A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Há mais de 15 anos no mercado, os consultores do Grupo PDCA desenvolveram programas de treinamento baseados nas necessidades de seus clientes assessorados,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Há mais de 15 anos no mercado, os consultores do Grupo PDCA desenvolveram programas de treinamento baseados nas necessidades de seus clientes assessorados,"— Transcrição da apresentação:

1

2 Há mais de 15 anos no mercado, os consultores do Grupo PDCA desenvolveram programas de treinamento baseados nas necessidades de seus clientes assessorados, identificando os pontos fortes e fracos de seus profissionais, e ajudando-os a evoluir em suas carreiras. Atualmente abrimos estes programas de treinamento ao público externo, com o intuito de desenvolver e capacitar profissionais apresentando as características atuais de diversos segmentos, e daqueles que neles atuam, estimulando os participantes a buscarem a excelencia em suas atribuições.

3 PALESTRANTE: Adenias Gonçalves - Formado em Administração de empresas, Pós-graduado em Finanças pelo IBMEC-RJ, em Administração, Contabilidade e Finanças pela FGV-RJ e em Gestão Estratégica pela Amana Key-SP, com especialização em Finanças Internacionais pelo Industrial Bank of Japan- Japão. Certificado em Life Coaching pelo Instituto HOLOS-SP e como Educador Financeiro pelo Instituto DSOP de Educação Financeira-SP. Docência pela Faculdade Campos Sales-SP.

4 INDICADORES GERENCIAIS

5 5

6 6 Filme : O caso SID

7 7 INDICADORES FINANCEIROS INDICADORES FINANCEIROS Como está a saúde financeira de sua empresa? De onde vem a receita e onde é gasto o seu dinheiro? Quanto de lucro está gerando? As empresas apresentam respostas a estas perguntas em três demonstrativos financeiros: demonstrativo de lucros e perdas balanço patrimonial demonstrativo de fluxo de caixa

8 8 Mantra entre os administradores aquilo que não é medido não é gerenciado Robert Kaplan

9 9 Nossa vida e a gestão das empresas nas mais diferentes formas. Números de consumo, produção e finanças são fáceis e diretos. Questões menos óbvias? Medir itens como: satisfação, qualidade, reputação? Que indicadores usar? Somos Governados por Indicadores

10 10 1. Foco no Público alvo: 2. Fatores Críticos: 3. Simplifique: 4. Evolua, sempre: Dicas Preliminares para criação de Indicadores

11 11 1. Foco no Público alvo: Para quem interessa o indicador? Qual decisão será tomada com base nele? Tenha a perspectiva daquele que utilizará o indicador. Dicas Preliminares para criação de Indicadores

12 12 Dicas Preliminares para criação de Indicadores 2. Fatores Críticos: Quais são os fatores que determinam o sucesso ou o fracasso do indicador?

13 13 Dicas Preliminares para criação de Indicadores Uma empresa percebeu que para medir a capacitação (treinamento) da equipe era mais crítico saber em quanto tempo eram capazes de solucionar os problemas que surgiam, do que possuírem certificações. Fez com que o indicador de capacitação fosse focado no tempo médio para solução de chamadas, não mais nas horas de treinamento ou pessoas com certificados. EXEMPLO:

14 14 Dicas Preliminares para criação de Indicadores 3. Simplifique: Pode soar como uma anedota, mas criar um indicador simples é tarefa extremamente difícil. Porém o esforço inicial em desenvolver um indicador que possa ser expresso de maneira clara, e de compilação rápida e simples, é facilmente recompensado no longo prazo.

15 15 4. Evolua, sempre: Nenhum indicador é perfeito. Utilize o conhecimento e a experiência a seu favor e melhore suas métricas sempre. Aprenda com os próprios indicadores, se eles não estão medindo o que você precisa saber, altere-os! Dicas Preliminares para criação de Indicadores

16 16 O que são indicadores? O que são indicadores? Indicadores são dados ou informações, preferencialmente numéricos, que representam um determinado fenômeno e que são utilizados para medir o negócio da organização, um processo ou o trabalho.

17 17 Hierarquia dos Indicadores

18 18 As quatro fases do controle Estabelecimento de padrões Observação do desempenho Comparação do Desempenho com o padrão Ação corretiva

19 19 Componentes Componentes BENCHMARK ou PADRÃO – são referências. BENCHMARK ou PADRÃO – são referências. ÍNDICE- é o valor numérico do indicador (relação matemática), num determinado momento. ÍNDICE- é o valor numérico do indicador (relação matemática), num determinado momento. METAS – são os índices arbitrados para os indicadores, a serem alcançados num determinado período de tempo. São pontos ou posições a serem atingidas no futuro. METAS – são os índices arbitrados para os indicadores, a serem alcançados num determinado período de tempo. São pontos ou posições a serem atingidas no futuro. FÓRMULA – relação numérica entre dados que torna tangível os indicadores compostos. FÓRMULA – relação numérica entre dados que torna tangível os indicadores compostos.

20 20 Componentes Componentes

21 21 PADRÕES DE DESEMPENHO (benchmarking) PADRÕES DE DESEMPENHO (benchmarking) Padrões Históricos => A utilização dos padrões históricos consiste em comparar o desempenho atual com desempenhos anteriores. Os padrões históricos devem ser usados quando se deseja verificar se a operação está melhorando em relação ao passado. Padrões Históricos => A utilização dos padrões históricos consiste em comparar o desempenho atual com desempenhos anteriores. Os padrões históricos devem ser usados quando se deseja verificar se a operação está melhorando em relação ao passado. Padrões de Desempenho Alvos => Esses padrões são estabelecidos arbitrariamente para refletir um nível de desempenho visto como adequado. Ex.: ganhar $1 milhão (cultural). Padrões de Desempenho Alvos => Esses padrões são estabelecidos arbitrariamente para refletir um nível de desempenho visto como adequado. Ex.: ganhar $1 milhão (cultural).

22 22 Padrões de Desempenho da Concorrência => A ideia deste padrão é comparar o desempenho da organização com o da concorrência. A vantagem deste tipo de padrão é que não se concentra em padrões internos, sendo estratégico para o melhoramento. Padrões de Desempenho da Concorrência => A ideia deste padrão é comparar o desempenho da organização com o da concorrência. A vantagem deste tipo de padrão é que não se concentra em padrões internos, sendo estratégico para o melhoramento. Padrões de Desempenho Absolutos => São padrões relacionados com objetivos teóricos, como o zero defeitos, ou seja, o alcance do grau de excelência. São padrões filosóficos. Padrões de Desempenho Absolutos => São padrões relacionados com objetivos teóricos, como o zero defeitos, ou seja, o alcance do grau de excelência. São padrões filosóficos. PADRÕES DE DESEMPENHO (benchmarking) PADRÕES DE DESEMPENHO (benchmarking)

23 23 PROCESSO DO CONTROLE PROCESSO DO CONTROLE Elaborar o Plano de Ação: determinação de objetivos, criando metas e indicadores de desempenho; Elaborar o Plano de Ação: determinação de objetivos, criando metas e indicadores de desempenho; Medir: coletar e registrar os índices através de Folha de Verificação; Medir: coletar e registrar os índices através de Folha de Verificação; Avaliação dos resultados: comparar os indicadores anteriormente definidos com os índices coletados na etapa anterior; Avaliação dos resultados: comparar os indicadores anteriormente definidos com os índices coletados na etapa anterior; Feedback das informações: melhorar o Plano redefinindo objetivos, ou reavaliar as ações do processo controlado. Feedback das informações: melhorar o Plano redefinindo objetivos, ou reavaliar as ações do processo controlado.

24 24 Como elaborar um Plano de Ação? (para medir desempenho) Como elaborar um Plano de Ação? (para medir desempenho) O que medir? O que medir? Quem? Quem? Quando? Quando? Como? Como? Onde? Onde? Por que e Quanto atingir? Por que e Quanto atingir? Definir o indicador Definir o indicador Definir responsável Definir responsável Definir data Definir data Definir a fórmula Definir a fórmula Aonde será obtida as informações Aonde será obtida as informações Indicar o objetivo e a meta a ser atingida. Indicar o objetivo e a meta a ser atingida.

25 25 D IMENSÃO FinançasMercadoProcessosPessoas O BJETIVOS Aumentar Lucrativ. Reduzir Custos Ampliar maket Share no mercado X Reduzir Tempo de CicloMelhorar Clima Organizacional M ETAS +10% Lucratividade -5% Custos +10% Share até % Cycle Time Ampliar times em 10% + 10% em Sugestões I NDICADORES EVA Despesas Totais Share Produto APrazo de AtendimentoNível de Participação M EDIDAS (F ORMULAS ) EVA Custo ProduçãoVendas Prod.A Vendas Totais Lead Time de Produção Lead Time EntregaNo. de Sugestões No. Times F REQUÊNCIA DA M EDIÇÃO Anual Mensal TrimestralMensal R ESPONSÁVEIS Objetivos-Fabiana Indicadores-Elisangela Iniciativas-Adilson F ONTE DE D ADOS DM Finanças (SAP/R3) DM Vendas (SAP/R3) Cont. Produção (Excel) DM Vendas (SAP/R3) Pesquisa RH (Excel) Folha de Verificação de um Sistema de Indicadores

26 26 Limitações Limitações 1. Um indicador não diz o que fazer para melhorar, apenas reflete a situação atual. 2. Se hoje gastamos R$ 1.000,00 para atender a 500 clientes, o indicador não vai dizer se isso é bom, ruim ou se está de acordo com o esperado.

27 27 Comece fazendo as perguntas certas: O que você quer medir? Não O que você quer medir? Não Quais são seus objetivos estratégicos? Sim Quais são seus objetivos estratégicos? Sim

28 28 Dificuldades: Dificuldades: Não há objetivos estratégicos; Não há objetivos estratégicos; Os objetivos estratégicos não estão alinhados com a visão. Os objetivos estratégicos não estão alinhados com a visão.

29 29 Como medir? Como medir? Fornecedor Organização Clientes Entradas Entradas Saídas Saídas (Produtos/ serviços) (Produtos/ serviços) Sistema processador Sistema processador Sistema receptor Sistema receptor Feedback I Feedback I Feedback II Feedback II

30 30 Analogia a um liquidificador Analogia a um liquidificador Fornecedor: atendente do estabelecimento; Fornecedor: atendente do estabelecimento; Entradas: leite, banana, aveia e açúcar; Entradas: leite, banana, aveia e açúcar; Processo: o liquidificador bate os ingredientes; Processo: o liquidificador bate os ingredientes; Saída: vitamina de banana; Saída: vitamina de banana; Cliente: consumidor; Cliente: consumidor; Feedback ou retroalimentação: colocar menos açúcar, por exemplo. Feedback ou retroalimentação: colocar menos açúcar, por exemplo.

31 31 Se você não mede algo,Se você não mede algo, você não pode entender o processo. Se você não entende o processo, você não consegue aperfeiçoá-lo. Peter Drucker

32 32 Tipos de Indicadores Tipos de Indicadores Indicadores de Eficiência Indicadores de Eficiência Indicadores de Eficácia Indicadores de Eficácia Indicadores de Capacidade Indicadores de Capacidade Indicadores de Produtividade Indicadores de Produtividade Indicadores de Qualidade Indicadores de Qualidade Indicadores de Lucratividade Indicadores de Lucratividade Indicadores de Rentabilidade Indicadores de Rentabilidade Indicadores de Competitividade Indicadores de Competitividade Indicadores de Efetividade Indicadores de Efetividade Indicadores de Valor Indicadores de Valor

33 Eficiência 1 - Eficiência Fazer certo a coisa. Fazer certo a coisa. Foco no processo. Foco no processo. Ligada aos recursos consumidos no processo. Ligada aos recursos consumidos no processo. Reduzir os custos. Reduzir os custos. Relação das entradas consumidas com as metas de entrada.

34 Eficácia 2 - Eficácia Fazer a coisa certa. Fazer a coisa certa. Foco no produto. Foco no produto. Obter resultados. Obter resultados. Aumentar o lucro. Aumentar o lucro. Relação das saídas geradas com as metas de saída.

35 35 Exemplo da eficácia Macro processo Troca Pneus Exemplo da eficácia Macro processo Troca Pneus Entrada: clientes recepcionados Entrada: clientes recepcionados Saídas: serviço executado e faturado Saídas: serviço executado e faturado Fórmula de eficácia com foco no cliente: tempo de atendimento/metas (quanto mais rápido, melhor a eficácia). Fórmula de eficácia com foco no cliente: tempo de atendimento/metas (quanto mais rápido, melhor a eficácia). Fórmula de eficácia com foco em redução falhas: Fórmula de eficácia com foco em redução falhas: metas/qtdade falhas (quanto menos falhas, melhor a eficácia). metas/qtdade falhas (quanto menos falhas, melhor a eficácia).

36 Capacidade de produção 3 - Capacidade de produção O indicador de capacidade relaciona uma determinada produção realizada em um intervalo de tempo. O indicador de capacidade relaciona uma determinada produção realizada em um intervalo de tempo. Cada equipe tem a capacidade de produzir 100 trocas de peças por dia. Cada equipe tem a capacidade de produzir 100 trocas de peças por dia. Cada colaborador executa 50 atividades por semana. Cada colaborador executa 50 atividades por semana.

37 Produtividade 4 - Produtividade Fazer certo as coisas certas. Fazer certo as coisas certas. Representa o resultado da relação entre as saídas de um trabalho e os recursos utilizados para sua produção. Representa o resultado da relação entre as saídas de um trabalho e os recursos utilizados para sua produção. Não é representado em forma de percentual Não é representado em forma de percentual Podem ter diversas medidas, como, quantidade de produtos por máquina ou investimento por produto. Podem ter diversas medidas, como, quantidade de produtos por máquina ou investimento por produto. RELAÇÃO DAS SAÍDAS GERADAS COM AS ENTRADAS CONSUMIDAS

38 38 Produtividade X Produção Macro processo da Atendimento Produtividade X Produção Macro processo da Atendimento – Entrada: Quantidade Clientes Recepcionados – Saída: Clientes atendidos Se 10 recepcionistas atendem 100 clientes, cada uma atende em média 10. Se 10 recepcionistas atendem 100 clientes, cada uma atende em média 10. Como aumentar a produção em 10%? Contratando mais uma recepcionista. Como aumentar a produção em 10%? Contratando mais uma recepcionista. Como aumentar a produtividade em 10%? Fazendo com que cada recepcionista atenda 11 clientes. Como aumentar a produtividade em 10%? Fazendo com que cada recepcionista atenda 11 clientes.

39 39 Indicador: Qualidade Indicador: Qualidade Foco no cliente: clientes satisfeitos Foco no cliente: clientes satisfeitos Indicador: cliente que falam bem do atendimento. Indicador: cliente que falam bem do atendimento. Foco no colaborador: treinamento com regularidade. Foco no colaborador: treinamento com regularidade. Indicador: colaborador com elevada eficiência. Indicador: colaborador com elevada eficiência.

40 40 Exemplo da Qualidade do produto Exemplo da Qualidade do produto Se foram realizadas 40 montagens defeituosas em 200 atendimentos ao todo, o indicador de qualidade irá apontar: Se foram realizadas 40 montagens defeituosas em 200 atendimentos ao todo, o indicador de qualidade irá apontar: (160 atend. corretos x 100) = 80% (160 atend. corretos x 100) = 80% 200 atend. totais 200 atend. totais 80% de conformidade ou... 80% de conformidade ou... 20% de oportunidade de melhoria! 20% de oportunidade de melhoria! TOTAL DE DESVIOS/PROBLEMAS/ERROS x 100 QUANTIDADE TOTAL PRODUZIDA

41 41 Qualidade Qualidade Qualidade do processo eficiência; Qualidade do processo eficiência; Qualidade do produto eficácia; Qualidade do produto eficácia; Qualidade para o cliente efetividade. Qualidade para o cliente efetividade.

42 Efetividade 6 - Efetividade Fazer certo as coisas úteis. Fazer certo as coisas úteis. Mede o grau de utilidade dos resultados alcançados. Mede o grau de utilidade dos resultados alcançados. Apresentar resultados globais positivos a longo prazo. Apresentar resultados globais positivos a longo prazo. Resultados úteis para o cliente / resultados alcançados (%)

43 43 Efetividade Efetividade Em ONGs a efetividade pode estar ligada a missão... Exemplo: uma escola não deseja apenas que seus alunos se formem, mas que consigam se colocar no mercado. Em ONGs a efetividade pode estar ligada a missão... Exemplo: uma escola não deseja apenas que seus alunos se formem, mas que consigam se colocar no mercado. Dentre as atividades gerenciais, uma das que mais se destacam é o acompanhamento Pós- venda. Dentre as atividades gerenciais, uma das que mais se destacam é o acompanhamento Pós- venda.

44 44 Efetividade X Qualidade Efetividade X Qualidade Macro processo da Atendimento: número de atendimentos sem reclamação; Macro processo da Atendimento: número de atendimentos sem reclamação; Macro processo da Montagem: número de montagem realizadas com zero reclamação; Macro processo da Montagem: número de montagem realizadas com zero reclamação; Macro processo de Produção: número de produtos que não retornaram com defeito após um período de uso. Macro processo de Produção: número de produtos que não retornaram com defeito após um período de uso.

45 45 MITOS MITOS 1 - Produtividade é contrária a Qualidade? A qualidade do processo otimiza o consumo das Entradas; A qualidade do processo otimiza o consumo das Entradas; A qualidade do produto otimiza as Saídas geradas. A qualidade do produto otimiza as Saídas geradas.

46 PLSAMS/BR/RB/MOC Eficiência + eficácia = efetividade? 2 - Eficiência + eficácia = efetividade? Construir a ponte com os melhores recursos - eficiente; Construir a ponte com os melhores recursos - eficiente; Terminar de construir a ponte - eficaz; Terminar de construir a ponte - eficaz; Mas se a ponte levou o nada a lugar nenhum - não foi efetiva! Mas se a ponte levou o nada a lugar nenhum - não foi efetiva! 100 % eficaz, não garante o sucesso! 100 % eficaz, não garante o sucesso! Se o objetivo é mal traçado, 100% eficaz é 100% ruim! 100% eficaz é 100% ruim!

47 47 Filme : Test Your Awareness

48 48 DEMONSTRATIVOS DE LUCROS E PERDAS Diz se a empresa está dando lucro – isto é, se tem um resultado líquido positivo ou negativo, mostrando a sua lucratividade ao longo do ano (rel. mensais,trimestrais,anuais). Além disso, este demonstrativo diz quanto a empresa gastou para obter aquele lucro - ou seja,suas margens de lucro. INDICADORES FINANCEIROS INDICADORES FINANCEIROS

49 49 Indica quanto custou à empresa os seus produtos – no caso de pneus inclui ICMS e IPI Despesas da empresa que não são diretamente ligadas à venda: salários adm., aluguéis, publicidade, etc. Forma de calcular o desgaste de uma ativo ou de registrar a diminuição do valor dos equipamentos com o passar do tempo (Ex. alinhador laser) Neste caso é positivo,indicando a existência de lucro – é a razão de ser de uma empresa com fins lucrativos. INDICADORES FINANCEIROS

50 50 BALANÇO PATRIMONIAL Da mesma forma que um check-up representa uma fotografia de nossa condição física num determinado momento, o balanço patrimonial representa um resumo das posições financeiras de uma empresa em um determinado momento. ATIVO = PASSIVO + PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTABILIDADE DE PARTIDA DOBRADA INDICADORES FINANCEIROS

51 51 ATIVO Representa as coisas em que uma empresa investe a fim de conduzir seus negócios: ü Terrenos ü Construções ü Instrumentos financeiros ü Equipamentos ü Mercadorias ü Etc. INDICADORES FINANCEIROS

52 52 Para adquirir os ATIVOS de que precisa,a empresa costuma tomar empréstimos ou fazer promessas de pagamento. Os valores devidos aos credores são chamados de PASSIVOS ou obrigações. O PATRIMÔNIO LÍQUIDO é o que sobra depois que o valor total do passivo é deduzido do valor total dos ativos. INDICADORES FINANCEIROS PATRIMÔNIO LÍQUIDO = ATIVO - PASSIVO

53 53 O Balanço equilibra o ATIVO e o PASSIVO da empresa: PROMESSAS E ACORDOS C/ CLIENTES x PROMESSAS E ACORDOS C/ FORNECEDORES Fornece uma descrição de quanto e onde a empresa investiu (seus ativos) – discriminando quanto deste dinheiro vem dos credores (obrigações) e quanto vem dos acionistas (capital social). Como a empresa está utilizando seus ativos? Como está administrando suas obrigações? INDICADORES FINANCEIROS

54 54 Ativo Circulante: São os ativos facilmente convertidos em dinheiro Ativo Imobilizado ou Ativo Fixo: São os ativos mais difíceis de converter em dinheiro – à exceção dos terrenos, a maioria deprecia-se com o tempo. INDICADORES FINANCEIROS

55 55 São os exigíveis de curto prazo – normalmente devem ser pagos num prazo igual ou inferior a um ano Capital recebido em troca de ações Lucros líquidos que se acumulam numa empresa depois de pagos eventuais dividendos Análise: na comparação 2005 x 2004 observa-se que apesar da empresa ter reduzido as suas obrigações em $ ,00 (redução do passivo), o patrimônio líquido caiu $ ,00 INDICADORES FINANCEIROS

56 56 Se subtrairmos o Passivo Circulante do Ativo Circulante, obtemos o Capital de Giro da empresa,dando-nos uma idéia do montante de dinheiro que a empresa tem vinculado a suas atividades operacionais. DEMONSTRATIVO DE FLUXO DE CAIXA Permite que você faça um breve exame da conta- corrente da empresa.A exemplo de um extrato bancário, informa o montante de dinheiro disponível no início e no final do período e em seguida descreve como a empresa gastou seu dinheiro. Indica se a empresa está convertendo os lucros em numerário! INDICADORES FINANCEIROS

57 57 RESUMINDO... O demonstrativo de resultados diz se a empresa está tendo lucro O Balanço diz com que eficiência a empresa está utilizando seus Ativos e administrando suas obrigações – em busca de lucro O demonstrativo de fluxo de caixa diz se a empresa está convertendo os lucros em numerários INDICADORES FINANCEIROS

58 58 ANÁLISE ATRAVÉS DE INDICADORES Como interpretar os números que os demonstrativos fornecem? O lucro é pequeno ou grande? O nível de individamento é saudável ou não? A análise de índices propicia um meio de aprofundar as informações contidas nos três demonstrativos financeiros. INDICADORES FINANCEIROS

59 59 ÍNDICES DE LUCRATIVIDADE Avaliam o nível de lucratividade de uma empresa, expressando as vendas e os lucros como percentagem de vários outros itens. INDICADORES FINANCEIROS

60 60 ü Retorno sobre os ativos(ROA) – constitui uma descrição quantitativa de como a empresa tem investido seus Ativos. ROA = LUCRO LÍQUIDO ATIVOS ü Rentabilidade s/ o patrimônio líquido – Indica a rentabilidade do capital da empresa fornecida pelos acionistas Rentab. s/ P.Liq. = LUCRO LÍQUIDO PATRIMONIO DOS ACIONISTA INDICADORES FINANCEIROS

61 61 ü Retorno sobre as vendas – é a Margem de Lucro – constitui uma forma de medir como as vendas se convertem em lucro. M.Lucro = LUCRO LÍQUIDO Vol. Vendas ü Margem Bruta – Expressa como percentagem,é o que sobra depois que todas as despesas diretas com o produto foram subtraídas das receitas. M.Bruta = Custo das mercadorias vendidas - LUCRO LÍQUIDO INDICADORES FINANCEIROS INDICADORES FINANCEIROS

62 62 ü Lucro antes de juros e impostos - Muitos analistas utilizam este índice,também conhecido como margem operacional, para verificar a rentabilidade das atividades operacionais de uma empresa. M.Operacional = LUCRO LÍQUIDO Valor lucro antes IR INDICADORES FINANCEIROS INDICADORES FINANCEIROS

63 63 ÍNDICES OPERACIONAIS Vinculando várias cifras do demonstrativo de lucros e perdas e do Balanço,estas medidas proporcionam uma avaliação da eficiência operacional de uma empresa. INDICADORES FINANCEIROS INDICADORES FINANCEIROS

64 64 ü Giro do Ativo – Mostra com que eficiência uma empresa utiliza seus Ativos. Giro Ativo = Receita Bruta ATIVOS ü Giro de recebimentos – Indica,em termos concretos,quanto tempo leva uma empresa para receber o que lhe é devido. Giro recebimentos = Valor líquido contas a receber x 365 Receita Líquida INDICADORES FINANCEIROS INDICADORES FINANCEIROS

65 65 ü Giro de pagamentos – Indica quantos dias uma empresa leva para pagar seus fornecedores.Quanto menor o número de dias, menor a probabilidade de inadimplência. Giro pagamentos = Valor líquido contas a pagar x 365 CMV INDICADORES FINANCEIROS INDICADORES FINANCEIROS

66 66 ü Giro do estoque – Indica o prazo que uma empresa precisa para vender seu volume médio de estoque disponível durante um determinado período. Quanto mais tempo levar para vender seu estoque,maior a probabilidade de não vendê-lo pelo preço integral – e maior a quantia de dinheiro indisponível. Giro estoque = Volume médio estoque x 365 CMV INDICADORES FINANCEIROS INDICADORES FINANCEIROS

67 67 ü Índice de liquidez corrente – É uma importante medida de solvência de uma empresa.Quanto mais alto o coeficiente, melhor a situação financeira da empresa – é amplamente utilizado no mercado financeiro. Liquidez corrente = Ativo Circulante Passivo Circulante INDICADORES FINANCEIROS INDICADORES FINANCEIROS

68 68 ÍNDICES DE ALAVANCAGEM A alavancagem tem a ver com a estrutura de individamento de uma empresa: quanto maior o componente de longo prazo na estrutura global da dívida,maior a alavancagem financeira. ü Índice de individamento: dívidas sobre o patrimônio Esta medida proporciona uma descrição de como a empresa está utilizando o dinheiro emprestado para aumentar o retorno sobre o patrimônio líquido. Índice endividamento = Total dívida Patrimônio Líquido INDICADORES FINANCEIROS INDICADORES FINANCEIROS

69 69 INADIMPLÊNCIA INADIMPLÊNCIA Inadimplência (%) = Atraso x 100 Contas a Receber

70 ALGUNS DE NOSSOS CLIENTES Clinica Paulo Monte Clinica Criar Difusor Ar condicionado Lacca Onda Móveis Bolsas Poquet Cezanne Calçados Sonho dos Pés – Calçados RIONOITE.COM Sawala Imobiliária Gouvêa Advogados Associados Carrometria Serviços Automotivos Escritório de Advocacia Tavares Paes Etoile Peugeot Telsul Telefonia

71 Praça Olavo Bilac, 28 – grupo 1810 Centro – – Rio de Janeiro – RJ Tel //


Carregar ppt "Há mais de 15 anos no mercado, os consultores do Grupo PDCA desenvolveram programas de treinamento baseados nas necessidades de seus clientes assessorados,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google