A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Sistema de Gestão da Qualidade Reunião de Análise Crítica Maio/Julho/2012 Departamento de Gestão de Suprimentos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Sistema de Gestão da Qualidade Reunião de Análise Crítica Maio/Julho/2012 Departamento de Gestão de Suprimentos."— Transcrição da apresentação:

1 O Sistema de Gestão da Qualidade Reunião de Análise Crítica Maio/Julho/2012 Departamento de Gestão de Suprimentos

2 O ORGANOGRAMA

3 Nossa Missão Suprir as necessidades de bens e serviços contribuindo para o desenvolvimento, crescimento e o alcance dos objetivos empresariais

4 Nossa Visão Ser, até 2020, o órgão padrão de excelência no suprimento de bens e serviços entre as empresas Eletrobrás

5 A Alta Direção deve analisar criticamente o Sistema de Gestão da Qualidade, a intervalos planejados, para assegurar sua contínua pertinência, adequação e eficácia. Essa análise crítica deve incluir: a avaliação de oportunidades para melhoria e a avaliação de oportunidades para melhoria e necessidade de mudanças do Sistema de Gestão da Qualidade, incluindo a Política da Qualidade e Objetivos da Qualidade. necessidade de mudanças do Sistema de Gestão da Qualidade, incluindo a Política da Qualidade e Objetivos da Qualidade. Objetivo da Reunião

6 AGENDA DA REUNIÃO 1. - Abertura – RD - 10 min 2. - Resultados de Auditorias Internas – RD - 10 min Resultados de Auditorias Externas – RD – 10 min Realimentação do cliente – DVAQ/SEQAL - 15 min Situação das ações preventivas e corretivas - DVAQ/SEQAL - 10 min Ações de acompanhamento das análises críticas anteriores - DVAQ/SEQAL - 10 min Mudanças que afetaram o sistema da qualidade - DVAQ/SEQAL - 10 min Recomendações para melhorias - DVAQ/SEQAL - 10 min Análise da adequação da Política da Qualidade - RD - 10 min Pendências do Sistema de Gestão da Qualidade - RD - 10 min Indicadores da Qualidade Secex/Secon - Gerente de Divisão - 15 min Indicadores da Qualidade Secaf - Chefe do Setor - 15 min Indicadores da Qualidade Segeo - Chefe do Setor - 15 min Indicadores da Qualidade Sesti - Chefe do Setor - 15 min Indicadores da Qualidade Seqal - Chefe do Setor - 15 min Indicadores da Qualidade Setam - Chefe do Setor - 15 min EncerramentoRD - 10 min.

7 DVAQ - DVLC - DGCC 1. Abertura Reunião de Análise Crítica DGS

8 2.Resultados de Auditorias Internas DGS Constatado que os indicadores do SEQAL e DVLC não foram puderam ser determinados por falta de fonte de coleta de dados no Sistema SIG. Incompatibilidade no período entre as reuniões descrito no procedimento da reunião de análise críticae a execução das reuniões. Evidenciamos a falta de plano de ação para o alcance da visão do Departamento de Gestão de Suprimentos.

9 3.Resultados de Auditorias Externas DGS Setores Auditados: SEQAL e Alta Direção DGI/TI, SECAF, SEGEO, SESTI, SETAM, SECON, DGP Não Conformidade: Não foi verificado na pauta de reunião de análise crítica os dados de entrada conforme pede o item

10 4. Realimentação do cliente (críticas, sugestões, pesquisa, etc.) Ver pesquisa 2010

11 5. Situação das ações preventivas e corretivas Plano de ação e roi

12 6. Ações de acompanhamento das análises críticas anteriores. DescriçãoPrazoResponsávelTipo Projeto visão /07/2011DGS Elaboração de plano de ação Elaboração dos ROI pelos empregados com coordenação e apresentação pela DVAQ contínuogerentes DGSAnálise dos gerentes ROI – aviso de pendências Próxima reunião DVAQ Não recebimento de aviso – já solucionado Apresentação de novo indicador Próxima reunião SESTI Apresentação do indicador do tempo de processamento das licitações com a adequação feita pelo DTL. Próxima reunião DVLC

13 DescriçãoPrazoResponsávelTipo Estudo para definir índice para aproveitamento das licitações no que se refere aos valores propostos. Não definidoDVLC Licitações fracassadas Próxima reunião Todos Inclusão de nota sobre a origem da fórmula de eficiência constante da apresentação da DVLC Próxima reunião DVLC Inclusão de nota na apresentação do SETAM a respeito do Indicador Próxima reunião DVAQ 6. Ações de acompanhamento das análises críticas anteriores.

14 . Mudanças que afetaram o sistema da qualidade Implantação do Sistema SIG – em andamento

15 8. Recomendações para melhorias SEQAL Procedimento SQ-PR , no passo 19 da descrição do processo, a identificação da exigência de inclusão do fornecedor no projeto NBR não é facilmente identificada no sistema no momento da análise critica da requisição. SEGEO Seleção de um indicador que possa representar as atividades do setor e evidenciar a melhoria continua dos seus processos. SECAF Evidenciar o critério de devolução dos documentos no procedimento de cadastramento de fornecedores (SC-PR ) no passo de recebimento da documentação.

16 Buscar a satisfação dos nossos Clientes no suprimento das necessidades de bens e serviços e a melhoria contínua dos nossos processos, por meio do desenvolvimento dos nossos colaboradores e fornecedores, atendimento aos requisitos legais, de qualidade, de prazo, de custos, de controle e inovação dos processos. 9. Análise da adequação da Política da Qualidade

17 Rodrigo de Oliveira Fernandes DGS - Departamento de Gestão de Suprimentos DVLC - Divisão de Licitação e Contratos

18 Evolução Tempo de Processamento

19 Termos Aditivos 21 – Termos aditivos elaborados no período.

20 Í ndice de Eficiência – Maio a Julho de 2012 Aproveitamento no período foi de 95,38%. De 65 processos iniciados 3 não foram concluídos (todos com orçamento insuficiente).

21 ROI - ABERTOS Status: Elaborando plano da ação

22 Parcipação em eventos QuemOndeQuandoO Que Graciela Luciana B. São Paulo18,19 e 20 de Junho Curso Avançado em Sistema de Registro de Preços Rafael BenattoFlorianópolis09 de JulhoFórum Brasileiro de Custos de Obras Públicas Israel QuintRio de Janeiro14 a 18 de Maio Gestão Integrada de Processos

23 Obrigado Divisão de Licitação e Contratos: Rodrigo de Oliveira Fernandes Elaboração: Israel Quint de Souza, Valdemir Rosado Goulart Apresentação: Rodrigo de Oliveira Fernandes Telefone para contato: (48)

24 Reunião de Análise Crítica Setor de Seguros, Gerenciamento de Riscos, Gestão de Transporte Internacional e Aduaneira SESTI DGS/DGCC

25 Gestão de Contratos Avaliação de Desempenho e Orçamento DGS / DGCC

26 SETOR DE CADASTRO DE FORNECEDORES DGS / DGCC

27 Indicadores da Qualidade DVAQ/SETAM

28 Indicadores da Qualidade DVAQ/SETAM maio a julho

29 A partir da análise dos Indicadores, relatamos o status do SETAM buscando atingir os Objetivos da Qualidade nos meses de Maio a Julho de 2012.

30 Índice de atendimento Indica quão eficaz foi a gestão de estoque para atender às solicitações dos usuários.

31 Índice de atendimento IA Índice de Atendimento IA = n° itens atendidos nº itens solicitados Meta 97%

32 Gráfico Índice Atendimento

33 ALIENAÇÃO LOCALPREVISÃOREALIZAÇÃO DRSC06/2012Não realizado DROE07/2012Não realizado DRMS20/06/2012 Realizado SEDE09/2012

34 PARTICIPAÇÕES DVAQ MarçoabrilMaiojunho 04 a 06 GT Administração de Materiais ELETROSUL

35 NúmeroOcorrênciaStatus G Revisar o procedimento de recebimento de material no AFLO.Ação em execução GProblemas na aquisição de vedaçõesAnálise de eficácia Registros de Ocorrência

36 OBRIGADO Fernando Kampfert RAMAL 7800

37 Indicadores da Qualidade DVAQ/SEQAL Mai/Jun/Jul

38 Monitoramento de conformidade % de itens aprovados no recebimento.

39 Monitoramento de Conformidade Indicadores ENTRADASNC MAI410

40 Monitoramento Conformidade Indicadores ENTRADASNC JUN1141 Descrição: EQUIPAMENTO BOMBA PERISTÁLTICA CONFORME ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. Entregue: Material recebido não atende a ET DPE-0011/2011.

41 Monitoramento Conformidade Indicadores ENTRADASNC JUL130

42 Monitoramento de Conformidade Mostra o comportamento do recebimento nos últimos 12 meses.

43 Monitoramento de conformidade MêsQtde RecebidaReprovados% jul/ ,86% ago/ ,00% set/ ,88% out/ ,33% nov/ ,02% dez/ ,48% jan/ ,33% fev/ ,00% mar/ ,23% abr/ ,00% mai/ ,00% jun/ ,12% jul/ ,00%

44 Índices SEQAL Valor e quantidade de materiais analisados. Mês 2007 Itens Mês 2008 Itens Mês 2009 Itens Mês 2010 Itens Mês 2011 Itens Mês 2012 Itens Jan52Jan69Jan44Jan42Jan60Jan30 Fev44Fev50Fev26Fev50Fev52Fev25 Mar46Mar58Mar71Mar63Mar52Mar52 Abr55Abr84Abr86Abr32Abr35Abr16 Mai93Mai45Mai107Mai37Mai84Mai41 Jun70Jun30Jun54Jun60Jun44Jun114 Jul85Jul127Jul70Jul45Jul58Jul13 Ago54Ago56Ago28Ago54Ago20Ago0 Set89Set96Set95Set66Set49Set0 Out67Out86Out52Out37Out60Out0 Nov68Nov79Nov26Nov53Nov43Nov0 Dez64Dez104Dez66Dez61Dez66Dez0 TOTAL Média mensal65,5873,6760,4250,0051,9241,57 Valor Recebido , , , , , ,90 Média R$ /item8008,229460, , , , ,71

45 INDICADOR Análise Critica de Requisição PeriodoNº de RequisiçõesTempo de Processamento mai/11302,43 jun/11262,19 jul/1151,00 (*) Início da analise critica das requisições de estoque *

46 09 a 11/5 GT Qualidade Eletrobras PARTICIPAÇÕES MAI/JUL 2012

47 OBRIGADO! Telefone para contato: (48)


Carregar ppt "O Sistema de Gestão da Qualidade Reunião de Análise Crítica Maio/Julho/2012 Departamento de Gestão de Suprimentos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google