A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cuidemos das Crianças. Fenômenos preocupantes se generalizam, em toda a parte, na esfera educacional, quando percebemos o quanto os veículos de informação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cuidemos das Crianças. Fenômenos preocupantes se generalizam, em toda a parte, na esfera educacional, quando percebemos o quanto os veículos de informação."— Transcrição da apresentação:

1 Cuidemos das Crianças

2 Fenômenos preocupantes se generalizam, em toda a parte, na esfera educacional, quando percebemos o quanto os veículos de informação de massa, na sua múltipla variedade, têm conduzido na forma de influir na prole.Fenômenos preocupantes se generalizam, em toda a parte, na esfera educacional, quando percebemos o quanto os veículos de informação de massa, na sua múltipla variedade, têm conduzido na forma de influir na prole.

3 Poucos são os pais, na estrutura da atualidade, que têm se detido a meditar sobre os caminhos educacionais em que trafegam seus filhos.Poucos são os pais, na estrutura da atualidade, que têm se detido a meditar sobre os caminhos educacionais em que trafegam seus filhos.

4 Bem poucos, ainda, hão se preocupado em desenvolver uma normativa comportamental que os norteie perante a necessidade de orientarem seus filhos.Bem poucos, ainda, hão se preocupado em desenvolver uma normativa comportamental que os norteie perante a necessidade de orientarem seus filhos.

5 Grande número mesmo, apóia- se na moda em vigorGrande número mesmo, apóia- se na moda em vigor.

6 Se a televisão aparece, os pequenos fazem e usam.Se a televisão aparece, os pequenos fazem e usam.

7 Se o rádio anuncia, os rebentos compram ou recebem.Se o rádio anuncia, os rebentos compram ou recebem.

8 Se as revistas ilustram, é porque é bom, e assim por diante.Se as revistas ilustram, é porque é bom, e assim por diante.

9 De outro modo, os vizinhos orientam dessa ou daquela maneira os seus, assim igualmente, conduziremos os nossos, para que eles não fiquem diferentes.De outro modo, os vizinhos orientam dessa ou daquela maneira os seus, assim igualmente, conduziremos os nossos, para que eles não fiquem diferentes.

10 Levamos nossos pequenos de acordo com a moda, e, o que é mais grave, com a moda dos outros, como se aos outros devêssemos imputar as responsabilidades que são nossas.Levamos nossos pequenos de acordo com a moda, e, o que é mais grave, com a moda dos outros, como se aos outros devêssemos imputar as responsabilidades que são nossas.

11 Parece óbvio que ninguém precisará manter-se na idade da pedra, relativamente a vários usos sociais.Parece óbvio que ninguém precisará manter-se na idade da pedra, relativamente a vários usos sociais.

12 Ninguém estará impedido de acompanhar uma ou outra moda, em qualquer época, contudo, quando pensamos em educação, não poderemos admitir que ela possa ser feita longe dos processos de análise das coisas, daquilo que serve ou não, que nos compete ou não.Ninguém estará impedido de acompanhar uma ou outra moda, em qualquer época, contudo, quando pensamos em educação, não poderemos admitir que ela possa ser feita longe dos processos de análise das coisas, daquilo que serve ou não, que nos compete ou não.

13 Grave, é que em tudo isso a criança torna-se a grande vítima da incoerência dos adultos, que bastas vezes, se deseja realizar, de modo doentio, através das crianças.Grave, é que em tudo isso a criança torna-se a grande vítima da incoerência dos adultos, que bastas vezes, se deseja realizar, de modo doentio, através das crianças.

14 Urge um pouco mais de atenção, quando envolvidos nos compromissos educacionais.Urge um pouco mais de atenção, quando envolvidos nos compromissos educacionais.

15 Nossos pequenos tem sido submetidos a programações picantes, a filmes violentos, sem qualquer opção, assimilando como se fossem coisas normais ou naturais, passando a absorver tais conteúdos, sem qualquer defesa, sem qualquer análise.Nossos pequenos tem sido submetidos a programações picantes, a filmes violentos, sem qualquer opção, assimilando como se fossem coisas normais ou naturais, passando a absorver tais conteúdos, sem qualquer defesa, sem qualquer análise.

16 Parece que tudo está correto, tamanha é a acomodação do vasto número de pessoas, com relação aos pequenos.Parece que tudo está correto, tamanha é a acomodação do vasto número de pessoas, com relação aos pequenos.

17 Poucas são as crianças que se utilizam de brinquedos de crianças.Poucas são as crianças que se utilizam de brinquedos de crianças.

18 Não apologiamos o atraso, a decadência, o imprestável. Tampouco cremos que a prostituição do menor infantil ou o abandono moral da criança seja progresso ou canal de progresso.Não apologiamos o atraso, a decadência, o imprestável. Tampouco cremos que a prostituição do menor infantil ou o abandono moral da criança seja progresso ou canal de progresso.

19 Acompanhamos grupos infantis e notamos o quanto agem mal uns com os outros, segundo os exemplos dos maiores, o quanto as suas conversas repetem as dos vídeos ou dos diálogos dos adultos; sua malícia tem o toque da instigação dos mais velhos, e por aí se vai.Acompanhamos grupos infantis e notamos o quanto agem mal uns com os outros, segundo os exemplos dos maiores, o quanto as suas conversas repetem as dos vídeos ou dos diálogos dos adultos; sua malícia tem o toque da instigação dos mais velhos, e por aí se vai.

20 No campo biológico, anotamos casos, sempre crescentes de crianças carregando o corpo marcado pelos sinais secundários da sexualidade,

21 demonstrando que, as glândulas amadurecem, prematuramente, ante os impactos do psiquismo que assimila as cenas libidinosas, ao vivo, ou nas películas ou, ainda, nas novelas de romances cadentes que adentram os lares, sem qualquer nobre orientação, explicação ou acompanhamento dos pais.demonstrando que, as glândulas amadurecem, prematuramente, ante os impactos do psiquismo que assimila as cenas libidinosas, ao vivo, ou nas películas ou, ainda, nas novelas de romances cadentes que adentram os lares, sem qualquer nobre orientação, explicação ou acompanhamento dos pais.

22 Tornam-se crianças sexuais, iniciando muito cedo tais experiências, antes de saberem conduzir tais forças genésicas. Em consequência, envelhecem prematuramente, pelos desgastes impostos ao organismo, à mente.

23 Aí deparamos fenômenos sócio- morais ou psicossociais dos mais preocupantes: o exacerbamento do sexo solitário, da ansiedade pelas experiências heterossexuais, nas faixas da imaturidade, sem atender, portanto, às suas finalidades, além do desinteresse pelo sexo, ou ainda, à busca de experiências homossexuais por avidez de novas experimentações, uma vez que tudo tem parecido muito normal para os pequenos que padecem a ausência de cuidadosa condução.Aí deparamos fenômenos sócio- morais ou psicossociais dos mais preocupantes: o exacerbamento do sexo solitário, da ansiedade pelas experiências heterossexuais, nas faixas da imaturidade, sem atender, portanto, às suas finalidades, além do desinteresse pelo sexo, ou ainda, à busca de experiências homossexuais por avidez de novas experimentações, uma vez que tudo tem parecido muito normal para os pequenos que padecem a ausência de cuidadosa condução.

24 Vale meditar sobre tudo isso e iniciar um esforço de montar maior vigilância moral junto aos nossos pequenos.Vale meditar sobre tudo isso e iniciar um esforço de montar maior vigilância moral junto aos nossos pequenos.

25 A criança não pode mais ser considerada um adulto minituarizado, como se admitia no passado.A criança não pode mais ser considerada um adulto minituarizado, como se admitia no passado.

26 É, na verdade, um Espírito eterno, recomeçando no mundo nova escalada de progresso.É, na verdade, um Espírito eterno, recomeçando no mundo nova escalada de progresso.

27 No entanto, na condição de alguém, que carrega no íntimo os resíduos experiências do pretérito, poderá perder-se nas avenidas escusas e escuras da atualidade.No entanto, na condição de alguém, que carrega no íntimo os resíduos experiências do pretérito, poderá perder-se nas avenidas escusas e escuras da atualidade.

28 Cada criança leva consigo um projeto de luz que nós todos devemos auxiliar a concretizar-se.Cada criança leva consigo um projeto de luz que nós todos devemos auxiliar a concretizar-se. A criança de agora fala-nos de nossa situação amanhã.A criança de agora fala-nos de nossa situação amanhã.

29 Cuidemos da criança, amando-a, sabendo dar-lhe o espaço que seja criança em sua época, saudável e feliz, certos de que estaremos, assim, semeando bençãos ou infortúnios para o nosso planeta, em razão do nosso procedimento junto a ela.Cuidemos da criança, amando-a, sabendo dar-lhe o espaço que seja criança em sua época, saudável e feliz, certos de que estaremos, assim, semeando bençãos ou infortúnios para o nosso planeta, em razão do nosso procedimento junto a ela.

30 Pelo Esp. Thereza de Brito, psicografia de Raul Teixeira- retirado do livro: Vereda Familiar, Ed.FraterPelo Esp. Thereza de Brito, psicografia de Raul Teixeira- retirado do livro: Vereda Familiar, Ed.Frater


Carregar ppt "Cuidemos das Crianças. Fenômenos preocupantes se generalizam, em toda a parte, na esfera educacional, quando percebemos o quanto os veículos de informação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google