A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

METODOLOGIA DE PESQUISA Prof. Luciel Henrique de Oliveira

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "METODOLOGIA DE PESQUISA Prof. Luciel Henrique de Oliveira"— Transcrição da apresentação:

1 METODOLOGIA DE PESQUISA Prof. Luciel Henrique de Oliveira

2 2 Conhecimento científico

3 3 Tipos de conhecimento Filosófico: busca do saber reflexão crítica, desenvolve raciocínio Teológico: fruto do intelecto humano / baseado na fé revelações do mistério oculto ou sobrenatural mensagem ou manifestação divina Empírico: adquirido no cotidiano experiência vivenciada ou transmitida de pessoa para pessoa pode ser incoerente e impreciso / produzir crenças arbitrárias base fundamental do conhecer!

4 4 Conhecimento científico referência empírica: acolhimento metódico e sistemático dos fatos da realidade sensível escopo positivo – explica a realidade: como é? por quê? ( normativo – prescreve como a realidade deve ser) resulta do conjunto de procedimentos intelectuais e técnicos adotados que possibilitam sua verificação

5 5 Métodos de pesquisa

6 6 método: meio de se fazer alguma coisa (HOUAISS, 2001) método científico: conjunto de procedimentos intelectuais e técnicos adotados para atingir o conhecimento (GIL, 1999, p. 26) metodologia: estudo dos métodos científicos corpo de regras [...] para realizar uma pesquisa; método (HOUAISS, 2001)

7 7 Etapas do método científico Formulação do problema Revisão da literatura Construção de hipóteses ou determinação dos objetivos Delineamento da pesquisa de campo Operacionalização dos conceitos e variáveis Seleção da amostra Elaboração dos instrumentos de coleta de dados Coleta dos dados Análise e interpretação dos dados Redação das conclusões

8 8 Escolha do tema Definição do problema Estabelecimento de Objetivos

9 9 Escolha do tema Tema livre, desde que relacionado a algum tópico de Administração Trabalho teórico-empírico Contrapor conceitos de administração estudados no curso com a prática nas organizações

10 10 Considerar.... Responder aos interesses de quem investiga; Avaliar o nível de conhecimento exigido; Existência fontes de consulta ao alcance do pesquisador. Escolha do tema

11 11 Fontes de idéias para escolha do tema Experiências individuais Material escrito livros, revistas, periódicos Reflexão Conversas com professores, especialistas e colegas Observação direta do comportamento de fenômenos e fatos Busca na Internet

12 12 Fontes de idéias para escolha do tema Crenças e pressentimentos Participação em seminários, encontros Curiosidade Controvérsias teóricas

13 13 Definição do problema É a mola propulsora do trabalho de pesquisa - orienta a busca de documentos, instrumentos (t é cnicas) e materiais.

14 14 Definição do problema Problema é uma questão não resolvida e que é objeto de discussão, em qualquer domínio do conhecimento. (Aurélio)

15 15 Definição do problema Pode ser determinado por razões de ordem intelectual ou prática. O problema será uma dificuldade, dúvida ou questão a ser solucionada à base de investigação teórica ou prática.

16 16 Levantamento de Problemas Estabelecimento de Objetivos Estabelecimento de Objetivos O Processo de Seleção de Objetivos

17 17 Objetivo: Melhorar a avaliação dos serviços nas concessionárias Objetivo específico: Reduzir a falta de peças de reposição nas concessionárias Definição do Objetivo PROBLEMA: baixo índice de satisfação dos clientes em relação aos serviços prestados pela rede de concessionárias.

18 18 Objetivos do trabalho Indicar de maneira sucinta os objetivos do trabalho, preferencialmente usando verbos do infinitivo. Por exemplo: Estudar e propor formas de acelerar o processo de cobrança Desenvolver modelos para a redução de inadimplência Promover a criatividade e inovação dos funcionários Justificativa do Objetivo Defender por que o tema é importante e merece ser estudado.

19 19 Revisão da literatura Referencial teórico

20 20 Revisão da Literatura O que se sabe sobre o tema? Como esse conhecimento (conceitual, teórico) relaciona-se com o tema e a problemática do estudo? Há experiências (evidências empíricas) similares na sua organização ou em outras que possam servir de referência? O que há nas obras de autores consagrados (livros), revistas de negócios, revistas acadêmicas, relatórios de pesquisa, sites etc., que deva ser citado para embasar o trabalho?

21 21 O que é o referencial teórico? expressão de conhecimentos sistematizados fundamento teórico do Projeto de Pesquisa análise sobre o tema (com pesquisa bibliográfica)

22 22 O que não é o referencial teórico? resumo de livros patchwork de citações reprodução de textos da área combinação de livros sobre algum assunto

23 23 Objetivos do referencial teórico mapear o que já foi escrito sobre o tema, principais conceitos e autores corroborar/contrapor premissas do trabalho enfatizar importância/inovação do tema subsidiar definição de metodologia

24 24 Pesquisa bibliográfica

25 25 Levantamento bibliográfico consultar catálogos e bancos de dados da biblioteca ler monografias e artigos da área de interesse visitar livrarias (físicas ou virtuais) e editoras acessar websites de instituições Embrapa, Fiesp, Sebrae, Inmetro procurar referências bibliográficas de livros e artigos

26 26 Pesquisa bibliográfica consulta a várias fontes de informação (publicações) coleta de materiais genéricos/específicos sobre um tema reunião de autores/conteúdos para fundamentar discussão teórica Por que usar produção já publicada? conhecimento científico: processo contínuo (pesquisas não começam do zero)

27 27 Etapas da pesquisa bibliográfica escolha do tema consulta a obras de referência e catálogos/databanks leitura de reconhecimento (e.g.: resumos, abstracts) seleção da bibliografia básica leitura reflexiva e crítica dos documentos criação de arquivos para os documentos registro de trechos, citações, comentários, opiniões (sugestão: fichamento por referência e/ou autor) elaboração da versão preliminar do referencial (conversa entre os autores) apresentação para professor/orientador

28 28 Fontes de pesquisa bibliográfica livros artigos em periódicos técnico-científicos (journals) Revista de Administração de Empresas (RAE), Revista de Administração Contemporânea (RAC), Harvard Business Review, Journal of Marketing trabalhos acadêmicos: dissertações, teses, monografias artigos em periódicos de imprensa (jornais, revistas) Estado de São Paulo, Gazeta Mercantil, Valor Econômico Exame, Business Week, Isto é Dinheiro, Veja, The Economist enciclopédias/dicionários internet

29 29 Pesquisa bibliográfica na internet Periódicos CAPES Scielo Google Scholar

30 30 Construção do texto desenvolver discussão/análise sob a ótica do trabalho evoluir de temas gerais para específicos expor tópicos pertinentes e sua relação com o trabalho fundamentar cada subtema com dois ou mais autores referências atuais: pelo menos metade posterior a 2000 contrastar visões (conversa entre autores) ao final do capítulo, identificar pontos favoráveis ou contrários ao trabalho

31 31 Observações Tudo que for citado deve constar das referências. Tudo que constar das referências deve ser citado. Não deve haver: uso de gíria sentenças ou parágrafos demasiadamente longos excesso de citações redação em 1ª ou 3ª pessoa (use verbo no impessoal) plágio!

32 32 Tipo de coleta de dados Primários Elaborada especificamente para o objetivo da pesquisa proposta Grande envolvimento do pesquisador na coleta de dados Secundários Desenvolvida por institutos de pesquisa, IBGE, empresas visando atender a outros objetivos

33 33 Pesquisa qualitativa

34 34 Características busca entendimento aprofundado sobre fenômenos valoriza a idéia da intensidade em detrimento da idéia de quantidade adota técnicas mais flexíveis, evolutivas tem no pesquisador a principal ferramenta é mais adequado a amostras pequenas (n<30) é ideal para estudos exploratórios

35 35 Exemplos de técnicas observação direta entrevista em profundidade questionário com perguntas abertas focus group estudo de caso

36 36 Observação direta Pesquisador: vivencia a situação forma conclusões com base na experiência de seu dia-a-dia

37 37 Entrevista em profundidade Entrevistador: extrai do entrevistado as idéias, opiniões e argumentos que sustentam suas declarações utiliza roteiro que permite: investigar livremente o assunto aprofundar temas (predeterminados ou identificados no decorrer da entrevista)

38 38 Questionário c/ perguntas abertas Pesquisador: elabora questões e distribui a um grupo de pessoas Vantagens: custo relativamente baixo (aplicável por correio, computador, telefone ou pessoalmente) suprime o face-a-face (pode até ser anônimo) útil quando faltam dados históricos/quantitativos

39 39 Pesquisa quantitativa

40 40 Características busca apreciação estatística sobre fenômenos valoriza a idéia da quantidade em detrimento da idéia de intensidade adota técnicas estruturadas/predeterminadas e mecanismos de controle usa instrumentos inanimados como ferramentas é mais adequado a amostras grandes (n>30) permite generalizar resultados / formular leis

41 41 Survey / Questionário Questões: claras que não induzam respostas que não causem desconforto aos respondentes em linguagem adequada aos respondentes

42 42 Tipos de questões abertas complemento de frase associação de palavras fechadas perguntas dicotômicas múltipla escolha diferencial semântico escala Likert

43 43 Questões abertas – exemplos complemento de frase: Quando desejo velejar vou a _____________. associação de palavras: Qual a primeira palavra que vem a sua mente quando você ouve a palavra lazer? _____________.

44 44 Questões fechadas – exemplos perguntas dicotômicas: Você é a favor de ou contra o fechamento do aeroporto de Congonhas?( ) A favor ( ) Contra múltipla escolha: Qual o seu estado civil?( ) solteiro/a ( ) casado/a ( ) separado/a ( ) divorciado/a ( ) viúvo/a

45 45 Questões fechadas – exemplos diferencial semântico: Objeto: valor do Imposto de Renda escala Likert: O Lula é um bom presidente. Concordo Nem concordo nem discordo Discordo Concordo totalmente Discordo totalmente Adjetivo favorável Adjetivo desfavorável justo___ ___ ___ injusto

46 46 Questões fechadas – exemplos variação Likert – escala de importância variação Likert – escala de avaliação Muito bomBom Médio Excelente Ruim Muito importante Um pouco importante Não muito importante Extremamente importante Sem importância

47 47 Tipos de amostra Fundamentos: Universo Amostra Amostragem Tipos de amostragem: Probabilística Não-probabilística

48 48 Análise de dados

49 49 Importância da análise funções e utilidades: agrupar informações estabelecer relações com o referencial teórico comprovar ou refinar hipóteses e teorias sistematizar aprendizados Não confundir um banco de dados com um bando de dados!

50 50 Análise qualitativa de dados seleção, agrupamento ou descarte de informações com base em critérios específicos – relacionados aos objetivos da pesquisa! fontes: documentos, entrevistas, observação direta técnicas avançadas: análise de discurso

51 51 Análise qualitativa – exemplos contraste de documentos e entrevistas incongruências entre discurso e prática observação da alteração do clima organizacional percepção de redução em bom humor e tolerância exame de atas de um conselho mecanismos de definição de agenda, formação de quórum e deliberação

52 52 Análise quantitativa de dados geralmente, aplicação de técnicas estatísticas: análise fatorial, de clusters, anova, regressão etc. fontes: bases de dados, resultados da aplicação de questionários etc. A análise ajuda na descrição precisa ou estabelecimento de relações causais.

53 53 Análise quantitativa – exemplos desempenho financeiro de uma empresa redução progressiva no faturamento trimestral perfil do público-alvo de um produto aumento da idade média do consumidor causas de insatisfação no quadro de empregados preponderância de falta de estrutura e reconhecimento

54 54 Referências CASTRO, Cláudio de M. A Prática da Pesquisa. São Paulo: McGraw- Hill do Brasil, GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5ª edição. São Paulo: Atlas, HAIR, Joseph et al.. Fundamentos de métodos de pesquisa em administração. Porto Alegre: Bookman, INSTITUTO ANTÔNIO HOUAISS. Dicionário eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa. [Rio de Janeiro]: Objetiva, LIMA, Manolita C. Monografia, a engenharia da produção acadêmica. São Paulo: Saraiva, MARTINS, Guilherme; LINTZ, Alexandre. Guia para elaboração de monografias e trabalhos de conclusão de curso. São Paulo: Atlas, 2000.


Carregar ppt "METODOLOGIA DE PESQUISA Prof. Luciel Henrique de Oliveira"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google