A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CEBs MISSIONÁRIAS DO REINO Pe. Luiz Mosconi XVIII ENCONTRO DIOCESANO DA CEBs Paróquia São Camilo de Lelis Sinop MT.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CEBs MISSIONÁRIAS DO REINO Pe. Luiz Mosconi XVIII ENCONTRO DIOCESANO DA CEBs Paróquia São Camilo de Lelis Sinop MT."— Transcrição da apresentação:

1 CEBs MISSIONÁRIAS DO REINO Pe. Luiz Mosconi XVIII ENCONTRO DIOCESANO DA CEBs Paróquia São Camilo de Lelis Sinop MT

2 1)CEBs: COMUNIDADES ECLESIAIS DE BASE

3 2) Uma caminhada de quase dois mil anos...

4 3) Jesus de Nazaré, Senhor e Salvador: inspirador e referencia absoluta das CEBs 3) Jesus de Nazaré, Senhor e Salvador: inspirador e referencia absoluta das CEBs

5 Jesus de Nazaré 4) Jesus de Nazaré: a revelação plena da missão da Trindade Santa

6 5) COMUNIDADES: nossa natureza humana clama, grita por comunhão

7 6) Somos feitos para a comunhão e não para a desintegração 6) Somos feitos para a comunhão e não para a desintegração

8 7) Realizamos nossas potencialidades junto com os outros, nunca sozinhos

9 8) Há comunidade e comunidades...

10 9) Há comunidade e grupos...

11 10) Há diferenças entre CEBs e grupos / comunidades novas?

12 11) Diferença não significa oposição

13 12) Trata-se ver o que é mais importante...

14 13) CEBs fazem parte da estrutura da Igreja

15 14) Estrutura define o que é necessário para ser Igreja

16 15) CEBs: estrutura básica

17 16) Paróquia: Estrutura micro

18 17) Diocese: Estrutura macro

19 18) Igreja Católica Universal: estrutura universal

20 19) Exige-se comunhão entre as várias estruturas

21 20) CEBs são uma estrutura permanente, pluralista – vários grupos com os elementos necessários para ser Igreja / Testemunho de FÉ, catequese, sacramentos, comunhão e missão

22 21) Grupos e movimentos são uma riqueza se estão bem integrados às CEBs

23 22) Portanto, não exclusão, mas Integração. Caminho às vezes difícil, mas indispensável. É processo permanente. 22) Portanto, não exclusão, mas Integração. Caminho às vezes difícil, mas indispensável. É processo permanente.

24 23) ECLESIAIS: comunidade dos seguidores e das seguidoras de Jesus de Nazaré 23) ECLESIAIS: comunidade dos seguidores e das seguidoras de Jesus de Nazaré

25 24) Em comunhão com a Igreja Católica, a qual nós pertencemos.

26 25) DE BASE: Lugar das comunidades é no meio do povo, com opção preferencial aos necessitados, oprimidos, excluídos, sem voz e sem vez.

27 26) Assumindo alegrias e esperanças, dores e preocupações, desafios e sonhos.

28 27) CEBs: situadas na história, unidas e diferentes, movidas pela força do amor.

29 28) Eclesiais, ministeriais, solidarias, missionárias, proféticas, unidas e autônomas.

30 29) CEBs TESTEMUNHAS E MISSIONÁRIAS DO REINO DE DEUS, HOJE.

31 30) O mundo em que vivemos: valores e contravalores

32 31) VALORES: cada pessoa é sujeito, busca de felicidade, de realização pessoal, crescimento econômico... Busca de autenticidade, do transcendente.

33 32) CONTRAVALORES: crescimento econômico acima de tudo (economicismo), economia de mercado, tudo virou mercadoria, busca de prazeres, emoções desenfreadas, consumismo, corrupção, divisões sociais, vícios, violência...

34 33) Busca doentia de corpos bonitos, jovens, sadios. Do ético ao estético, do ser ao aparecer, do verdadeiro ao bonito...

35 34) Tudo virou mercadoria: objetos, pessoas, povos, planeta Terra...

36 35) Deus também: marketing religioso, consumismo de produtos religiosos.

37 36) Imediatismo, proibido proibir, concorrência cruel e desleal...

38 37) Recusa do passado, o que vale é o hoje; o amanhã só depois.

39 38) Faz o que quiser hoje, amanhã pode mudar sem problemas...

40 39) Falta de sentido, de convicções profundas, de projetos de vida...

41 40) Vazio, decepção, depressão em aumento...

42 41) Não só época de mudanças, mas mudança de época

43 42) Que fazer?

44 43) Da idolatria da razão e das emoções passar a uma busca sincera, corajosa, do verdadeiro sentido da vida...

45 44) Jesus de Nazaré: um estilo de vida, uma maneira de viver a vida. A VERDADEIRA MANEIRA...

46 45) CEBS: casa acolhedora dos que buscam o sentido verdadeiro da vida

47 46) CEBS: casa dos discípulos, das discípulas de Jesus, peregrinos rumo a pátria definitiva...

48 47) CEBs MISSIONÁRIAS DO REINO

49 48) Organização das CEBs: tudo a serviço do Reino

50 49) MISSÃO é a saída...

51 50) CEBs em missão, sempre, porque a VIDA É MISSÃO

52 51) A renovação das paróquias exige a reformulação de suas estruturas, para que seja uma rede de comunidades e grupos (Aparecida 172)

53 52) CEBs na nossa diocese: quais as boas notícias acontecidas e acontecendo...

54 53) Como fazer crescer em qualidade e quantidade a caminhada das CEBs em nossa diocese?

55 54) Que passos concretos dar?

56 55) A caminho do próximo intereclesial (Crato – CE)...

57 56) CEBs MISSIONÁRIAS DO REINO, AQUI E AGORA.


Carregar ppt "CEBs MISSIONÁRIAS DO REINO Pe. Luiz Mosconi XVIII ENCONTRO DIOCESANO DA CEBs Paróquia São Camilo de Lelis Sinop MT."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google