A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IPM – Instituto Paulo Montenegro; ação pela educação. Novidades para o meio Rádio no segundo semestre 08. Panorama de mercado: Fortaleza x Nordeste x.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IPM – Instituto Paulo Montenegro; ação pela educação. Novidades para o meio Rádio no segundo semestre 08. Panorama de mercado: Fortaleza x Nordeste x."— Transcrição da apresentação:

1

2 IPM – Instituto Paulo Montenegro; ação pela educação. Novidades para o meio Rádio no segundo semestre 08. Panorama de mercado: Fortaleza x Nordeste x outras praças. Pensando Regionalmente? Ferramentas disponíveis para Rádios em Fortaleza Novidades Agenda

3 IPM Ação do IBOPE pela Educação

4 Instituto Paulo Montenegro Criado no ano 2000, tem como mantenedoras as empresas do Grupo IBOPE Visa contribuir com a qualidade da Educação: forma de reduzir desigualdades sociais Desenvolve e viabiliza projetos baseados na expertise do IBOPE e em sua rede de relacionamentos

5 Instituto Paulo Montenegro Nossa Escola Pesquisa sua Opinião (NEPSO) Promove a realização de projetos de pesquisa de opinião por alunos e professores das escolas públicas: – escolha de temas do interesse do aluno – estimula vínculos escola – comunidade – contextualiza o conhecimento – aluno como protagonista do aprendizado – provoca a reflexão e a ação na solução de problemas

6 Instituto Paulo Montenegro Indicador de Alfabetismo Funcional (INAF) Mede os níveis de alfabetização da população adulta brasileira (15 a 64 anos) em todo o país: – estimular o debate público – apoiar a formulação de políticas de educação e cultura Analfabeto funcional: mesmo sabendo ler e escrever algo simples, não tem as habilidades de leitura, escrita e cálculo necessárias para viabilizar seu desenvolvimento pessoal e profissional

7 Evolu ç ão do Indicador de Alfabetismo Funcional RESPOSTA TOTAL BASE Analfabeto Rudimentar B á sico Pleno Analfa betos funcionais Alfabetizados funcionalmente O Analfabetismo Funcional no Brasil

8 A importância da escolaridade Alfabetismo por Escolaridade INAF/BRASIL SEM ESCOLA- RIDADE DE 1 ª A 4 ª S É RIE DE 5 ª A 8 ª S É RIE ENSINO M É DIO (2001 a 2007) BASE Analfabeto Rudimentar B á sico Pleno Analfabetos funcionais Alfabetizados funcionalmente ENSINO SUPERIOR

9 As coisas começam a melhorar... Alfabetismo por Faixas Et á rias De 15 a 24 anos De 25 a 34 anos De 35 a 49 anos De 50 a 64 anos BASE Analfabeto Rudimentar B á sico Pleno Analfabetos funcionais Alfabetizados funcionalmente

10 Os desafios do INAF Mundo acadêmico Gestores públicos Formadores de Opinião Imprensa escrita Conquistar a credibilidade de… Grande Público Assegurar a demanda por uma educação de qualidade para todos os brasileiros

11 Um convite para as emissoras de rádio O rádio atinge todos os tipos de público Com informação, com envolvimento, com credibilidade

12 O Rádio… … é uma das formas mais frequentes de lazer … é uma das fontes mais frequentes de informação

13 Vamos unir forças para mudar esta situação?

14 Novidades para o meio RÁDIO

15 Evolução da amostra (trimestre) Praça São Paulo Rio de Janeiro Belo Horizonte9.100 Distrito Federal9.100 Porto Alegre9.100 Curitiba9.100 Fortaleza9.100 Recife9.100 Salvador9.100 Florianópolis (2006)-3.825* Campinas (2007)-3.825* Ano Aumento de 20% da amostra SP * Aumento da amostra a partir do 2º semestre de 2008.

16 Dias da semana | Isolados Por sugestão dos nossos clientes, os dias da semana serão analisados isoladamente a partir dos dados entregues no segundo semestre de *Dados históricos*

17 Visualização no Software - Easymedia 3 Assim como o Sábado e Domingo isolados, os índices disponíveis para esses dias da semana são: -Audiência -Share -Afinidade -Tempo médio -Número de casos

18 Dias da semana | Isolados Vejamos alguns resultados...

19 Audiência Total Rádio | Nordeste

20 Audiência Total Rádio | Grande Recife (Hora a Hora)

21 Audiência Total Rádio | Grande Fortaleza (Hora a Hora)

22 Audiência Total Rádio | Grande Salvador (Hora a Hora)

23 Tempo médio (minutos) Total Rádio | Nordeste 05:00 à s 00:00 | Jan/08 a Mar/2008

24 Perfil por Zona Geográfica IA% Total Rádio | Fortaleza 05:00 à s 00:00 |abril - jun/2008

25 Zona Geográfica Há necessidade de revisão das zonas geográficas?

26 ZONA DIST FORTALEZA: ALAGADIÇO, ALDEOTA, ÁLVARO,WEYNE, AMADEO FURTADO, ARRAIAL MOURA BRASIL, BARRA DO CEARÁ, BENFICA, BOM FUTURO, CAIS DO PORTO, PLAMPONA, CENTRO, CIDADE 2000, COCO, CRISTO REDENTOR, DAMAS, DUNAS, ESTÂNCIA(DIONÍSIO TORRES), FARIAS BRITO, FÁTIMA, FLORESTA, JACAREACANGA, JARDIM AMÉRICA, JARDIM GUANABARA, JARDIM IRACEMA, JOAQUIM TÁVORA, JOSÉ BONIFÁCIO, MEIRELES, MONTE CASTELO, MUCURIPE, PAPICU, PARQUE ARAXÁ, PARQUELÂNDIA, PARREÃO, PIRAMBU, PRAIA DE IRACEMA, PRAIA DO FUTURO I, PRAIA DO FUTURO II, PRESIDENTE KENEDY, RODOLFO TEÓFILO, SÃO JOÃO DO TATUAPÉ, VARJOTA, VICENTE PINZON, E VILHA VELHA. ZONA DISTR. ANTONIO BEZERRA: QUINTINO CUNHA, PADRE ANDRADE, ANTONIO BEZERRA (SEDE), GENIBAÚ, CONJUNTO CEARÁ I, AUTRAN NUNES, DOM LUSTOSA, HENRIQUE JORGE, JOÃO XXIII. ZONA DISTR. MESSEJANA: SALINAS, GUARAPÉS, LUCIANO CAVALCANTE, JARDIM DAS OLIVEIRAS, EDSON QUEIROZ, ALAGADIÇO NOVO, MESSEJANA (SEDE), LAGOA REDONDA, JANGURUSSU, COAÇU, PARQUE IRACEMA, CIDADE DOS FUNCIONÁRIOS, PARQUE MANIBURA, CAJAZEIRA, LAGOA DA SAPIRANGA, CAMBEBA, SABIAGUABA, BARROSA, CURIO, GUAREJU, PAUPINA, ANCURI, PEDRAS. ZONA DISTR. MONDUBIM: CONJUNTO CEARÁ II, GRANJA LISBOA, SIQUEIRA, BOM JARDIM, GRANJA PORTUGAL, BOM SUCESSO, CANINDEZINHO, PARQUE SÃO JOSÉ, CONJUNTO ESPERANÇA, MANOEL SÁTIRO, PARQUE SANTA ROSA, PARQUE PRES. VARGAS, MARAPONGA, JARDIM CEARENSE, MONDUBIM (SEDE ), PARQUE DOIS IRMÃOS, PREFEITO JOSÉ WALTER, PASSARÉ, DENDÊ. ZONA DISTR. PARANGABA: PICI, BELA VISTA, PAN AMERICANO, DEMOCRITO ROCHA, COUTO FERNANDES, JOQUEI CLUBE, VILA PERY, PARANGABA (SEDE), MONTESE, ITAOCA, ITAPERI, SERRINHA, MAT GALINHA, VILA UNIÃO, AEROPORTO, DIAS MACEDO, CASTELÃO, ALTO DA BALANÇA, AEROLANDIA. ZONA PERIFERIA: AQUIRAZ, CAUCAIA, EUSÉBIO, GUAIUBA, ITAITINGA, MARACANAU, MARANGUAPE E PACATUBA. - Especificações das Zonas Geográficas Fortaleza

27 Classes C1 e C2 A análise isolada das classes C1 e C2 retrata com mais fidelidade as diferenças de potencial da classe C. Disponível a partir do segundo semestre de *Não haverá histórico*

28 CCEB 2008 Em dezembro de 2007, apresentamos ao mercado o novo Critério de Classificação Econômica Brasil; Na apresentação foram apontados os impactos da mudança de critério: – Nos Universos – Pequenas diferenças, com uma tendência de diminuição da participação da classe DE; – Nas Amostras – Pequenas diferenças sem uma tendência estabelecida, que em alguns casos, pode ajustar a amostra ao universo; – Nos Resultados – Pequenas diferenças, sem uma tendência significativa. Classe A142 a 46 pontos Classe A235 a 41 pontos Classe B129 a 34 pontos Classe B223 a 28 pontos Classe C118 a 22 pontos Classe C214 a 17 pontos Classe D8 a 13 pontos Classe E0 a 7 pontos Nova tabela de pontuação Número de automóveis Número de aparelhos de TV em cores Número de rádios Número de banheiros Número de empregadas domésticas Posse de máquina de lavar roupa Posse de geladeira e freezer Posse de vídeo cassete ou dvd Nível de instrução do chefe de família *Aspirador de pó não faz mais parte do CCEB

29 CCEB 2008 Critério Antigo Critério Novo Classe A5% Classe B27%27%28%28% Classe C45%46% Classe C1%23% Classe C2%23% Classe D21%19% Classe E2%2%2% Distribuição das classes na população LSE 2007 | Consolidado 9 RMs

30 Perfil do Universo Nordeste

31 50% 45%42% 45% 46%44% 36% 46% 45% 46% Classes C1 e C2 Distribuição classe C no Brasil LSE 2007 | Consolidado 9 RMs

32 Análise classe C Total Rádio | Grande Recife 05:00 à s 00:00 | Jan/08 a Mar/2008

33 Análise classe C Total Rádio | Grande Fortaleza 05:00 à s 00:00 | Jan/08 a Mar/2008

34 Análise classe C Total Rádio | Grande Salvador 05:00 à s 00:00 | Jan/08 a Mar/2008

35 Como é o ouvinte?

36 Target Group Index Características dos ouvintes O Rádio alcança 79% das pessoas. Cerca de 49 milhões de ouvintes. Target Group Index – Ano 9

37 Target Group Index Características dos ouvintes 86% ouve rádio mais de 3 dias na semana* São mais de 42 milhões de ouvintes *Chamaremos de ouvinte freqüente. Target Group Index – Ano 9

38 Target Group Index Características dos ouvintes freqüentes Qual o tipo de música preferido desse público*? *ouvintes freqüentes Target Group Index – Ano 9

39 Target Group Index Características dos ouvintes freqüentes Perfil do Ouvinte Freqüente Target Group Index – Ano 9

40 Target Group Index Características dos ouvintes freqüentes Renda Pessoal x Estilo Musical Target Group Index – Ano 9 Renda média pessoal mensal (R$) Total878 MPB1.152 Sucesso/As mais pedidas(Inglês)879 Sucesso/ As mais pedidas (Nacional)824 Música Sertaneja714 Forró679 Samba/ Pagode602

41 Target Group Index Características dos ouvintes na GRANDE RECIFE OUVINTES FREQÜENTES - PREFERÊNCIAS Target Group Index – Ano 9 RÁDIO AM / FM Ouvinte freqüente (3+ dias na semana) Forró54% Noticiários locais54% Música Religiosa / Gospel48% MPB47% Samba / Pagode47% Noticiários nacionais45% Sucesso / as mais pedidas (Nacionais)42% Notícias Policiais39% Notícias de Trânsito35% Axé / Música baiana34%

42 Target Group Index Características dos ouvintes na GRANDE FORTALEZA Target Group Index – Ano 9 RÁDIO AM / FM Ouvinte freqüente (3+ dias na semana) Forró63% Sucesso / As mais pedidas (Nacionais)47% Samba / Pagode43% Noticiários locais37% Música Sertaneja36% Sucesso / As mais pedidas (Inglês)34% Axé / Música baiana31% MPB31% Música Religiosa / Gospel28% Esportes (comentários)27% OUVINTES FREQÜENTES - PREFERÊNCIAS

43 Target Group Index Características dos ouvintes na GRANDE SALVADOR Target Group Index – Ano 9 OUVINTES FREQÜENTES - PREFERÊNCIAS RÁDIO AM / FM Ouvinte freqüente (3+ dias na semana) MPB66% Noticiários locais64% Noticiários nacionais58% Axé / Música baiana49% Samba / Pagode45% Notícias Policiais41% Notícias de Trânsito39% Noticiários internacionais39% Sucesso / As mais pedidas (nacionais)35% Notícias do tempo35%

44 Target Group Index Características dos ouvintes

45 Target Group Index Características dos ouvintes x temas e influências Sobre o que conversamSobre o que são mais influentes Forró Bebidas Alcoólicas e Prod. Farmacêuticos Bebidas Alcoólicas e Prod. Higiene Pessoal MPB Bebidas Alcoólicas e Prod. Higiene Pessoal Prod. Financeiros e Bebidas Alcoólicas Sucessos/As mais pedidas (em inglês) Automóveis e Celulares Celulares e Eletrônicos Sucessos/As mais pedidas (nacional) Prod.Financeiros Celulares /Roupas Prod. Higiene Pessoal e Roupas Música Sertaneja Prod. Farmacêuticos e Prod. Para casa Prod. Farmacêuticos e Prod. Higiene Pessoal Samba/ Pagode Celulares / Beb. Alcoólicas Prod. Higiene Pessoal Roupas e Bebidas Alcoólicas Afinidade Target Group Index – Ano 9

46 Target Group Index Características dos ouvintes x marcas MPB Samba/Pagode Sucesso (inglês) Sucesso (nacional) Forró Sertaneja

47 Target Group Index Características dos ouvintes x eventos da vida O que viveram O que esperam viver Afinidade Forró Terminar Estudos e Nascimento do 1º filho Comprar uma casa e Nascimento do 1º filho Sucessos/As mais pedidas (em inglês) Começar Universidade e Viajar ao exterior pela 1ª vez Sair da casa dos pais e Terminar Estudos MPB Viajar ao exterior pela 1ª vez e Casamento dos filhos Começar a Faculdade e Viajar ao exterior pela 1ª vez Sucessos/As mais pedidas (nacional) Começar Universidade e Nascimento do 1º filho Terminar Estudos e Ir viver com companheiro Música Sertaneja Casamento dos Filhos e Nascimento do 1º filho Entrar na Aposentadoria e Comprar uma Casa Samba/ Pagode Nascimento do 1º filho Começar o 1º trabalho Começar o 1º trabalho e Terminar Estudos Target Group Index – Ano 9

48 O campo é nosso? Campo de Rádio em Fortaleza: 100 entrevistas diárias, entervistas no trimestre. O Campo é nosso! Vamos utilizar esse benefício?

49 Pesquisas Carona para Rádio Utiliza-se o campo de Rádio e por isso o valor da pesquisa é baixo. Ideal para obter retorno sobre ações de programação, concorrentes, lançamento e adequação de produtos; Conseguimos incluir até 12 perguntas; Pesquisa que aborda somente temas ligados à mídia.

50 Case: região no Sul do Brasil.

51 INFORMAÇÕES LEVANTADAS Perfis Demográficos oSexo, idade, atividade, escolaridade do entrevistado, nível sócio econômico. Preferências de Consumo de Rádio horários e dias da semana que ouvem rádio, tipos de música que gostam e não gostam, tipos de programas que gostam e quais tipos de programas gostariam que incluíssem na programação, propagandas, fatores que influenciam na escolha da rádio, tipos de notícias que preferem ouvir, participação nas atividades promovidas pelas emissoras

52 FLUXOGRAMA DA ANÁLISE REALIZADA Resultado final Base Total Criação e seleção de variáveis (Fatorial) Classificação dos indivíduos (Cluster) Validação dos Grupos (Discriminante) Análise do consumo de Rádio dos grupos Análise das demográficas dos grupos

53 PERFIL DE CONSUMO DE RÁDIO DOS PARTICIPANTES Grupo 1: Ouvinte Participativo (35,5%) oGostam de: Participar de brincadeiras, de promoções e da programação ao vivo; Ouvir pagode; Pedir músicas. oO que influencia na sua decisão da Emissora: A quantidade de notícias, promoções e prêmios oferecidos A programação produzida para transmissão em rede e local oInteresse por notícias da Cidade; oAcessa sites de Emissoras oCaracterísticas deste grupo: Ouvem muito rádio, principalmente aos sábados: 81,3% Homogeneidade dos sexos Menor grau de instrução: 52,2% até primário completo ou colegial incompleto População jovem: 38,4% são menores de 25 anos Buscam nas rádios informações variadas:educação, família,... Menor condição sócio-econômica Ouvem músicas, notícias e participam de programas nas rádios

54 Grupo 2: Ouvintes Passivos (33,8%) oGostam de : Música sertaneja Rock nacional Rock internacional Programas de tchê music Programas de músicas dançantes Programas de músicas mais pedidas Programas na casa do ouvinte Programas de Rock PERFIL DE CONSUMO DE RÁDIO DOS PARTICIPANTES oCaracterísticas deste grupo: É o que menos ouve rádio Homogeneidade dos sexos Maior grau de instrução: 39,4% com colegial completo População jovem: 41,3% são menores de 25 anos Melhor condição sócio-econômica. Pessoas que gostam de ouvir músicas e programas variados no rádio.

55 Grupo 3: Ouvintes Seletivos (30,7%) oDá grande importância ao locutor da rádio; oA quantidade de propagandas influencia na escolha da emissora oCaracterísticas deste grupo: Ouvem muito rádio; Maior quantidade de mulheres - 56,7%; Predominância de pessoas acima de 40 anos - 45,4%; Maior número de pessoas ocupadas - 70,6%; Gostam de notícias sobre a vida dos artistas, econômicas e internacionais; Condição sócio-econômica mais baixa. PERFIL DE CONSUMO DE RÁDIO DOS PARTICIPANTES Buscam Emissoras com características específicas.

56 Resultados obtidos. Melhor entendimento das características do ouvinte e suas principais necessidades. Adequação total da programação. Menos feeling, mais acerto. Avaliação direta dos concorrentes. Identificação de públicos que ainda não escutam a rádio ( prospects). Embasamento para trabalho junto ao dpto. artístico.

57 Alcance e Frequência para Rádio. Radioplanning

58 O Radioplanning é um software desenvolvido pelo IBOPE Mídia para auxiliar no planejamento de campanhas publicitárias para o meio Rádio. Rádioplanning O Radioplanning completa as análises realizadas no EasyMedia. audiência share participação do segmento (perfil) alcance médio e acumulado universo e amostra alcance e freqüência de n programações seleção automática do horário médio relatórios com a distribuição spots resumo do plano com GRP, alcance, freqüência média, freqüência eficaz, custo, CPP e CPM. Para as emissoras AM e FM em um único banco de dados. aplicação dos dados de simulação para venda de espaço publicitário

59 Ferramentas disponíveis em Fortaleza as emissoras de Rádio Audiência regular de Rádio - Easymedia e Radioplanning Pesquisas carona - relatórios customizados Target Group Index - hábitos, atitudes, consumo, mídia

60 Outras novidades

61 Zeus – Planejamento Multimeios Convergência de três grandes bases de dados do IBOPE Mídia: Target Group Index, PNT/Pay Tv e Rádio Demográficos Posse bens e serviços Hábitos e Atitudes Audiência de TV (painel) + Rádio (recall) + índice de Leitura de Jornal e Revista (single source) Fusão inédita para a realização de Planos de Mídia completos

62 Consolidando nossos processos

63 InfoMix Para que se tenha à mão a descrição de todos os passos envolvidos na medição dos dados de rádio, reunimos em um Manual Técnico as informações a respeito de como eles acontecem, desde a seleção das amostras até a publicação dos resultados.

64 Nova metodologia

65 Nova Metodologia de medição Acompanhando as mudanças tecnológicas e as necessidades do mercado, o IBOPE vem desenvolvendo um estudo para uma nova metodologia de medição de audiência para o meio rádio. O objetivo é criar uma tecnologia que permita o reconhecimento da audiência por meio do áudio. Essa tecnologia seria instalada nos celulares de indivíduos que fizessem parte de um painel representativo da população. A grande vantagem dessa nova metodologia é a mobilidade para se mensurar a audiência de rádio em qualquer ambiente, por meio de uma tecnologia automatizada.

66 Obrigado! Marco Formenton


Carregar ppt "IPM – Instituto Paulo Montenegro; ação pela educação. Novidades para o meio Rádio no segundo semestre 08. Panorama de mercado: Fortaleza x Nordeste x."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google