A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

McDonnel Douglas MD-11 Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "McDonnel Douglas MD-11 Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues."— Transcrição da apresentação:

1 McDonnel Douglas MD-11 Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues

2 Introdução O McDonnell Douglas MD-11 é um trijato comercial widebody de fabricação norte-americana de longo alcance. Sua base é o McDonnell Douglas DC-10, mas incorpora fuselagem mais alongada, asa maior e winglets, motores mais modernos e mais potentes.

3 Aspectos Históricos Começou a ser desenvolvido pela McDonnell Douglas em A primeira entrega foi feita em 1990 à Finnair. A McDonnell Douglas esperava vender cerca de 300 a 400 MD- 11, vendendo cerca de 50 modelos ao ano, e assim resolver seus problemas financeiros, mas apenas um total de 200 aviões, a uma média de 20 modelos por ano, foram fabricados.

4 Estrutura Interna

5 Operação no Brasil No Brasil, a Varig, VASP e TAM operaram o MD-11. A Varig incluiu-o na frota em meados de 1992, assim como a VASP também o fez com diferença de meses. Na Varig ele serviu para substituir os antigos DC-10 e chegou a operar um total de 26 MD-11 por 16 anos de muito sucesso. 23 deles eram do modelo convencional (MD-11) e 3 deles eram do modelo de longo alcance (MD-11ER). Eram responsáveis por fazer os vôos intercontinentais de longa distância que a Varig fazia para Tóquio, com escala em Los Angeles, assim como para as rotas para a Europa e ocasionalmente em vôos domésticos com grande demanda de passageiros como Guarulhos a Recife, assim como nos vôos entre Buenos Aires e Florianópolis (durante alta temporada).

6 Modelos Produzidos O MD-11 foi desenvolvido em 5 modelos: MD-11 (131 construídos): Versão para passageiros, as vezes identificada como MD-11P, foi produzida de 1988 a Foi a 1ª versão oferecida no lançamento em MD-11C (5 construídos): A versão foi a terceira oferecida no lançamento em 1986 e foi designada para acomodar passageiros e cargas. O MD-11C também pode ser configurado somente para passageiros. As 5 únicas aeronaves produzidas foram construídas entre 1992 e 1993, e entregues para a Alitalia, a única empresa que se interessou pelo modelo. Eles foram todos convertidos para a versão cargueira entre 2005 e 2006, e ainda se encontram em operação na Alitalia. MD-11CF (6 construídos): A versão cargueira, que podia ser transformada em versão de passageiros foi entregue em 1991, a Martinair em um pedido de 3 aeronaves mais opção de 2. Todos os 6 MD-11CFs foram entregues a Martinair (4) e World Airways (2) durante Os 2 da World Airways foram convertidos para versão cargueira em MD-11ER (5 construídos): A versão de maior alcance foi anunciada pela fabricante durante a Singapore Air Show em fevereiro de 1994.O MD-11ER tinha alcance máximo de 13,410 km, um aumento de 750 km, graças ao tanque-extra. MD-11F (53 construídos): A versão cargueira foi a segunda oferecida no lançamento em 1986, e foi produzida desde 1986 a 2000.

7 Fotografias

8 Cockpit

9 Principais Dimensões

10 Especificações Técnicas Envergadura – 51,66m Altura Máxima – 17,60m Comprimento – 61,23m Velocidade de Cruzeiro – 945km/h Alcance Máximo – 12650km Capacidade de Passageiros – 410 Motores - Três turbofans: Dois sobre a asa / Um sobre a cauda - Pratt & Whitney PW lbf (267 kN) PW lbf (276 kN) ou General Electric CF6-80C2D1F lbf (274 kN)


Carregar ppt "McDonnel Douglas MD-11 Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google