A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROCESSO DE REVISÃO DO PLANO DIRETOR ESTRATÉGICO DE SÃO PAULO

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROCESSO DE REVISÃO DO PLANO DIRETOR ESTRATÉGICO DE SÃO PAULO"— Transcrição da apresentação:

1 PROCESSO DE REVISÃO DO PLANO DIRETOR ESTRATÉGICO DE SÃO PAULO
Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento Urbano da Cidade de São Paulo MAIO DE 2013 Centro Paulus

2 O que é Plano Diretor ? E o que isso tem a ver conosco?

3 Instrumentos de Planejamento Urbano
Plano Diretor Estratégico Planos Regionais Estratégicos Lei de Parcelamento, Uso e Ocupação do Solo Zoneamento das APAs Código de Obras e Edificações Planos de Bairro

4 O Plano Diretor Estratégico
É o instrumento que estabelece diretrizes para planejar e orientar o desenvolvimento da cidade que queremos ter no futuro, e aponta as estratégias para chegarmos lá.

5 Articula o processo de planejamento municipal com o planejamento
orçamentário (porque não adianta planejar sem reservar recursos para executar) O que é o PDP?

6 Deve ser participativo para que o território do município seja utilizado de acordo com o interesse público e em benefício da coletividade Estatuto da cidade: importância da participação

7 CONSTITUIÇÃO FEDERAL (1988) ESTATUTO DA CIDADE PLANO DIRETOR
PLANOS REGIONAIS PLANOS DE BAIRRO PLANO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO PLANO DE MOBILIDADE Organograma hierárquico Marco regulatório/ PD

8 Participação Realização de audiências e consultas públicas, devendo os poderes Executivo e Legislativo garantir a participação da população e de associações representativas dos vários segmentos da sociedade. Estatuto da cidade: importância da participação

9 O Plano Diretor Estratégico ....

10 Divide o território em Macrozonas

11 MACROZONA DE PROTEÇAÕ AMBIENTAL - MPA
Art. 148 – Na Macrozona de Proteção Ambiental os núcleos urbanizados, as edificações, os usos e a intensidade de usos, e a regularização de assentamentos, subordinar-se-ão à necessidade de manter ou restaurar a qualidade do ambiente natural e respeitar a fragilidade dos seus terrenos. MACROZONA DE ESTRUTURAÇÃO E QUALIFICAÇÃO URBANA - MEQ Art. 149 – Na Macrozona de Estruturação e Qualificação Urbana, as edificações, usos e intensidade de usos subordinar-se-ão a exigências relacionadas com os elementos estruturadores e integradores, à função e características físicas das vias, e aos planos regionais a serem elaborados pelas Subprefeituras.

12 Divide as Macrozonas em Macroáreas
MACROZONEAMENTO

13 Do Macrozoneamento São áreas que apresentam objetivos semelhantes em termos de urbanização, considerando as suas especificidades sociais e ambientais e também a sua vocação. Dentro de cada macroáreas foram estabelecidos objetivos específicos, que visam orientar o desenvolvimento do território e os instrumentos e ações necessários para alcançar os objetivos .

14 Proteção integral

15 Uso Sustentável

16 Conservação e recuperação

17 Art. 101 A urbanização do território do Município se organiza em torno de nove elementos, quatro estruturadores e cinco integradores

18 Elementos Estruturadores São os eixos que constituem o arcabouço permanente da Cidade (...)
a) Rede Hídrica Estrutural; b) Rede Viária Estrutural; c) Rede Estrutural de Transporte Público Coletivo; d) Rede Estrutural de Eixos e Pólos de Centralidades.

19 Elementos Integradores Constituem o tecido urbano que permeia os eixos estruturadores e abriga as atividades dos cidadãos que deles se utilizam (...) a) Habitação; b) Equipamentos Sociais; c) Áreas Verdes; d) Espaços Públicos; e) Espaços de Comércio, Serviço e Indústria

20 E POR QUE PARTICIPAR DA REVISÃO DO PLANO DIRETOR ESTRATÉGICO?

21 Nós enxergamos a cidade a partir do nosso dia a dia, do bairro onde moramos, da região onde trabalhamos e por onde circulamos

22 e isto tem muito a ver com
Mas o PLANO DIRETOR debate e apresenta propostas para A CIDADE COMO UM TODO e isto tem muito a ver com a gente porque ... Para que serve o PDP?

23 dos NOSSOS PROBLEMAS imediatos pode estar em PROPOSTAS para
A solução dos NOSSOS PROBLEMAS imediatos pode estar em PROPOSTAS para a CIDADE TODA Para que serve o PDP?

24 olhando para o PRESENTE e estabelecendo um horizonte para o FUTURO
O Plano Diretor trabalha com a TRANSFORMAÇÃO DA CIDADE, olhando para o PRESENTE e estabelecendo um horizonte para o FUTURO

25 EM QUE MOMENTO ESTAMOS DO PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO?

26 Estamos finalizando a etapa de avaliação.
A próxima etapa é de propostas e serão realizadas oficinas em todas a Subprefeituras. agora é o momento de se organizar para propor as mudanças que queremos

27 E toda a cidade está sendo chamada a PARTICIPAR dessa revisão.
Fonte: PAULA SANTORO

28 Parelheiros e Capela 29 jun

29 MAIS INFORMAÇÕES Ministério das Cidades (www.cidades.gov.br) Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (www.prefeitura.sp.gov.br) (www.gestaourbana.prefeitura.sp.gov.br) Câmara Municipal de Vereadores (www.câmara.sp.gov.br) Mandato Vereador Nabil Bonduki (www.facebook.com/nabilbonduki)

30 OBRIGADA!


Carregar ppt "PROCESSO DE REVISÃO DO PLANO DIRETOR ESTRATÉGICO DE SÃO PAULO"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google