer uma ordem crescente de número atômico Henry Moseley A TABELA PERIÓDICA ATUAL

3 PERÍODOS São as LINHAS HORIZONTAIS da tabela periódica Série dos Lantanídios Série dos Actinídios 1º Período 2º Período 3º Período 4º Período 5º Período 6º Período 7º Período 6º Período 7º Período Prof. Agamenon Roberto

4 O número de ordem do período de um elemento é igual ao número de níveis eletrônicos que ele elemento possui. O número de ordem do período de um elemento é igual ao número de níveis eletrônicos que ele elemento possui. F 9 1s²2s²2p 5 K = 2L = 7ou Possui DOIS NÍVEIS DE ENERGIA, então, localiza-se no 2º PERÍODO da tabela periódica Fe 26 1s²2s²2p 6 M = 14N = 2 Possui QUATRO NÍVEIS DE ENERGIA, então, localiza-se no 4º PERÍODO da tabela periódica 3s²3p 6 4s²3d 6 K = 2L = 8 ou Prof. Agamenon Roberto

5 As dezoito colunas verticais são chamadas FAMÍLIAS ou GRUPOS As dezoito colunas verticais são chamadas FAMÍLIAS ou GRUPOS Estes grupos são divididos em REPRESENTATIVOS (A) ou TRANSIÇÃO (B) Estes grupos são divididos em REPRESENTATIVOS (A) ou TRANSIÇÃO (B) Tabela Periódica Prof. Agamenon Roberto

6 Os elementos representativos possuem o elétron DIFERENCIAL (mais energético) em um subnível s ou p da última camada Os elementos representativos possuem o elétron DIFERENCIAL (mais energético) em um subnível s ou p da última camada K 19 2s²1s²3s²2p 6 3p 6 4s 1 F 9 2s²1s² 2p 5 Prof. Agamenon Roberto

7 Os elementos de transição possuem o elétron DIFERENCIAL (mais energético) em um subnível d (transição externa) da penúltima camada ou f (transição interna) da antepenúltima camada Os elementos de transição possuem o elétron DIFERENCIAL (mais energético) em um subnível d (transição externa) da penúltima camada ou f (transição interna) da antepenúltima camada Fe 26 1s²2s²2p 6 3s²3p 6 4s² 3d 6 La 57 2s 2 1s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 3d 10 4p 6 5s 2 4d 10 5p 6 6s 2 4f 1 Prof. Agamenon Roberto

8 01) Nos metais de transição interna, o elétron de diferenciação (o mais energético) se localiza no: a)subnível s, da última camada. b)subnível p, da penúltima camada. c)subnível f, da antepenúltima camada. d)subnível d, da antepenúltima camada. e)subnível g, da penúltima camada. Prof. Agamenon Roberto

9 Para os elementos REPRESENTATIVOS a sua família é identificada pelo TOTAL DE ELÉTRONS NA CAMADA DE VALÊNCIA (última camada). Para os elementos REPRESENTATIVOS a sua família é identificada pelo TOTAL DE ELÉTRONS NA CAMADA DE VALÊNCIA (última camada). Ca 20 1s²2s²2p 6 3s²3p 6 4s² Família 2A Cl 17 1s²2s²2p 6 3s²3p 5 Família 7A As 33 1s²2s²2p 6 3s²3p 6 4s² 3d 10 4p 3 Família 5A Prof. Agamenon Roberto

10 Os elementos de transição interna estão localizados na família 3 B

11 Para os de transição (externa) observamos o número de elétrons do subnível d mais energético e seguimos a tabela abaixo 3 B4 B5 B6 B7 B8 B 1 B2 B d 1 d 2 d 3 d 4 d 5 d 6 d 7 d 8 d 9 d 10 Fe 26 1s²2s²2p 6 3s²3p 6 4s² 3d 6 Família 8 B 3d 3 V 23 1s²2s²2p 6 3s²3p 6 4s²Família 5 B Prof. Agamenon Roberto

12 01) A configuração eletrônica de um átomo é 1s² 2s² 2p 6 3s² 3p 6 4s² 3d 5. Para este elemento podemos afirmar I) É elemento representativo II) É elemento de transição. III) Seu número atômico é 25. IV) Possui 7 subníveis de energia. a) somente I é correta. b) somente II e III são corretas. c) somente II, III e IV são corretas. d) todas são corretas. e) todas são falsas. Elétron diferencial em subnível d elemento de transição Elétron diferencial em subnível d elemento de transição F F V V = 25 V V V V Prof. Agamenon Roberto

13 02) Um elemento químico tem número atômico 33. A sua configuração eletrônica indica que está localizado na: a) família 5 A do período 3. b) família 3 A do período 3. c) família 5 A do período 4. d) família 7 A do período 4. e) família 4 A do período 7. 1s²2s²2p 6 3s²3p 6 4s² 3d 10 4p 3 Família 5A período 4 Prof. Agamenon Roberto

14 03) Assinale a alternativa em que o elemento químico cuja configuração eletrônica, na ordem crescente de energia, finda em 4s 2 3d 3 se encontra: a) grupo 3B e 2º período. b) grupo 4A e 2º período. c) grupo 4A e 5º período. d) grupo 5B e 4º período. e) grupo 5A e 3º período. Elétron diferencial em subnível d elemento de transição subgrupo B Elétron diferencial em subnível d elemento de transição subgrupo B 3 B4 B5 B6 B7 B8 B 1 B2 B d 1 d 2 d 3 d 4 d 5 d 6 d 7 d 8 d 9 d 10 5 Be 4º período Prof. Agamenon Roberto

15 04) Um átomo de certo elemento químico apresenta em sua eletrosfera 19 elétrons. Sua configuração eletrônica nos permite concluir que este elemento químico: a) localiza-se no 3º período da classificação periódica. b) pertence à família dos gases nobres. c) é um metal de transição interna. d) é um metal representativo. e) é metal de transição externa. 2s²1s²3s²2p 6 3p 6 4s 1 Prof. Agamenon Roberto

16 05) Um elemento químico está na família 4A e no 5º período da classificação periódica. A sua configuração eletrônica permitirá concluir que seu número atômico é: a) 50. b) 32. c) 34. d) 82. e) 46. 2s 2 1s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 3d 10 4p 6 5s 2 4d 10 5p = 50 Prof. Agamenon Roberto

17 As famílias dos elementos REPRESENTATIVOS POSSUEM NOMES ESPECIAIS As famílias dos elementos REPRESENTATIVOS POSSUEM NOMES ESPECIAIS famíliasnome especialelementos da família 1 ou 1Ametais alcalinosLi, Na, K, Rb, Cs, Fr 2 ou 2Ametais alcalinos terrososBe, Mg, Ca, Sr, Ba, Ra 13 ou 3Afamília do boroB, Al, Ga, In, Tl 14 ou 4Afamília do carbonoC, Si, Ge, Sn, Pb 15 ou 5A família do nitrogênioN, P, As, Sb, Bi 16 ou 6Acalcogênio O,S,Se,Te,Po 17 ou 7AhalogênioF, Cl, Br, I, At 18 ou 8Agases nobresHe, Ne, Ar, Kr, Xe, Rn Prof. Agamenon Roberto

18 01) O elemento cujos átomos, no estado fundamental possuem configuração eletrônica 1s² 2s 1 pertence à família dos: a) halogênios. b) alcalinos. c) gases nobres. d) metais de transição. e) alcalinos terrosos. 1s² 2s 1 1 elétron na camada de valência 1 elétron na camada de valência 1 A metais alcalinos 1 A metais alcalinos Prof. Agamenon Roberto

19 02) Na classificação periódica, os elementos químicos situados nas colunas 1A e 7A são denominados, respectivamente: a) halogênios e alcalinos. b) alcalinos e alcalinos terrosos. c) halogênios e calcogênios. d) alcalinos e halogênios. e) halogênios e gases nobres. 1A ou 1 alcalinos 7A ou 17 halogênio Prof. Agamenon Roberto

20 03) (Ufam–AM) Na classificação periódica, os elementos Ba (grupo 2), Se (grupo 16) e Cl (grupo 17) são conhecidos, respectivamente, como: a) alcalino, halogênio e calcogênio b) alcalino terroso, halogênio e calcogênio c) alcalino terroso, calcogênio e halogênio d) alcalino, halogênio e gás nobre e) alcalino terroso, calcogênio e gás nobre Ba alcalino terroso Se calcogênio Cl halogênio Prof. Agamenon Roberto

21 Reações de Metais Alcalinos com Água Prof. Agamenon Roberto

22 04) Assinale o grupo de elementos que faz parte somente dos alcalinos terrosos. a) Ca, Mg, Ba. b) Li, Na, K. c) Zn, Cd, Hg. d) Ag, Au, Cu. e) Pb, Al, Bi. família dos metais terrosos Be,Ra.Ba,Sr,Ca,Mg, Prof. Agamenon Roberto

23 A B C D 0 0 A e C estão no mesmo período da tabela periódica. 1 1 O elemento C é da família do nitrogênio. 2 2 Todos os elementos citados são representativos. 3 3 B é metal alcalino e A é halogênio. 4 4 O elemento D é metal representativo 05) Dados os elementos químicos A (Z = 16). B (Z = 11), C (Z = 15) e D (Z = 12), podemos afirmar que: V V V V V V F F V V A: B: C: D: 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 4 1s 2 2s 2 2p 6 3s 1 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 3 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 Prof. Agamenon Roberto

24 06) (Cefet-PR) Um hacker de programas de computador está prestes a violar um arquivo importantíssimo de uma grande multinacional de indústria química. Quando ele violar este arquivo, uma grande quantidade de informações de interesse público poderá ser divulgada. Ao pressionar uma determinada tecla do computador, aparece a figura a seguir e uma mensagem em forma de desafio: A senha é composta do símbolo de X, seguido do número de elétrons do seu átomo neutro, do símbolo de Y, seguido do seu número atômico, e do símbolo de Z, seguido do seu número de prótons. A senha que o hacker deve digitar é: a) Ca40C12F15. b) Ca20C12F31. c) Ca20C6F15. d) Ca40C12P15. e) Ca20C6P15. Prof. Agamenon Roberto

25 METAIS, SEMIMETAIS, AMETAIS e GASES NOBRES METAIS SEMIMETAIS B Si Ge As SbTe Po AMETAIS C N P O S Se F Cl Br I At GASES NOBRES He Ne Ar Kr Xe Rn H Prof. Agamenon Roberto

26 01) (Fatec-SP) Imagine que a tabela periódica seja o mapa de um continente, e que os elementos químicos constituam as diferentes regiões desse território. A respeito desse mapa, são feitas as seguintes afirmações: I. Os metais constituem a maior parte do território desse continente. II. As substâncias simples gasosas, não-metálicas, são encontradas no Nordeste e na costa leste desse continente. III. Percorrendo-se um meridiano (isto é, uma linha no sentido Norte-Sul), atravessam-se regiões cujos elementos químicos apresentam propriedades químicas semelhantes. Dessas afirmações, a) apenas I é correta. b) apenas I e II são corretas. c) apenas I e III são corretas. d) apenas II e III são corretas. e) I, II e III são corretas. Prof. Agamenon Roberto

27 PROPRIEDADES PERIÓDICAS Muitas características dos elementos químicos se repetem periodicamente, estas propriedades são denominadas de propriedades periódicas. Muitas características dos elementos químicos se repetem periodicamente, estas propriedades são denominadas de propriedades periódicas. Prof. Agamenon Roberto

28 LINK RAIO ATÔMICO

29 Não podemos medir diretamente o raio de um átomo e, esta medida é feita por meio de raios X, medindo-se a distância entre dois núcleos de átomos iguais vizinhos e tomando-se a sua metade Não podemos medir diretamente o raio de um átomo e, esta medida é feita por meio de raios X, medindo-se a distância entre dois núcleos de átomos iguais vizinhos e tomando-se a sua metade VARIAÇÃO DO RAIO ATÔMICO EM UMA FAMÍLIA F 9 1s² 2s²2p 5 Cl 17 1s² 2s²2p 6 3s²3p 5 O cloro possui três camadas eletrônicas e o flúor tem duas camadas eletrônicas O cloro possui três camadas eletrônicas e o flúor tem duas camadas eletrônicas O cloro é maior que o flúor pois tem mais camadas eletrônicas O cloro é maior que o flúor pois tem mais camadas eletrônicas Numa mesma família o tamanho do átomo aumenta de cima para baixo Numa mesma família o tamanho do átomo aumenta de cima para baixo VARIAÇÃO DO RAIO ATÔMICO EM UM PERÍODO A carga nuclear do FLÚOR é maior que a carga nuclear do NITROGÊNIO atraindo mais a ELETROSFERA A carga nuclear do FLÚOR é maior que a carga nuclear do NITROGÊNIO atraindo mais a ELETROSFERA F 9 1s²2s²2p 5 N 7 1s²2s²2p 3 Quanto menor o número atômico maior será o átomo Quanto menor o número atômico maior será o átomo Em um mesmo período o tamanho do átomo aumenta da direita para a esquerda Em um mesmo período o tamanho do átomo aumenta da direita para a esquerda O NITROGÊNIO é maior que o FLÚOR O NITROGÊNIO é maior que o FLÚOR Prof. Agamenon Roberto

30 RESUMO RAIO ATÔMICO AUMENTA AUMENTAAUMENTA Prof. Agamenon Roberto

31 Quando um átomo origina um íon verificamos que... átomo neutroíon cátionÉ MAIOR átomo neutroíon ânionÉ MENOR Prof. Agamenon Roberto

32 01) Assinale a alternativa que indica corretamente a ordem crescente dos raios atômicos: a) Cs < Rb < K < Na < li. b) Cs < Li < Rb < Na < K. c) K < Rb < Na < Cs < Li. d) Li < Cs < Na < Rb < K. e) Li < Na < K < Rb < Cs. Prof. Agamenon Roberto

33 02) (ITA – SP) Em relação ao tamanho de átomos e íons, são feitas as seguintes afirmações: I. O Cl – (g) é menor que o Cl (g). II. O Na + (g) é menor que o Na (g). III. O 20 Ca 2+ (g) é maior que o 12 Mg 2+ (g). IV. O 17 Cl (g) é maior que o 35 Br (g). Das afirmações anteriores, estão corretas apenas: a) II. b) II e III. c) I e II. d) II, III e IV. e) I, II e III. F F V V V V F F Prof. Agamenon Roberto

34 03) O tamanho de um cátion e o tamanho de um ânion, comparado com o do átomo de origem, é respectivamente: a) menor e maior. b) menor e menor. c) maior e maior. d) maior e menor. e) maior e igual. O cátion é MENOR que o átomo de origem O ânion é MAIOR que o átomo de origem Prof. Agamenon Roberto

35 LINK ENERGIA ou POTENCIAL DE IONIZAÇÃO Prof. Agamenon Roberto

36 ENERGIA ou POTENCIAL DE IONIZAÇÃO É a energia necessária para retirar um elétron de um átomo neutro e isolado no estado gasoso formando um cátion É a energia necessária para retirar um elétron de um átomo neutro e isolado no estado gasoso formando um cátion A remoção do primeiro elétron, que é mais afastado do núcleo, requer uma quantidade de energia denominada de primeira energia de ionização (1ª E.I.) energia Prof. Agamenon Roberto

37 A remoção do segundo elétron requer uma energia maior que à primeira, e é denominada de segunda energia de ionização (2ª E.I.) energia Quanto MENOR for o átomo MAIOR será a ENERGIA DE IONIZAÇÃO Quanto MENOR for o átomo MAIOR será a ENERGIA DE IONIZAÇÃO Prof. Agamenon Roberto

38 RESUMO ENERGIA ou POTENCIAL DE IONIZAÇÃO AUMENTA AUMENTAAUMENTA Prof. Agamenon Roberto

39 01) Dadas às configurações eletrônicas dos átomos neutros abaixo nos estados fundamentais, A = 1s² 2s² 2p 6 3s² 3p 1 B = 1s² 2s² 2p 6 3s² 3p 5 Temos: I. A possui maior raio atômico II. A possui maior energia de ionização. III. A é um ametal e B é um metal. a) I. b) II. c) III. d) I e III. e) I, II e III. no mesmo período terá maior raio atômico o átomo de menor número atômico no mesmo período terá maior raio atômico o átomo de menor número atômico A > B verdadeiro no mesmo período a a energia de ionização aumenta da esquerda para a direita no mesmo período a a energia de ionização aumenta da esquerda para a direita Energia de ionização de A < B Energia de ionização de A < B falso metal ametal falso É correto apenas: Prof. Agamenon Roberto

40 02) São dados cinco elementos genéricos e seus números atômicos: A (Z = 17); B (Z = 15); C (Z = 13); D (Z = 12); E (Z = 11). O elemento que apresenta a primeira energia de ionização mais elevada é: a) A. b) B. c) C. d) D. e) E. A 17 1s²2s²2p 6 3s² 3p 5 3º período Família 7A B 15 1s²2s²2p 6 3s² 3p 3 3º período Família 5A C 13 1s²2s²2p 6 3s² 3p 1 3º período Família 3A D 12 1s²2s²2p 6 3s² 3º período Família 2A E 11 1s²2s²2p 6 3s 1 3º período Família 1A Prof. Agamenon Roberto

41 03) (Covest-2005) As primeiras energias de ionização de K (Z = 19), Ca (Z = 20) e S (Z = 16) são, respectivamente, 418,8 kj/mol, 589,8 kj/mol e 999,6 kj/mol. Alguns comentários sobre estes números podem ser feitos. 1)O enxofre apresenta a menor energia de ionização, pois é o elemento de menor número atômico entre os três. 2) A energia de ionização do potássio é a menor, pois se trata de um elemento com apenas um elétron na última camada, o que facilita a sua remoção 3)A energia de ionização do potássio é menor do que a do cálcio, pois este último apresenta número atômico maior e dois elétrons de valência, estando com o mesmo número de camadas eletrônicas 4) As energias de ionização do potássio e do cálcio são mais próximas, pois são elementos vizinhos na tabela periódica Está(ao) correto(s) apenas: a) 1. b) 2. c) 3 e 4. d) 2 e 4. e) 2, 3 e 4. F V V V Prof. Agamenon Roberto

42 LINK ELETROAFINIDADE ou AFINIDADE ELETRÔNICA

43 É a energia liberada pelo átomo, isolado no estado gasoso, quando recebe um elétron formando um ânion É a energia liberada pelo átomo, isolado no estado gasoso, quando recebe um elétron formando um ânion energia Não definimos AFINIDADE ELETRÔNICA para os GASES NOBRES Não definimos AFINIDADE ELETRÔNICA para os GASES NOBRES Prof. Agamenon Roberto

44 A afinidade eletrônica varia nas famílias de baixo para cima e nos períodos da esquerda para a direita A afinidade eletrônica varia nas famílias de baixo para cima e nos períodos da esquerda para a direita AUMENTA AUMENTAAUMENTA Prof. Agamenon Roberto

45 LINK ELETRONEGATIVIDADE Prof. Agamenon Roberto

46 ELETRONEGATIVIDADE É a tendência que um átomo possui de atrair elétrons para perto de si, quando se encontra ligado a outro átomo de elemento químico diferente numa substância composta É a tendência que um átomo possui de atrair elétrons para perto de si, quando se encontra ligado a outro átomo de elemento químico diferente numa substância composta HF O par de elétrons é mais atraído pelo flúor O flúor é mais ELETRONEGATIVO que o hidrogênio O par de elétrons é mais atraído pelo flúor O flúor é mais ELETRONEGATIVO que o hidrogênio Prof. Agamenon Roberto

47 A eletronegatividade varia nas famílias de baixo para cima e nos períodos da esquerda para a direita A eletronegatividade varia nas famílias de baixo para cima e nos períodos da esquerda para a direita AUMENTA AUMENTAAUMENTA Não definimos ELETRONEGATIVIDADE para os GASES NOBRES Não definimos ELETRONEGATIVIDADE para os GASES NOBRES Prof. Agamenon Roberto

48 01) (UFPE) O número de elétron na camada de valência de um átomo determina muitas de suas propriedades químicas. Sobre o elemento ferro (Z = 26), pode-se dizer que: Possui 4 níveis com elétrons s 2 1s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 3d 6 Possui 8 elétrons no subnível d.1 1 Deve ser mais eletronegativo que o potássio. 2 2 K Fe Deve possuir raio atômico maior que o do rutênio.3 3 Ru No íon de carga +3, possui 5 elétrons em 3d d 5 Prof. Agamenon Roberto

49 02) São feitas as seguintes afirmações, com referência ao flúor: I. O flúor é um halogênio. II. O flúor localiza-se no segundo período da tabela periódica. III. O flúor é menos eletronegativo que o cloro. IV. O flúor tem propriedades similares às do cloro. São corretas apenas as afirmações: a) I, II e III. b) II, III e IV. c) I, II e IV. d) I, III e IV. e) I, II, III e IV. F At Cl Br I Prof. Agamenon Roberto

50 ELETROPOSITIVIDADE É a tendência que os átomos em cederem elétrons Sua variação é oposta à eletronegatividade e não é definida para os gases nobres. Sua variação é oposta à eletronegatividade e não é definida para os gases nobres. AUMENTA AUMENTAAUMENTA Prof. Agamenon Roberto

51 02) (Covest-2005) Dados os elementos químicos A (Z = 16). B (Z = 11), C (Z = 15) e D (Z = 12), podemos afirmar que: 0 0 A e C possuem energia de ionização semelhantes. A 1s²2s²2p 6 3s² 3p 4 B 1s²2s²2p 6 3s 1 C 1s²2s²2p 6 3s² 3p 3 D 1s²2s²2p 6 3s² A A B B C C D D AUMENTA ENERGIA DE IONIZAÇÃO 1 1 A energia de ionização de D é maior que a de B. 2 2 O raio atômico de C é menor que o de D. AUMENTA 3 3 A afinidade eletrônica de B é maior que a de A. AUMENTA AFINIDADE ELETRÔNICA 4 4 O caráter metálico de D é maior que o de C. AUMENTA CARÁTER METÁLICO Prof. Agamenon Roberto

52 PONTO DE FUSÃO E PONTO DE EBULIÇÃO Corresponde à temperatura em que um elemento passa do estado sólido para o líquido e do líquido para o gasoso, respectivamente Corresponde à temperatura em que um elemento passa do estado sólido para o líquido e do líquido para o gasoso, respectivamente AUMENTA Prof. Agamenon Roberto

53 O ponto de fusão dos metais alcalinos é menor que o dos halogênios. Nos alcalinos terrosos o ponto de fusão aumenta de cima para baixo. Nas famílias a densidade aumenta de cima para baixo. A eletropositividade dos metais alcalinos aumenta com o número atômico. O raio atômico do hélio é menor que o do hidrogênio. 01) Sobre as propriedades periódicas afirma-se que: Prof. Agamenon Roberto


Carregar ppt "Os elementos químicos sempre foram agrupados de modo a termos elementos semelhantes juntos, tendo desta maneira o desenvolvimento de várias tabelas até"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google