A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O IRA aceitou desmantelar todo o seu aparelho militar em resposta aos apelos do líder do Sinn Féin, Gerry Adams. Agora a luta pela reunificação da Irlanda.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O IRA aceitou desmantelar todo o seu aparelho militar em resposta aos apelos do líder do Sinn Féin, Gerry Adams. Agora a luta pela reunificação da Irlanda."— Transcrição da apresentação:

1 O IRA aceitou desmantelar todo o seu aparelho militar em resposta aos apelos do líder do Sinn Féin, Gerry Adams. Agora a luta pela reunificação da Irlanda será travada no campo político sendo mais fácil, desta forma, alcançar a paz na Irlanda do Norte.

2 A DESINTEGRAÇÃO DA IUGOSLÁVIA

3 KOSOVO: NASCE UM PAÍS ? 2008

4 No final da II Guerra Mundial, consolidou-se nos Bálcãs, a Iugoslávia, federação que agrupava sob um regime comunista peculiar povos de diversas nacionalidades, com diferentes línguas, culturas e religiões (Faziam parte seis repúblicas: Sérvia, Croácia, Eslovênia, Bósnia-Herzegóvina, Montenegro e Macedônia; Kosovo e Voivodina eram regiões autônomas dentro da Sérvia). Após a morte do marechal Tito, que governou o país desde 1945, o sistema político comunista entrou em crise e a federação iugoslava se desagregou. O país ficou limitado à Sérvia e Montenegro. No final da década de 80, com a queda do Muro de Berlim, a tentativa dos sérvios de impor sua hegemonia ao país deflagrou o rompimento. A Macedônia, a Eslovênia e a Croácia proclamaram a independência.

5 Entre 1991 e 1995, foi palco da primeira guerra em solo europeu em mais de três décadas, opondo separatistas eslovenos, croatas e bósnios a grupos armados sérvios. O conflito estourou com enorme violência e crueldade na Bósnia-Herzegóvina, em que proclamou-se um modelo de convivência multirracial, frente ao critério de limpeza étnica dos sérvios e aceitaram-se as condições da ONU para o fim do conflito armado. Em novembro de 1995, foi assinado em Dayton (EUA) um acordo de paz que manteria a Bósnia como um único Estado, formado por duas entidades: uma sérvia e outra, croato-muçulmana. Apesar disso, novos conflitos se seguiram (ex: Kosovo 1999).

6 EX-IUGOSLÁVIA

7 CAUSAS DO CONFLITO Desintegração do Socialismo Diferenças étnicas-religiosas-culturais Falta de uma liderança com a morte do Marechal TITO POVOS NA REGIÃO Croatas Bósnios Eslovenos Macedônios Albaneses / Kosovares Montenegrinos e outros. RELIGIÕES PRINCIPAIS Cristianismo Ortodoxo Islamismo

8

9 CONFLITOS NOS BALCÃS

10

11 A Bósnia - Herzegovina é uma federação composta de duas entidades politicamente autônomas: a Federação da Bósnia e Herzegovina e a República Sérvia. Existe uma forte correlação entre a identidade étnica e a religião: 88% dos Croatas são católicos romanos, 90% dos Bósnios seguem o Islã e 99% dos Sérvios são cristãos ortodoxos. Kosovo foi uma província da Sérvia, foi administrada pela ONU desde 1999 tornando-se independente em março de Sua capital é Pristina. Não custa nada lembrar que o tiro que iniciou a Primeira Guerra Mundial foi disparado por um estudande sérvio contra um imperador austríaco. O estudante era membro de um grupo terrorista que desajava a independência da Bósnia do Império Austro-Húngaro. A partir do disparo, os austríacos declararam guerra à Sérvia. O apoio russo aos sérvios foi decisivo para o início da guerra.

12 Slobodan Milosevic Morreu em março 2006 O ex-presidente iugoslavo Slobodan Milosevic foi indiciado pelo Tribunal Penal Internacional (TPI) por crimes de guerra e crimes contra a humanidade nos conflitos da Croácia ( ), Bósnia ( ) e Kosovo ( ).

13

14

15 Bombardeo de Saravejo durante la guerra de Bosnia causó una destrucción generalizada. (ACNUR/A. HOLLMAN/1996)

16 Refugiados albaneses ( Kosovo )

17 Ásia

18

19 Mao Tsé-Tung Político e Intelectual chinês que estudou profundamente as relações entre a guerra, o poder e a política

20 Sob o regime de Mao Tsé-tung ( ), a China teve fome, pobreza e opressão. Estima-se que até 70 milhões de pessoas morreram. Segundo o livro Mao: a História Desconhecida, de Jung Chang e Jon Halliday, 38 milhões de pessoas morreram de fome e excesso de trabalho. Pelo menos 27 milhões morreram em campos de trabalhos forçados. Mais de 3 milhões tiveram mortes violentas. Outros 3 milhões foram executados, vítimas de linchamento ou se suicidaram. O país progrediu após a morte do líder, mas a ditadura permanece até hoje. A comunicação é apenas de fonte oficial do governo. A internet é censurada. REVOLUÇÃO CHINESA 1949

21 REPÚBLICA POPULAR DA CHINA – CHINA REPÚBLICA NACIONALISTA DA CHINA- TAIWAN (NÃO É RECONHECIDA OFICIALMENTE PELA ONU).

22 Marcha reúne milhares de pessoas em Taiwan TAIPÉ - Milhares de pessoas participam hoje de uma passeata pela capital de Taipé em protesto contra a visita programada de um enviado de alto escalão da China, argumentando que a viagem faria parte dos esforços de Pequim para impor seu controle sobre a ilha autônoma. Vários manifestantes vestem camisetas onde se lê "Defenda Taiwan" e acusam o presidente taiwanês, Ma Ying-jeou, de fazer muitas concessões ao governo de Pequim, flexibilizando rapidamente as restrições sobre comércio e investimentos com a China. Agencia Estado sábado, 25 de outubro de 2008

23 Província de GUANDONG

24 OS EXTREMOS DA CHINA

25 CAUSAS DO CONFLITO Resistência do conflito ideológico – Capitalismo X Socialismo A China alega que Taiwan é uma província rebelde. Taiwan não aceita a subordinação de sua política e economia ao governo chinês. REPÚBLICA POPULAR DA CHINA – CHINA REPÚBLICA NACIONALISTA DA CHINA- TAIWAN (NÃO É RECONHECIDA OFICIALMENTE PELA ONU).

26 Ásia de Monções Timor Leste

27 A Questão da Cachemira O crescimento populacional da Índia

28 EUA fazem apelo por fim de tensões entre Índia e Paquistão, 28/12/08 - BBC Ataques em Mumbai e cidades paquistanesas elevaram tensão Os Estados Unidos pediram à Índia e ao Paquistão que evitem um aumento desnecessário da tensão em meio a notícias da movimentação de tropas na fronteira entre os dois países. Atentado no Paquistão deixa 41 mortos AE-AP - Agencia Estado, 12 de outubro de 2009 A explosão de um carro-bomba que tinha como alvo tropas paquistanesas matou 41 pessoas hoje, no quarto grande ataque militante em apenas uma semana. O Taleban afirmou que mobilizará mais combatentes pelo país a fim de realizar novas ações. O Taleban reivindicou o mais recente atentado e também um ataque a uma instalação do Exército do país. O anúncio de que uma facção do Taleban no Parlamento estava por trás do ataque aos militares é um sinal de que os insurgentes estabeleceram laços fora de seus bastiões em áreas perto da fronteira afegã, aumentando sua força.

29

30

31 A Índia acusa o governo paquistanês de apoiar os guerrilheiros - favoráveis à unificação com o Paquistão. A situação da área continua tensa - além do conflito com o Paquistão, existe atualmente um forte movimento pró-independência na Caxemira. O conflito serve como justificativa para a militarização da fronteira e para a corrida armamentista. Índia e Paquistão realizam testes nucleares e experimentam mísseis balísticos capazes de levar ogivas atômicas constantemente.

32 Separatismo Russo - Chechênia Separatistas Forças Russas Refugiados Separatistas Islâmicos

33 Europa Chechênia

34 CÁUCASO

35 CONFLITOS NO CÁUCASO (RÚSSIA E GEÓRGIA) DAGUESTÃO CHECHÊNIA INGUCHÉTIA OSSÉTIA DO NORTE OSSÉTIA DO SUL ABKHÁZIA NAGORNO KARABAKH

36

37 Chechênia

38 CHECHÊNIA Localizada entre os mares Cáspio e Negro, predomina na Chechênia relevo acidentado, originado por dobramentos modernos e marcado por montanhas elevadas e pontiagudas. Seu clima é predominantemente temperado seco, com baixas temperaturas no inverno e nas áreas de elevadas altitudes. Para o governo russo, essa república é estratégica, principalmente em razão da passagem de oleodutos que ligam Moscou aos poços de petróleo da região do Cáspio.

39 MILITANTES CHECHENOS

40 Em setembro de 2004, uma escola de Beslan, na república russa da Ossétia do Norte, foi palco de uma das maiores barbáries da atualidade. Terroristas aprisionaram, torturaram e mataram crianças, pais e professores. O líder separatista checheno Shamil Bassaiev assumiu esse e outros ataques (como a explosão no metrô de Moscou, em fevereiro de 2004).

41 VLADIMIR PUTIN

42 Timor Leste


Carregar ppt "O IRA aceitou desmantelar todo o seu aparelho militar em resposta aos apelos do líder do Sinn Féin, Gerry Adams. Agora a luta pela reunificação da Irlanda."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google