A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A verdadeira inclusão digital no País só se fará mediante a apropriação pelo jovem do seu entorno social Mauro Oliveira Doutor em Informática Ex-Secretário.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A verdadeira inclusão digital no País só se fará mediante a apropriação pelo jovem do seu entorno social Mauro Oliveira Doutor em Informática Ex-Secretário."— Transcrição da apresentação:

1 A verdadeira inclusão digital no País só se fará mediante a apropriação pelo jovem do seu entorno social Mauro Oliveira Doutor em Informática Ex-Secretário de Telecomunicações do Minicom O futuro... esta astronave que tentamos pilotar! toquinho

2 CEFET Pirambu Um Pólo de Desenvolvimento de Software Inclusão Social com Tecnologia Digital Rua Nossa Senhora das Graças, 1097 Pirambu - Fortaleza-Ceará CEP: – 770

3 Apresentação Parceria entre o Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará (CEFET-CE) e o Movimento EMAÚS, o CEFET Pirambu é um projeto de extensão de inclusão social com tecnologia digital. Com 350 mil habitantes, o bairro Pirambu é a favela de maior concentração urbana do Brasil, com baixa escolaridade e baixo IDH.

4 Um pouco de história : O ônibus do CEFET-CE entra pela primeira vez na Rua Santa Elisa, com 33 crianças, retornando de uma visita ao laboratório de informática da então Escola Técnica. A gritaria de outras crianças acompanhava o ônibus. Uma interessante conversa se trava entre dois garotos, um dentro e outro fora do ônibus: - Abestado, tu vem da onde - Abestado é tu! Eu tava na Escola TECS - Tu pensa que eu sou abestado, né? Aquela escola não é pra ti não! CONCLUSÃO do PASSADO: Uma escola pública de qualidade ESTAVA fora do imaginário das crianças do Pirambu.

5 Um pouco de história 2003: Após uma série de negociações envolvendo a Direção do CEFET-CE, professores da área de Telemática e executivos da empresa coreana LG Electronics Inc., todos aceitam o desafio: 120 alunos concursados do bairro do Pirambu ingressam no CEFET-CE como alunos dos cursos técnicos de Conectividade e Desenvolvimento de Software CONCLUSÃO do PRESENTE: Metade destes alunos está empregada ou estagiando, ou se preparando para curso superior, ou planejando instalar uma microempresa. Mas, o mais importante é a determinação com que eles têm se reunido no CEFET Pirambu para discutir o...

6 O Futuro : E o futuro esta astronave que tentamos pilotar... (Aquarela, Toquinho) Alguns acham que terá 23. Outros acham um exagero e que 16 estaria num bom tamanho... Este exercício de futurologia, sobre a quantidade de andares do prédio do futuro Pólo de Desenvolvimento de Software do Pirambu é apenas uma das piadas que anima a reunião das sextas!... Mas a determinação dos alunos concludentes de Conectividade e Desenvolvimento de Software do CEFET Pirambu não é nenhuma piada! CONCLUSÃO sobre o FUTURO: - Para que serve mesmo a utopia? - Para caminhar - teria respondido o poeta!

7 Qual o objetivo do CEFET Pirambu? Validando uma metodologia baseada na ação criativa e solidária do jovem, permitindo-lhe apropriar-se do seu entorno social. Provando que a tecnologia digital é fundamental na democratização das oportunidades em comunidades carentes Quebrando paradigmas... Desenvolvimento de software pode ser feito em qualquer lugar, desde que haja oportunidade. Propondo a produção de software como uma alternativa econômica para regiões com o perfil do Nordeste. Tornar o Pirambu um modelo de inclusão social com tecnologia digital...

8 A diferença está na Metodologia ! O CEFET Pirambu é diferente porque... A metodologia usada é centrada na responsabilidade social e na capacidade criativa e solidária do jovem. São duas as estratégias utilizadas:

9 A diferença está na Metodologia ! O CEFET Pirambu é diferente porque... 1) Motiva o jovem do CEFET-CE e o jovem universitário a assumir responsabilidade social como monitor/animador das atividades de inclusão digital dos 4 programas do CEFET Pirambu.

10 A diferença está na Metodologia ! O CEFET Pirambu é diferente porque... 2) Exige de cada participante beneficiado por estas atividades o repasse de conhecimentos à comunidade, desenvolvendo um trabalho social supervisionado no bairro.

11 A diferença está na Metodologia ! O CEFET Pirambu é diferente porque... 3) Ao repassarem conhecimentos a outrem, o monitor e o participante da atividade são envolvidos em uma sinergia que melhora a auto-estima de ambos! Trata-se de uma atuação cidadã pela prática que resulta na apropriação do entorno social.


Carregar ppt "A verdadeira inclusão digital no País só se fará mediante a apropriação pelo jovem do seu entorno social Mauro Oliveira Doutor em Informática Ex-Secretário."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google