A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A educação para a cidadania tem como objectivo educar os indivíduos a serem cidadãos informados, responsáveis, participativos. A educação para a cidadania.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A educação para a cidadania tem como objectivo educar os indivíduos a serem cidadãos informados, responsáveis, participativos. A educação para a cidadania."— Transcrição da apresentação:

1

2 A educação para a cidadania tem como objectivo educar os indivíduos a serem cidadãos informados, responsáveis, participativos. A educação para a cidadania tem como objectivo educar os indivíduos a serem cidadãos informados, responsáveis, participativos.

3 A família tem um papel fundamental na formação e educação do indivíduo A família tem um papel fundamental na formação e educação do indivíduo

4 Facilitismo (pronto a usar) Facilitismo (pronto a usar) Alheamento cívico Motivos históricos e culturais Motivos históricos e culturais Desprezo as regras do sistema politico e social

5 Crimes para sustentar o vício e, consequentemente, aumento dos custos sociais: policiamento, prisões… Crimes para sustentar o vício e, consequentemente, aumento dos custos sociais: policiamento, prisões… Aumento de doenças infecciosas como HIV/SIDA e hepatite C, devido à partilha de seringas. Aumento de doenças infecciosas como HIV/SIDA e hepatite C, devido à partilha de seringas. Agravamento das despesas com serviços de saúde: custos com medicamentos, com ambulâncias… Agravamento das despesas com serviços de saúde: custos com medicamentos, com ambulâncias… Aumento do número de mortes: 100 mil a 200 mil mortes por ano devido ao uso de drogas. Aumento do número de mortes: 100 mil a 200 mil mortes por ano devido ao uso de drogas.

6 Perda de produtividade no trabalho ou em casa. Perda de produtividade no trabalho ou em casa. Aumento do absentismo. Aumento do absentismo. Aumento do número de homicídios. Aumento do número de homicídios. Aumento do número de suicídios. Aumento do número de suicídios. Aumento da violência familiar… Aumento da violência familiar… Aumento do número de acidentes de viação. Aumento do número de acidentes de viação. Exclusão social. Exclusão social. Destruição da floresta da Amazónia devido ao cultivo de coca. Destruição da floresta da Amazónia devido ao cultivo de coca.

7 CAT CAT Centros de Atendimento de Toxicodependentes São unidades de tratamento em regime ambulatório, em que se presta cuidados globais toxicodependentes, São unidades de tratamento em regime ambulatório, em que se presta cuidados globais toxicodependentes, individualmente., ou em grupo. Existem em todos os distritos, num total de 45 Unidades. Existem em todos os distritos, num total de 45 Unidades.

8 CAT médicospsicólogos técnicos psicossociais enfermeiros

9 Visam dar respostas em tratamento ambulatório. Visam dar respostas em tratamento ambulatório. Têm convenções para desabituação de utentes que estão em tratamento nos CAT (Centro de atendimento de toxicodependentes). Têm convenções para desabituação de utentes que estão em tratamento nos CAT (Centro de atendimento de toxicodependentes). Têm convenções para internamentos em Comunidades Terapêuticas. Têm convenções para internamentos em Comunidades Terapêuticas. Têm convenções para permanência em Centros de Dia. Têm convenções para permanência em Centros de Dia. Instituto da Droga e da toxicodependência

10 UD UD Unidades de Desabitação São Unidades Especializadas, orientadas para internamentos de curta duração para tratamento de síndrome de privação, em toxicodependentes que não o conseguem fazer em regime ambulatório. São Unidades Especializadas, orientadas para internamentos de curta duração para tratamento de síndrome de privação, em toxicodependentes que não o conseguem fazer em regime ambulatório. O IDT tem 5 unidades deste tipo, uma no Porto, uma em Coimbra, uma em Olhão e duas em Lisboa. O IDT tem 5 unidades deste tipo, uma no Porto, uma em Coimbra, uma em Olhão e duas em Lisboa. Tem ainda convenções com clínicas de desabituação privadas.

11 CT CT Comunidades Terapêuticas São Unidades Especializadas que prestam cuidados a toxicodependentes que necessitam de internamento prolongado com apoio a nível terapêutico, psicológico e social São Unidades Especializadas que prestam cuidados a toxicodependentes que necessitam de internamento prolongado com apoio a nível terapêutico, psicológico e social O IDT dispõe de 3 unidades públicas deste tipo, uma em Matosinhos (em Instalação), uma em Coimbra e outra em Lisboa. O IDT dispõe de 3 unidades públicas deste tipo, uma em Matosinhos (em Instalação), uma em Coimbra e outra em Lisboa. O IDT dispõe de mais de 56 unidades distribuídas pelo Território Nacional, devidamente Licenciadas e Convencionadas. Existem Comunidades Terapêuticas licenciadas pelo IDT, mas que não beneficiam de convenção. O IDT dispõe de mais de 56 unidades distribuídas pelo Território Nacional, devidamente Licenciadas e Convencionadas. Existem Comunidades Terapêuticas licenciadas pelo IDT, mas que não beneficiam de convenção.

12 CD CD Centros de Dia São Unidades Especializadas que constituem um ponto de ligação entre o Tratamento e a Reinserção, envolvendo a aprendizagem de um modo de vida diferente das anteriores vivências, pondo ao dispor do toxicodependente actividades terapêuticas, educativas, formativas e ocupacionais. São Unidades Especializadas que constituem um ponto de ligação entre o Tratamento e a Reinserção, envolvendo a aprendizagem de um modo de vida diferente das anteriores vivências, pondo ao dispor do toxicodependente actividades terapêuticas, educativas, formativas e ocupacionais. O IDT dispõe de 4 unidades deste tipo, duas no Porto e duas em Lisboa. O IDT dispõe de 4 unidades deste tipo, duas no Porto e duas em Lisboa.

13 CD Centros de Dia Unidades Públicas Unidades Privadas Convencionadas Não Convencionadas

14 Objectivo Reintegrar as pessoas à margem da sociedade, devido à toxidependência, ao álcool, ao jogo, … Recriar laços sociais e familiares Direcção-Geral de Reinserção Social D.G.R.S. Define a execução das medidas de prevenção Criminal e de Reinserção dos jovens e adultos. Promove e executa medidas tutelares educativas e medidas alternativas à prisão.

15 Competência penal e execução de penas. Competência tutelar educativa Competência Internacional

16 Controlar os arguidos portadores de pulseiras electrónicas. Controlar os arguidos portadores de pulseiras electrónicas. Garantir a execução de penas e medidas que não privam o arguido da sua liberdade: Garantir a execução de penas e medidas que não privam o arguido da sua liberdade: - Presenças periódicas junto de Postos Policiais; - Ausência do país ou da residência. Intervir na execução de penas e medidas privadas de liberdade. Intervir na execução de penas e medidas privadas de liberdade.

17 Garantir o cumprimento dos direitos fundamentais e prevenção educativa da Sociedade. Garantir o cumprimento dos direitos fundamentais e prevenção educativa da Sociedade. Promover medidas relativamente à protecção de menores na sua educação. Promover medidas relativamente à protecção de menores na sua educação. Orientar no domínio da prevenção dos comportamentos de deliquentes. Orientar no domínio da prevenção dos comportamentos de deliquentes. Garantir medidas tutelares dos internamentos de menores. Garantir medidas tutelares dos internamentos de menores.

18 Contribuir para a elaboração de instrumentos de cooperação judiciária internacional. Contribuir para a elaboração de instrumentos de cooperação judiciária internacional. Assegurar a aplicação de convenções internacionais relativas à guarda e protecção de menores. Assegurar a aplicação de convenções internacionais relativas à guarda e protecção de menores.


Carregar ppt "A educação para a cidadania tem como objectivo educar os indivíduos a serem cidadãos informados, responsáveis, participativos. A educação para a cidadania."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google