A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Agendamento Social de Mídia Comunicação pública e sociedade civil Agendamento Social de Mídia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Agendamento Social de Mídia Comunicação pública e sociedade civil Agendamento Social de Mídia."— Transcrição da apresentação:

1 Agendamento Social de Mídia Comunicação pública e sociedade civil Agendamento Social de Mídia

2 ANDI ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância MISSÃO –Contribuir para a construção, nos meios de comunicação, de uma cultura que priorize a promoção e a defesa dos direitos das crianças e adolescentes; –Contribuir com o desenvolvimento de uma cultura institucional onde a comunicação seja considerada uma ferramenta estratégica de mobilização social.

3 ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância Mobilização Banco de Fontes Sugestões de pauta Guias de apoio JACAS Concurso Tim Lopes Qualificação Monitoramento Atuação: três eixos estratégicos

4 Rede ANDI América Latina (14) Costa Rica Defensa de los Niños Internacional - DNI Costa Rica / Comunica con Respeto Argentina Periodismo Social / Capítulo Infancia Bolívia Eco Jóvenes / Agencia Nacional de Noticias por los Derechos de la Infancia - ANNI Bolivia Brasil ANDI - Agencia de Noticias por los Derechos de la Infancia Colômbia Agencia de Periodismo Amigo de los Derechos de la Infancia – PANDI Equador Fundación Yupana / Agencia de Comunicación de Niñas, Niños y Adolescentes – ACNNA Venezuela Cecodap / Periodismo a Favor de la Niñez y Adolescencia - PANA Equador Fundación Yupana / Agencia de Comunicación de Niñas, Niños y Adolescentes - ACNNA Guatemala Centro Civitas / Agencia de Noticias a Favor de la Niñez y la Adolescencia - La Nana México Comunicación e Información de la Mujer, A.C. - CIMAC / Agencia Mexicana de Noticias por los Derechos de la Infancia – AMNDI Nicaragua Dos Generaciones Paraguay GLOBAL...Infancia / Agencia GLOBAL de Noticias Perú Equipo Uno / Agencia Comunicación Educativa Uruguay El Abrojo / Voz y Vos

5 Rede ANDI Brasil (11 agências) Agência de Notícias da Infância Matraca – São Luís (MA) Agência Uga-Uga de Comunicação – Manaus (AM) ANDI – Agência Nacional dos Direitos da Infância – Brasília (DF) Associação Companhia TerrAmar – Natal (RN) Auçuba - Comunicação e Educação – Recife (PE) Catavento Comunicação e Educação Ambiental – Fortaleza (CE) Cipó - Comunicação Interativa – Salvador (BA) Ciranda - Central de Notícias dos Direitos da Infância e Adolescência - Curitiba (PR) Girassolidário – Agência de Notícias em Defesa da Infância – Campo Grande (MS) Instituto Recriando – Aracaju (SE) Oficina de Imagens – Comunicação e Educação – B. Horizonte (MG)

6 ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância Agenda-Setting 1972: A veiculação de determinados temas colabora para a inclusão ou retirada de determinado assunto na agenda pública Em 1993 foram além: afirmam também a hipótese de que os meios fazem transferência tanto de temas quanto de atributos, concluindo que a mídia também nos diz como pensar, (re)fortalecendo a tese do grande poder de influência da mídia sobre a sociedade. PAPEL DA IMPRENSA Maxwell McCombs e Donald Shaw

7 Informação contextualizada O entendimento acerca das diversas fases de uma política pública demandam conhecimentos de diversos níveis, sendo a imprensa um potencial fornecedor de informação contextualizada O cidadão bem informado conta com melhores condições de exigir seus direitos São fundamentais: apresentação de estatísticas; legislação; diversidade de fontes; opiniões divergentes; melhores práticas ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância PAPEL DA IMPRENSA

8 Controle Social Acompanhamento de todas as etapas de construção das políticas públicas Verificação da continuidade, idoneidade e eficácia das políticas colocadas em prática Função a ser despertada: a imprensa cobre muito o lançamento dos projetos, mas investe pouco no acompanhamento do processo de implementação e na prestação de contas das ações efetuadas ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância PAPEL DA IMPRENSA

9 Controle Social pelo Jornalismo Investigativo ANDI – Brazilian News Agency for Childrens Rights ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância Definição de Jornalismo Investigativo Apuração aprofundada com o objetivo de revelar acontecimentos ainda desconhecidos pela sociedade e pelos próprios meios de comunicação Nelson Traquina (Lisboa -1997) e outros teóricos – Jornalismo: Questões, Teorias e Estórias Definição de Políticas Públicas Conjunto articulado de planos, programas, ações e projetos sob a responsabilidade do governo – muitas vezes com participação popular e/ou em parceria com organizações da sociedade civil – com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população Rede de Monitoramento Amiga da Criança (São Paulo- 2003) - Um Mundo para as Crianças Brasileiras O Jornalismo investigativo é essencial para o desenvolvimento democrático porque oferece transparência à formulação das leis e ao funcionamento do estado – possibilitando a participação da sociedade Silvio Waisbord (EUA: 2001)

10 Ranking Temático Quanti-Qualitativo 2003/2004

11 ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância Potenciais pautas: Temas transversais de grande importância social como diversidade étnica, questões de gênero, pessoas com deficiência etc. Abordagens diferenciadas que rompem com a maneira convencial de cobertura. Exemplo: Exploração sexual de meninos, projetos de sucesso no enfrentamento desse tipo de crime. Enquadramentos ainda pouco explorados e que podem ser determinantes no entendimento de um problema social. Exemplo: Trabalho infantil doméstico x visão cultural conservadora sobre a exploração da mão de obra infantil. Prêmio Tim Lopes de Investigação Jornalística – Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

12 Exemplo 1: Mortalidade Infantil ANDI – Brazilian News Agency for Childrens Rights Elaboração de um ranking de mortalidade infantil por município - Potencialização de pesquisas e estudos (governamentais e não governamentais) ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância

13 Exemplo 1: Mortalidade Infantil ANDI – Brazilian News Agency for Childrens Rights Elaboração de um ranking de mortalidade infantil por município - Potencialização de pesquisas e estudos (governamentais e não governamentais) ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância

14 Exemplo 1: Mortalidade Infantil ANDI – Brazilian News Agency for Childrens Rights Matéria do Correio Brasiliense ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância 13 Out. 05

15 Exemplo 2: Conselhos Tutelares ANDI – Brazilian News Agency for Childrens Rights Elaboração de ranking dos estados com maior deficit de Conselhos - baseado em dados oficiais da SEDH ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância

16 Exemplo 2: Conselhos Tutelares ANDI – Brazilian News Agency for Childrens Rights Matéria do Jornal Hoje (TV Globo) ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância 3 Fev. 06

17 Monitoramento de Políticas Públicas / Controle Social Exemplo 3: Orçamento Público e Infância ANDI – Brazilian News Agency for Childrens Rights ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância

18 ANDI – Brazilian News Agency for Childrens Rights Monitoramento de Políticas Públicas Análise de Impacto 11 Fev.04 ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância

19 Monitoramento de Políticas Públicas Análise de Impacto ANDI – Brazilian News Agency for Childrens Rights 12 Fev.04 ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância

20

21 DADOS EMPÍRICOS: AGENDAMENTO ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância * MONITORAMENTO DE MÍDIA REALIZADO PELA ANDI DESDE 1996, MATÉRIAS DE 45 JORNAIS EM COMUM.

22 Policy Agenda-setting Policy Agenda-setting é uma hipótese criada por de Rogers, Dearing e Bregman (1988) e estuda o potencial poder de influência dos meios de comunicação sobre os decisores públicos. A ilustração tem como base o mapa cognitivo do Policy Agenda-setting de Rogers et all (TRAQUINA, Nelson (Org.). Estudo do Jornalismo no Século XX. São Leopoldo, Ed. UNISINOS, 2001.).

23

24

25 ESTATUTO+DA+CRIANCA+E+DO+ADOLESCENTE+COMPLETA+ANOS,00.html PROFESSORES+RESOLVEM+CONFLITOS+EM+ESCOLA+DO+DF+NA+BASE+DA+CON VERSA,00.html Jornal Nacional Fantástico

26 Obrigado! Daniel Oliveira Gerente do Núcleo de Mobilização ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância Tel.:

27 Jornalismo para além do valor-notícia O valor-convergente como modelo para selecionar e inserir temas sociais na mídia Daniel Gonçalves de Oliveira Orientador: Prof. Dr. Luiz Martins da Silva DISSERTAÇÃO DE MESTRADO Brasília, 28 de março de 2008.

28 A complexa relação entre a imprensa e terceiro setor Como afirma Gamson (1993), há grandes diferenças de ponto de vista entre jornalistas e pessoas que atuam em organizações sociais. Enquanto as entidades têm a expectativa de que a imprensa publique a sua mensagem social, os jornalistas esperam receber um acontecimento que tenha valor como notícia, ou em outras palavras: que exibam valores-notícia. Numa conversa de surdos, nem ativistas, nem jornalistas fazem um esforço para entender quais outras maneiras de se relacionar ou, melhor ainda, para entender a natureza complexa dessa transação.

29 De acordo com o Agendamento-Convergente, é a fusão ou equivalência de valores-notícia e valores-sociais que aumenta as chances de fazer com que a imprensa transforme as sugestões de pauta em matérias jornalísticas de fato. Quanto mais um acontecimento exibe valores-notícia, maiores são suas chances de serem incluídos na pauta jornalística (Golding e Elliot).

30 Valor-social: conceito estabelecido pela organização É todo o conteúdo de um texto que traga a possibilidade de esclarecimento e entendimento sobre eixos temáticos considerados estratégicos para uma determinada entidade. No caso da ANDI, os conteúdos a serem garantidos são aqueles veiculados em função da defesa e promoção dos direitos da infância.

31 TABELA DO VALOR-SOCIAL DA ANDI (Para qualificar o debate sobre infância na esfera pública) 1. VALOR-SOCIAL Definição: tornar pública uma Denúncia de violação de direitos ou uma Proposta de solução social. Sempre sob a ótica dos Direitos da Infância (referências: ECA e a Convenção sobre os Direitos da Criança). VALOR-SOCIAL ADICIONAL Definição: itens subjetivos e qualitativos desejáveis na produção de matérias sobre a temática. (por meio das temáticas):DA APURAÇÃODA ABORDAGEMDA ESCRITA Saúde Comportamento Direitos & Justiça Educação Violência Cultura Terceiro setor Consumo Abuso & Exploração Sexual Drogas Deficiências Sexualidade Esporte Exploração do Trabalho Infantil Medidas de Reinserção Social Trabalho Mídia Situação de Rua Mortalidade Infantil Meio Ambiente Acidentes Desaparecidos Precisão na apuração. Fontes primárias bem consultadas Fontes secundárias de qualidade (quando houver) Traz contextualidade social, política e/ou econômica. Faz referência ou analisa políticas públicas. Oferece informações de serviços. Diversidade de fontes Opiniões divergentes Voz a especialistas Ausência de termos pejorativos Voz a crianças e adolescentes (sempre quando for adequado). Redação mais clara e objetiva possível. Mapeamento dos valores-sociais

32 Mapeamento dos valores-notícia 1 RaridadePolêmicaSurpresa Incomum Original Inusitado Controvérsia Escândalo Inesperado ImpactoProximidadeProeminência Número de pessoas envolvidas (no fato) Número de pessoas afetadas (pelo fato) Grandes quantias (dinheiro) Geográfica Cultural Notoriedade Celebridade Posição hierárquica Elite (indivíduo, instituição, país) Justiça (casos relevantes)GovernoProximidade temporal (Gancho) Julgamentos Denúncias Investigações Apreensões Decisões judiciais Crimes Interesse nacional Decisões e medidas Inaugurações Eleições Viagens Pronunciamentos Acontecimentos relacionados a temáticas com grande presença e repercussão na mídia Sucesso / HeróiTragédia/Drama Conflito Guerra Rivalidade Disputa Briga Greve Reivindicação Catástrofe Acidente Risco de morte e Morte Violência / Crime Suspense Emoção Interesse humano Entretenimento/CuriosidadeConhecimento/Cultura Aventura Divertimento Comemoração Descobertas Invenções Pesquisas Progresso (1) FRAZON, E. Os valores- notícia em telejornais, dez.2004, Dissertação do III Curso de Especialização em Estudos de Jornalismo (lato sensu) da UFSC. A primeira versão dessa tabela foi aplicada, experimentalmente, por Érica Franzon na análise das chamadas de dois telejornais, o Jornal Nacional, da TV Globo, e o Jornal da Cultura, da TV Cultura de São Paulo. A matriz aqui exposta passou por modificações e complementações realizadas pelo autor dessa pesquisa com o objetivo de incluir outros valores- notícia e elementos correlatos encontrados durante pesquisa bibliográfica sobre o tema.

33 Policy Agenda-setting Policy Agenda-setting é uma hipótese criada por de Rogers, Dearing e Bregman (1988) e estuda o potencial poder de influência dos meios de comunicação sobre os decisores públicos. A ilustração tem como base o mapa cognitivo do Policy Agenda-setting de Rogers et all (TRAQUINA, Nelson (Org.). Estudo do Jornalismo no Século XX. São Leopoldo, Ed. UNISINOS, 2001.).

34 Acontecimento Reportado O acontecimento exibe simultaneamente valores-sociais e valores-notícia

35

36 CONCLUSÕES

37 1) O Agendamento convergente é uma síntese modelar para inserir na imprensa temáticas e acontecimentos de interesses universais; e 2) O Agendamento convergente aumenta as chances de um determinado acontecimento ser incluído como notícia pelos meios de comunicação. Já que o valor-convergente carrega dentro de si os valores-notícia – em equivalência com os valores-sociais.

38 Valendo ressaltar que: O poder de noticiabilidade do valor-convergente continua sendo regido pelos valores-notícia. A singularidade (Adriano Duarte Rodrigues), o inusitado, o inédito e outros elementos de forte apelo jornalístico são peso-chave nesse modelo de contra-agendamento. Contudo, no Agendamento convergente, os valores-notícia emprestam seu poder de noticiabilidade aos valores-sociais: os valores-notícia impulsionam os valores-sociais, já que ambos são indivisíveis já que habitam o mesmo acontecimento. Ou ainda o valor-convergente canaliza o alto poder de noticiabilidade dos valores-notícia em outra direção: rumo a divulgar acontecimentos de interesse público, colaborando com processos de influência, mudança ou transformação social.

39 É possível fazer uma nova (re)leitura dos valores-notícia, (que, muitas vezes, é visto de maneira pejorativa, como mola propulsora da ação mercadológica e do sensacionalismo), levando-os ao campo da função pública da imprensa. Toda a sorte de valores-notícia passa a ser também uma solução social. O muro entre as organizações do terceiro setor e a imprensa se transforma numa ponte possível. O interesse do mercado editorial passa a ser equivalente ou similar aos interesses das ONGs, inaugurando uma nova base para o diálogo. É o ponto de encontro entre interesses institucionais (audiência, tiragem) e interesses públicos (assuntos sociais)

40 O valor-convergente torna-se também um modelo para inserir temas sociais na mídia. É a transformação e a refuncionalização dos valores-notícia. Trata-se de uma síntese modelar que não se vale apenas de estratégias para agendar os meios de comunicação. Ao contrário, é voltado ao entendimento e ao esclarecimento dos acontecimentos, revelando-os à luz da esfera pública, configurando-se, portanto, como uma Ação Comunicativa (Habermas) de fato.

41 Apuração ANDI: tipos de fontes de informação fontes geradoras de notícia (primárias) 1. independente: - testemunhas, observadores, autores de pesquisas etc. 2. interessada: - envolvidas no fato - protagonistas ou coadjuvantes da história A contatos para consulta (secundárias) 1. independente: - especialistas, técnicos - fazem os jornalistas compreenderem o contexto dos fatos 2. interessada: - fornecedores de opinião ou dados filtrados B Foco ANDI para pautasBanco de Fontes ANDI

42 DADOS EMPÍRICOS: AGENDAMENTO ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância * MONITORAMENTO DE MÍDIA REALIZADO PELA ANDI DESDE 1996, MATÉRIAS DE 45 JORNAIS EM COMUM.

43 Obrigado! Daniel Oliveira Gerente do Núcleo de Mobilização ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância Tel.:

44 Acontecimento Reportado

45


Carregar ppt "Agendamento Social de Mídia Comunicação pública e sociedade civil Agendamento Social de Mídia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google