A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sequência didática Oficinas: Notícias de jornais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sequência didática Oficinas: Notícias de jornais."— Transcrição da apresentação:

1 Sequência didática Oficinas: Notícias de jornais

2 A notícia é um gênero textual jornalístico que trata de um acontecimento ou fato desconhecido do público. No contexto de uma sociedade ávida por informação. Notícia, tudo aquilo que ainda não foi divulgado.

3 Nem toda informação, mesmo desconhecida do público, é notícia. (ônibus) As empresas de comunicação travam uma disputa pela preferência do público. Diferença entre informação e notícia. Mercado de notícia

4 Mesmo quando tenta ser objetivo, o pensamento e as emoções do redator se manifestam nas entrelinhas. Notícia e Objetividade.

5 A pirâmide invertida ilustra a técnica tradicional de redação de notícias, que começa pelas informações mais importantes e segue com os complementos: Lide- Informações complementares- Informações menos importantes Como se escreve uma Notícia?

6 Uma notícia da comunidade só tem chances de sair no jornal da cidade, se tiver potencial para interessar moradores de outros bairros, na avaliação dos editores da publicação. Fontes de Informação na Comunidade.

7 Entrevista A entrevista só é considerada um gênero jornalístico quando é apresentada isoladamente, ou quando é parte essencial de uma peça jornalística. Enquanto gênero jornalístico, a entrevista é redigida em formato de pergunta e resposta. Outros Gêneros Jornalísticos Informativos

8 A reportagem é considerada o gênero nobre do jornalismo. Tal como nas notícias, o seu principal objetivo é informar, mas neste caso de forma mais extensa e profunda, utilizando um estilo narrativo e humanizado. Para conseguir aproximar os leitores da realidade tratada, a reportagem usa, com frequência, elementos de outros gêneros jornalísticos como: entrevista, crônica e opinião. Reportagem

9 A ética é o conjunto de princípios ou padrões de conduta que guiam o comportamento das pessoas e das instituições do ponto de vista dos valores. Nesse sentido, é difícil distinguir a ética da moral. (escravidão, mulheres). Os princípios éticos podem não ser os mesmos para todas as pessoas. Falar sobre ética é um ato fundamentalmente político. O desafio da Ética

10 O jornal escolar promove os direitos humanos em toda sua extensão e tem uma visão respeitosa das diferenças culturais, de gênero, sexuais, étnicas, religiosas e outras. Ele é pluralista; não censura nem oculta informações. O jornal não faz promoção pessoal ou partidária. Em época de eleições, não favorece nenhum candidato (mesmo em eleições escolares). O jornal não publica textos que atinjam a dignidade das pessoas. Os textos que contêm críticas são publicados junto à versão da parte criticada, para que ela possa se defender (Direito de Resposta na mesma edição). Todas as produções publicadas no jornal (textos e ilustrações) são assinadas pelos autores. Código de Ética do Jornalismo Escolar.

11 Uma infinidade de situações e fenômenos de ordem natural e social ocorrem no ambiente ao nosso redor e no mundo. Dispor de informações sobre eles nos permite tomar atitudes conscientes para aproveitar oportunidades, minimizar os fenômenos que trazem prejuízo a nós mesmos e a os outros, propagar os que trazem benefícios etc. (alimento) Sequência Didática Texto Informativo

12 Reconhecemos na informação uma das bases da cidadania. As pessoas que não têm informações sobre seus direitos, dificilmente irão reclamar por eles. Por outro lado, nos debates de opinião, ganha força de argumentação quem se sustenta em informações pertinentes. Plano individual para o social

13 A escola é um espaço de comunicação, de acesso à informação e de construção de saberes que propiciam a posição ativa frente à realidade. A proposta é no fazer pedagógico, utilizar instrumentos que funcionem como mediadores da ação dos alunos e da comunidade sobre seu meio social e natural. Proposta do trabalho

14 Esse gênero textual serve tanto para a criança alargar sua experiência comunicativa, como para levar conhecimento às famílias. Desse modo, o jornal escolar transforma-se também no jornal da comunidade. Os alunos terão como situação de comunicação a de informar aos leitores sobre fenômenos considerados importantes. Um aspecto crucial da proposta educativa é a conversa inicial com os alunos, para escolher os temas sobre os quais se irá trabalhar. Essa escuta permite fazer a transição do aluno-que-faz-redação-escolar para o repórter mirim, que vai interagir com o mundo. Repórter mirim

15 Na introdução, é feita a apresentação do assunto, para captar a atenção do leitor. No desenvolvimento, apresentam-se as informações. Na conclusão, resume-se o assunto, focando os pontos mais importantes; procura-se envolver o leitor. Estrutura do texto informativo

16 O texto informativo não tem a função de emitir juízos de valor; apenas de informar e fazer o leitor compreender e conhecer. O texto se apresenta com uma linguagem objetiva, simples, com uso de um vocabulário preciso e construções impessoais na 3ª pessoa. Função do texto informativo

17 Podemos dividir os textos informativos em dois grupos: jornalísticos e técnicos. Entre os primeiros estão a notícia (que trata de um fato acontecido recentemente) e a reportagem (que aprofunda a informação, tendo os fatos como ponto de partida). Bulas de remédios, manuais de instrução, livros didáticos, resenhas, dicionários e até receitas são exemplos de textos informativos técnicos. Grupos dos textos informativos

18 Resultado: Os alunos conhecem o texto informativo e sua utilidade. Autoavaliação: Consegui que os alunos entendam a importância e a função do texto informativo? Resultado e autoavaliação

19 Escreva na lousa as palavras: EROSÃO, DESMATAMENTO (se for usar o material didático Desertificação) ou AQUECIMENTO GLOBAL, EFEITO ESTUFA (outro material). Os alunos relatam o que sabem sobre esses fenômenos (conhecimento prévio). Distribua o material didático, para os alunos colarem no caderno. Leitura individual. Aula 1

20 Coloque em um saco ou uma caixa, perguntas como as que seguem ou outras que poderá criar: Sobre o que fala o texto? Qual é o objetivo do texto (para que foi escrito)? O que é desertificação (ou aquecimento global)? Quem produz a desertificação (ou aquecimento global)? Quais regiões estão mais ameaçadas? Por quê? Continuação aula 1

21 Os alunos sentam-se em círculo. Coloque uma garrafa pet para girar. O aluno para o qual a garrafa apontar ao se deter retira um dos papéis e responde. O restante da turma complementa. Após a atividade pergunte aos alunos se acham que estão mais informados sobre o assunto tratado e o que aprenderam (conversa para validar a importância do texto informativo). Explique a função desse gênero.

22 Explorar imagens de desertificação e aquecimento global. Dar oportunidade os alunos para trocarem informações e desenvolver a oralidade para ampliação de ideias na construção do texto informativo. Sugestão da turma

23 Resultado: Os alunos aprendem a cooperar, escolhendo de forma participativa os assuntos sobre o qual vão escrever. Aprendizagem e interiorização de práticas democráticas. Autoavaliação: Consegui envolver os alunos mais retraídos? Consegui me manter neutral? Aula 2

24 Provoque uma reflexão sobre as pessoas que leem o jornal. Quem são eles? Quais são os assuntos importantes sobre os quais gostaríamos de dar informações a esses leitores? O que está acontecendo de importante na escola, na comunidade, no mundo? Peça para os alunos darem sugestões e escreva no quadro. Vale qualquer assunto. Provoque a participação dos alunos calados. Neste momento você poderá incluir na lista temas que a turma tenha trabalhado recentemente.

25 Explique a que a turma deverá escolher só dois assuntos. Pergunte se alguém quer defender algum assunto. Promova uma votação a mão levantada (peça votos tema por tema e anote no quadro).

26 Interiorização de práticas democráticas na cooperação participativa sobre a construção de acróstico com as palavras chaves: deserto e desmatamento. Sugestão da turma

27 Resultado: Valorização dos conhecimentos prévios dos alunos. Promoção do trabalho colaborativo para formar lista de informações. Autoavaliação: Consegui envolver os alunos na pesquisa de informações, colocando materiais à disposição deles? AULA 3

28 Escreva em um canto do quadro os dois assuntos escolhidos na aula anterior, em coluna (ficará até aula 5). Peça para os alunos falarem o que sabem sobre os assuntos escolhidos (conhecimentos prévios). Anote. Forme trios de alunos para pesquisar mais informações em livros didáticos, dicionários e outros materiais (se possível, traga revistas e outros livros e utilize internet). Complete a lista com as novas informações.

29 Organize as informações, juntando aquelas que se completam (esta atividade ajuda a prefigurar parágrafos). Os alunos copiam as listas no caderno. Deixe no quadro. Tarefa de casa: Conversar sobre os temas escolhidos com pessoas da família ou do bairro. Prepare essa tarefa marcando na lista as informações que as pessoas poderiam completar, contando coisas que elas viveram ou sabem.

30 Cartaz ( Banco de palavras) Atividades prática Rodízio de textos Pesquisa em revistas textos e imagens. Criação de uma cruzadinha com as palavras novas, troca das cruzadinhas com os colegas. Sugestão da turma Sugestão da Turma

31 Resultado: Os alunos percebem a importância de conquistar o interesse dos leitores. Autoavaliação: Consegui, através de minhas provocações (perguntas) fazer que os alunos entendessem a importância de chamar a atenção do leitor? Consegui envolver os alunos? Aula 4

32 Complete as listas com as informações que os alunos pesquisaram na tarefa de casa. Explique que o texto informativo começa com uma introdução, onde se apresenta o assunto de uma maneira geral. É um gancho para interessar os leitores, de modo que leiam o restante do texto.

33 Cada aluno escolhe o tema que prefere, dentre os dois que estão sendo trabalhados, e escreve uma introdução em folha solta (A4 cortadas ao meio). Apoie os alunos com mais dificuldades. Peça aos alunos que leiam em voz alta as introduções que escreveram. Faça comentários e solicite opiniões: Chamou a atenção do leitor? Se possível, escreva uma delas no quadro para um aperfeiçoamento coletivo.

34 Todos reescrevem suas introduções em folhas soltas (pedir para deixar um espaço livre na parte de cima). Trabalho com títulos. Reler o título do texto informativo do material didático. O que acharam? Qual foi a intenção do autor ao escolher esse título? Chamou a atenção? Fazer notar que o título tem essa função: capturar o interesse do leitor.

35 Os alunos sugerem títulos criativos para os dois assuntos que estão sendo trabalhados. Escreva no quadro, livremente, e aperfeiçoe, com a ajuda de todos. Garanta a participação dos alunos mais retraídos. Cada aluno escolhe o título que gostou mais e escreve acima da sua introdução.

36 Sugestão da Turma

37 Resultado: Os alunos aperfeiçoam seus textos e aprendem a cooperar. Autoavaliação: Formei duplas considerando a personalidade dos alunos, de modo a otimizar a cooperação? Aula 5

38 Os alunos escrevem, abaixo de introdução feita na aula anterior, a parte informativa do texto (Desenvolvimento), usando as listas confeccionadas anteriormente. Acompanhe os alunos que têm mais dificuldades. Organize duplas. Os alunos trocam seus textos e analisam, seguindo um Guia de Revisão. Segue uma sugestão (poderá adaptar, conforme o nível do grupo e seus objetivos de aprendizagem):

39 Sublinhe as palavras que estão escritas com algum erro. Faça um x nas palavras repetidas na mesma frase (explicar, se necessário: uma frase começa com uma maiúscula e termina no ponto). Faça um círculo nas palavras que se repetem em duas frases diferentes do mesmo parágrafo (explicar, se necessário: um parágrafo inicia sempre uma nova linha; ele pode ter mais de uma frase). Que informação ficaria bem agregar ao texto do colega? (momento de conversa).

40 Os alunos recebem de volta suas folhas e reescrevem seus textos em folhas soltas. Disponibilizar dicionários.

41 Sugestão da Turma

42 Resultado: Os alunos percebem que a escola valoriza e respeita suas opiniões. Eles compreendem que selecionar textos para o jornal é importante e deve ser feito de forma cooperativa. Eles aumentam sua capacidade de argumentar e respeitar diferenças de gostos e opiniões. AULA 6

43 Autoavaliação: Consegui prevenir a seleção de textos por influência de alunos centralizadores?

44 Estratégia: serão selecionados apenas dois textos (um por assunto). Em aulas posteriores, esses textos serão aprimorados coletivamente e completadas com uma conclusão. Primeiro momento: Organize grupos com até cinco alunos que escreveram sobre o mesmo tema. Esses alunos trocam seus textos com os colegas de outro grupo e selecionam um deles. Retire os textos não selecionados.

45 Segundo momento: Junte os grupos que trabalharam, no momento anterior, com textos sobre o mesmo tema, e peça que façam uma nova seleção, ficando com apenas um finalista para publicação no jornal. Opções para esta atividade: Pedir, ao final do primeiro momento, que cada grupo escolha um representante para fazer a seleção final.

46 Não poderão ser escolhidos alunos que tiveram textos selecionados. Esse grupo faz seu trabalho enquanto professor encaminha a produção de desenhos para ilustrar os temas abordados.

47 Sugestão da Turma

48 Resultado: Os alunos desenvolvem uma atitude positiva em relação ao aperfeiçoamento de suas produções. Escreva no quadro o título do primeiro texto selecionado. Faça uma leitura exemplar em voz alta. A seguir leitura coletiva. Proponha escrever uma conclusão para esse texto. Explique que a função da conclusão é expresar um pensamento final, seja um resumo, seja um alerta. Aula 7

49 Qual seria a mensagem final da turma para os leitores? Faça uma escrita coletiva, partindo da primeira contribuição dada por um aluno, que registrará no quadro e irá sendo completada (a conclusão pode ser feita em apenas um parágrafo). Repita o procedimento com o segundo texto.

50 Peça aos alunos que tiveram seus textos selecionados que registrem as conclusões criadas coletivamente. Encaminhe com eles uma última revisão, sobre aspectos de ortografia e gramaticais em trabalho individual (poderá, se achar útil, chamar outros alunos para participar).

51 Os outros alunos fazem desenhos para os textos escolhidos. Forme uma comissão para selecionar os que serão publicados, no horário do recreio. Montar um mural na sala com os desenhos não selecionados. ENTREGUE AS PRODUÇÕES AO COORDENADOR DO JORNAL, NUMERADAS POR ORDEM DE PREFERÊNCIA DE IMPRESSÃO. DESENHOS DEVEM SER FEITOS COM CANETA PRETA.

52 Sugestão da Turma

53 Resultado: Alunos aprendem a avaliar criticamente o jornal que ajudaram a produzir. Autoavaliação: Os alunos ficaram com a vontade de fazer melhor na próxima edição do jornal? Aula 8

54 Distribua o jornal para os alunos e solicite que façam a leitura silenciosa. Organize um debate: A turma se saiu bem? Os textos que publicou são interessantes para os leitores? E o restante do jornal? O que gostamos mais? O que gostamos menos? Como foi trabalhar com o jornal? Onde temos de melhorar? O que sentimos?

55 Tarefa de casa: Alunos leem um dos textos produzidos pela turma para alguém da família ou comunidade. Pede opiniões sobre esse texto.

56 Sugestão da Turma

57 Resultado: Os alunos percebem melhor a dimensão social do jornal. Autoavaliação: Soube lidar com a frustração de quem não conseguiu ter um retorno dos leitores? Aula 9

58 Provoque uma conversa: Como foi a acolhida do jornal? O que as pessoas acharam? Fomos criticados? A crítica é justa? Temos de acolhê-la?

59 Sugestão da Turma


Carregar ppt "Sequência didática Oficinas: Notícias de jornais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google