A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PREFEITURA DE GOIÂNIA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DIRETORIA DE VIGILÃNCIA EM SAÚDE DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PREFEITURA DE GOIÂNIA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DIRETORIA DE VIGILÃNCIA EM SAÚDE DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL."— Transcrição da apresentação:

1 PREFEITURA DE GOIÂNIA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DIRETORIA DE VIGILÃNCIA EM SAÚDE DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL

2

3 D E N G U E A dengue é, dentre as doenças virais de transmissão vetorial, a que mais causa impacto em termos de morbidade na população mundial. É causada por qualquer um dos quatro sorotipos do vírus do dengue, denominados DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4, e tem como principal vetor urbano, mosquitos da espécie Aedes aegypti.

4

5

6 Características Gerais Características Gerais É um arbovírus. É um arbovírus. Transmitido por mosquitos ( Aëdes aegypti e albopictus). Transmitido por mosquitos ( Aëdes aegypti e albopictus). Pertencente à família Flaviviridae, gênero Flavivirus. Pertencente à família Flaviviridae, gênero Flavivirus. Composto de RNA de filamento único. Composto de RNA de filamento único. Possui 4 sorotipos (DEN-1, 2, 3 e 4). Possui 4 sorotipos (DEN-1, 2, 3 e 4).

7 Características Gerais Características Gerais Cada sorotipo proporciona imunidade permanente específica e imunidade cruzada a curto prazo. Cada sorotipo proporciona imunidade permanente específica e imunidade cruzada a curto prazo. Todos os sorotipos podem causar doenças graves e fatais. Todos os sorotipos podem causar doenças graves e fatais.

8 Dengue Clássico Dengue Clássico Febre. Febre. Cefaléia. Cefaléia. Mialgia e artralgia. Mialgia e artralgia. Náuseas/vômitos. Náuseas/vômitos. Exantema. Exantema. Manifestações Clínicas Manifestações Clínicas

9 Febre Hemorrágica do Dengue Febre Hemorrágica do Dengue Hemorragias na pele: Petéquias, púrpuras, equimoses. Hemorragias na pele: Petéquias, púrpuras, equimoses. Sangramento gengival. Sangramento gengival. Sangramento nasal. Sangramento nasal. Sangramento gastrointestinal: hematêmese, melena. Sangramento gastrointestinal: hematêmese, melena. Hematúria e metrorragia em mulheres. Hematúria e metrorragia em mulheres. Manifestações Clínicas Manifestações Clínicas

10 Patogenia Mosquito pica/ Adquire o vírus viremia 0 5 Doença Ser humano Período de incubação extrínsico Mosquito pica/ transmite o vírus viremia Período de incubação intrínsico Doença Ser humano 2 DIAS

11 BIOLOGIA

12 CICLO EVOLUTIVO ± 10 DIAS

13 ADULTO

14 CRIADOUROS

15

16

17

18 CONVENÇÕES PARA OS DEPÓSITOS Grupo A - Armazenamento de ÁguaGrupo B - Vasos e pratos de plantas A 1-Caixa d`água ligada à rede A 2-Construção, horticultura, consumo doméstico(barril, tina, tonel, tambor, depósito de barro, tanque,poço, cisterna, cacimba), consumo animal, lazer e outros. Vaso com água, prato e/ou pingadeira de vaso e outros. Grupo C - FixosGrupo D - Passíveis de remoção Ralo interno s/uso freqüente, ralo externo s/uso freqüente, laje, calha, vaso sanitário/caixa de descarga sem uso freqüente e outros. D 1-Pneus D 2-Latas, frascos, embalagens plásticas, garrafas, lona/encerado de cobertura/ proteção(toldos), material de construção/peças de carro e outros. Grupo E - Naturais Oco de árvore/bambu, bromélias e outros. Gráfico dos Depósitos Preferenciais por Distrito no Município de Goiânia nos dias 05/01 a 09/01/2009

19 Gráfico do Levantamento Rápido de Índices de Infestação Predial dos meses de Março de 2004 a Janeiro de 2009, no município de Goiânia/Goiás.

20 Ficha Técnica Nome: Vaso de Plantas Armazenamento de Água: 500 ml (aprox.) Quantidade de Larvas: 150 (aprox.) Medidas Preventivas: Colocar areia para não acumular água. Ficha Técnica Nome: Copos, Sacos, Garrafas Plásticos e outros. Armazenamento de Água: 200 ml (aprox.) Quantidade de Larvas: 50 (aprox.) Medidas Preventivas: Local adequado ( Lixo)

21 Ficha Técnica Nome: Ferro Velho Armazenamento de Água: Sem limites Quantidade de Larvas: Mais de 1000 Litros Medidas Preventivas: Não deixar que estes recipientes fiquem descobertos, o correto seria colocar em galpões cobertos e fechados. Ficha Técnica Nome: Calha para água da chuva Armazenamento de Água: 100 ml (aprox.) Quantidade de Larvas: 50 (aprox.) Medidas Preventivas: Limpar retirando qualquer objeto que obstrua a passagem da água

22 Ficha Técnica Nome: Pneus Armazenamento de Água: 5 Litros (aprox.) Quantidade de Larvas: 250 (aprox.) Medidas Preventivas: Colocar em locais fechados que não entre em contato com água. Esvaziar todos que contenham água. Ficha Técnica Nome: Caixa D'água Armazenamento de Água: 500 Litros (aprox.) Quantidade de Larvas: 1000 (aprox.) Medidas Preventivas: Tampar bem.

23

24 Ficha Técnica Nome: Casca de Ovos, Lavas, Copos, Tampinhas de Garrafas. Armazenamento de Água: 80 ml (aprox.) Quantidade de Larvas: 50 (aprox.) Medidas Preventivas: Furar todos os recipientes, pelos menos 5 furos no fundo. Ficha Técnica Nome: Caixa de Escoamento Armazenamento de Água: 500 ml (aprox.) Quantidade de Larvas: 50 (aprox.) Medidas Preventivas: Limpar 2 vezes por semana.

25

26 Tratamento físico de criadouro

27 Ocos de Árvore

28 Tambor com Água

29 CONTROLE

30 CONTROLE QUÍMICO

31 UBV - Fumacê

32 Educação em Saúde e Mobilização Social

33

34

35

36

37

38

39 Outros Vetores Anopheles sp. Aedes albopictus Sabhetes sp. Haemagogus sp. Lutzomyia sp.

40

41

42

43

44 DESAFIOS

45

46 Código Penal DECRETO-LEI N o 2.848, DE 7 DE DEZEMBRO DE DECRETO-LEI N o 2.848, DE 7 DE DEZEMBRO DE CAPÍTULO III DOS CRIMES CONTRA A SAÚDE PÚBLICA Epidemia Epidemia Art Causar epidemia, mediante a propagação de germes patogênicos: Art Causar epidemia, mediante a propagação de germes patogênicos: Pena - reclusão, de dez a quinze anos. (Redação dada pela Lei nº 8.072, de ) Pena - reclusão, de dez a quinze anos. (Redação dada pela Lei nº 8.072, de ) (Redação dada pela Lei nº 8.072, de )(Redação dada pela Lei nº 8.072, de ) § 1º - Se do fato resulta morte, a pena é aplicada em dobro. § 1º - Se do fato resulta morte, a pena é aplicada em dobro. § 2º - No caso de culpa, a pena é de detenção, de um a dois anos, ou, se resulta morte, de dois a quatro anos. § 2º - No caso de culpa, a pena é de detenção, de um a dois anos, ou, se resulta morte, de dois a quatro anos. Infração de medida sanitária preventiva Infração de medida sanitária preventiva Art Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença Art Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doençacontagiosa: Pena - detenção, de um mês a um ano, e multa. Pena - detenção, de um mês a um ano, e multa. Parágrafo único - A pena é aumentada de um terço, se o agente é funcionário da saúde pública ou exerce a Parágrafo único - A pena é aumentada de um terço, se o agente é funcionário da saúde pública ou exerce a profissão de médico, farmacêutico, dentista ou enfermeiro. Omissão de notificação de doença Omissão de notificação de doença Art Deixar o médico de denunciar à autoridade pública doença cuja notificação é compulsória: Art Deixar o médico de denunciar à autoridade pública doença cuja notificação é compulsória: Pena - detenção, de seis meses a dois anos, e multa. Pena - detenção, de seis meses a dois anos, e multa.

47 Para se ter um futuro diferente é necessário uma reflexão sobre o passado e mudança no presente. Geraldo Edson Rosa 2008

48 CENTRAL DE INFORMAÇÕES

49 O B R I G A D O!! (62)


Carregar ppt "PREFEITURA DE GOIÂNIA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DIRETORIA DE VIGILÃNCIA EM SAÚDE DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google