A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

9º ANO EF FUNÇÕES DA LINGUAGEM PROFª ANDRÉA FÁVARO REIS BARONI.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "9º ANO EF FUNÇÕES DA LINGUAGEM PROFª ANDRÉA FÁVARO REIS BARONI."— Transcrição da apresentação:

1 9º ANO EF FUNÇÕES DA LINGUAGEM PROFª ANDRÉA FÁVARO REIS BARONI

2 FUNÇÕES DA LINGUAGEM Toda linguagem tem um objetivo.objetivo A linguagem verbal, por sua vez, tem alguns objetivos muito claros e por isso devem ser estudados para que possamos melhor entendê-la e utilizá-la.

3 FUNÇÕES DA LINGUAGEM Vejamos primeiramente como funciona o sistema de comunicação, utilizando a linguagem verbal. comunicação Aquele que emite a mensagem, codificando-a em palavras chama-se EMISSOR. Quem recebe a mensagem e a decodifica, ou seja, apreende a ideia, é chamado de RECEPTOR.

4 FUNÇÕES DA LINGUAGEM Aquilo que é comunicado, o conteúdo da comunicação é chamado de MENSAGEM. CÓDIGO é o sistema linguístico escolhido para a transmissão e recepção da mensagem.

5 FUNÇÕES DA LINGUAGEM REFERENTE, por sua vez, é o contexto em que se encontram o emissor e o receptor. O meio pelo qual esta mensagem é transmitida é nomeado CANAL.

6 FUNÇÕES DA LINGUAGEM CONTEXTO REMETENTE MENSAGEM DESTINATÁRIO CONTATO CÓDIGO

7 REFERENCIAL EMOTIVA POÉTICA CONATIVA FÁTICA METALINGUÍSTICA

8 FUNÇÃO REFERENCIAL - CONTEXTO FUNÇÃO EMOTIVA – REMETENTE FUNÇÃO POÉTICA – MENSAGEM FUNÇÃO CONATIVA – DESTINATÁRIO FUNÇÃO FÁTICA – CONTATO ou CANAL FUNÇÃO METALINGUÍSTICA - CÓDIGO

9 FUNÇÃO EMOTIVA ou EXPRESSIVA Linguagem centralizada no emissor. Tem o papel de exprimir emoções, impressões pessoais a respeito de determinado assunto.papel Uso da primeira pessoa e de forma bem subjetiva. Presença marcante de figuras de linguagem, mensagens subentendidas, elementos nas entrelinhas. Textos que se utilizam desse tipo de linguagem: cartas, poesias líricas, memórias, biografias.

10 Só uma coisa me entristece O beijo de amor que não roubei A jura secreta que não fiz A briga de amor que eu não causei. ( Abel Silva)

11 FUNÇÃO REFERENCIAL ou DENOTATIVA Linguagem centralizada na mensagem ( conteúdo ) e receptor. Seu foco é transmitir a mensagem da melhor maneira possível. A linguagem utilizada é objetiva, recorrendo a conceitos gerais, vocabulário simples e claro, ou, dependendo do público alvo, vocabulário que melhor se adeque a ele. É chamada de denotativa devido à objetividade das informações, à clareza das ideias. Uso da terceira pessoa, o que torna o texto ainda mais impessoal. Textos que fazem uso dessa função: jornalísticos e científicos.

12 Chuva ácida afeta regiões do mundo Parte dos 120 mil km cúbicos de chuvas que, em média, a cada ano caem sobre os continentes, já não traz mais a vida, mas a morte lenta e penosa para lagos, florestas, animais e pessoas numa escala sem precedentes, desde que a Segunda Revolução Industrial criou o motor a explosão e com ele libera a cada ano milhares de toneladas de resíduos combustíveis fósseis na atmosfera da Terra. (Folha de S. Paulo)

13 FUNÇÃO APELATIVA OU CONATIVA Linguagem centralizada no receptor, procura influenciá-lo em seus pensamentos ou ações.pensamentos Serve para fazer apelos, pedidos, para comover ou convencer alguém a respeito do que se diz. Uso da segunda pessoa, dos vocativos e dos imperativos. Textos que fazem uso dessa função: propagandas ou outros textos publicitários, e também campanhas sociais, com o objetivo de comover o leitor.leitor

14

15

16

17 Centraliza-se no canal. Tem o objetivo de estabelecer um contato ou comunicação, não necessariamente com uma carga semântica aparente. Utilizada em saudações, cumprimentos do dia a dia, expressões idiomáticas, marcas orais, etc. FUNÇÃO FÁTICA

18 _ Olá! Tudo bom? _ Tudo bom. E você? _ Você está bem mesmo? _ Estou. Por quê? _ Só queria saber...

19 FUNÇÃO POÉTICA Uso de linguagem figurada, metáforas e demais figuras de linguagem, rima, métrica, etc.metáforas Semelhante à linguagem emotiva, sendo que não necessariamente revela sentimentos ou impressões a respeito do mundo. Textos que fazem uso dessa função: poesias, músicas e algumas obras literárias.

20 Amor é fogo que arde sem se ver; É ferida que dói e não se sente; É um contentamento descontente; É dor que desatina sem doer. É um não querer mais que bem querer; É um andar solitário entre a gente; É nunca contentar-se de contente; É um cuidar que se ganha em se perder. É querer estar preso por vontade É servir a quem vence o vencedor, É ter com quem nos mata lealdade. Mas como causar pode seu favor Nos corações humanos amizade; Se tão contrário a si é o mesmo amor? (Luís de Camões)

21 FUNÇÃO METALINGUÍSTICA Presente principalmente em dicionários. Caracteriza-se por trazer consigo uma explicação da própria língua. Textos que fazem uso dessa função: verbetes, poesias, obras literárias, etc.

22 Gastei uma hora pensando um verso que a pena não quer escrever. No entanto ele está cá dentro inquieto, vivo. Ele está cá dentro e não quer sair. Mas a poesia deste momento inunda minha vida inteira. (Carlos Drummond de Andrade)


Carregar ppt "9º ANO EF FUNÇÕES DA LINGUAGEM PROFª ANDRÉA FÁVARO REIS BARONI."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google