A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Objetivo Definir uma política para otimização dos leitos institucionais com base numa programação de internação priorizando pacientes críticos e cirúrgicos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Objetivo Definir uma política para otimização dos leitos institucionais com base numa programação de internação priorizando pacientes críticos e cirúrgicos."— Transcrição da apresentação:

1

2 Objetivo Definir uma política para otimização dos leitos institucionais com base numa programação de internação priorizando pacientes críticos e cirúrgicos

3 Metas Centralizar e integrar o processo de pre-internação. Reduzir o tempo médio de permanência hospitalar, promovendo a desospitalização precoce e preparando a alta já desde a admissão do paciente e ao longo da internação. Agilizar o turn-over de pacientes, uma vez prescrita a alta médica.

4 Diagnóstico Inicial Planejamento Pre-internação Admissão Internação Preparação da Alta Alta

5 Qual resultado concreto que a instituição espera desse processo ?

6 alta do paciente e liberação do leito para higiene Higienização do leito e liberação para internação do novo paciente Internação de paciente eletivos e de urgência

7 O que impede ou prejudica a obtenção do resultado? Resultados de exames prontos para o médico conceder alta? Alta dada pelo médico em horário adequado? Médico prioriza a liberação dos pacientes com expectativa de alta? Paciente/familiar ciente da previsão da alta? Paciente libera o leito logo após a alta? Equipe multiprofissional tem noção da sua influência na alta do paciente? É fácil o conhecimento do leito disponível para higienização? Intervalo de tempo satisfatório para início da higienização do leito?

8 O que impede ou prejudica a obtenção do resultado? Leito sujo com os devidos materiais de uso do paciente recolhidos? Intervalo de tempo satisfatório para o término da higienização do leito? Quadro de pessoal para higienização satisfatório para a demanda? É fácil o conhecimento do leito higienizado disponível para internação? Há leito disponível para a internação? É satisfatório tempo de espera do paciente para internação eletiva ? O encaminhamento do paciente eletivo para unidade ocorre num prazo que não haja atraso da cirurgia? O número de transferências externas está satisfatório?

9 Elaboração de projetos com objetivo de solucionar os impedimentos: Previsão de alta (crônicos) Alta médica Liberação do leito pelo paciente/acompanhante Sinalização da disponibilidade do leito para higienização Higienização do leito Sinalização da liberação do leito para internação

10 Elaboração de projetos com objetivo de solucionar os impedimentos: Pacientes eletivos: Pré-internação Reserva de leitos Tempos de espera (chegada – atendimento – encaminhamento para Unidade de internação – encaminhamento Centro Cirúrgico) Pacientes de urgência: Tempo de espera (chegada – atendimento encaminhamento para a Unidade de internação) Transferências externas

11 Alta do paciente e liberação do leito para higiene Hora alta médica Hora alta médica x Hora alta hospitalar (saída efetiva do leito) Média de permanência por CID, procedimento, especialidade... Assertividade da previsão de alta

12 Higienização do leito e liberação para internação de novo paciente Hora alta hospitalar (saída efetiva do leito) x Hora início higienização Hora início higienização x Hora término higienização

13 Internação de pacientes eletivos e de urgência. Hora chegada paciente eletivo x Hora internação Hora internação x Hora agendamento cirúrgico Hora solicitação internação urgência x Hora internação


Carregar ppt "Objetivo Definir uma política para otimização dos leitos institucionais com base numa programação de internação priorizando pacientes críticos e cirúrgicos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google