A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Processamento de Gás da ROTA 3 do PPSBS no COMPERJ Escopo do Projeto Junho de 2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Processamento de Gás da ROTA 3 do PPSBS no COMPERJ Escopo do Projeto Junho de 2012."— Transcrição da apresentação:

1 Processamento de Gás da ROTA 3 do PPSBS no COMPERJ Escopo do Projeto Junho de 2012

2 Apresentar o escopo do projeto Rota 3 dentro do COMPERJ Detalhar as interfaces do projeto com o 1º trem de refino do COMPERJ OBJETIVOS

3 A solução adotada para escoamento e uso do gás natural contempla 3 rotas que integram soluções do E&P, G&E e Abast Pólo Pré-sal Gás Rico/ C2+ Caraguatatuba COMPERJ REDUC Rota 1 UTGCA Rota 2 Cabiúnas Rota 3 COMPERJ TECAB (MM m 3 /d)Rota 1Rota 2Rota 3 PartidaSet/11Abr/14Jan/16 Escoamento Processamento ESCOAMENTO DO GÁS ASSOCIADO DO PPSBS

4 CRONOGRAMA DE PARTIDA – ROTA 3 A curva de produção de gás do Pré-Sal e o cronograma de implantação do projeto da Braskem levam para as seguintes datas de partida: PROCESSAMENTO DE GÁS - 14MM m3/d JANEIRO DE 2016 PROCESSAMENTO DE GÁS - 7MM m3/d MARÇO DE 2017 SEPARAÇÃO DE ETANO - 21MM m3/d OUTUBRO DE 2017

5 ESCOPO DOS PROJETOS DE PROCESSAMENTO PROJETO ROTA MMROTA 3 - 7MMSEPARA ETANO FASE ATUAL FEL 3 até abr-2013 FEL 2 até ago-2012 FEL 1 até ago-2012 CAPACIDADE14 MM m3/d+7 MM m3/d21 MM m3/d PARTIDAJAN-2016MAR-2017OUT-2017 COMPROMISSOPRÉ-SAL BRASKEM CAPEX (MM US$) Início de FEL 3 aprovado na DE em 27/10/11 Início de FEL 2 aprovado na DE em 08/02/2012 Aprovação depende do pré-contrato de MP com a Braskem

6 CAPEX TOTAL INVESTIMENTO NO COMPERJ INCLUI CUSTOS COMPARTILHADOS US$ milhões 14 MM7 MMETANO Gasoduto Marítimo Gasoduto Terrestre337-- Processamento COMPERJ Logística Gasoduto Gás Processado II 65-- TOTAL

7 ESCOPO INTRAMUROS COMPERJ ROTA 3 – 14MM m3/d Partida em Janeiro de 2016 (compromisso com o Pré-Sal) 2 Unidades de Tratamento de Gás Natural 2 Unidades de Processamento de Gás Natural (UPGN RS) 2 Unidades de Processamento de Condensado de GN (UPCGN) 1 Unidade de Tratamento Cáustico de GLP Offsites (esferas, tanques, interligações, tocha, coletor, SE, TR)

8 ESCOPO INTRAMUROS COMPERJ ROTA 3 – 7MM m3/d Partida em Março de 2017 (compromisso com Pré-Sal) 1 Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN RS) 1 Unidade de Processamento de Condensado de GN (UPCGN) Revamp da Unidade de Tratamento Cáustico de GLP 1 Unidade de Tratamento de Gás Natural Offsites (esfera, interligações, SE, TR, ECR GLP) ROTA 3 – SEPARA ETANO Partida em Outubro de 2017 (compromisso com Braskem) Revamp das UPGNs RS para UPGNs Turbo Expansão Revamp de 1 Unidade de Tratamento de Gás Natural (inclusão seção de absorção de CO2)

9 LOCALIZAÇÃO DAS UNIDADES ONSITE OFFSITES

10 LOCALIZAÇÃO 14 MM m3/d 07 MM m3/d ETANO

11 LOCALIZAÇÃO 14 MM m3/d 07 MM m3/d

12 ESCOPO DO AB-PGI/COMPERJ Duto Mar 250 km URCO2 UPGN UPCGN UTC OFFSITES Plataformas PPSBS E&P + G&E G&E PARCEIRO Duto Terra 42 km Praia de Jaconé Duto de Gás Processado 5 km Gasduc III ROTA 3 COMPERJ – VISÃO GERAL PETROQUÍMICA Dutos GLP/Nafta AB-LO

13 Coletor de Condensado UTGN I GLP C5 + (Nafta) UPGN II UPGN I UPCGN I UPCGN II Gás Processado Scraper Líquido Gás Compressão UTC Gás Bruto UTGN II Gás Rico em Etano Corrente de C3+Corrente de C5+Corrente de GLPCorrente de Gás

14 Coletor de Condensado UTGN I GLP C5 + (Nafta) UPGN II UPGN I UPCGN I UPCGN II Gás Processado Scraper Líquido Gás Compressão UTC Gás Bruto UTGN II Etano Corrente de C3+Corrente de C5+Corrente de GLPCorrente de GásCorrente de Etano Unidades modificadas com a Separação de Etano

15 Coletor de Condensado UTGN III GLP C5 + (Nafta) UPGN III UPCGN III Gás Processado Scraper Líquido Gás Compressão UTC Gás Bruto UTGN I & II UPCGN I & II Corrente de C3+Corrente de C5+Corrente de GLPCorrente de Gás Gás Rico em Etano

16 Coletor de Condensado UTGN III GLP C5 + (Nafta) UPGN III UPCGN III Gás Processado Scraper Líquido Gás Compressão UTC II Gás Bruto Etano UTGN I & II UPCGN I & II Corrente de C3+Corrente de C5+Corrente de GLPCorrente de GásCorrente de Etano Unidades modificadas com a Separação de Etano

17 UPGN Ref. Simples Mercado Metano + Etano (85%) GASDUC III GLP (10%) Nafta (2,5%) 14 MM m3/dia GÁS BRUTO (Metano, Etano, GLP e Nafta) FLUXOGRAMA – Sem Separação de Etano Mercado

18 UPGN Turbo Exp. PETROQ. Metano (76 %) GASDUC III Etano (9 %) GLP (10 %) Nafta (2,5 %) FLUXOGRAMA – Com Separação de Etano 14 MM m3/dia GÁS BRUTO (Metano, Etano, GLP e Nafta)

19 ROTA 3 14 MM – Escopo do Offsites Dois coletores de condensado de gás natural U-6450 conectado ao gasoduto Pré-Sal / COMPERJ U conectado ao GASDUC II Nova Tocha, dedicada à Rota 3 Ocupa área do flare futuro do Trem 1, que foi deslocado para NE Capacidade estimada de 470 t/h Nova área de vasos junto à tocha e uso da SE-5412 Sistema de armazenagem de propeno Reposição de propeno ao ciclo de refrigeração das UPGNs Projeto pela EAB, instalado dentro da área das UPGNs

20 ROTA 3 14 MM – Escopo do Offsites Duas novas subestações, exclusivas para a Rota 3 Alimentação direta da SE-5142 SE-1231 atende as grandes cargas das UPGNs (gás de venda) SE-1237 atende as cargas das demais unidades, incluindo torre de resfriamento Projeto dos transformadores de entrada contempla os 3 módulos Intervenções em subestações existentes para o Trem 1 SE Subestação da tocha SE-6310 – Subestação da tancagem Nova torre de resfriamento, dedicada à Rota 3 7 células e 4 bombas (14MM) mais 3 células e 1 bomba (7MM) Capacidade total = m³/h para os 3 módulos

21 ROTA 3 14 MM – Escopo do Offsites 5 novas esferas de GLP Conexão com as esferas existentes para o Trem 1 Conexão com as bombas de expedição de GLP para duto Novas bombas para transferência entre esferas e envio para retratamento na UTC 2 tanques de C5+ Tanques modelo API-620 (pressurizados) Bombas para transferência do C5+ para tanques de nafta, para expedição via duto Interligações Projeto básico considerando os 3 módulos Intervenções na U-6100 e unidades da série 5000

22 CRONOGRAMA – 14 MM m3/dia

23 CRONOGRAMA – 7 MM m3/dia

24 CRONOGRAMA – ETANO Decisão no CA Braskem

25 EQUIPAMENTOS CRÍTICOS – 14 MM Grandes Máquinas e Acionadores Compressor de Gás de Venda (3 x 100%) Compressor de Propeno (3 x 100%) Compressor de Gás Residual UPCGN (3 x 100%) Compressor de Gás Rico em etano (3 x 100%) Esferas de GLP 5 esferas de GLP

26 EQUIPAMENTOS CRÍTICOS Investimentos nos Equipamentos Críticos, por fase: 14 MM m3/dia = US$ 156 milhões 7 MM m3/dia = US$ 55 milhões Separação de Etano = US$ 40 milhões


Carregar ppt "Processamento de Gás da ROTA 3 do PPSBS no COMPERJ Escopo do Projeto Junho de 2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google