A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fórum de Inovação Brasil-Alemanha 2008 »Logística Verde - Produção sustentável por meio de uma gestão eficiente do fluxo de materiais« Prof. Dr.-Ing. Bernd.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fórum de Inovação Brasil-Alemanha 2008 »Logística Verde - Produção sustentável por meio de uma gestão eficiente do fluxo de materiais« Prof. Dr.-Ing. Bernd."— Transcrição da apresentação:

1 Fórum de Inovação Brasil-Alemanha 2008 »Logística Verde - Produção sustentável por meio de uma gestão eficiente do fluxo de materiais« Prof. Dr.-Ing. Bernd Hellingrath Prof. Dr.-Ing. Axel Kuhn Dipl.-Kfm. techn. Hannes Winkler Florianópolis, 18. November 2008

2 1 Fraunhofer IML em Dortmund Fundado em 1981 >250 empregados Receita >17 Mi./ano >60% Indústria Escritórios em - Cottbus - Frankfurt / Main - Paderborn - Prien / Chiemsee - Lisboa - Pequim - Rio de Janeiro

3 2 Área I Sistemas de Intralogística Prof. Dr. Michael ten Hompel Organização e sistemas de informação Dept. 1.1 Dipl.-Ing. Heinz-Georg Pater Serviços de Intralogística Dept. 1.2 Dipl.-Ing. Detlef Spee Sistemas de software de controle Dept. 1.3 Dipl.-Ing. Dirk Liekenbrock Equipamento e máquinas Dept. 1.4 Dr.-Ing. Thorsten Schmidt Embalagem e logística de varejo Dept. 1.5 Dr. Volker Lange Área II Logística Empresarial Prof. Dr.-Ing. Axel Kuhn Logística de produção Dept. 2.3 Dr.-Ing. Frank Ellerkmann Modelagem empresarial e simulação Dept. 2.2 Prof. Dr.-Ing. Bernd Hellingrath Planejamento empresarial Dept. 2.1 Dipl.-Ing. Achim Schmidt Logística reversa Dept. 3.1 Dipl.-Ing. Henrik Hauser Área III Transporte e Meio Ambiente Prof. Dr.-Ing. Uwe Clausen Transporte Dept. 3.2 Prof. Dr. Alex Vastag Logística de aeroportos, Frankfurt Dept. 3.3 Dr.-Ing. Heinrich Frye Transito, mobilidade e meio ambiente, Prien/Chiemsee Dept. 3.4 Dipl.-Kfm. Thomas Rauh Logística de manutenção Dept. 2.4 Dr.-Ing. Thomas Heller Fraunhofer IML em Dortmund

4 3 Agenda 1.Uso eficiente de recursos na logística 2.Ferramentas e metodologias atuais na logística e produção 3.Pesquisa e Desenvolvimento 4.Propostas de cooperação

5 4 Para onde nos levará o uso excessivo dos nossos recursos? Tendência para falta de recursos População:2005:6,5 Bilhões de pessoas 1,5 Bilhão em riqueza 5,0Bilhões "em movimento 2050:~ 9 Bilhões de pessoas 2030:Duplicação do PIB mundial Multiplicar a produção industrial! Resultando na multiplicação da logística de produção, distribuição e reciclagem! Os recursos são limitados Reduzir drasticamente o uso dos recursos! Reduzir drasticamente a poluição! Desafio: Conseqüências: Novas migrações em massa ou nivelamento da riqueza! Fontes:United Nations, 2007; BMU, Strategie Ressourceneffizienz, 2007 Mudança de paradigma:De »criar o lucro máximo com capital mínimo« para »criar o lucro máximo com o uso mínimo de recursos« 4

6 5 Produtos estão sendo produzido em redes de produção Atuação integrada visando todos os processos desde a matéria prima até o cliente final Tecnologias de produção Ambiente produtivo Melhor utilização de todos os recursos Transporte Produção 1 Transporte Produção 2 Transporte Produção n 2nd tier1st tierOEM Distribuição Armazenagem Preparação - Produção 1.1 Separação 1.21.n Embalagem Armazenagem Contribuir para a reutilização e a reciclagem de todos os tipos de materiais Focar somente na tecnologia de produção nao é suficiente Preparação Separação Produção

7 6 A logística projeta, planeja e controla todo o ambiente produtivo e influencia fortemente o uso eficiente dos recursos Tecnologias no ambiente produtivo TI Processos logísticos Rede de produção Conceito de suprimentos Infra-estrutura, Layout Organização da produção Equipamentos de produção e logística Infra-estrutura, Layout Localização e tamanho das áreas funcionais Fluxo dos materiais Climatização Infra-estrutura, Layout Localização e tamanho das áreas funcionais Fluxo dos materiais Climatização Equipamentos de produção e logística Número Disponibilidade Eficiência energética Emissões Equipamentos de produção e logística Número Disponibilidade Eficiência energética Emissões Conceito de suprimentos Ritmo de entrega Número e tamanho de armazéns Tamanhos de lote nos suprimentos Embalagem e containeres Conceito de suprimentos Ritmo de entrega Número e tamanho de armazéns Tamanhos de lote nos suprimentos Embalagem e containeres Organização da produção Organização da produção Manuseio do material volume do transporte interno Tecnologia no transporte interno Conceito da produção Suprimento da produção Planejamento Controle Organização da produção Organização da produção Manuseio do material volume do transporte interno Tecnologia no transporte interno Conceito da produção Suprimento da produção Planejamento Controle Rede de produção Número de parceiros Localização dos parceiros Conexão desses parceiros / modos de transporte Rede de produção Número de parceiros Localização dos parceiros Conexão desses parceiros / modos de transporte TI Conceitos de gerenciamento e controle Estruturação na TI (SOA) Transferência das informações (RFID etc.) TI Conceitos de gerenciamento e controle Estruturação na TI (SOA) Transferência das informações (RFID etc.) Processos logísticos Transporte Armazenagem Movimentação Separação de pedidos Preparação Embalagem Processos logísticos Transporte Armazenagem Movimentação Separação de pedidos Preparação Embalagem

8 7 O recurso da energia será um fator decisivo no planejamento e na operação de sistemas de produção e serviços produção em redes ambiente produtivo (processos, infra- estrutura, organização) 40 % do uso de energia Manutenção Otimização Serviços 60 % do uso da energia Reciclagem pós-uso (econômico e ecológico) Uso de energia matéria prima e matéria prima reciclada: Aço: 34,4% Alumínio: 12,6% Bilanzraum 1: Herstellung Bilanzraum 2: Nutzung Bilanzraum 3: Entsorgung/ Recycling Rohstoffe Ciclo de vida Bilanzraum 1: Herstellung Produção Bilanzraum 2: Nutzung Uso Bilanzraum 3: Entsorgung/ Recycling eliminação de resíduos / reciclagem Rohstoffe matéria prima Rohstoffe matéria prima Automóvel: 60% do uso de energia já aconteceu ANTES do primeiro passeio ! Grau de utilização: 2% !

9 8 Logística Verde – Metodologias para avaliar os potenciais Levantamento do potencial "PIUS, utilizando gerenciamento do fluxo de materiais Análise inicial:Avaliação do estado atual Localização Oferta de produtos e serviços Licenças da empresa Análise Macro: Desenvolver frentes para otimização Mapear fluxos de materiais relevantes Visualizar processos de produção relevantes Análise Micro: Desenvolver medidas PIUS Desenvolver plano de ação Pesquisar resultados além do ambiente produtivo Documentação dos efeitos

10 9 Balanço ecológico ("Ökobilanz") (Normas DIN EN e 14044) vs. "Carbon Footprint" ("pegada de carbono") Conteúdos do Balanço Ecológico 1. Definir objetivos e escopo da análise 2. Balanço 3. Estimativa do efeito dependendo da metodologia em até 14 categorias diferentes 4. Análise Comparação de dois produtos ou serviços 4. Análise Comparação de dois produtos ou serviços Levantamento do Carbon Footprint 1. Definir objetivos e escopo da análise 2. Balanço 3. Estimativa do efeito Categoria de gases de estufa 3. Estimativa do efeito Categoria de gases de estufa 4. Análise Vincular gCO 2e com produtos / serviços ou processos 4. Análise Vincular gCO 2e com produtos / serviços ou processos +- g CO 2e Logística Verde – Metodologias para avaliar os potenciais

11 10 Alguns projetos de "balanços ecológicos" Deutsche Post AG - Correio alemão Avaliação ecológica de cartas diferentes Henkel KGaA Avaliação ecológica das embalagens dos produtos Informationszentrum Weißblech e.V. Avaliação ecológica das diferentes opções de estruturas de distribuição de embalagens metálicas Knowaste GmbH Avaliação ecológica da eliminação de resíduos de produtos descartáveis da saúde pública Metro Group Logistics GmbH Avaliação ecológica das diferentes opções de estruturas de distribuição de vários produtos (alimentos e outros) Tetra Pack AG Comparação ecológica dos sistemas de embalagem papelão vs. vidro reutilizável na distribuição de leite Logística Verde – Metodologia para avaliar os potenciais

12 11 Exemplos de novas metodologias e ferramentas: Ecotool: Planejar e avaliar economia e ecologia logística reversa e reciclagem LogBoard: Planejar e avaliar economia e ecologia de cadeias de transporte OTD-NET: simulação da cadeia de suprimentos Isso não é o suficiente – onde está a inovação ?

13 12 Ecotool®: Software para planejar e otimizar logística reversa e reciclagem A ferramenta… Integra economia e ecologia, logística e engenharia de processos, além de apoio a balanço ecológico Procura a solução ideal para a eliminação de resíduos - cada produto ou grupo de produtos será indicado para um processo e local de eliminação ou reciclagem Considera todos os processos logísticos e processos produtivos, além dos meios de transporte Considera limites de capacidade, transformações de materiais, separações e unificações de fluxos de materiais

14 13 Ferramenta para criar novas redes de transporte e para otimizar redes existentes Trabalhar soluções em equipe e em tempo real Reduzir o tempo necessário para o planejamento, e ao mesmo tempo aumentar a qualidade dos resultados Identificar, quantificar e visualizar as relações de causas e efeitos Avaliar redes de transporte, utilizando diversos critérios econômicos e ecológicos, por exemplo custo por ton.km, tempo de transporte, emissões pro ton.km, utilização dos meios de transporte, etc. Criação de redes multimodais de transporte para melhorar a eficiência no uso dos recursos em cadeias logísticas LogBoard: Ferramenta interativa para planejar cadeias de transportes multimodais

15 14 Tempo (meses) Volume de transporte Tempo (meses) Volume de transporte As Metodologias atuais (estáticas) trabalham com valores médios. Isso leva a sub-utilização de caminhões e a transportes de emergência. Sub-utilização Transportes de emergência Somente a consideração a integração de valores dinâmicos (e nao médios) possibilita o balanceamento da oferta de capacidade com uma demanda variável. Somente assim é possível alcançar um equilíbrio de economia e ecologia. -> A eficiência energética e a viabilidade logística precisam ser considerados simultaneamente. Para isso precisa desenvolver novas ferramentas e metodologias. Por que os balanços ecológicos não são suficientes?

16 15 OTD-NET está sendo utilizado com muito sucesso na pesquisa e na indústria para … Desenhar redes de produção e avaliar processos Apoiar empresas nas operações diárias das redes de suprimentos e distribuição (Sistemas de assistência) Avaliar desafios atuais e futuros em um ambiente realista (JIT/JIS, VMI, Gerenciamento de risco na cadeia de suprimentos, gerenciamento de pedidos, planejamento da demanda e da capacidade) A ferramenta OTD-Net – avaliação integrada OTD-NET é uma ferramenta de simulação que possibilita a análise e a avaliação de redes logísticas com todos os processos e estruturas.

17 16 Objetivos empresariais e objetivos da pesquisa 1.Eficiência energética se torna objetivo da otimização logística 2.Definição e medição da eficiência energética na logística 3.Avaliação da eficiência energética e ecológica de redes de produção em modelos de simulação certificação independente para empresas 4.Implementação da eficiência energética no ambiente de produção Pesquisa básica Pesquisa aplicada Rent INV LTTE UT Desemp. Custos Processos avaliados pelos critérios: Lead Time ( LT ) Utilização ( UT ) Tempo de Entr. ( TE ) Inventário ( INV ) Efic. Energ. ( EE ) Rentabilidade ( Rent ) INV LTTE UT Desemp. Custos EE Futuro + HojeFuturo Messung von Medir Durchlaufzeit Termintreue Bestand Auslastungsgrad Energieeffizienz Lead Time Tempo de entrega Estoque Utilização Eficiência energética Hoje

18 17 Exemplos da situação atual Gerenciamento do fluxo de materiais – Exemplos matéria prima Percentagem de utilização no fluxo de materiais na Europa: Solventes90 % Borracha e Pneus82 % Ferro e aço76 % Madeira75 % Lixo oleoso75 % Papel68 % Alumínio66 % Cobre62 % Fonte: Prognos, INFU

19 18 O potencial da reciclagem Fonte: interseroh, NIK-Treffen CO 2 [kg/t] Primär CO 2 [kg/t] Processo primário Reciclagem Economia Uso CO2 Alumínio Primär Recycling CO 2 [kg/t] Primär Processo primário Reciclagem Economia Processo primário Reciclagem Economia Uso CO2 Polietileno (PE) Uso CO2 Ferro/Aço

20 19 Propostas de cooperação Brasil-Alemanha Metodologias e ferramentas comuns para medir o uso eficiente de recursos na logística - aprimorar as ferramentas existentes - integração da simulação nas cadeias de suprimentos Projeto para aumentar a consciência sobre a importância da sustentabilidade nas empresas (em todos os níveis - diretoria e operários) - evento/congresso "Logística verde" cada ano em um país Colaboração em grandes projetos de pesquisa (por exemplo SFB 809) e intercâmbio de pessoas


Carregar ppt "Fórum de Inovação Brasil-Alemanha 2008 »Logística Verde - Produção sustentável por meio de uma gestão eficiente do fluxo de materiais« Prof. Dr.-Ing. Bernd."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google