A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Audiência Pública Maria Inês Dolci Março / 2007. Conversão Pulso-Minuto Inicialmente seria implantada em 2006. Adiada por causa dos altos custos que acarretaria.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Audiência Pública Maria Inês Dolci Março / 2007. Conversão Pulso-Minuto Inicialmente seria implantada em 2006. Adiada por causa dos altos custos que acarretaria."— Transcrição da apresentação:

1 Audiência Pública Maria Inês Dolci Março / 2007

2 Conversão Pulso-Minuto Inicialmente seria implantada em Adiada por causa dos altos custos que acarretaria ao usuário da internet discada; Criação do PASOO como alternativa para os usuários de internet discada. Implantação começou no início deste mês em algumas localidades.

3 Medição por Pulsos Problemas: Sistema muito complexo – Pulso não é uma medida clara para o consumidor; Medição é feita de 4 em 4 minutos; Há a cobrança do pulso do atendimento e do pulso aleatório; Não há discriminação das chamadas locais.

4 Medição por Minuto Vantagens: Unidade de tempo é mais clara, de fácil entendimento; Não há o pulso aleatório; Haverá a discriminação das chamadas locais. Problema: Usuário que falar mais pagará mais.

5 Dúvidas do Consumidor Porque vai mudar? Sou obrigado a mudar? O que é perfil? Que plano devo escolher? Vai ficar mais caro?

6 Comunicação feita pelas empresa O que diz Regulamento: 1. Ampla publicidade às alterações; 2. Informações necessárias à perfeita compreensão por parte dos assinantes e usuários, incluindo: A data de início da aplicação da tarifação; Estrutura tarifária e forma de tarifação; Valores das tarifas; Exemplos e simulações de consumo e gastos.

7 Informativo da Telefônica Informações são muito técnicas; Não há nenhuma orientação sobre qual plano se adequa melhor a cada perfil; Não há simulações.

8 Informativo da Telefônica No verso do informativo há uma propaganda comercial do plano Meus Minutos; O número de contato para esclarecimento de dúvidas sobre a alteração da telefonia é o MESMO do para a contratação do plano Meus Minutos!

9 Informações passadas pelos atendentes Informações passadas pelo Perfil: foi informado a quantidade de minutos médios consumidos pela linha, sem um diagnóstico sobre a duração dessas chamadas; Atendente não sabia explicar as vantagens e desvantagens de cada plano; Foi ofertado um outro plano alternativo da prestadora.

10 Vai ficar mais caro? Depende... Usuários usam o telefone para ligações curtas, de até 3 minutos, tenderão a economizar; Usuário que usam o telefone para ligações longas, se optarem pelo PASOO não terão mudanças significativas em sua conta; Problema: Usuários que usam o telefone para ligações longas e não optarem pelo PASOO terão um aumento em suas contas.

11 Medição por pulso

12 Comparando os custos

13 Notícia veiculada pela Agência Brasil Ligações de telefonia fixa serão cobradas por minutos a partir de março Brasília - A partir de março, quem usa telefone fixo terá sua conta cobrada por minutos, e não mais por pulsos. De acordo com o Conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) Jaime Ziller, pela proposta da Anatel, as empresas serão obrigadas a fornecer aos usuários seu perfil de assinante - que tipo de ligação fazem e o tempo de duração de cada uma. Ziller explicou que essa exigência é para que o consumidor saiba em qual plano de franquia da empresa ele melhor se encaixa. Fonte: / /

14 Reivindicações A PRO TESTE entende que não é possível adiar mais uma vez a conversão – isso prejudicaria o consumidor. A PRO TESTE exige a entrega de um informativo mais claro, livre de propagandas e que contenha exemplos e simulações de consumo e gastos. A PRO TESTE entende que a Anatel deve exigir que as operadoras entreguem ao usuário um diagnóstico de seu perfil.


Carregar ppt "Audiência Pública Maria Inês Dolci Março / 2007. Conversão Pulso-Minuto Inicialmente seria implantada em 2006. Adiada por causa dos altos custos que acarretaria."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google