A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RICARDO REIS PROF. GEORDANO VALENTE RAAD. BIOGRAFIA Nasceu no Porto (1887); Foi educado num colégio de jesuítas; É latinista por educação alheia e semi-helenista.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RICARDO REIS PROF. GEORDANO VALENTE RAAD. BIOGRAFIA Nasceu no Porto (1887); Foi educado num colégio de jesuítas; É latinista por educação alheia e semi-helenista."— Transcrição da apresentação:

1 RICARDO REIS PROF. GEORDANO VALENTE RAAD

2 BIOGRAFIA Nasceu no Porto (1887); Foi educado num colégio de jesuítas; É latinista por educação alheia e semi-helenista por educação própria; Profissão: médico; Viveu no Brasil, expatriou-se voluntariamente por ser monárquico; Interesse pela cultura Clássica, Romana (latina) e Grega (helênica); Fisicamente: Um pouco mais baixo, mas forte, mais seco do que Caeiro; de um vago moreno; cara rapada;

3 Ricardo Reis propõe, pois, uma filosofia moral de acordo com os princípios do epicurismo e uma filosofia estóica: CARACTERÍSTICAS EPICURISMO - Busca da felicidade relativa; - Moderação nos prazeres; - Fuga à dor; - Ataraxia (tranquilidade capaz de evitar a perturbação); - Prazer do momento; - Carpe Diem (caminho da felicidade, alcançada pela indiferença à perturbação); - Não cede aos impulsos dos instintos; - Calma, ou pelo menos, a sua ilusão; - Ideal ético de apatia que permite a ausência da paixão e a liberdade; ESTOICISMO – Considera ser possível encontrar a felicidade desde que se viva em conformidade com as leis do destino que regem o mundo, permanecendo indiferente aos males e às paixões, que são perturbações da razão; – Aceitação das leis do destino (... a vida/ passa e não fica, nada deixa e nunca regressa.); – Indiferença face às paixões e à dor; – Abdicação de lutar; – Autodisciplina;

4 HORACIANISMO - Aurea mediocritas : a felicidade possível no sossego do campo (proximidade de Caeiro); - Culto do Belo, como forma de superar a efemeridade dos bens e a miséria da vida; - Intelectualização das emoções; - Medo da morte; - Quase ausência de erotismo, em contraste com o seu mestre Horácio; PAGANISMO - Crença nos deuses; - Crença na civilização da Grécia; - Sente-se um estrangeiro fora da sua pátria, a Grécia;

5 CARACTERÍSTICAS ESTILÍSTICAS - Submissão da expressão ao conteúdo: a uma ideia perfeita corresponde uma expressão perfeita; - Estrofes regulares de verso decassílabo alternadas ou não com hexassílabo; - Verso branco; - Recurso frequente à assonância, à rima interior e à aliteração; - Predomínio da subordinação; - Uso frequente do hipérbato (também conhecido como inversão, consiste na troca da ordem direta dos termos da oração [sujeito, verbo, complementos, adjuntos] ou de nomes e seus determinantes); - Uso frequente do gerúndio e do imperativo; - Metáforas, eufemismos, comparações, imagens; - Usa a inversão da ordem lógica, favorecendo o ritmo das suas ideias disciplinadas;

6 - Angústia e tristeza - Linguagem e estilo: privilegia a ode (poema destinado a ser cantado, podendo igualmente significar qualquer forma de canto alegre ou triste ou o ato de cantar), o epigrama (composição poética breve que expressa um único pensamento principal, festivo ou satírico, de forma engenhosa) e a elegia (poesia triste, melancólica ou complacente, especialmente composta como música para funeral, ou um lamento de morte). CARACTERÍSTICAS MODERNAS

7 POEMAS A ABELHA A abelha que, voando, freme sobre A colorida flor, e pousa, quase Sem diferença dela À vista que não olha, Não mudou desde Cecrops. Só quem vive Uma vida com ser que se conhece Envelhece, distinto Da espécie de que vive. Ela é a mesma que outra que não ela. Só nós ó tempo, ó alma, ó vida, ó morte! Mortalmente compramos Ter mais vida que a vida. Versos Decassílabos e Hexassílabos; Carpe Diem Versos Brancos Poema em forma de Ode Uso de Imperativo Fundador de Atenas e da Civilização Grega (Paganismo) Comparação Medo da Morte

8 ACIMA DA VERDADE Acima da verdade estão os deuses. A nossa ciência é uma falhada cópia Da certeza com que eles Sabem que há o Universo. Tudo é tudo, e mais alto estão os deuses, Não pertence à ciência conhecê-los, Mas adorar devemos Seus vultos como às flores, Porque visíveis à nossa alta vista, São tão reais como reais as flores E no seu calmo Olimpo São outra Natureza.

9 AQUI Aqui, neste misérrimo desterro Onde nem desterrado estou, habito, Fiel, sem que queira, àquele antigo erro Pelo qual sou proscrito. O erro de querer ser igual a alguém Feliz em suma quanto a sorte deu A cada coração o único bem De ele poder ser seu.


Carregar ppt "RICARDO REIS PROF. GEORDANO VALENTE RAAD. BIOGRAFIA Nasceu no Porto (1887); Foi educado num colégio de jesuítas; É latinista por educação alheia e semi-helenista."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google